Quinta-feira, 02.11.17

Ressignificar: Nova música da Ana Muller já está disponível

anamullher.jpg

 

Ressignificar: Nova música da Ana Muller está disponível em vídeo e áudio


Após figurar entre os 500 artistas brasileiros mais ouvidos no Spotify segundo a Red Bull e alcançar mais de 17 milhões de visualizações no Youtube, a cantora Ana Muller mostra uma novidade: “Ressignificar”. A canção inédita, gravada ao vivo em formato banda no Complexo Estúdio, em Goiânia, está disponível em todas as plataformas de streaming e também em vídeo, captado durante a gravação do registro.

A faixa é uma raridade esquecida dentro das inúmeras composições da capixaba e foi resgatada para a turnê de divulgação do EP de estreia da cantora, ganhando arranjo que dá energia para o folk rock da canção. A banda que acompanha a artista é formada por Felipe Duriez (Cícero, Hover) na guitarra, Henrique Paoli (My Magical Glowing Lens, André Prando) na bateria e Marcos Xi (Letuce, Aline Lessa) no baixo.

“A música é bem direta. É sobre achar um novo motivo para as coisas, não só de amor, mas de vida. Aprender a ver tudo de um modo diferente e não atrela-las a traumas do passado. Há muitos significados da vida que podem ser explorados”, comenta Ana Muller sobre “Ressignificar”.

O vídeo é assinado por Moment e Complexo Estúdio, com edição de Diogo Fleury que também filmou ao lado de Rodrigo Cunha e Victor Souza. A captação de áudio e mixagem é assinada por Braz Torres. Produção executiva de Josué Veloso e artística de Marcos Xi, ambos da Garimpo Brasileiríssimos.

O lançamento oficial do registro acontecerá durante o festival Brasileiríssimos, dia 18 de novembro, no Cine Jóia. Antes, Ana toca em Caicó-RN e Caruaru-PE, e em seguida se apresentará no festival DoSol, em Natal. Em dezembro Ana voltará a São Paulo e participará da SIM São Paulo 2017.

 

 

publicado por olhar para o mundo às 09:13 | link do post | comentar
Segunda-feira, 04.09.17

Ao lado dos fãs e no Brasil inteiro, Ana Muller lança o clipe de “Escopo”

escopo.jpg

 

 

Ao lado de fãs do Brasil inteiro, Ana Muller lança o clipe de “Escopo”

Vídeo foi gravado durante quase 30 shows, em 16 estados de todas as regiões do país

 

Recolhendo imagens do encontro com os fãs pelo país, a cantora Ana Muller lança clipe de “Escopo”, faixa presente no EP de estreia lançado este ano pelo selo Garimpo Brasileiríssimos. Este é o primeiro clipe da artista e segue o compromisso da cantora de se manter sempre próxima de seus fãs, já que em cada apresentação faz questão de conversar, autografar e tirar fotos com todos após os shows.

 

O registro é um presente da cantora para seus fãs, uma forma de retribuir e abraçar cada pessoa que divide a mensagem e sente a música junto. “Escopo é pra vocês, que são luz na minha trajetória, que me acompanham, que me enchem de amor e de esperança. Olhem pra si mesmos e enxerguem as pessoas lindas que vocês são! Se libertem, se desprendam, fechem todos esses ciclos e iniciem uma nova etapa, sempre, quantas vezes for preciso”, comenta a cantora, em texto divulgado ao fãs junto ao vídeo.

 

O vídeo foi gravado durante a primeira parte da turnê nacional de divulgação do EP, com imagens captadas durante 28 shows em cidades do Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte, Piauí, Pará, Amazonas e São Paulo. A filmagem, a edição e a finalização são de Josué Veloso.

 

Segundo a cantora, a canção trata sobre recomeço. “Quantas coisas nos machucam e nós não conseguimos sair delas? Um emprego que te suga e não te faz crescer, um sonho que você sempre adia por medo de não conseguir, uma relação abusiva em amizades. Nós só podemos amar o próximo como a nós mesmos se nos amarmos, caso contrário não tem nenhum sentido. Ciclos precisam ser fechados e precisamos nos desprender do que não nos faz bem. Escopo é alcançar aquilo que se deseja”, explica.

 

Ana Muller segue em turnê pelo país mostrando as faixas do seu EP auto-intitulado e canções mais antigas compiladas no álbum acústico “2012-2016”, que junta versões retiradas  do Youtube e Soundcloud da cantora durante seus primeiros anos de carreira.

 

 

 

1/9 – Belo Horizonte/MG (Palácio das Artes)
2/9 – Mariana/MG (Sagarana Café-Teatro)
3/9 – Viçosa/MG (B-Side)
15/9 – São Luís/MA (O Imparcial)
16/9 – Fortaleza/CE (Teatro Chico Anysio)
17/9 – Teresina/PI (NordX) – com Phill Veras
29/9 – Vitória da Conquista/BA (Teatro Carlos Jehovah)
30/9 – Feira de Santana/BA (CDL Feira)
01/9 – Aracaju/SE (Reciclaria)
06/10 – Uberlândia/MG (Festival Timbre) – com Silva
12/11 – Natal/RN (Festival DoSol)

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar
Quarta-feira, 26.07.17

Pela 1º vez, Ana Muller disponibiliza canções antigas para streaming

ana muller.jpg

 

Pela 1º vez, Ana Muller disponibiliza canções antigas para streaming
Faixas como “Fragmentar” e “Roseira” fazem parte da coletânea “2012-2016”

 

Após alcançar os seus primeiros dois milhões de audições nas plataformas de streaming apenas com seu EP de estreia, a capixaba Ana Muller lança a coletânea “2012-2016”, contendo as faixas mais pedidas pelos fãs e que ainda não haviam sido distribuídas digitalmente, como “Fragmentar”, “Roseira”, “Me Olha” (com participação de Rodrigo Alarcon) e “Sorte”.

Todas as canções já faziam parte de seus shows e podiam ser ouvidas apenas no Youtube e no Soundcloud, as primeiras plataformas usadas pela cantora para se divulgar no início da carreira, e onde alcançou 13 milhões de audições nos primeiros anos. As dez faixas selecionadas para o registro foram compostas pela própria cantora e estão disponíveis pela primeira vez no Spotify, Deezer, Napster, Tidal, Apple Music, iTunes e Google Play, com edição e masterização especial assinada por Rodrigo Miguez no Estúdio Mira, no Rio de Janeiro, respeitando as limitações das gravações caseiras e originais feitas em equipamentos rudimentares.

“Eu vivi com depressão por treze anos e finalmente consegui vence-la ao fim de 2016. Estas músicas fazem parte de um período diferente não só da minha carreira, mas do que eu entendia de mim mesma. Olho para elas com carinho e fico muito feliz de poder dividir essa superação com meus fãs”, revela a cantora de 25 anos.

Apesar disso, este trabalho não constitui um álbum e nenhuma destas canções está descartada para fazer parte do tracklist do primeiro long play da artista, previsto para meados de 2018 pelo selo Garimpo, braço fonográfico da página Brasileiríssimos, que conta até o momento com nove milhões de fãs no Facebook.

Ainda para este ano, Ana pretende lançar um clipe e continuar com a turnê de divulgação do EP auto intitulado lançado no início de 2017, que já passou por 16 estados e deverá investir no interior do país e em capitais ainda não visitadas no primeiro semestre do ano.

 

 

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 15.06.17

Ana Muller divulga versão de Skank e anuncia turnê pelo Rio de Janeiro

ana muller.jpg

 

 

Ana Muller divulga versão de Skank e anuncia turnê pelo Rio de Janeiro

“Acima do Sol” faz parte da coletânea “Dois Lados”, em homenagem a banda mineira

 

A cantora e compositora capixaba Ana Muller acaba de lançar uma versão da canção “Acima do Sol”, do Skank, como parte da coletânea “Dois Lados”, lançada pelo site Scream & Yell em homenagem a histórica banda mineira. A canção está disponível para audição no Youtube e Soundcloud, além de download gratuito.

 

“Fiz questão de escolher esta música principalmente por fazer parte de toda a minha vida, trazendo sempre ótimas lembranças e por conter significado até os meus dias atuais. Pra mim é eterna”, comenta a cantora.  “Quis fazer um arranjo ao vivo, voz e violão, como me acostumei a tocar junto com amigos e família ao longo dos anos. Há muita carga emocional e nostálgica nesta canção”, completa.

 

O registro foi feito por Nicolas Csiky e Marcos Xi no Cavalo Estúdio, em São Paulo, durante a turnê de divulgação do seu EP de estreia, homônimo, lançado no início do ano. Além de Ana, a coletânea tem versões assinadas por AnaVitória, Esteban Tavares, A Banda Mais Bonita da Cidade, Phill Veras, Dani Black e vários outros, com curadoria de Pedro Ferreira.

 

Em suporte ao lançamento, a cantora se apresenta pelo Rio de Janeiro em junho. Dia 24 fará show gratuito, às 15hs, no palco principal da edição carioca do festival Dia da Música, na Glória; seguindo no mesmo dia para Petrópolis, onde toca às 22hs no estúdio Aldeia. No dia seguinte, 25/6, a artista tem show no teatro Gacemss, em Volta Redonda, com ingressos a partir de 6 reais.

 

Serviço:

Ana Muller no Dia da Música (show com banda)
24/6, às 15hs, na Praça Luís de Camões, Glória
Entrada gratuita. Classificação livre.

 

Ana Muller em Petrópolis (show acústico)
24/6, às 22hs, no Aldeia Estúdio (Rua Olavo Bilac, 265 – Castelânea)
Entrada: R$20. Classificação livre.

 

Ana Muller em Volta Redonda (show acústico)
25/6, às 17hs, no teatro Gacemss (Rua 15, 315 – Vila Santa Cecília)
Entrada: R$25. Classificação livre.

publicado por olhar para o mundo às 09:13 | link do post | comentar
Sábado, 13.05.17

Canção inédita “Sofia” junta as revelações Rubel e Ana Muller

Ana Muller foto por Sarah Diniz Outeiro 2.jpg

 

Canção inédita “Sofia” junta as revelações Rubel e Ana Muller


Amigos desde antes do reconhecimento do público, Ana Muller e Rubel trocam composições e conversas desde 2015. Aproveitando a recente ida da cantora ao Rio de Janeiro, dentro da turnê de divulgação de seu primeiro EP, Rubel subiu ao palco para, ao violão, dividirem a canção “Sofia”, de autoria da Ana e em versão do músico.

Ainda inédita, a música foi composta para ser tema do filme de mesmo nome do diretor Wagner Dantas, com estreia ainda não definida. “Sofia” fala sobre valorizar o que tem e devolver o amor que recebe. “A canção fala ‘Deve ser tão bom ter sempre um passo que vem logo ao lado do seu passo, que lhe dê a mão’. A Sofia sentia falta dessa reciprocidade. Então a grande mensagem dessa música é valorizar o que é recíproco e como isso é maravilhoso”, explica Ana Muller.

Rubel lançou recentemente o clipe de “Ben” e está em fase de finalização de seu segundo disco, a ser lançado ainda este ano com patrocínio da Natura. Já Ana está fazendo shows pelo Brasil divulgando seu primeiro EP, auto intitulado, passando por todas as regiões do país com várias datas esgotadas ou com segunda sessão.

 

 

 

publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar
Terça-feira, 14.03.17

Ana Muller lança primeiro EP e anuncia turnê

Ana Muller foto por Sarah Diniz Outeiro 2.jpg

 

 

Ana Muller lança primeiro EP e anuncia turnê
Registro conta a história da própria autora, passando entre a depressão e o amadurecimento


Com mais de onze milhões de views no Youtube apenas com canções autorais voz e violão, a cantora Ana Muller lança seu primeiro trabalho de estúdio. Homônimo, o EP contém cinco canções divididas entre inéditas e outras bastante reconhecidas pelo fiel público da artista.

O registro procura dar outra perspectiva para as letras pesadas e a exposição sentimental da cantora, usando ritmos animados em momentos mais emocionais ou melodias leves junto a letras pesadas. Todas as canções são feitas e cantadas em primeira pessoa, contando experiências próprias e fazendo uma espécie de trilha sonora do seu próprio processo de amadurecimento e fechamento de ciclo. O decorrer do EP conta uma história de amor, reconhecimento, brigas e o fim, além de todo o aprendizado com isso.

“Não Vá Embora”, faixa que abre mostra alguém que se apaixona. Esse amor cresce em “Me Cura”, single do disco e com mais de 150 mil audições no Youtube e Spotify, onde a artista mostra que o amor ajudou ela em uma depressão. “Escopo” inicia o processo de fim de relacionamento, onde a artista olhar mais profundamente sobre si, em busca de um pouco de maturidade e auto conhecimento. Com mais de 2,5 milhões de views, “Deixa” ganha versão de estúdio pela primeira vez ilustrando uma esperança pós termino, a dúvida entre o amor e o seguir em frente.  E assim acontece em “Árvore Seca”, onde Ana consegue entender e amadurecer, deixando para trás quem lhe fez mal.

“Que faça sentido e que faça sentir, foi feito com muito suor e muito amor, não só da minha parte, mas de gente que é muito importante pra mim”, comenta a cantora.

A produção é de Felipe Gama, com Co-produção musical de Thiago Perovanono, no estúdio Gama Sounds, em Vitória-ES. O disco tem ainda Henrique Paoli na bateria, Renato Furtado no ukulelê e Thiago Perovano nos violões, guitarras, contrabaixo e teclados adicionais. O lançamento é do selo Garimpo Brasileiríssimos, criado pela página do Facebook Brasileiríssimos para mostrar novos talentos da música brasileira.

Sobre Ana Muller:

Criada ao som do rock brasileiro oitentista e da explosão da mpb nos anos sessenta e setenta, Ana Muller é uma filha da geração Youtube – veículo que, ao lado do Soundcloud, começou despretensiosamente a postar suas músicas e viu muita gente se identificar e compartilhar seus momentos emocionais em tempo real.

A cantora é natural de Ibatiba-ES e compõe desde criança. É ex-vocalista da banda Aurora, uma dos grupos vencedores da 5º edição de um dos festivais mais importantes de música independente capixaba, o Festival Prato da Casa. Desde 2015 se apresenta solo em shows pelo Brasil somente cantando canções autorais, lançando em 2017 seu primeiro EP.

Serviço:

Ana Muller ao vivo no Rio de Janeiro

Lançamento do EP Ana Muller e da turnê nacional
Dia 17 de março, às 19hs

Teatro Ipanema (Rua Prudente de Morais, 824)

Ingressos: R$40 (inteira) e R$20 (meia)

Banda de acompanhamento: Felipe Duriez (bateria), Henrique Paoli (bateria) e Marcos Xi (baixo)

Show de abertura: Beto Larubia

Classificação:Livre

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 02.02.17

Ana Muller lança primeiro EP e anuncia turnê

na muller.jpg

 

Ana Muller lança primeiro EP e anuncia turnê
Registro conta a história da própria autora, passando entre a depressão e o amadurecimento


Com mais de seis milhões de views no Youtube apenas com canções autorais voz e violão, a cantora Ana Muller lança seu primeiro trabalho de estúdio. Homônimo, o EP contém cinco canções divididas entre inéditas e outras bastante reconhecidas pelo fiel público da artista.

O registro procura dar outra perspectiva para as letras pesadas e a exposição sentimental da cantora, usando ritmos animados em momentos mais emocionais ou melodias leves junto a letras pesadas. Todas as canções são feitas e cantadas em primeira pessoa, contando experiências próprias e fazendo uma espécie de trilha sonora do seu próprio processo de amadurecimento e fechamento de ciclo. O decorrer do EP conta uma história de amor, reconhecimento, brigas e o fim, além de todo o aprendizado com isso.

“Não Vá Embora”, faixa que abre mostra alguém que se apaixona. Esse amor cresce em “Me Cura”, single do disco e com mais de 150 mil audições no Youtube e Spotify, onde a artista mostra que o amor ajudou ela em uma depressão. “Escopo” inicia o processo de fim de relacionamento, onde a artista olhar mais profundamente sobre si, em busca de um pouco de maturidade e auto conhecimento. Com mais de 2,5 milhões de views, “Deixa” ganha versão de estúdio pela primeira vez ilustrando uma esperança pós termino, a dúvida entre o amor e o seguir em frente.  E assim acontece em “Árvore Seca”, onde Ana consegue entender e amadurecer, deixando para trás quem lhe fez mal.

“Que faça sentido e que faça sentir, foi feito com muito suor e muito amor, não só da minha parte, mas de gente que é muito importante pra mim”, comenta a cantora.

A produção é de Felipe Gama, com Co-produção musical de Thiago Perovanono, no estúdio Gama Sounds, em Vitória-ES. O disco tem ainda Henrique Paoli na bateria, Renato Furtado no ukulelê e Thiago Perovano nos violões, guitarras, contrabaixo e teclados adicionais.

Sobre Ana Muller:

Criada ao som do rock brasileiro oitentista e da explosão da mpb nos anos sessenta e setenta, Ana Muller é uma filha da geração Youtube – veículo que, ao lado do Soundcloud, começou despretensiosamente a postar suas músicas e viu muita gente se identificar e compartilhar seus momentos emocionais em tempo real.

A cantora é natural de Ibatiba-ES e compõe desde criança. É ex-vocalista da banda Aurora, uma dos grupos vencedores da 5º edição de um dos festivais mais importantes de música independente capixaba, o Festival Prato da Casa. Desde 2015 se apresenta solo em shows pelo Brasil somente cantando canções autorais, lançando em 2017 seu primeiro EP.

Turnê de lançamento:

10/3 Brasília
11/3 Goiânia
12/3 Uberaba
17/3 Rio de Janeiro
18/3 Juiz de Fora
19/3 Belo Horizonte
25/3 Porto Alegre
31/3 Maceió
01/4 Salvador
02/4 Recife
07/4 Fortaleza
08/4 Natal
09/4 João Pessoa

 

 

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...
  • Great article!

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO