Quinta-feira, 28.02.13

Biscate, a verdadeira coleção

Biscate, a verdadeira coleção


 

Era Março num dia cinza. A Biscate feliz entrava na festa com seu vestido azul royal, ou era turquesa, ou sabe-se-lá que cores essas tantas de biscates. Era curto – coisa de biscate – e rendado, tomara-que-caia já que biscate não sente mesmo, no fim das contas, frio. Ela carregava um buquê de rosas lilás, as unhas devidamente comportadas num “nude” qualquer. Pés e mãos. Arrebentava a biscatagem mesmo era nos cabelos cor-de-fogo, na tatuagem à mostra no ombro direito. Na lingerie que secretamente usava desde já: o enxoval sou eu. Aquele homem de colete, camisa cinza e gravata, barba feita, olhos esverdeados, esse homem que dorme aqui: casava-se com a biscate. E não era só isso, pasmem! Casava-se era com uma coleção inteira de biscates personificadas ali nos cabelos de fogo, no vestido azul, nas rendas e na lingerie.

 

Tragédia. Tragédia, ó céus, tragédia.

 

Não sabia ele a burrice que cometem os homens que trocam uma mulher incrível por uma coleção de biscates? Não conhecia as mazelas destinadas àqueles que escolhem as biscates? Como ele poderia viver, dali em diante, sem uma mulher-maravilha ao seu lado, que preferisse transar sempre no escuro, papai-e-mamãe e não gostasse de sexo anal? O que faria agora que escolhera para ter ao lado (e embaixo, e na frente, e atrás, e no meio, e por cima, etecetera) uma biscate com vontade própria e desejo, muito desejo, que poderia até deseja-lo indiscriminadamente ao longo das horas do dia, dos dias da semana, das semanas do mês dos meses do ano? De que forma explicaria que a santíssima-esposa passava horas no sex shop, assistia a filmes pornô e masturbava-se por pura diversão para além das sessões de interminável sexo a dois? Era o fim, o cúmulo, a tragédia.

 

Ele poderia ter feito diferente. Poderia escolher a mulher-maravilha. Tivera ele se casado com esta, ela seria uma só. Santa, sempre santa. Era ela personificada no esmalte cor-de-rosa-claro no dia do casório. Seria aquele tom pastel. Sexo pastel. Vida pastel. Cheiro pastel. Tudo pastel. Pastelão, se começasse a ficar ridículo demais (e olha, esta é a tendência). A casinha arrumada, o cordãozinho dourado com pingente em cruz, mas sem o cadáver do cristo pra não enfeiar. Jóias e brincos e delicadezas, fragilidades, feminilidades comportadas. Nojo de fluidos, do corpo, dos cheiros, banheiro só com a porta trancada e nada de banho junto. A comida na medida (mínima), a academia regrada, a vida em aparelhos, a casa da mamãe no santo domingo, a mamãe em casa quando viessem filhos. A escola católica, apostólica e romana, seriam advogados ou engenheiros e, se mulheres, quem sabe poderiam fazer letras, artes, pedagogia e trabalhar até o casamento – ou quem sabe até um pouco depois, antes de chegarem os bebês. Bebês pastéis, vale mencionar.

 

Engana-se quem ainda não descobriu que uma mulher só pode ser incrível se for, ela mesma, a própria coleção de biscates.

 

E tenho dito.

 

Retirado de Biscate social Club

publicado por olhar para o mundo às 23:20 | link do post | comentar

Quarta Divisão é a estreia desta semana do cinema português

Quarta Divisão é a estreia desta semana do cinema português


Quarta Divisão é a estreia desta semana do cinema português

O filme "Quarta divisão", do realizador Joaquim Leitão, apresenta-se como um policial sobre o desaparecimento de uma criança, e estreia hoje, 28 de Fevereiro, nos cinemas portugueses.

 

Um filme produzido por Tino Navarro, que também assina o argumento, onde o ponto de partida é o desaparecimento de um rapaz de nove anos de um colégio privado. 


A polícia monta uma grande operação para o encontrar e para descobrir o que lhe aconteceu.

 

A actriz Carla Chambel interpreta o papel da agente que lidera a equipa policial que irá investigar o caso. Do elenco fazem ainda parte Cristina Câmara, Paulo Pires, Sabri Lucas, Adriano Luz, Martim Barbeiro, Filipe Vargas e João Baptista.

 

Todas as hipóteses são possíveis: O que aconteceu? É desta premissa que a equipa de investigação parte para uma complexa teia de acontecimentos, que vai revelar a verdadeira faceta de quem menos se espera. Num argumento com contornos e meandros que ficam muito para lá do espectável e que se revela surpreendente pela capacidade que tem de prender o espectador.

 

Quem nós julgamos ser inocente pode muito bem surpreender-nos assim como quem julgamos culpados pode apenas ter estado no local errado à hora errada e nem sempre as pistas mais óbvias são as que levam à verdade. 

Entre uma Carla Chambel que interpreta a mulher de pulso forte Helena Tavares, e Cristina Câmara que dá vida à despojada Olga Cabral e Melo, encontramos também Paulo Pires no papel de Filipe Cabral e Melo todos muito longe dos personagens a que nos habituaram no écran e com interpretações verdadeiramente surpreendentes.

 

O filme foi rodado no ano passado e contou com 700 mil euros de apoio financeiro do Instituto do Cinema e Audiovisual, no âmbito dos programas de 2010. 

E é sem dúvida um daqueles filmes portugueses que os espectadores não devem perder, com a certeza que assistirão a um filme de qualidade com o selo português e com um elenco de excelência.

 

Retirado do HardMúsica

publicado por olhar para o mundo às 21:12 | link do post | comentar
Quarta-feira, 27.02.13

O irresistivel “Pecados da Gula” no Castelo de São Jorge

O irresistivel “Pecados da Gula” no Castelo de São JorgeO irresistivel “Pecados da Gula” no Castelo de São Jorge

Três cozinheiros vêem-se a braços sem uma ementa pronta para apresentar aos clientes esfomeados e gulosos, o público. 


Criam-se sugestões através de personagens que são construídas aos poucos, como um D. Sebastião da alheira ou o jantar com Fernando Pessoa e Ricardo Reis.

 

Desde o “consommé” como entrada até à sobremesa, que é a grande surpresa do espectáculo, os chefs apresentam propostas como se fosse um jogo.

 

Esse é o segredo da nossa ementa, basta procurar no sabor das histórias o prazer da boa mesa. A gula é sofisticada”.

 

A peça, encenada por Marcantonio Del Carlo, surgiu a convite da EGEAC, empresa responsável pela Gestão de Equipamentos e Animação Cultural em Lisboa, pelo terceiro ano consecutivo.

 

Decidi fazer a analogia entre a cozinha e grandes textos de poesia e prosa que têm a ver com a arte de bem cozinhar. Nasceu esta pequena brincadeira que é quase um “divertissement”, um lanche ao fim da tarde”, contou Marcantonio Del Carlo ao Hardmusica.

 

Ao actor juntam-se em palco Cristóvão Campos, que actua e faz parte de toda a produção musical, e Marta Nunes, mulher de Marcantonio Del Carlo, para uma actuação muito expressiva e com um tempero bem-humorado que vai encher-lhe os olhos e os ouvidos de boa literatura.

 

Sobre a degustação que o público pode provar no final da peça, o actor e encenador explicou: “A nossa cozinha são os livros e eu gostava de facto que as pessoas depois comessem. A EGEAC propôs os grandes chefs de Lisboa e eles aderiram imediatamente, mesmo sem conhecerem o texto”.

 

“Pecados da Gula” estreia dia 02 de Março, às 16:00 na Sala Ogival do Castelo, pelo preço de seis euros. As inscrições prévias são feitas através do 218 800 620 ou por e-mail info@castelodesaojorge.pt.

 

No final está convidado para uma pequena degustação de um dos grandes seis chefes de cozinha de Lisboa, que apresentam seis conceitos de cozinha portuguesa contemporânea. O espectáculo acontece nos primeiros e terceiros sábados de cada mês, até Maio.

 

02 de Março – Chef Miguel Costa (Casa do Leão)
16 de Março – Chef Miguel Castro e Silva (Largo)
06 de Abril – Chef Flávio Balegas (Travessa do Fado)
20 de Abril – Chef Duarte Mathias (Aura)
04 de Maio – Chef Manuela Martins (Doca Peixe)
18 de Maio – Chef José Avillez (Belcanto)

 

Inês Sá Gonçalves

 

Retirado do HardMúsica

publicado por olhar para o mundo às 21:40 | link do post | comentar
Terça-feira, 26.02.13

Manifestação de 2 de março convocada para 33 cidades

Manifestação de 2 de março convocada para 33 cidades

Até à data, a manifestação "Que se Lixe a Troika. O Povo é quem mais ordena" já foi convocada para 29 cidades portuguesas, bem como para Barcelona, Paris, Londres e Boston. Os promotores do evento propõem opor “a esta onda que tudo destrói” a “onda gigante da nossa indignação”. A convocatória da iniciativa conta com 120 subscritores. Em atualização permanente.

Os promotores da manifestação de 15 de setembro, que se tornou na maior ação popular que se viveu em Portugal desde o 1º de maio de 1974, reunindo cerca de 1 milhão de pessoas um pouco por todo o país, agendaram uma nova iniciativa para dia 2 de março.

 

No comunicado de imprensa no qual anunciam a manifestação "Que se Lixe a Troika. O Povo é quem mais ordena", os organizadores esclarecem que na origem desta nova iniciativa está a “austeridade criminosa” que se abate “sem contemplações sobre cada um e cada uma de nós, sobre a estrutura da nossa sociedade, sobre os nossos direitos, as nossas escolas, os nossos hospitais, a nossa água, a nossa cultura, a nossa arte, sobre toda a nossa vida”.

 

Os 120 subscritores da convocatória do evento, publicada no facebook, entre os quais se encontram Carlos Mendes, músico, Camilo Azevedo, porta voz da Comissão de Trabalhadores da RTP, Maria do Rosário Gama, coordenadora da Associação de Aposentados, Pensionistas e Reformados, António Avelãs, dirigente sindical, Chullage, músico, e São José Lapa, atriz, apelam “a todos os cidadãos e cidadãs, com e sem partido, com e sem emprego, com e sem esperança” e a “todas as organizações políticas e militares, movimentos cívicos, sindicatos, partidos, colectividades, grupos informais” para que se juntem ao protesto.

A manifestação já foi convocada para 33 cidades, sendo que a iniciativa agendada para Lisboa conta atualmente com perto de 230 mil convidados.

 

Pode consultar aqui a lista de manifestações:

Aveiro. Ver evento no facebook.
Barcelona, Consulado Geral de Portugal, 17h. Ver evento no facebook.
Beja, 16h. Ver evento no facebook.
Boston, Boston Public Library, 18h. Ver evento no facebook.
Braga, Avenida Central, 15h. Ver evento no facebook.
Caldas da Rainha, Pç 25 de abril (Câmara Municipal), 14h30. Ver evento no facebook.
Castelo Branco, em frente à Câmara Municipal, 16h. Ver evento no facebook.
Coimbra. Ver evento no facebook.
Chaves, Lg das Freiras, 16h. Ver evento no facebook.
Covilhã, 15h. Ver evento no facebook.
Entroncamento, em frente à estação da CP, 16h. Ver evento no facebook.
Évora, Pç do Giraldo, 16h. Ver evento no facebook.
Faro. Ver evento no facebook.
Funchal, Pç do Município, 16h. Ver evento no facebook.
Guarda. Ver evento no facebook.
Horta, Pç da República, 10h. Ver evento no facebook.
Leiria, Fonte Luminosa, 15h. Ver evento no facebook.
Lisboa, Marquês de Pombal, 16h. Ver evento no facebook.
Londres, Embaixada Portuguesa15h. Ver evento no facebook. 
Loulé16h. Ver evento no facebook.
Marinha Grande, Parque da Cerca, 15h. Ver evento no facebook.
Paris, Consulado Geral de Portugal, 15h. Ver evento no facebook.
Ponta Delgada. Ver evento no facebook.
Portalegre, Pç da República, 16h30. Ver evento no facebook.
Portimão. Ver evento no facebook.
Porto, Pç da Batalha, 15h. Ver evento no facebook.
Santarém. Ver evento no facebook.
Setúbal. Ver evento no facebook.
Tomar15h. Ver evento no facebook.
Torres Novas, Pç 5 de Outubro, 14h. Ver evento no facebook.
Viana do Castelo, Pç da República, 15h. Ver evento no facebook.
Vila Real. Ver evento no facebook.
Viseu. Ver evento no facebook.

 

Retirado do Esquerda Net

publicado por olhar para o mundo às 22:25 | link do post | comentar

Eram só dois, mas cantaram Grândola ao ministro em Londres

Eram só dois, mas cantaram Grândola ao ministro em Londres

Álvaro Santos Pereira ouviu protesto na capital inglesa.

Dois portugueses cantaram nesta segunda-feira em Londres Grândola, Vila Morena ao ministro da Economia e do Emprego, e Álvaro Santos Pereira trocou com eles breves palavras sobre a situação em Portugal e no Reino Unido.

 

O ministro abordou os dois manifestantes, à saída de uma palestra, na capital britânica, no Fórum Oficial das Instituições Monetárias e Financeiras sobre "O Novo Programa para o Dinamismo Económico de Portugal", perguntando-lhes o que faziam e "como estão as coisas por aqui?"

 

"Más. E em Portugal ainda pior. Queremos mudanças. Queremos um novo governo. Está na hora de mudança", disse Raimundo Teresa, 38 anos, chefe de cozinha.

 

O manifestante português segurava um cartaz onde se lia "Grandolar por Portugal" e "Fight the Fascism and Sing Grandola [Luta contra o Fascismo e Canta o Grândola]".

 

Álvaro Santos Pereira despediu-se dizendo "apesar de tudo, boa sorte", e partiu no carro do embaixador de Portugal no Reino Unido, João de Vallera.

 

Embora lamente não ter sido um protesto maior, Miguel Pimenta, estudante de doutoramento em Psicologia de 40 anos, mostrou-se satisfeito.

 

"É importante 'grandolar' o(s) ministro(s) onde quer que eles vão. Nós sabemos das iniciativas que estão a decorrer por todo o país: onde quer que vá falar um membro do Governo, há pessoas que começam a cantar o Grândola, Vila Morena. Nós já cantámos outras vezes em outras acções de protesto, numa manifestação junto à embaixada num grande comício com os sindicatos [britânicos] e quisemos estar presentes nesta iniciativa", disse à agência Lusa.

 

Avisou ainda que, mesmo em Londres, "quantos mais ministros vierem, mais irão ser 'grandolados'", em alusão ao tema emblemático de José Afonso, um dos símbolos da revolução de 25 de Abril de 1974.

 

O ministro da Economia tinha admitido, durante a palestra, que "as pessoas têm o direito de se manifestar" e de "cantar canções revolucionárias".

 

Porém, congratulou-se com o facto de o Governo ter "conseguido manter a paz social" no país durante o programa de ajustamento imposto pela troika (Banco Central Europeu, União Europeia e Fundo Monetário Internacional).

 

Retirado do Público

publicado por olhar para o mundo às 21:38 | link do post | comentar

Salão Erótico do Porto dedica dia especial à mulher

Salão Erótico do Porto dedica dia especial à mulher


Salão Erótico do Porto dedica dia especial à mulher

Os workshops de pole dance terão um papel de destaque entre as atividades programadas para o Dia Internacional da Mulher. As aulas serão lecionadas pelo bailarino, instrutor e coreógrafo Hyago Rodriguez, nascido há 20 anos no Brasil, para quem esta modalidade “exige muita força, resistência, flexibilidade e desafia os nossos limites”.

 

Começou a praticar pole dance há três anos, quando percebeu, após algumas visualizações no Youtube, que esta modalidade, tão associada ao público feminino, tinha também alguns praticantes masculinos. O seu fascínio por esta atividade física, e o facto de ser um dos poucos homens a praticá-la, incentivou-o a tornar-se cada vez melhor. Atualmente, e apesar de bastante jovem, participa com regularidade em eventos nacionais e internacionais, que ajudam a desmistificar esta modalidade ainda tabu, e dá workshops frequentes em Milão, Itália.

 

No ErosPorto – Salão Erótico do Porto 2013, Hyago pretende “revolucionar a maneira como o pole dance é visto, não só como uma dança sensual, mas também como uma expressão artística” e mostrar, através dos workshops diários, que o pole dance é “uma nova maneira de ficar em forma, aumentar a auto-estima e, acima de tudo, de divertimento”.

 

E num evento onde o striptease é rei, não poderia faltar o trio de strippers espanhóis Bruno Maluco, Esteban Rey e Manu Puma. Bruno Maluco é conhecido pelas suas performances sensuais e atrevidas; Esteban Rey, eleito Mister Simpatia 2010, gosta de inovar e frequentemente utiliza fogo nos seus espetáculos; já Manu Puma prefere brincar e, habitualmente, chama algumas senhoras ao palco para jogos eróticos.
       
O Dia da Mulher terá também uma vertente pedagógica. A psicóloga Patrícia Cunha, Mestre em Sexologia, será a responsável pelo Consultório Erótico, onde decorrerão sessões de esclarecimento e aconselhamento. Paralelamente, a sexóloga irá ainda proferir três palestras subordinadas aos temas “A Terapia no Casal”, “Disfunção Erétil” e “Como combater a crise no casal e aumentar o desejo”.

 

Mas neste dia especialmente dedicado à mulher, os homens não serão esquecidos. França é o país convidado do Salão Erótico do Porto 2013 e, em Portugal pela primeira vez, estarão Adriana Diangelis, Angélica Cruz, Dejuliana Sapapayaa e Eva Elena Paula, atrizes exclusivas da produtora francesa X Dreams. As atrizes serão as protagonistas de espetáculos de striptease, lap dance e pole dance no Palco França.


O Eros Porto – Salão Erótico do Porto traz até ao Norte do país, pelo sexto ano consecutivo, mais de 80 artistas nacionais e internacionais que, ao longo de quatro dias, serão os protagonistas de 850 espetáculos a decorrer em 9 palcos. E como nem só de espetáculos vive o Salão Erótico, cerca de 50 expositores apresentam-se no recinto da Exponor para oferecer ao visitante o que de melhor existe em termos de produtos e serviços eróticos.

 

Retirado do HardMúsica

publicado por olhar para o mundo às 19:46 | link do post | comentar | ver comentários (1)

PAULA FERNANDES VAI ENCANTAR PORTUGAL EM NOVEMBRO

Paula Fernandes

 


Estrela brasileira traz «Meus Encantos» a Lisboa e Guimarães

Os bilhetes já estão à venda!

 

É uma das maiores figuras da música brasileira contemporânea e tem, igualmente, deslumbrado o público português, que se rendeu não só aos seus álbuns como aos seus incríveis concertos. Depois de ter editado, em 2012, «Meus Encantos», no próximo mês de Novembro, Paula Fernandes regressa a Portugal para dois espectáculos, agendados para os dias 2 e 3 de Novembro, respectivamente, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, e noPavilhão Multiusos, em Guimarães.

O seu quarto registo de estúdio, «Meus Encantos», deu continuidade ao aclamado percurso da cantora mineira. «Quando um trabalho é verdadeiro, há-de acontecer algo, não importa o tempo que leve. Acredito no sentimento, na composição, no poder da música e no processo de causa e efeito das coisas. Hoje me sinto mais forte e capaz de tocar minha lida. E, se não for do jeito que sempre fiz, não vai ser eu», explica Paula Fernandes.

Artista com forte presença nas novelas da Globo, Paula Fernandesé um dos nomes mais reconhecidos do mundo da música actual – e, muito mais do que um simples álbum, «Meus Encantos» confirma a qualidade e o talento inegável da voz de «Eu Sem Você». O que torna o reencontro com os fãs portugueses genuinamente imperdível!

Os bilhetes para os concertos de Paula Fernandes em Portugal já estão à venda, com os preços a oscilar entre os 35 e os 50 euros.

publicado por olhar para o mundo às 08:24 | link do post | comentar
Segunda-feira, 25.02.13

PSP não larga os "Que se lixe a troika"

Alberto Frias "O Governo está a governar de costas para o povo, submisso à troika", afirmou João Gustavo, do "Que se lixe a troika"

Pelo menos dois elementos do movimento "Que se lixe a troika" foram hoje identificados pela polícia, no aeroporto de Lisboa, onde o movimento foi esperar simbolicamente os representes do Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu que vêm a Portugal fazer a sétima avaliação.

 

João Gustavo, do "Que se lixe a troika", afirmou ao Expresso que "este governo foi eleito com base em promessas de não aumentar os impostos, mas não está a cumprir". Ao invés disso, "o Governo está a governar de costas para o povo, submisso à troika", acrescentou.

 

Na conferência de imprensa convocada para a zona das chegadas do aeroporto de Lisboa, o movimento recordou os motivos para participar na manifestação convocada para o próximo sábado, 2 de março.

 

Nesta avaliação ao trabalho do Governo lembraram, por exemplo, que no início do processo de ajustamento o desemprego rondava 12,7%, situando-se nos 17,5% no final de 2012. Mas "os números oficiais escondem muito desemprego, já que neste momento haverá mais de milhão e meio de pessoas sem trabalho", considera a mesma fonte. "Um relógio parado acerta mais nas horas que o nosso ministro das finanças. A austeridade não parou de aumentar e é preciso colocar um ponto final neste círculo vicioso", acrescenta.

 

Estas foram algumas das razões avançadas pelo movimento para que, no sábado, milhares de pessoas venham para a rua em mais de 40 cidades em Portugal e no estrangeiro. "Não somos figurantes de um filme rodado nos gabinetes cinzentos da União Europeia", disse ainda João Gustavo.

 

Recusando fazer futurologia, o movimento espera, contudo, uma "manifestação enorme". "Queremos que seja a manifestação que o povo tem de fazer. Ela será o que as pessoas quiserem". Em seguida cantaram a Grândola.

 

Terminada a conferência de imprensa , os agentes da PSP em seviço no aeroporto identificaram João Gustavo e Nuno Ramos de Almeida, questionando, segundo este último, a razão porque ali se encontravam e o conteúdo das suas intervenções. 

 

Esta é pelo menos a terceira vez que elementos deste movimento se vêem envolvidos com a polícia e as autoridades judiciais, depois de Mariana Avelãs ter chegado a ser constituida arguida, após a conferência de imprensa que antecedeu a manifestação de 15 de setembro.

 

Uma outra ativista, Myriam Zaluar, foi acusada de desobediência por distribuir folhetos junto de um Centro de Emprego em Lisboa numa ação do Movimento Sem Emprego. A audiência deste processo está marcada 13 de março.


Retirado do Expresso

publicado por olhar para o mundo às 16:36 | link do post | comentar
Domingo, 24.02.13

A última corrida do "Torpedo de Turbante", o mais velho maratonista do mundo

A última corrida do

O passaporte britânico garante que tem 101 anos de idade. Fauja Singh, nascido na Índia, participou este domingo na sua última prova oficial.

Entre as mais de 72 mil pessoas que correram este domingo a maratona de Hong Kong, era difícil distinguir um homem de longas barbas brancas e um turbante amarelo. Mas o número do dorsal (G0001) indicava que se estaria perante um atleta especial, numa ocasião especial – Fauja Singh, o mais velho maratonista do mundo, completava a sua última corrida, a pouco mais de um mês de comemorar 102 anos de idade.

 

Nem todos os atletas correram os 42,195 quilómetros pelas ruas da cidade de Hong Kong. O evento dividiu-se em várias distâncias – dos três quilómetros em cadeira de rodas à maratona. Singh participou na prova de dez quilómetros, que cumpriu em 1h32m28s. Mas isso não interessa nada.

 

Fauja Singh, o sikh também conhecido como o "Torpedo de Turbante", acabava de cruzar pela última vez a meta de uma corrida oficial e já ouvia o tiro de partida para um futuro de nostalgia. "Nunca esquecerei este dia. Vou ter saudades", disse, citado pela agência Associated Press.

 

Antes do início da corrida, o "torpedo" já previa o que iria acontecer. "Sinto uma mistura de felicidade e tristeza. Estou feliz porque vou retirar-me no máximo das minhas capacidades, mas estou triste por ter chegado a altura de deixar de participar nisto", lamentou, numa entrevista concedida à AP, onde esteve acompanhado pelo seu treinador e intérprete, Harmader Singh.

 

Apesar das dúvidas em relação à sua verdadeira idade – o passaporte britânico diz que nasceu a 1 de Abril de 1911, mas as autoridades indianas garantem que nessa época não eram guardados registos de nascimentos –, Fauja Singh é reconhecido como o maratonista mais velho do mundo. Tenha ou não nascido na data que aparece no seu passaporte, o mais surpreendente na carreira de Singh é que ela começou há apenas pouco mais de 12 anos. Para quem prefere acreditar nos dados do passaporte, tinha 89 anos de idade.

 

Segundo a história contada pelo próprio, o vício da corrida começou após a morte da sua mulher e de um dos seus filhos, em 1994. “Ele achava que não valia a pena viver sem o seu filho”, disse à AP o treinador.

Depois de os seus outros cinco filhos terem emigrado, Singh decidiu juntar-se a um deles, em Inglaterra.

O resto é História do desporto: ao todo, foram nove maratonas, e a primeira não poderia ter sido mais emblemática. No ano 2000, Fauja Singh corria pelas ruas de Londres a primeira de nove maratonas. O seu melhor tempo foi estabelecido em Toronto, no Canadá, em 2003: 5h40m a correr, aos 92 anos de idade. Em 2012, foi um dos atletas que transportou o facho olímpico, para os Jogos de Londres.

Termina a carreira como detentor de vários recordes mundiais de atletismo na sua faixa etária (mais de 100 anos de idade), todos alcançados em 2011:

– 100m (23,40) O japonês Hidekichi Miyazaki tinha feito 28,83 um ano antes

– 200m (52,23) O sul-africano Philip Rabinowitz conseguira 77,59 em 2004

– 400m (2m13s48) A anterior marca era de 3m41s e pertencia ao austríaco Erwin Jaskulski, estebelecida em 2003

– 800m (5m32s18) Não havia recorde anterior

– 1500m (11m27s81) O australiano Leslie Amey fizera 16m46s41 no ano 2000

– Milha (11m53s45) Não havia recorde anterior

– 3000m (22m52s47) Não havia recorde anterior)

– 5000m (49m57s39) Não havia recorde anterior)

– Maratona (8h25m17s) para pessoas com mais de 100 anos – o máximo de 5h40m01s foi alcançado aos 92 anos de idade.

 

 

 

Retirado do Público

publicado por olhar para o mundo às 19:56 | link do post | comentar

Seth MacFarlane apresentará a 85ª edição dos Óscars

Seth MacFarlane apresentará a 85ª edição dos Óscars


Seth MacFarlane apresentará a 85ª edição dos Óscars

A 85ª edição dos Oscars volta a marcar um ponto de viragem na forma como a Academia norte-americana de artes e ciências cinematográficas concebe o espetáculo de atribuição dos prémios mais importantes da indústria sediada em Hollywood.

 

O sinal mais evidente dessa vontade de mudança vem da escolha do apresentador. Este ano, o eleito foi Seth MacFarlane.
 
Seth MacFarlane é adepto de um género de humor politicamente incorreto, o que aliás se confirma pelos trabalhos que desenvolveu para televisão como os desenhos animados "Family Guy", "American Dad" e "The Cleveland Show", ou pela comédia "Ted" que envolve linguagem muito pouco convencional. De resto, a dupla de protagonistas deste filme, constituída pelo desbocado urso Ted e pelo ator Mark Wahlberg, também marcará presença no palco do Dolby Theater.

 

Esta será provavelmente uma das maiores aventuras em que decidiram entrar, recorde-se que a transmissão televisiva é feita para mais de 255 países com milhões de pessoas a assistirem.

 

Um dos momentos mais aguardados da cerimónia será o que vai homenagear os musicais dos últimos dez anos, nomeadamente "Chicago", "Dreamgirls" e "Os Miseráveis". Os produtores da cerimónia anunciaram que dez estrelas estarão presentes nessa coreografia: Jennifer Hudson, Catherine Zeta-Jones, Russel Crowe, Hugh Jackman, Anne Hathaway, Helena Bonham Carter, Samantha Barks, Aaron Tveit, Eddie Redmayne e Amanda Seyfried.

 

Quando for anunciado o Oscar de melhor filme do ano, Craig Zadan e Neil Meron prepararam um final atípico. Seth MacFarlane regressará ao palco acompanhado pela estrela da Broadway Kristin Chenoweth para um último número musical.

 

A cerimónia decorrerá no Kodak Theatre, em Los Angles, no próximo dia 24 de Fevereiro.

 

Retirado do HardMúsica

publicado por olhar para o mundo às 10:05 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...
  • Great article!

Posts mais comentados

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO