O Carnaval começou na Grécia

O Carnaval começou na GréciaO Carnaval começou na Grécia

Carnaval teve a sua origem na Grécia, onde actualmente e para mal dos gregos o Carnaval hoje é outro.

 

Eram festas de agradecimento aos deuses pela fertilidade dos solos e um pedido de benção para a produtividade das terras uma vez que a Primavera se aproximava. Isto nos anos 600 a 580 a.c..

 

A partir de 590 d.c. a Igreja Católica decidiu adoptar estas festas regidas pelo ano lunar no cristianismo. 

Antecedendo o período de abstinência marcado pela Quaresma, carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou do latim "carne vale" dando origem ao termo "carnaval". 


Mas como essa abstinência também dizia respeito aos prazeres da carne, esse longo período de privações acabaria por incentivar a reunião de diversas festividades nos dias que antecediam a Quarta-feira de Cinzas, o primeiro dia da Quaresma. 


A palavra "carnaval" está, desse modo, relacionada com a ideia de deleite dos prazeres da carne marcado pela expressão "carnis valles", sendo que "carnis" em latim significa carne e "valles" significa prazeres. 

Duas explicações linguísticas perfeitamente plausiveis para a origem da palvra e muito humanas para a origem dos festejos, sobretudo numa Idade Média dominada por uma Igreja Católica intransigente e aterrorizadora.


Os festejos desses dias eram de origem popular e cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. 


Do costume grego de agradecer aos deuses passou-se para o carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, afinal um produto da sociedade vitoriana do século XIX, sendo Paris o modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. 

Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro vieram a inspirar-se no carnaval parisiense para criara as suas próprias  versões de Carnaval.

No Rio de Janeiro em virtude do ritmo que quase faz viver o próprio país, o samba, todos os festejos são acompanhados com o desfile de escolas de samba, que organizam a festa com 365 dias de antecedência.

 

Retirado do HardMúsica

publicado por olhar para o mundo às 08:37 | link do post | comentar