Sexta-feira, 31.10.14

METALLICA - Documentário "Some Kind of Monster" reeditado com conteúdos extra

METALLICA  Documentário "Some Kind of Monster" reeditado com conteúdos extra

 


METALLICA

Documentário "Some Kind of Monster" reeditado com conteúdos extra

Filme elogiado por imprensa e fãs disponível também em formato digital

Os Metallica, uma das bandas rock mais influentes do planeta, reeditam a 24 de novembro o documentário "Some Kind of Monster", originalmente lançado em 2004 e entretanto fora de circulação. O filme será lançado em formato DVD e Blu-ray, em edições de dois discos.

Elogiado por publicações influentes como a Q, Rolling Stone, Uncut, Timeout ou New York Times, "Some Kind Of Monster" segue a banda durante três dos anos mais turbulentos da sua longa carreira. Na altura, com "St. Anger" a ser gravado, os Metallica lutavam contra dependências diversas e a sua própria relação enquanto banda, e o documentário que será agora reeditado traça um retrato dessa época.

Realizado por Joe Berlinger e Bruce Sinofsky, o documentário será disponibilizado por via digital e em "Video on Demand". A nova edição de "Some Kind of Monster" traz algumas novidades face à de 2004: ao filme original junta-se um outro, de 25 minutos, chamado "This Monster Lives", e que foi gravado em Toronto, no Canadá, a propósito do lançamento no país de "Through the Never", o segundo filme sobre a vida do grupo. "This Monster Lives" integra entrevistas com a banda e os realizadores do documentário, que traçam um balanço volvidos dez anos sobre a edição do mesmo.

Poucos dias depois da reedição de "Some Kind of Monster", chega a 28 de novembro uma edição em vinil de 12 polegadas de "Lords of Summer", canção nova dos Metallica gravada este ano. O tema pode não sair no próximo álbum do grupo mas é "representativo de onde está a mente criativa" dos Metallica nesta fase, avançou o baterista Lars Ulrich recentemente à revista Rolling Stone.

Formados em 1981 pelo baterista Lars Ulrich e pelo guitarrista e vocalista James Hetfield, os Metallica tornaram-se uma das bandas de rock mais influentes e bem-sucedidas da história, tendo vendido 110 milhões de álbuns no mundo inteiro e tocado para milhões de fãs em todos os continentes.

O último álbum de originais do grupo, "Death Magnetic", foi editado em 2008.

publicado por olhar para o mundo às 21:56 | link do post | comentar

Apresentação do Livro Reciclar com Arte na Biblioteca Municipal do Barreiro

reciclarcomarte.jpg

 

 

Lançamento do Livro “Reciclar com Arte” na Biblioteca Municipal

 

No dia 15 de novembro, sábado, pelas 15h00, terá lugar a apresentação do livro “Reciclar com Arte”, no Auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro.

A entrada é livre.

 

Biografia:

Cibele Marques da Torre é licenciada em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa.

Para além da sua atividade docente em vários estabelecimentos de ensino e do exercício de diversos cargos de coordenação, integrou o Conselho Diretivo da Escola Secundária de Santo André, no Barreiro, orientou durante anos a formação de professores, coordenada quer pela Universidade Nova de Lisboa, quer pela Escola Superior de Educação de Setúbal e foi responsável por múltiplos projetos e ações de formação.

A partir de 1993, exerceu o cargo de Diretora do Ciclo Secundário nas Escolas Europeias.

Lecionou na Alemanha durante seis anos a disciplina de Português, a par de outras matérias, entre elas HORAS EUROPEIAS – ARTE. Nesta, para além da sua formação pedagógica utilizou a aprendizagem adquirida à arte em geral e ao design.

Aí nasceu a sua paixão pela reciclagem artística que foi substituindo a pintura. Atualmente, leciona Arte no âmbito da disciplina de Horas Europeias na escola europeia de Varese (Itália).

Publicou como autora e co-autora, toda a série de manuais escolares “Treffpunkt” para o ensino de Alemão e, ainda, os livros de exercícios.

 

Sinopse

Já todos olhámos com pena para alguns objetos que, diariamente, deitamos para o lixo: revistas com folhas brilhantes e coloridas, garrafas e sacos de plástico, rolos de cartão e tantos outros, que acabam a sua vida num qualquer contentor sem história. Vamos dar a estes materiais uma segunda vida, seguindo um percurso estético que os vai transformar em objetos úteis e verdadeiras obras de arte, que seguem as tendências mais atuais e se inspiram em pintores, escultores e designers dos séculos XX e XXI. Para além da transformação de lixo em elementos decorativos com instruções precisas profusamente ilustradas e do prazer estético que isso representa, este livro conduz o leitor numa viagem pela arte do nosso tempo, de Sónia Delaunay a Beatriz Milhazes, passando por muitos outros mestres mais ou menos conhecidos, mas sempre inspiradores.

A Biblioteca Municipal do Barreiro localiza-se na Rua da Bandeira, Urbanização do Palácio do Coimbra, 2830-330 Barreiro. Contacto: 21 096 65 37 (Receção), e-mail:biblioteca.municipal@cm-barreiro.pt.

 

CMB 2014-10-29

publicado por olhar para o mundo às 19:54 | link do post | comentar
Terça-feira, 28.10.14

Filme “África Abençoada” em estreia mundial no Cine-Teatro de Estarreja

africaabençoada.jpg

 

 

Filme “África Abençoada” em estreia mundial no Cine-Teatro de Estarreja

É a primeira exibição de um novo documentário coproduzido por Portugal e Guiné-Bissau. “África Abençoada” realizada por Aminata Embaló, foi produzido pelo Cine-Clube de Avanca, Filmógrafo (Portugal) e Água Triangular (Guiné-Bissau), depois de uma rodagem que atravessou a Guiné-Bissau, o Senegal, a Gâmbia e chegou à Mauritânia. A estreia de “África Abençoada”, com início marcado para as 21h30 de quinta-feira, 30 de outubro, no Cine-Teatro de Estarreja, tem duração de uma hora, numa sessão que conta ainda com a exibição de “Só” (curta-metragem de animação assinada por Nuno Fragata).

 



Na sua bicicleta, repetidamente, ao longo de 4 anos, Quintino Na Pana percorreu cerca de 1000 quilómetros, atravessando 4 países para apelar à paz no seu continente africano. Ciclista, guineense de 29 anos, pai de cinco filhos, professor de educação física no ensino secundário e estudante na faculdade, Quintino tenta viver entre os sucessivos e longos atrasos do ordenado e o sonho e desejo de paz, pedalando em nome de uma sociedade africana mais justa e equilibrada. Quintino Na Pana é de uma geração de jovens guineenses pós independência sem memórias da presença colonial portuguesa e da guerra colonial. Uma geração que cresceu assistindo à degradação do país, quer ao nível do Estado, quer ao nível do património sócio cultural e das infraestruturas.

Geração que presencia e participa nos fluxos migratórios de zonas rurais para a capital, Bissau, que provocou uma exponencial e desordenada construção de bairros de lata, acentuada com a guerra civil de 1998/99. Como Quintino muitos são os jovens que sofrem hoje de um sistema educativo deficitário e de uma elevada taxa de desemprego. Ainda que o sonho da geração Amílcar Cabral tenha desvanecido, a verdade é que hoje muitos destes jovens alimentam um sonho de uma vida melhor e de um país estável, sem conflitos ou instabilidade política. “África Abençoada” é mais do que uma viagem por quatro países africanos, é sobretudo uma viagem pela precariedade em que têm vivido os jovens adultos guineenses.

Realizado por Aminata Embaló, numa autoria conjunta com Monica Musoni, este filme reuniu uma equipa conjunta de portugueses e guineenses. António Bento, Mamadú Sello, Nené e António Valente percorreram todo o percurso do filme, onde a produção executiva esteve a cargo de Aliu Nhamajo, Carlos Lobo, Catarina Almeida, Joaquim Baldé, João Serras Pereira e Júlia Rocha.

Com montagem de Carlos Silva, som e música de Fernando Augusto Rocha, a equipa técnica foi ainda completada por Álvaro Marques, António Fonseca, António Osório, Cláudia Ferreira, Eunice Castro, Hamilton Trindade, Rita Capucho e Sérgio Reis. Paulo Rebocho e António Costa Valente produziram, com o apoio da RTP, da SEC/ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, do Governo da Guiné-Bissau e das Embaixadas de ambos os países.

A primeira exibição de “África Abençoada” insere-se no ciclo Quintas de Cinema, promovido pelo Município de Estarreja e pelo Cine-Clube de Avanca. Com lugar no Cine-Teatro de Estarreja, este ciclo garante sessão dupla de filmes, com uma curta-metragem seguida de uma longa-metragem, e assume-se como plataforma de divulgação do cinema lusófono e europeu.

+

http://www.cineteatroestarreja.com
http://www.facebook.com/cinestarreja
http://twitter.com/CTE__

publicado por olhar para o mundo às 21:07 | link do post | comentar

Barreiro - Programação AMAC JUNIOR - "Não toquem nas minhas mãos"

NAO_TOQUEM.jpg

 

 

PROGRAMAÇÃO AMAC JÚNIOR

 

O Auditório Municipal Augusto Cabrita retomou a programação cultural com as famílias, ao fim-de-semana, com o projeto AMAC Júnior. Até dezembro de 2014, apresenta um conjunto de eventos de natureza artística nas áreas da dança, música, teatro, multimédia e cinema. A 8 de novembro, pelas 11h00, realiza-se o Teatro de Sombras “Não toquem nas minhas mãos”. 

 

 

8 novembro | 11h00 | Auditório Municipal Augusto Cabrita

Não toquem nas minhas mãos  [Sombras Chinesas Valeria Guglietti ] |Teatro de Sombras

 

Espetáculo em que as sombras chinesas se encontram com o cinema mudo, a marioneta, o humor e a música para criar uma coleção de histórias cheias de graça que fascinarão todo o tipo de públicos. Desde os princípios dos tempos o homem tem convivido com a sua sombra. Começou a brincar com as suas mãos desenhando formas efémeras. Tornada arte pelos chineses há milhares de anos, as Sombras percorrem o mundo através dos tempos.

Público-alvo – Maiores de 3 anos

Duração – 45 min

Ingressos – 2€

 

2 novembro e 21 dezembro | 16h00 | Auditório Municipal Augusto Cabrita

Filminhos  À Solta pelo País [Zero em comportamento]

 

- Auditório Municipal Augusto Cabrita | Parque da Cidade | Barreiro | Contato: 21 214 74 10

- Posto de Turismo | Largo do Mercado 1º de Maio | Barreiro | Contato | 21 099 08 37

 

CMB 2014-10-27

publicado por olhar para o mundo às 20:58 | link do post | comentar
Sábado, 25.10.14

TAYLOR SWIFT "1989", O ÁLBUM, CHEGA SEGUNDA FEIRA

TAYLOR SWIFT  "1989", O ÁLBUM, CHEGA SEGUNDA FEIRA

 

 

TAYLOR SWIFT

"1989", O ÁLBUM, CHEGA SEGUNDA FEIRA

Minuto a minuto, continua a contagem decrescente para o novo disco de Taylor Swift. Na Segunda Feira, as versões Standard e Deluxe chegam às lojas e às plataformas digitais. Por enquanto, e ao longo do fim de semana, a pré-venda do disco continua no iTunes, através deste link.
 
É o quinto álbum de estúdio e define-se quase como um novo início, em que Taylorcolabora com Ryan Tedder, Max Martin ou Shellback, num trabalho oficialmente pop e que traz uma sonoridade renovada.
 
Para a cantora americana, os últimos meses foram uma viagem recheada de avanturas: do vídeo de "Shake It Off", que conta hoje com 198 milhões de visualizações, até às "Secret Sessions", em que convidou fãs para visitarem a sua casa e ouvirem o álbum; ou ter partilhado a cozinha com Jamie Oliver para o Stand Up For Cancer.  Na Segunda Feira, o lançamento vai ser no aclamado "The Ellen Show".
 
O sucesso está à vista: todas as canções que já foram reveladas deste disco chegaram ao topo das tabelas de airplay e de digital, incluíndo em Portugal. Ao longo dos próximos dias, as redes sociais da Universal Music Portugal entram na celebração com a #semana1989, uma série de iniciativas que colocam Taylor Swiftmais perto dos fãs portugueses.

publicado por olhar para o mundo às 20:15 | link do post | comentar
Quarta-feira, 22.10.14

U2 "Songs of Innocence" entra diretamente para o nº1 do top de vendas em Portugal

U2  "Songs of Innocence" entra diretamente para o nº1 do top de vendas em Portugal

 


U2

"Songs of Innocence" entra diretamente para o nº1 do top de vendas em Portugal

O novo álbum dos U2, editado oficialmente no passado dia 13 de Outubro, teve entrada direta para o 1º lugar da tabela de vendas em Portugal.

Na semana passada chegaram às lojas duas novas versões do disco que em Setembro havia sido oferecido a todos os clientes do iTunes: a edição deluxe com duas faixas extra, uma sessão acústica de seis temas e a edição em vinil.
 
Desde essa data que a banda irlandesa tem aparecido em ações promocionais como a atuação de ontem no famoso programa da BBC "Later with Jools Holland" onde mostraram dois temas do novo álbum: "Every Breaking Wave" e "Volcano".
 
O vídeo oficial do primeiro single, "The Miracle (of Joey Ramone)", também pode ser visto na página oficial da banda: www.u2.com
 
"Songs Of Innocence" é o trabalho mais pessoal dos U2 até à data, mostrando assim as razões que levaram a banda a juntar-se. A família, as relações e a descoberta são alguns dos temas tratados neste álbum, o qual foi gravado em Dublin, Londres, Nova Iorque e Los Angeles, tendo sido produzido por Danger Mouse, Paul Epworth, Ryan Tedder, Declan Gaffney e Flood.
 

publicado por olhar para o mundo às 22:09 | link do post | comentar

Barreiro - Mês da Fotografia - Convite à população jovem

sara rocio.JPG

 

 

MÊS DA FOTOGRAFIA

 

“CONVITE À TUA PARTICIPAÇÃO”

 

A Câmara Municipal do Barreiro e a Fotógrafa Sara Rocio convidam os jovens do Concelho do Barreiro a participarem, enquanto modelos fotográfico, num projeto que a artista está a desenvolver no âmbito do Mês da Fotografia e que culminará numa exposição a inaugurar, a 29 de novembro, no Auditório Municipal Augusto Cabrita.

 

Este projeto propõe-se criar retratos de jovens residentes no Barreiro, com idades compreendidas entre os 18 e os 22 anos.

 

Os interessados podem inscrever-se através do telefone 21 214 74 04 ou do e-mailcultura@cm-barreiro.pt.

 

“Se tudo correr bem, daqui por 20 anos, este projeto será repetido, nunca da mesma maneira, nem na forma nem no resultado, mas com as mesmas pessoas.

Este trabalho vai refletir sobre o retrato, o rosto, mas de uma forma plástica, como se o plano do realismo normalmente atribuído à fotografia fosse destruído pelo processo.

O que interessa não é o que se vê mas o que nunca se vê”.

 

 

Sessões fotográficas:
Local: AMAC – Auditório Municipal Augusto Cabrita | Parque da Cidade
Datas e horário: 24 e 31 de outubro de 2014 | das 14h00 às 16h00

NOTA: Limite máximo de 20 inscrições

Inscrições/informações: 21 214 74 04 ou cultura@cm-barreiro.pt

 

CMB 2014-10-21

publicado por olhar para o mundo às 21:06 | link do post | comentar
Terça-feira, 21.10.14

Teatro na ACERT - O FASCISMO DOS BONS HOMENS

O FASCISMO DOS BONS HOMENS

 

 

O FASCISMO DOS BONS HOMENS
Trigo Limpo teatro ACERT
A Escola vem ao Teatro



O envelhecimento que fala português. Impiedoso, comovente, poético, satírico… com desvarios amorosos.

Entre o trágico e o cómico, esta aventura de final de vida ganha, em palco, uma dimensão que nos remete novamente para o mundo do “faz de conta”, essa fantástica brincadeira que, em pequenos nos permite “reinar” e, já adultos, nos reaproxima da menoridade.

A determinada altura o Américo, ao ralhar com os utentes do Lar, exclama: - “Parecem putos… Não têm vergonha na cara, estes homens desta idade, parecem putos…”, - o que nos remete para um universo onde as idades e os comportamentos se confundem porque, como diz o povo, "de velho se torna a menino". E é neste universo que nos vamos mover e onde, num jogo de “faz de conta”, vão “reinar” as palavras de valter hugo mãe dando vida ao triste e divertido Lar Feliz Idade.

“Fiquei maravilhado com o trabalho que o Trigo Limpo apresenta. Não podia esperar receber o meu livro devolvido desta forma, simultaneamente tão competente e amável. (…)

Em certo sentido, uma encenação brilhante como a que o Trigo Limpo faz agora é o modo mais prudente para que eu, enquanto autor, regresse ao meu livro. (…)

Voltamos a casa com vontade de colocar em cada vazio um sinal contrário. Porque momentaneamente estamos repletos. Fortes para muito mais do que o habitual.”


Crónica de valter hugo mãe in JL a 22-01-2014

PREÇO: 2€ (Público Escolar)

 Auditório 1
Data/Hora:  Qua, 29 out'14 às 10:30
Local:  Auditório 1
Data/Hora:  Sex, 31 out'14 às 10:30 e às 14:30




Ficha Técnica


A partir de “A Máquina de Fazer Espanhois” de valter hugo mãe
Adaptação e encenação de Pompeu José
Composição e Direção musical de Filipe Melo
Cenografia de Zétavares e Pompeu José
Desenho de luz de Luís Viegas e Paulo Neto
Interpretação de António Rebelo, Hugo Gonzalez, João Silva, Pedro Sousa, Pompeu José, Raquel Costa e Sandra Santos

publicado por olhar para o mundo às 20:59 | link do post | comentar

SISTER CRISTINA A SURPREENDENTE VENCEDORA DO THE VOICE ITALIA LANÇA O SEU ÁLBUM DE ESTREIA

SISTER CRISTINA  A SURPREENDENTE VENCEDORA DO THE VOICE ITALIA LANÇA O SEU ÁLBUM DE ESTREIA

 

 

SISTER CRISTINA

A SURPREENDENTE VENCEDORA DO THE VOICE ITALIA LANÇA O SEU ÁLBUM DE ESTREIA

Foi uma das mais faladas concorrentes do The Voice em todo o mundo: a noviça das Irmãs Ursulinas fez virar todas as cadeiras quando cantou "No One", de Alicia Keys,um momento que mais de 62 milhões de pessoas já viram no YouTube.
 
Agora, e depois de ter vencido o aclamado concurso de televisão, a Irmã Cristinalança o seu álbum de estreia, de onde acaba de revelar o seu primeiro single, uma interpretação de "Like a Virgin", a famosa canção de Madonna, que já conta com vídeo.
 
Para além deste cartão de visita, o disco, que chega às lojas e plataformas digitais a10 de Novembro, inclui covers de artistas como Keane, Jessie J, Cyndi Lauper, Pink ou Duran Duran, e ainda duas canções originais.
 
Nascida na Sicília há 26 anos, e freira desde 2010, Cristina Scuccia transformou-se num fenómeno global. Agora, ganha um álbum em nome próprio, gravado em Los Angeles, e com a participação de músicos de excelência como o baterista Vinnie Colaiuta (Sting, Herbie Hancock, Frank Zappa) ou o baixista Sean Hurley (Robin Thicke, John Mayer, M83, Colbie Caillat).

publicado por olhar para o mundo às 20:58 | link do post | comentar

Forgotten Fog - O Nevoeiro Esquecido

Forgotten Fog - O Nevoeiro Esquecido 

 

forgottenfog.jpg

 

He left his heart in too many places – Ele deixou o seu coração em demasiados lugares.

És a única árvore no mundo, enterraste em raízes profundas. As camadas debaixo de terra habitam o esquecimento. Os corpos perdidos, encontram-se no caos obtuso. O frio é cada vez maior. Deixas de sentir as minhocas, os corpos anestesiados, falam de outros tempos, de uma outra vida. Estas oito mulheres falam do género, lutam por um passado longínquo, não presente. Questionam esse passado, e enterradas, revivem esse ciclo que foi a sua vida. A resposta é uma narrativa surrealista, inspirada no texto de Beckett, “play”, na mais pura das formas, criado sobre o formato de espectáculo multidisciplinar, numa fusão de dança contemporânea, teatro físico, música e novo circo. 

Encenação: Diana Bastos Niepce / Música e Edição: Diana Bastos, Sérgio Ivo / Interpretes: Ana Sofia Leite, Angélica Evrard, Diana Niepce, Mariana Portugal, Mila Xavier, Mónica Alves, Raquel Nicoletti e Telma Fernandes / Design de luz: Carlos Ramos / Agradecimentos: Carlos Ramos, Carlos Raposo, Cátia Leitão, Mafalda Gouveia, Maria João Olímpio, Pedro Tiago, The Madblast e Armazém 13. 
Olímpio e Armazém 13.

 

publicado por olhar para o mundo às 09:45 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO