Quarta-feira, 29.03.17

“Histórias Vivas na Biblioteca” apresentam “Poemas da Mentira e da Verdade”

histórias vivas.jpg

 

“Histórias Vivas na Biblioteca” apresentam “Poemas da Mentira e da Verdade”

 

A próxima sessão de “Histórias Vivas na Biblioteca” terá lugar a 1 de abril, pelas 11h00, e é dedicada ao livro “Poemas da Mentira e de Verdade”, de Luísa Ducla Soares, com ilustrações de Ana Cristina Inácio, na sala Multiusos da Biblioteca Municipal do Barreiro. 

A sessão é dinamizada pela Companhia de Teatro do Barreiro - Arteviva - e é dirigida a crianças dos 3 aos 10 anos.

Sinopse

‘Os Poemas da Mentira e da Verdade’ são dois olhares simultâneos sobre a realidade. O da imaginação, da fantasia, do "nonsense" e o da seriedade, da objetividade, do espírito crítico. Num e noutro perpassa um humor muito característico da autora. Dedicados a crianças avessas à leitura e particularmente à poesia, este livro cativá-las-á pela irreverência, pelo jogo de palavras, pela cumplicidade com o mundo das crianças. Revela-se, na opinião de muitos professores, como um excelente recurso para os miúdos que não leem.

O livro integra o Plano Nacional de Leitura e está recomendado para o 3º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.

 

CMB 2017-03-28

publicado por olhar para o mundo às 09:13 | link do post | comentar
Sexta-feira, 27.01.17

Histórias Vivas na Biblioteca” apresentam “Feitiços”

cartaz 25.jpg

 

 

Histórias Vivas na Biblioteca” apresentam

“Feitiços”

 

No próximo dia 4 de fevereiro, sábado, pelas 11h00, terá lugar mais uma sessão de “Histórias Vivas na Biblioteca”, desta vez, dedicada ao livro “Feitiços”, de Emily Gravett, na sala multiusos da Biblioteca Municipal do Barreiro. 

A sessão é dinamizada pela Companhia de Teatro do Barreiro - Arteviva - e é dirigida a crianças dos 3 aos 10 anos.

Sinopse

O Sapo adora mascarar-se, brincar ao faz de conta e comer moscas. Ele é bom a saltitar muito alto e a cortar e colar. Ele não tem é muito jeito para consertar coisas nem para a ortografia”.

 

CMB 2017-01-25

publicado por olhar para o mundo às 09:13 | link do post | comentar
Sexta-feira, 28.10.16

“Histórias Vivas na Biblioteca” - “Tiago e o Monstro”

histórias vivas_novembro.jpg

 

“Histórias Vivas na Biblioteca”

 

“Tiago e o Monstro”

 

No próximo dia 5 de novembro, pelas 11h00, está agendada mais uma sessão de “Histórias Vivas na Biblioteca” Municipal, leituras encenadas pela ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro.

“Tiago e o Monstro”, de Sue Mongredien, com ilustrações de Nick East, é o título do livro escolhido para esta atividade destinada a crianças dos 3 aos 10 anos, com entrada livre sujeita à lotação da sala.

 

Sinopse

Certa noite, um monstro aparece nos sonhos do Tiago. Na noite seguinte, ele tem até medo de ir dormir. "Se ele voltar, imagina que tem umas cuecas cor-de-rosa enfiadas na cabeça," sugere a Mãe. "Assim ele já não será assustador!" Mas será que o plano inteligente da mãe funcionará?

 

CMB 2016-10-27

publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar
Quarta-feira, 21.09.16

“Histórias Vivas na Biblioteca” - “A Rainha das Cores”

a rainha das cores.jpg

 

“Histórias Vivas na Biblioteca”

 

“A Rainha das Cores”

 

No próximo dia 1 de outubro, pelas 11h00, está agendada mais uma sessão de “Histórias Vivas na Biblioteca” Municipal, leituras encenadas pela ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro.

 

“A Rainha das Cores”, de Jutta Bauer, é o título do livro escolhido para esta atividade destinada a crianças dos 3 aos 10 anos, com entrada livre sujeita à lotação da sala.

 

Este livro está recomendado para a Educação Pré-Escolar, destinado a leitura em voz alta, e insere-se no Plano Nacional de Leitura.

 

Jutta Bauer

Jutta Bauer (Autora e Ilustradora) nasceu em 1955, estudou design em Hamburgo onde vive e trabalha como ilustradora até aos dias de hoje. É uma das mais prestigiadas ilustradoras na Alemanha e no mundo e tem merecido ao longo dos anos várias distinções e prémios. Foi premiada pela IBBY em 1994; recebeu o German Youth Literature Prize, prémio de Literatura Alemã para a juventude em 2001; entre outras distinções. Em 2010 recebe o Prémio Hans Christian Andersen, o "pequeno" Prémio Nobel da Literatura.

 

CMB 2016-09-20

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar
Segunda-feira, 30.05.16

Barreiro - “Histórias Vivas na Biblioteca” “Um Livro para Todos os Dias”

cartaz _historias vivas_junho.jpg

 

 

“Histórias Vivas na Biblioteca”

 

“Um Livro para Todos os Dias”

 

No próximo dia 4 de junho, pelas 11h00, está agendada mais uma sessão de “Histórias Vivas na Biblioteca”, leituras encenadas pela ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro.

 

“Um Livro para Todos os Dias”, de Isabel Minhós Martins, é o título do livro escolhido para estaatividade destinada a crianças dos 3 aos 10 anos, com entrada livre.

 

Sinopse:

Cada manhã nos traz um novo dia para estrear ou reviver belos momentos. E eles estão todos reunidos nesse livro lindo, cheio de ilustrações deliciosas, da editora portuguesa Planeta Tangerina.

 

CMB 2016-05-27

publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar
Sexta-feira, 04.03.16

Barreiro - “Histórias Vivas na Biblioteca” - “A Cruzada das Crianças”

cartaz_Histórias Vivas_março.jpg

 

 

“Histórias Vivas na Biblioteca”

 

“A Cruzada das Crianças”

 

 

Para o próximo sábado, 5 de março, pelas 11h00, está agendada mais uma sessão de “Histórias Vivas na Biblioteca”, leituras encenadas pela ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro.

“A Cruzada das Crianças”, de Afonso Cruz, é o título do livro escolhido para estaatividade destinada a crianças dos 4 aos 12 anos, com entrada livre.

 

Sinopse

 

O que farão os adultos se milhares de crianças saírem à rua para reclamar os sonhos que eles se esqueceram de continuar a sonhar, de pedir a justiça em que há muito deixaram de acreditar? Continuaremos a ignorar estes cruzados com o mesmo cinismo, descrença ou inércia com que tantas vezes olhamos para o mundo que nos rodeia? Ou terá chegado a hora de darmos ouvidos aos sonhos das crianças?

 

CMB 2016-03-03

publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar
Terça-feira, 27.10.15

“HISTÓRIAS VIVAS NA BIBLIOTECA” - “Um dia, um guarda-chuva”

historias vivas.jpg

 

 

“HISTÓRIAS VIVAS NA BIBLIOTECA”

 

“Um dia, um guarda-chuva”

 

“Um dia, um guarda-chuva”, com textos de David Cali e ilustrações de Valerio Vidali,é o livro escolhido para as próximas “Histórias Vivas na Biblioteca”. No dia 7 de novembro, sábado, pelas 11h00, a Companhia de Teatro do Barreiro – ArteViva, regressa à sala multiusos da Biblioteca Municipal do Barreiro para mais uma leitura encenada.

Esta iniciativa é apoiada pelo Município do Barreiro e realiza-se nos primeiros sábados de cada mês.

A entrada livre e destina-se a crianças dos quatro aos 12 anos.

 

Sinopse

O destino de muitos guarda-chuvas é perderem o dono.

Felizmente, a sensação de abandono é sempre “sol de pouca dura”, pois os guarda-chuvas perdidos depressa encontram novos proprietários (desesperados e quase sempre encharcados...), que depressa lhes devolvem a utilidade.

Ao guarda-chuva deste livro aconteceu algo parecido: ficou esquecido num autocarro e foi passando de mão em mão, descobrindo novos donos e também novas funções.

Num só dia, serviu para afugentar ladrões, entrou num número de circo, viu-se transformado em barco e até entrou num filme... o que prova que um guarda-chuva pode servir para muito mais do que apenas proteger cabeças em dias de temporal.

No final, depois de muitas peripécias, o guarda-chuva (perdido?) acaba o dia onde menos se espera...

“Um Dia, um Guarda-chuva” é uma edição original do Planeta Tangerina com textos de Davide Cali (Suíça) e ilustrações de Valerio Vidali (Itália). Um álbum ilustrado que desafia os leitores a encontrar, em cada ilustração, os elementos que dão continuidade à história na página seguinte.

 

CMB 2015-10-26

publicado por olhar para o mundo às 20:46 | link do post | comentar
Terça-feira, 28.04.15

BARREIRO - “HISTÓRIAS VIVAS NA BIBLIOTECA”

hISTORIAS VIVAS_MAIO.jpg

 

“HISTÓRIAS VIVAS NA BIBLIOTECA” | 9 DE MAIO | 11H00 | SALA DO CONTO

 

“A QUE SABE A LUA?” E “PAPÁ, POR FAVOR APANHA-ME A LUA”

 

“A que Sabe a Lua?”, de Michael Grejniec, e “Papá, Por Favor Apanha-me a Lua”, de Eric Carle, são os livros escolhidos para as próximas “Histórias Vivas na Biblioteca”. No dia 9 de maio, pelas 11h00, a Companhia de Teatro do Barreiro – ArteViva, volta à sala do conto da Biblioteca Municipal para mais uma leitura encenada.

Esta iniciativa é apoiada pelo Município do Barreiro. A entrada livre.

 

“A que sabe a Lua?” é um livro contemplado no Plano Nacional de Leitura e recomendado para o 1º ano de escolaridade.

 

Sinopse

Há já muito tempo que os animais desejavam averiguar a que sabia a Lua. Seria doce ou salgada?

Só queriam provar um pedacito. À noite, olhavam ansiosos para o céu. Esticavam-se e estendiam os pescoços, as pernas e os braços, tentando alcançá-la...

Quem não sonhou alguma vez em dar uma trincadela na Lua? Foi precisamente este o desejo dos animais desta história. Só queriam provar um pedacinho mas, por mais que se esticassem, não eram capazes de lhe tocar. Então, a tartaruga teve uma ideia genial: "Talvez entre todos consigamos alcançá-la".

 

“Papá, Por Favor Apanha-me a Lua” é, igualmente, um livro do Plano Nacional de Leitura e é recomendado para Educação Pré-Escolar e destinado a leitura em voz alta.

Sinopse

Antes de ir para a cama, a Mónica olhou pela janela e viu a lua. "Quem me dera brincar com a lua!", pensou ela.

Papá, Por Favor Apanha-me a Lua. 

 

CMB 2015-04-28

publicado por olhar para o mundo às 21:37 | link do post | comentar
Segunda-feira, 06.04.15

“HISTÓRIAS VIVAS NA BIBLIOTECA” - SALA DO CONTO

Histórias Vivas_abril.jpg

 

 

“HISTÓRIAS VIVAS NA BIBLIOTECA” | 11 DE ABRIL | 11H00 | SALA DO CONTO

 

“FREDERICO”

 

“Frederico”, de Leo Lionni, é o livro escolhido para as próximas “Histórias Vivas na Biblioteca”. No dia 11 de abril, pelas 11h00, a Arteviva - Companhia de Teatro do Barreiro, volta à sala do conto da Biblioteca Municipal para mais uma leitura encenada.

Esta iniciativa é apoiada pelo Município do Barreiro e realiza-se nos primeiros sábados de cada mês. Excecionalmente, no mês de abril, a atividade realiza-se no segundo sábado, devido ao período da Páscoa. 

A entrada é livre e destina-se a crianças dos 4 aos 12 anos.

 

O livro conta a história de “uma família de ratos recolhe provisões para o Inverno. Todos trabalham... Todos menos Frederico que, embora aparentemente não faça nada, também aprovisiona, ainda que seja outro tipo de recursos: raios de sol, cores, palavras...

 

Quando chega o Inverno, comprova-se que o trabalho poético deste pequeno rato era diferente das tarefas desempenhadas pelos demais, mas passa a ser imprescindível para que todos os ratos consigam ultrapassar a crueza desta estação. Assim, neste texto, Frederico é aceite tal como é, e não lhe acontece o mesmo que à desgraçada cigarra da fábula”.

 

O autor modifica o significado moral da fábula da cigarra e da formiga, aprofundando o seu conteúdo sem perder a simplicidade, de modo a que qualquer um de nós possa entendê-la.

 

CMB 2015-03-30

publicado por olhar para o mundo às 21:30 | link do post | comentar
Segunda-feira, 02.03.15

HISTÓRIAS VIVAS - "A FADA PALAVRINHA E O GIGANTE DAS BIBLIOTECAS"

historiasvivas.jpg

 

“HISTÓRIAS VIVAS NA BIBLIOTECA” | 7 DE MARÇO | 11H00

 

“A FADA PALAVRINHA E O GIGANTE DAS BIBLIOTECAS”

 

“A Fada Palavrinha e o Gigante das Bibliotecas”, de Luísa Ducla Soares, é o livro escolhido para as próximas “Histórias Vivas na Biblioteca”. No dia 7 de março, pelas 11h00, a Arte Viva Companhia de Teatro do Barreiro volta à sala do conto da Biblioteca Municipal para mais uma leitura encenada.

 

Esta iniciativa é apoiada pelo Município do Barreiro e realiza-se nos primeiros sábados de cada mês.

 

A entrada livre e esta in iniciativa destina-se a crianças dos 4 aos 12 anos.

 

O livro conta a história de um rei muito rico que quis construir uma Biblioteca.Encomendou livros de muito longe e quando a Biblioteca começa a funcionar apareceram umas traças que queriam comer livros. O Rei tentou resolver o problema contratando soldados, cientistas e por fim um morcego que lhe veio pedir emprego. O morcego conseguiu acabar com as traças, todas menos uma. Ela não comia os livros. Devorava-os a ler. Ela era a Fada Palavrinha.

 

A Fada palavrinha com os seus “pozinhos de perlimpimpim” fez com que todas as pessoas gostassem de ler.

 

CMB 2015-02-27

publicado por olhar para o mundo às 20:03 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO