“One Love Manchester”: Mais de 11 milhões de euros foram arrecadados em concerto de beneficência

one love.jpg

 

“One Love Manchester”: Mais de 11 milhões de euros foram arrecadados em concerto de beneficência

Ariana Grande reeditou recentemente “One Last Time” como um single de beneficência. Todas as receitas da venda da canção revertem para o fundo “We Love Manchester Emergency”

Milhares de espectadores em todo o mundo ligaram-se no passado domingo ao concerto de beneficência “One Love Manchester”, que teve lugar no Emirates Old Trafford, encabeçado por Ariana Grande e amigos em homenagem às vitimas e famílias que foram tragicamente afetadas pelo ataque de Manchester.

O concerto, que esgotou em poucos minutos, contou com uma plateia de 50 mil pessoas que viram alguns dos maiores artistas do mundo a juntarem-se em menos de uma semana para, juntos, realizaram um espetáculo ao vivo único.

Muitos aplaudiram fortemente quando esse nome supremo da pop que são os Take That brindaram o público com “Shine”. O trio interpretou uma trindade de êxitos antes de chamar ao palco Robbie Williams que atualizou a letra da canção “Strong” com um canto épico: “Manchester – we’re strong! We’re strong.” A noite teve vários momentos emotivos, particularmente quando Ariana se juntou ao Parrs Wood High School Choir para uma interpretação emotiva do seu single “My Everything”.

Ao longo de todo o espetáculo deram-se encontros surpreendentes. Ariana Grande juntou-se aos Black Eyed Peas para uma interpretação especialmente acutilante do sucesso “Where Is The Love” e Pharrell convidou Miley Cyrus para a ajudar a animar o público durante o êxito “Happy”. Ariana fez ainda uma versão especial de “Don’t Look Back With Anger”, dos Oasis, com Chris Martin. Depois de muita especulação durante a semana, Liam Gallagher apareceu de surpresa em palco para atuar no concerto de beneficência.

O elenco completo de “One Love Manchester” juntou-se no final a Ariana para interpretar “One Last Time”, que acaba de ser reeditado como um single de beneficência, sendo que as receitas das vendas a nível mundial revertem para o fundo We Love Manchester Emergency.

 

 

publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar