Quinta-feira, 28.09.17

CTE - TEATRO - QUEM TEM MEDO DE VIRGINA WOOLF?

quem tem medo.jpg

 

SÁB 30 SET 21H30

TEATRO

QUEM TEM MEDO DE VIRGINA WOOLF?

C/ ALEXANDRA LENCASTRE E DIOGO INFANTE
 

 

 

AUDITÓRIO 15€


TEATRO | 120 MIN / 10 MIN INTERVALO | M/12


Publicado em 1962, Quem tem medo de Virginia Woolf? esbate-se no espaço entre a realidade e a ilusão, explorando esta matéria no contexto doméstico de um casal de meia-idade armadilhado numa relação amargurada. Alexandra Lencastre e Diogo Infante são Martha e George, nesta versão de um dos maiores clássicos contemporâneos da dramaturgia norte-americana, assinado por Edward Albee.


George e Martha regressam a casa, de madrugada, vindos de uma festa na universidade onde George dá aulas.  O pai de Martha, director da universidade, apresenta o novo corpo docente, do qual faz parte um novo professor (José Pimentão), que está acompanhado pela sua mulher (Lia Carvalho). É assim que Martha os convida a ir a sua casa. Quando os convidados chegam, George e Martha discutem. No início o jovem casal manifesta algum desconforto, mas à medida que a noite avança, e o álcool começa a surtir efeito, deixam-se envolver no mundo tumultuoso e perturbador dos anfitriões. O que começa como uma noite de Jogos e Brincadeiras transforma-se num monstruoso duelo psicológico entre George e Martha, com inevitáveis repercussões nos convidados.



Alexandra Lencastre, Diogo Infante, Lia Carvalho, José Pimentãointerpretação, Edward Albee texto, João Perry versão, Ana Luísa Guimarães e de Miguel Granja  tradução, Diogo Infante direção ,Catarina Amaro cenografia Luís Duarte desenho de luz , Maria Gonzaga figurinos, Rui Rebelo banda sonora, Leonor Buescu assistência de direção, Força de Produção produção 

publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 22.06.17

COMMEDIA A LA CARTE - CIRCUS no CTE

comedia.jpg

 

 
SÁB 24 JUN 21H30

COMÉDIA

COMMEDIA A LA CARTE - CIRCUS

 
 

AUDITÓRIO |1ª Plateia 20€ | 2ª Plateia 18€ | 1º/2º Balcão 16€


COMÉDIA | 90 MIN | M/12


Senhoras e senhores, meninas e meninos bem-vindos ao maior espectáculo do mundo!
Talvez não seja o maior!
Nem possivelmente seja um espectáculo!
E para vos dizer a verdade nem sequer são bem-vindos.
Circus!
Cuspidores de fogo, homem bala, a mulher barbuda, trapezistas, malabaristas, ilusionistas, domadores de leões... Nada disto poderão ver!
Já palhaços, somos três!
Pam pararapam pam pam

Com um espectáculo daquilo que designam de "Improve Comedy", género em que se auto-intitulam de pioneiros em Portugal, os Commedia a la Carte criam as suas rábulas a partir do que lhes é proposto pelo público sendo mais que provável que este se acabe por juntar aos três actores em palco.



Carlos M. Cunha, César Mourão, Ricardo Peres Atores, Autores

publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

CTE - VISITAS GUIADAS + CURTAS DE TEATRO FORA DE PORTAS

visitas guiadas.jpg

 

 

MULTIDISCIPLINAR

VISITAS GUIADAS + CURTAS DE TEATRO FORA DE PORTAS

 

CTE - VÁRIOS ESPAÇOS 3€ / ENTRADA GRATUITA (CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)


MULTIDISCIPLINAR | 75 MIN | M/12


12º Aniversário CTE


Aos doze anos de idade, o Cine-Teatro de Estarreja dá a conhecer os seus bastidores. O invisível visível, aos olhos de todos aqueles que têm sentido na plateia a magia do palco, com o orgulho de serem muitos. O que estará por trás do som, das luzes, do espaço cénico? O que é uma régie e uma teia? Será que o camarim tem adrenalina? São estas e outras respostas que poderá descobrir nesta visita guiada conduzida pela experiente equipa do CTE, onde haverá Curtas de Teatro Fora de Portas, a acontecer em espaços não convencionais. Esta viagem lúdica cultural é a prenda do aniversariante pelo calor que nos trazem todos aqueles que se sentem em casa, na vossa casa.


Curtas de Teatro Fora do Palco


Nú Palco de Miguel Ponte


Uma Mulher à Janela ou a Carta da Corcunda ao Serralheiro de Ilda Teixeira


Guarda-Chuvas de Chocolate de Paulo Morgado e Ruy Malheiro


[promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]

publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

CTE VAI NA CONVERSA… JÚLIO ISIDRO

julio isidro.jpg

 

 

CONVERSA

CTE VAI NA CONVERSA…

JÚLIO ISIDRO
 
 

CAFÉ-CONCERTO ENTRADA GRATUITA*


JÚLIO ISIDRO | 12º Aniversário CTE


CONVERSA | 60 MIN | M/6


Desde 1960 é reconhecido como um dos mais bem sucedidos profissionais da televisão portuguesa, uma referência da RTP, bem como do Rádio Clube Português, Rádio Comercial e Antena 1. Júlio Isidro faz parte do nosso imaginário: das manhãs febris ao sábado, das tardes domingueiras com alegres passeios, dos serões a preto e branco ou a cores. Habituamo-nos à sua presença assídua em nossa casa, onde podia perfeitamente partilhar a mesa ou o cantinho do sofá, em família. Será uma conversa de passado, presente e futuro, da arte de bem comunicar.


*Entrada sujeita à lotação da sala


 Júlio Isidro orador

[promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]

publicado por olhar para o mundo às 00:13 | link do post | comentar
Terça-feira, 20.06.17

12º ANIVERSÁRIO DA REABERTURA DO CINE-TEATRO ESTARREJA

cne.jpg

 

 

12º ANIVERSÁRIO DA REABERTURA DO CINE-TEATRO ESTARREJA

 

Aos doze anos de idade, o Cine-Teatro de Estarreja dá a conhecer os seus bastidores através de VISITAS GUIADAS+CURTAS FORA DE PORTAS, a decorrer sexta-feira, dia 23, a partir das 21H30. O invisível visível, aos olhos de todos aqueles que têm sentido na plateia a magia do palco, com o orgulho de serem muitos. O que estará por trás do som, das luzes, do espaço cénico? O que é uma régie e uma teia? Será que o camarim tem adrenalina? São estas e outras respostas que poderá descobrir nesta visita guiada conduzida pela experiente equipa do CTE, onde haverá Curtas de Teatro Fora de Portas, a acontecer em espaços não convencionais. Esta viagem lúdica cultural é a prenda do aniversariante pelo calor que nos trazem todos aqueles que se sentem em casa, na vossa casa.

 

Uma mostra de microespetáculos de teatro
em percurso por locais inesperados nos bastidores do Cine-Teatro de Estarreja
 
 
CURTAS DE TEATRO FORA DO PALCO
Cine-Teatro de ESTARREJA
SEX. 23 JUN.
21h30

 

Aos doze anos de idade, o Cine-Teatro de Estarreja dá a conhecer os seus bastidores. O invisível visível, aos olhos de todos aqueles que têm sentido na plateia a magia do palco, com o orgulho de serem muitos. O que estará por trás do som, das luzes, do espaço cénico? O que é uma régie e uma teia? Será que o camarim tem adrenalina? São estas e outras respostas que poderá descobrir nesta visita guiada conduzida pela experiente equipa do CTE, onde haverá Curtas de Teatro Fora de Portas, a acontecer em espaços não convencionais. Esta viagem lúdica cultural é a prenda do aniversariante pelo calor que nos trazem todos aqueles que se sentem em casa, na vossa casa.

Esta é uma experiência teatral diferente. No período de uma hora, convidamo-lo a assistir a três peças de microteatro e, simultaneamente, a conhecer os bastidores do Teatro. As três peças são apresentadas em locais inesperados, num percurso pelos meandros do edifício.

Este formato de microteatro, na senda do ‘Microteatro por Dinero’ (Espanha) ou do Teatro Rápido (Lisboa), assenta em microespectáculos (menos de 15 minutos) para plateias reduzidas, apresentados em simultâneo em espaços de pequenas dimensões. Os microespectáculos possuem as características de uma peça tradicional. O microteatro está para o teatro convencional como a curta-metragem está para a longa-metragem ou o conto para o romance.

 

MICROESPETÁCULOS em Cartaz:
 
Três microespetáculos apresentados num percurso pelos bastidores do Teatro, em locais inesperados pelos meandros do edifício.

NÚ PALCO

UMA MULHER À JANELA OU A CARTA DA CORCUNDA AO SERRALHEIRO

GUARDA-CHUVAS DE CHOCOLATE

publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 25.05.17

CTE - TEATRO, À BOLEIA PARA HOLLYWOOD

aboileia.jpg

 

 

TEATRO

À BOLEIA PARA HOLLYWOOD

CLÁUDIA VIEIRA, JOÃO LAGARTO, SOFIA DE PORTUGAL
 
 

 AUDITÓRIO 12,5€20% desc (> 25 E < 65 ANOS)


TEATRO | 120 MIN C/ Intervalo | M/12


"À Boleia para Hollywood” (no original “I ought to be in pictures”), de Neil Simon, é a história de Libby Tucker, uma jovem que atravessa o país, de Nova Iorque para Hollywood, à procura do pai argumentista, Herb Tucker, que abandonou a família 26 anos antes.


À partida, a intenção de Libby é "entrar nos filmes" com a ajuda do pai. Herb, que Libby tem idolatrado de longe, é um escritor em bloqueio criativo, numa relação amorosa rotineira com a sua companheira, Steffy. Mas a grande surpresa de Libby é que entrar na vida do pai era tudo o que ambos precisavam. A chegada de Libby força as três personagens a enfrentarem as suas barreiras emocionais, numa luta tão bem-humorada quanto pungente. 



Neil Simon texto, Cucha Carvalheiro encenação, Fernando Villas-Boas tradução, Ana Vaz cenografia e figurinos, Paulo Graça desenho de luz, Rui Rebelo banda sonora, Cláudia Vieira, João Lagarto, Sofia de Portugal interpretação, Culturproject produção

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 04.05.17

CTE - RAÍZES Companhia Dança Contemporânea Évora

dança raizes.jpg

 

 
SEX 05 MAI 21H30

DANÇA

RAÍZES

ESTREIA ABSOLUTA
 
 

AUDITÓRIO 5€/ 3€ (CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)
PASSE GERAL PROGRAMAÇÃO CULTURAL EM REDE  / CTE  12€
DANÇA | 65 MIN | M/6


"Raízes” é um espetáculo de caráter pluridisciplinar que promove o cruzamento de diferentes territórios de expressão (tradicional e contemporâneo), na relação com a comunidade e na redescoberta das memórias do património das cidades de Estarreja e Ílhavo. Em parceria com o 23 Milhas, esta encomenda do Município estarrejense à Companhia de Dança Contemporânea de Évora, na pessoa da sua mentora e coreógrafa Nélia Pinheiro, aposta na valorização conjunta das memórias e patrimónios locais. O espetáculo dá especial relevo à musicologia tradicional, com a “Banda Filarmónica Gafanhense”, e às danças folclóricas e ao seu diálogo com outras expressões, com o “Rancho Folclórico As Tricaninhas do Antuã”. Esta parceria de fruição cultural em rede será apresentada também no Largo da Vista Alegre, em Ílhavo, no dia 7 de maio.


Nélia Pinheiro direção e coreografia, Gonçalo Andrade, Fábio Blanco,Nélia Pinheiro, Margarida Belo Costa, Constança Sierra Couto bailarinos, Grupo Folclórico "As Tricaninhas de Antuã", Banda Filarmónica Gafanhense participação especial, Gonçalo Andrade, Nélia Pinheiro composição musical e colagem, Gonçalo Andrade montagem da banda sonora, José António Tenente figurinos, Nelia Pinheiro, Rafael Leitão desenho de luz, Pedro Bilou, Fernando Dias técnica, Telmo Rocha fotografias de cena, Rafael Leitão direção de produção, CDCE 2017 produção, Cine-Teatro de Estarreja e Centro Cultural de Ílhavo coprodução


 

publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 27.04.17

CNE - FILHO DA TRETA

filhodatreta.jpg

 

 
SEX 28 ABR 21H30

TEATRO

FILHO DA TRETA

JOSÉ PEDRO GOMES E ANTÓNIO MACHADO
 

[COMPRAR BILHETE] [ENVIAR A UM AMIGO]

 

AUDITÓRIO 12,5€


TEATRO | 90 MIN | M/12


Antigamente, a vida era uma selva. Agora, a vida é uma selfie. Toda a treta se dispersou e cresceu nas redes sociais e os especialistas têm tido alguma dificuldade em encontrar a genuína conversa da treta. Mas quem é vivo sempre falece, e também sempre aparece. Nada se perde, tudo se transforma - o código genético da Treta renasceu em 2016 com a assustadora e nada aguardada peça de teatro FILHO DA TRETA. Numa comovente irritação entre duas gerações perdidas, discutem-se as tascas gourmet, os refugiados, os paus de selfie, as novas famílias e outras pragas que assolam o mundo moderno deste saudoso bairro em vias de extinção.



José Pedro Gomes e António Machado interpretação, Filipe Homem Fonseca, Rui Cardoso Martins texto, Sónia Aragão encenação, Bruno Vasconcelos, Nuno Rafael música, Luís Duarte desenho de luz, Fernanda Ramos figurinos, Força de Produção produção

publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 20.04.17

CNE - Teatro, ATALHOS pelo Teatro do Desassossego

atalhos.jpg

 

 
DOM 23 ABR 17H00

TEATRO

ATALHOS

OU SOBRE O CAMINHO MAIS COMPRIDO ENTRE DOIS PONTOS
 
 

PALCO 3€ / ENTRADA GRATUITA (CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)
TEATRO | 60 MIN | M/6


ATALHOS ou sobre o caminho mais comprido entre dois pontos


O Grupo de Teatro Juvenil do CTE, Teatro do Desassossego, sobe ao grande palco para apresentar Atalho ou sobre o caminho mais comprido entre dois pontos de Joana Craveiro. “Quatro jovens empreendem uma viagem por entre as suas dúvidas e desadequações da sociedade e daquilo que é esperado deles. Num não-lugar de mapas imaginários, estas quatro figuras unidas pela vontade comum de encontrar respostas e fugir ao sentirem-se fora de tudo, percorrem a memória de alguns acontecimentos recentes que têm surgido nos jornais ao longo dos últimos meses/anos, para falarem deles próprios e pedirem explicações pelo que não compreendem. O caminho que escolheram é o mais longo... Porque demora sempre mais ir à volta das coisas, ao cerne das coisas, do que passar por cima do que não se compreende nem faz sentido só para se chegar mais depressa aonde se pensa que tem que se chegar a horas.”


Ana Primo, Alexandra Tavares, Beatriz Bastos, Bianca de Oliveira, Bruno Almeida, Carolina Pereira, Cátia Azevedo, Cristiana Reis, Duarte da Silva, Francisco Pais, Gisela Aguiar, Inês Castro, Isabel Matos, Juliana Cabral, Maria Tavares, Mariana Reis, Miguel Lopes, Návia de Matos, Ruben Matos elenco, Armandina Guimarães encenação, Cine-Teatro Estarreja produção


[Espetáculo promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]

publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar
Quarta-feira, 19.04.17

CTE - JAQUES MORELENBAUM E CELLO SAMBA TRIO

morelli.jpg

 

JAQUES MORELENBAUM E CELLO SAMBA TRIO

“Saudade do Futuro, Futuro da Saudade”

 

SEX 21 ABR | 21H30

 

Figura de proa da música popular brasileira, o instrumentista, violoncelista, arranjador, produtor, compositor e maestro Jaques Morelenbaum regressa a Portugal, neste mês de abril, para nos contar a história do samba.

O Cine-Teatro de Estarreja é um dos 3 espaços nacionais que se pode orgulhar de receber aquele de quem Caetano Veloso disse:

“A saudade do futuro é o futuro da saudade. O cello de Jaques Morelenbaum, som miraculoso que tive a dita de ter como companheiro próximo de todas as minhas emissões vocais melódicas, de todas as minhas inspirações composicionais e de todas as minhas idealizações de estruturação de sons. A natural inteligência musical de Jaquinho é de enorme abrangência e o "eu" que se encrusta nela é de uma generosidade inacreditável. Agora, finalmente, temos um disco em que essa densa realidade humana - que temos o privilégio de ver desenvolvida entre nós - se mostra pura. O Cello Samba Trio é expressão da vida musical que vem assinada Jaques Morelenbaum em baixo.(...) Um trio. Como pode algo tão grandioso caber no que parece tão pequeno?”

JaquesMorelenbaumtraz uma visão panorâmica do samba, desde suas raízes até os dias de hoje, tocando composições de Antonio Carlos Jobim, João Gilberto, Carlos Lyra, Caetano Veloso, Gilberto Gil, João Donato, Baden Powell, Egberto Gismonti, Jacob do Bandolim assim como trabalhos de uma nova geração de compositores, como Luisão Paiva e Lula Galvão, além de suas composições originais.Apresenta-se agora com o seu CelloSambaTrio, contando com Lula Galvão no violão e Márcio Dhiniz na bateria.

Contactos para reservas: Cine-Teatro de Estarreja | T: 234811300 / 925651668 | bilheteira@cineteatroestarreja.com

publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...
  • Great article!

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO