Segunda-feira, 28.10.13

Por que traímos? As razões para o crescente aumento da infidelidade nas relações amorosas

Por que traímos?

«Já não confiava no meu namorado e acabei por traí-lo», assume Raquel, 35 anos. «Um dia, conheci um amigo de uma amiga por quem senti uma química muito forte. Ele convidou-me para sair, jantámos algumas vezes juntos e acabámos por trocar alguns beijos. Namorava há quatro anos mas já não confiava no meu namorado nem acreditava no futuro da nossa relação», admite hoje.

 

«Ele mentia-me em várias circunstâncias e, mais tarde, vim mesmo a confirmar que ele me traía. Não me orgulho do que fiz e, na altura, deixei-me envolver porque estava muito carente e não me sentia amada. Mas, hoje, sei que mesmo que volte a passar pelo mesmo, não quero repetir este comportamento», considera, contudo, Raquel.

 

Um especialista revela as causas que estão na origem da infidilidade e afirma que é possível superar e até mesmo evitar uma traição. Rotina. Perda de intimidade. Desilusão. E, mais tarde, o foco excessivo nos filhos. Estes são, segundo Manuel Peixoto, presidente da Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar, os principais motivos que levam homens e mulheres a trair.

 

No entanto, estudos recentes têm mostrado que a prática de infidelidade pode estar relacionada com determinadas características da personalidade e, até, com uma pré-disposição genética. O especialista explica que há «um permanente conflito entre a determinante biológica, a psíquica e a cultural. Afinal, a monogamia não está na essência biológica do ser humano, é uma imposição cultural e social». Ainda assim, não deixa de alertar que prevenir uma traição é possível e encara a infidelidade como uma decisão do casal.

 

O mito de que os homens traem mais


Estudos recentes provam que entre a percentagem de homens e mulheres que admitem já terem traído, a diferença é, na verdade, muito pequena. Num estudo da Universidade de Guelph (Canadá), 19% das mulheres confessou já ter traído, face a 23% dos homens. No entanto, tanto no caso feminino como masculino, os números reais podem ser muito superiores.

 

 

 

 

Retirado do Sapo Mulher

publicado por olhar para o mundo às 23:10 | link do post | comentar
Domingo, 05.05.13

AS 10 PIORES MANIAS MASCULINAS

 

Não se irrite ignore As 10 piores manias masculinas

 

As manias masculinas que mais nos irritam, será que é a natureza? Foto/© Sandra Hoever/Corbis

 

Nós amamos os homens, mas em certas ocasiões e com certas manias, eles nos irritam, sim! E acredite, eles não fazem isso por mal, é da péssima e esquecida natureza deles. Pelo menos, é o que dizem por aí, mas melhor do que se descabelar e passar horas pensando: por que ele é assim? Melhor é ignorar.

 

Pois, como todas nós sabemos, isso não mudará. Afinal de contas você também deve ter as suasmanias, que atire a primeira pedra quem não tem. O que muda de homens para mulheres, é que quando a gente percebe que está fazendo algo errado, tenta mudar, já eles...!

 

Mas enfim, vamos à nossa lista das coisas maisirritantes que os homens fazem segundo nossa redação e aquelas que já compartilhamos com as amigas:

 

1 - Status monossilábico- Depois de falarmos muito, e explicarmos determinado problema do relacionamento, ou algo que queremos, ou estamos simplesmente nos declarando, eles apenas dizem, "sim", ou "não", ou apenas sorriem.

 

2 - Quando pulam as preliminares na hora do sexo, ou fazem rápido demais. Não dá, né?

 

3 - Não entendem que mulher precisa de um tempo para se arrumar: não dá pegar a primeira camiseta amarrotada no armário, ou colocar aquele tênis imundo que ele insiste em adorar.

 

4 - Esquecer que carinho não se faz somente quando ele quer sexo. Um abraço e um beijo demorado são bons de vez em quando, para variar.

 

5 - Uma calma inexplicável diante de nosso pânico quando a gente vê uma barata. Eles dizem: "não entendo porque você tem ficar histérica desse jeito?".

 

6 - Quando ele esquece que saiu da casa da mãe dele e deixa tudo bagunçado, por semanas. E se você não arrumar, vai ficar assim, para sempre.

 

7 - A toalha molhada na cama: um clássico com direito a remake - todo dia.

 

8 - Desleixo com a aparência, isso é duro de engolir. Unhas cortadas, barba cuidada, seja ela grande, rente, ou bundinha de nenê, precisa estar perfumada, e roupas, minimamente combinando. Será que é pedir muito? Parece que sim.

 

9 - Impossível ele dizer que te ama ou algo romântico espontaneamente, mesmo depois de assistirem a um filme romântico, e mesmo que te ame.

10 - Você gastou horas, escolhendo aquela lingerie de matar e na hora H o gato nem sequer olhou tamanha era a vontade de tirar. Pode isso? Um elogio antes e uma olhada de 15 segundos resolveria esse problema.

 

Mesmo assim, gostamos desse espécime e muito, né?

 

Retirado de Vila Mulher

publicado por olhar para o mundo às 00:01 | link do post | comentar
Domingo, 28.04.13

Como explorar os pés durante o sexo

Como explorar os pés durante o sexo

Dicas para potenciar esta parte do corpo

Os podólatras, indivíduos que têm fetiche pelos pés, retiram prazer sexual desta parte do corpo de inúmeras formas. Os pés são encarados como um objeto de satisfação sexual capaz de proporcionar prazer, uma vez que são ricos em terminações nervosas.

 

Aqui vão algumas dicas para potenciar ao máximo esta parte do corpo:

 

1 - Usar óleos de massagens nas trocas de carícias, estimulando sensorialmente a planta ou o peito do pé

 

2 – Beijar e chupar cada um dos dedos do pé

 

3 –Brincar com as temperaturas. Usar gelo ou gelado e causar arrepios nos pés e depois aquecê-los imediatamente com as mãos

 

4 - Fazer cócegas e deslizar os pés sob o corpo do outro

 

5 – Usar o dedo grande para estimular 

 

Há, no entanto, casos mais extremos deste fetiche, em que se aprecia mesmo o odor de pés femininos sem asseio.

 

Retirado do Sapo Mulher

publicado por olhar para o mundo às 22:42 | link do post | comentar
Sexta-feira, 19.04.13

30 dicas para apimentar a relação

30 dicas para apimentar a relação

Veja ideias para 30 dicas que vão deixar o seu marido ainda mais apaixonado. Experimente uma por dia para um mês diferente e muito apaixonado

 

Finalmente... ideias românticas! Por vezes, quando se está numa relação, acabamos por nos esquecer de a alimentar todos os dias. Presos às surpresas e presentes para os dias mais especiais, negligenciamos o dia-a-dia. Para não cair na rotina e de forma a animar a sua relação, sugerimos-lhe 30 dicas que vão deixar o seu marido ainda mais apaixonado. Siga as nossas dicas e experimente uma surpresa por dia, durante um mês. Garantimos-lhe um mês diferente e muito apaixonado. 

 

1 - Deixe um bilhetinho querido no bolso do casaco. De certo que verá o bilhete mal ponha a mão no bolso e a surpresa será muito simpática.

 

2 - Se quiser fazer um jantar diferente, organize um jantar temático. Decore a sua sala, faça uma refeição e vista-se dentro do tema e claro... coloque música ambiente para animar ainda mais o serão.

 

3 - A famosa troca de papéis é um presente agridoce! Mas ele não precisa de saber. Todas sabemos que o papel da mulher é o mais exigente, mas quem sabe passar pela experiência de executar as tarefas inversas durante um dia não fará com que ambos valorizem mais o trabalho de cada um?

 

4 - SMS quentes. Envie-lhe mensagens escritas e de imagem com alguma malícia, propondo um final de dia mais divertido com promessas e imagens sugestivas. Tenho a certeza que o seu marido chegará a casa com outra motivação.

 

5 - Uma ideia que vai agradar o seu marido é a famosa caixa de surpresas. Junte todas as pequenas coisinhas que ele mais gosta. Desde chocolates e bolachinhas, a um ou dois presentes que ele precise, um cd da banda preferida, a revista que mais gosta de ler, um bilhete para um jogo da sua equipa de futebol e claro uma fotografia dos dois. Dê largas à sua imaginação. É um presente que demonstra conhecê-lo melhor que ninguém e é muito fácil!

 

6 - Se ainda não tiver casado ou não viver com o seu namorado, pode sempre personalizar uma fronha de almofada. Em qualquer shopping, poderá encontrar lojas que estampam imagens em tecidos. Escolha uma fotografia ou uma frase com significado e ofereça-lhe. Assim terá a certeza, que a última pessoa em quem ele pensará antes dormir, será em si.

 

7 - Uma surpresa em gulosa é de facto um telegrama de chocolate. Procure na internet, já muitas pastelarias fazem este miminho para casais. Pode encomendar chocolates em forma de letras, de modo que formem a palavra ou frase que pretende. Se não quer gastar dinheiro e o seu forte for a culinária, pode fazê-lo em casa. Pode até fazer cupcakes e personalizá-los com uma letra em cada um. É amoroso e não se esqueça que muitas vezes é pela barriga que se conquistam os homens.

 

8 - Uma caixinha com trinta bilhetinhos, cada um com uma frase em que o seu marido vá lendo um por dia é uma ideia fácil e muito querida, que vai deixá-lo super feliz todas as manhãs. 

 

9 - Mais típico das mulheres mas que os homens também gostam de recordar é fazer um álbum dos melhores momentos do casal. Compile todas as fotografias mais simbólicas e das ocasiões mais importantes da sua relação. Escreva pequenos comentários como legenda em cada fotografia. Pode até organizar o álbum em forma cronológica, contando a vossa história.

 

10 - Surpreenda-o com um vídeo seu no telemóvel do seu marido. Em casa, sem ele se aperceber, grave um vídeo amoroso no telemóvel. No dia seguinte, quando ele estiver a trabalhar, mande-lhe uma mensagem para que vá ver os filmes no seu telefone. De certo que ficará completamente surpreendido e com saudades de estar consigo.

 

11 - Uma ideia que lhe dará um pouco mais de trabalho, mas valerá a pena é cobrir o carro dele com post its. Pense numa temática, palavras ou frases simbólicas, promessas ou convites, vale tudo... Se não for uma pessoa com muito tempo ou muito paciente já há empresas que tratam desta surpresa para si.

 

12 - Qualquer pessoa ouve música e é das melhores formas de nos lembrarmos das pessoas especiais para nós. Poderá compilar as músicas que ele mais gosta e adicionar todas as que são "vossas". Poderá finalizar fazendo uma capa para o cd com uma fotografia vossa. É muitíssimo fácil e será útil nos dias em que for apanhado no trânsito.

 

13 - Apesar de nós mulheres gostarmos de buquets de flores, fica mal oferecer a um homem. Por isso, pensámos em ser originais e montarmos um buquett diferente. Pegue em pauzinhos e na ponta coloque doces, chocolates, marshmallows, leite condensado caramelizado, frutas com chocolate enfim tudo o que ele mais gostar. Junte todos os pauzinhos e ofereça-lhe. Quer seja guloso ou não, tenho a certeza que irá adorar.

 

14 - Num fim de semana, poderá preparar o típico pequeno almoço na cama. Não há nada melhor do que acordar com uma bandeja com tudo o que mais gostamos. Apesar de ter de acordar um pouco mais cedo, dará os bons dias ideias ao seu marido e valerá a pena a surpresa, até porque também irá usufruir da mesma.

 

15 - Não é uma ideia nova e de certo já o fez, mas resulta sempre e é um bom momento para ambos. Faça um jantar especial à luz das velas. O ambiente será de certo muito romântico, principalmente se acompanhar com uma música calma. Poderão partilhar o vosso dia e conversar de uma forma mais acolhedora e simpática.

 

16 - Adolescente mas muito sexy, é o desejo de bom dia no espelho. Pode usar o vapor do banho para deixar uma declaração no espelho, ou então use um baton para escrever.

 

17 - Compre o livro do Kamasutra sem ele saber e numa noite ofereça-o. Abram uma página à sorte e façam o que lá estiver escrito. De certo irá apimentar a sua relação.

 

18 - Pode também optar por apimentar a sua relação com uma ideia mais erótica. Os dados sexys são um brinquedo divertido que poderá usar com o seu marido e com certeza, serão muito bem vindos.

 

19 - Depois de um dia duro de trabalho, uma massagem é muitas vezes a melhor coisa do mundo. Tenha a iniciativa e massage-o com óleos e cremes perfumados. Poderá também acender umas velas e criar um ambiente mais relaxante e sexy.

 

20 - Um bom programa para um final de tarde romântico é um lanche num jardim com uma garrafa de vinho, queijo e pão. Só os dois terão tempo para apreciarem o momento e a companhia um do outro.

 

21 - Peque no seu carro e arranque para a praia. Quer seja inverno ou verão, aproveite um dia de sol para ir ver o mar e apreciar a vista. 

 

22 - Se é uma romântica, poderá fazer uma faixa declarando o seu amor. Coloque-a em frente de sua casa ou em um lugar por onde ele passe e veja. É uma mensagem querida e demonstra que não tem vergonha de expor os seus sentimentos em público. 

 

23 - Surpreenda seu namorado vendando-lhe os olhos dele e levando-o para um hotel. Alugue um quarto por uma noite e faça-lhe uma surpresa que ele nunca esperaria. Arranje-se um pouco mais do que o habitual e vá jantar fora. Aproveite uma noite fora do normal e que irão recordar. É uma inicitiva gira que não lhe sairá muito cara. 

 

24 - Aprecie as luzes da cidade e uma vista maravilhosa, num passeio de barco à noite. Leve uma taça de champanhe e disfrute do passeio com o seu marido.

 

25 - Faça um caminho com pétalas de rosas até ao quarto e peça-lhe para o seguir para ver onde este vai dar. Deixe um presente no final do caminho.

 

26 - Para além de poder pôr post-it’s no carro, pode também deixá-los espalhados por toda a casa, com pequenas frases a elogiarem o seu marido e a declararem o seu amor.

 

27 - Uma saída à noite, só os dois será uma forma de se divertirem juntos e desanuviarem da semana de trabalho. Leve-o a um bar de karaoke e cantem músicas juntos. Será um momento divertido de que se vai lembrar durante uns bons tempos!

 

28 - Prepare um fondue de chocolate com morangos e deliciem-se com esta óptima sobremesa.

 

29 - Escreva um poema sobre ele. Se não tiver jeito para a escrita, escreva-o na brincadeira e com piadas. Acompanhe com uma música e cante-o para ele. Dedique-lhe a música!

 

30 - Faça uma lista com tudo aquilo que adora nele e mostre-lhe. É uma forma simpática de mostrar o seu apreço por ele. 

 

retirado de Sapo mulher

publicado por olhar para o mundo às 23:32 | link do post | comentar
Sábado, 30.03.13

Afrodisíacos light

Afrodisíacos light

Alimentos pouco calóricos que proporcionam momentos de intimidade intensos

Existem alimentos e substâncias que têm o condão de potenciar o apetite sexual. Muitas delas, como o chocolate, as bebidas alcoólicas, o abacate e as avelãs, têm contudo a desvantagem de ser demasiado calóricos.

 

 

É extensa a lista de alimentos a que são atribuídas propriedades afrodisíacas. Selecionámos alguns dos menos calóricos. Para que os possa consumir com todo o prazer, mesmo que esteja a fazer dieta.

 

 

O seu poder a este nível é indesmentível. Estes são os mais recomendados, de acordo com Vicki Edgson e Ian Marber, autores do livro «O Nutricionista – O que se deve comer para dormir melhor e ter melhor sexo», publicado em Portugal pela Didáctica Editora:

 

 

- Cogumelos

Contêm apenas 14 calorias por 100 g. São ricos em vitaminas do complexo B e cálcio. Contribuem para a produção de energia, sem a qual não existiria libido. Além disso, despertam a sensibilidade ao tato e ajudam à contração muscular associada à ereção masculina e ao orgasmo feminino.

 

 

- Tomate

Fornece apenas 19 calorias por 100 g. Este fruto, que muitos pensam ser um legume, tal como a abóbora, é rico em betacaroteno, precursor da vitamina A. É ital na produção das hormonas sexuais masculinas e femininas, promove a fertilidade e regula o desenvolvimento das hormonas sexuais.

 

 

- Papaia

Contém 39 calorias por 100 g. Fonte de vitamina C, estimula o impulso sexual, aumenta o volume do sémen e assegura a sua fluidez. Fortalece ainda os órgãos sexuais masculinos e femininos.

 

 

- Espargos

São um alimento hipocalórico que não vai além das 17 kcal por 100 g. Poderosos estimulantes dos rins e do fígado, libertam energia lentamente e têm um efeito laxante. São ricos em vitaminas C e K, betacaroteno, ácido fólico, fósforo, potássio e fibra.

 

 

- Morangos e framboesas

A sua cor estimulante e o seu formato pequeno tornam-nos ideais para brincadeiras apaixonadas. Leve um destes frutos lentamente à boca do seu parceiro, terminando com um beijo apaixonado. Se preferir, ingira um de forma insinuante e sensual, provocando-o e excitando-o. Uma dose de morangos contém apenas 29 calorias por 100 g.

 

 

- Espinafres

Contêm apenas 22 calorias por 100 g. Aumentam os níveis de energia no organismo, intensificando a relação e os movimentos dos músculos, incluindo os sexuais. O seu elevado teor de potássio tem ainda uma função reguladora, equilibrando os níveis de gordura no sangue.

 

Retirado do Sapo

publicado por olhar para o mundo às 23:12 | link do post | comentar
Segunda-feira, 04.03.13

É normal dormir durante o sexo?

É normal dormir durante o sexo?


Dormir durante sexo pode ser algum distúrbio. (Foto: iStock)

 

“Adoro sexo, mas meu marido dormiu algumas vezes. É falta de desejo ou cansaço”

 

Lendo apenas a pergunta você pode pensar que a leitora tem dúvidas sobre aquele belíssimo comportamento de dormir exatamente depois de gozar – alguns homens são especialistas nisso e deixam muitas mulheres frustradas. Mas não é sobre isso que ela fala.

 

O assunto do e-mail é “dormir durante o sexo é normal?”. E isso foi o que mais me chocou. Você já ouviu alguma história sobre pessoas que dormem durante o ato sexual? Já li sobre pessoas que fazem sexo enquanto dormem – isso chama sexomnia -, mas nunca pessoas que pegam no sono enquanto fazem sexo.

 

É importante a gente entender algumas coisas fisiológicas antes de continuar: o momento do sexo acelera os batimentos cardíacos, faz a circulação sanguínea acontecer mais rápido e ainda libera endorfina, aquele hormônio que nos deixa eufóricos. Nada disso colabora para o relaxamento enquanto o ato está acontecendo.

 

Pode ser cansaço? Pode, claro. Não dá para julgar cansaço pelo que eu ou você vivemos, existem pessoas que ficam muito mais exaustas por milhares de motivos diferentes e podem pegar no sono fazendo qualquer coisa – já ouvi uma história de um estudante de cursinho que dormia em pé, enquanto conversava com os amigos.

 

Mas que é algo estranho e precisa ser investigado mais de perto, é. Procurar um médico é sempre uma boa ideia, já que ele poderá fazer exames e checar como está a saúde do seu marido. Vai que é algum distúrbio raro e você fica achando que o problema é outro?

 

Superficialmente, sem conhecer você ou ele, imagino que você fique bastante frustrada com isso – eu ficaria -, então uma saída para tentar entender o que está acontecendo também pode ser mudar os horários que vocês fazem sexo.

 

Que tal dormir cedo e fazer sexo logo pela manhã? Usar o fim de semana para não fazer nada e transar no meio da tarde do domingo? São horários que as pessoas costumam estar mais relaxadas, ainda sem sentir a pressão do mundo ou simplesmente esquecendo os problemas para curtir o fim de semana.

 

Se ainda assim o sexo continuar se transformando em uma soneca, é hora de ter uma boa conversa, tentar entender o que acontece e procurar a ajuda de um médico.

 

retirado de Preliminares

publicado por olhar para o mundo às 08:19 | link do post | comentar | ver comentários (1)
Quarta-feira, 30.01.13

Sexo - Os homens também tem dores de cabeça

Homens também dão desculpas para evitar sexo; saiba mais

Cerca de 60% dos entrevistadis disseram a suas parceiras que estavam cansados demais e, quase metade, que não estava no clima Foto:  / Getty Images

 

 

Cerca de 60% dos entrevistadis disseram a suas parceiras que estavam cansados demais e, quase metade, que não estava no clima

Ao contrário do que muitos pensam, homens parecem ser tão propensos quanto mulheres a dar desculpas para não fazer sexo, segundo uma pesquisa do serviço médico online Lloyds Pharmacy, do Reino Unido. E os especialistas temem que alguns evitem os momentos íntimos para esconder problemas de disfunção erétil. Os dados são do jornalDaily Mail.  

 
O levantamento contou com dados de 2 mil homens. Constatou que 60% deles disseram a suas parceiras que estavam cansados demais e, quase metade, que não estava no clima. Entre as desculpas também estão ter de levar o cachorro para passear e fazer suas necessidades, estar ocupado jogando videogame ou vendo um seriado, ter comido muito no jantar. 
 
Quase um em quatro afirmou que já não faz sexo, um número que aumenta para 42% para aqueles com idade superior a 55. Do total, 7% admitiram não ter mais ereções. Embora 47% tenham comentado que recorreriam a um médico caso enfrentassem problemas e 24% contariam para a parceira, 21% não se sentiriam à vontade para comentar sobre disfunção erétil.
 
“A disfunção erétil pode afetar qualquer homem, em qualquer estágio da vida, mas não tem que significar o fim da intimidade”, disse o médico Tom Brett, do serviço online Lloyds Pharmacy. “É importante que se sintam à vontade para falar com um profissional de saúde sobre a sua capacidade de obter e manter uma ereção. Não só há uma variedade de tratamentos eficazes, mas a disfunção erétil pode ser sintoma de um problema de saúde mais grave, como diabetes ou
Retirado de Terra

publicado por olhar para o mundo às 22:57 | link do post | comentar
Sábado, 26.01.13

Sexo - Olhar para o lado aquece a relação?

 

Olhar para o lado esquenta a relação

 


Quando o namoro está começando a engatar ficamos e roendo as unhas esperando o cara ligar. Aquele frio na barriga nos consome noite e dia e tira a nossa concentração. 

 

Quando a vida a dois está mais consolidada, a gente sabe que o outro vai ligar e a ansiedade passa. O jeito como ele mexe no cabelo, sorri ou fala certas palavras, características que lá atrás tiravam o nosso fôlego, se tornam algo corriqueiro.

 

Mas essa calmaria pode ficar ameaçada se por acaso uma terceira pessoa começar a observar demais o nosso parceiro. A reação mais esperada seria uma cena de ciúmes, até um barraco. Só que é possível olhar a situação por outro ângulo: essa cobiçada pode nos ajudar a retomar aquele frio na barriga do começo do namoro, nos motivar a olhar outra vez para o parceiro, buscando os atrativos que nos motivaram a apostar na relação.

 

A terapeuta comportamental Ramy Arany pensa que essa ação, gerada por meio de um conflito, pode sim propor o aquecimento da vida a dois. Para ela, uma mulher que se encontra numarelação mais distante ou até mesmo mais fria, quando percebe que outra mulher olha para seu homem com um olhar de desejo ou interesse, passa a sentir novamente sentimentos e sensações pelo companheiro que se encontravam adormecidos.

 

"Esta reação pode ser considerada como instintiva, pois é parte das emoções mais básicas de preservação do que consideramos importantes para nós. É como se o cérebro recebesse uma mensagem mais ou menos assim: ‘tome cuidado, estão de olho no que é seu!’. Isso provoca uma reação de proteção e de posse, despertando memórias boas e fortes que marcaram a relação", explica.

 

Porém, de nada adianta esse reavivamento se não houver reciprocidade por parte do parceiro. Sem ela, conforme conta Ramy, este conflito vai gerar mais conflito e desencadear uma sucessão de situações de cobranças, apegos e de ciúmes, culminando até mesmo numa separação.

 

Esse tipo de reação não depende do tempo de relacionamento, mas da personalidade de seus membros. "Os casais mais velhos são os que melhor lidam com a situação para não gerar ciúmes, mas quem melhor aproveita esta situação são os mais jovens, que se encontram com ‘gás’ para aquecer a relação através do conflito", pensa.

 

A terapeuta também não acredita que situações como essas são suficientes para salvar um casamento, pois sem uma transformação efetiva este aquecimento gerado por terceiros irá durar pouco. "Uma pequena dose de ciúmes é válida para acordarmos sentimentos e comportamentos, mas penso que o caminho para o aquecimento da relação não é necessariamente o caminho do conflito, mas sim, da harmonia, da transparência, do amor maduro."

 

O relacionamento amoroso é um dos maiores desafios tanto para as mulheres quanto para os homens. E cada casal precisa encontrar seu modo de transformar a história a dois. "Alguns têm condições de resolver seus conflitos sem a ajuda de terceiros. Mas, às vezes é necessário recorrer à ajuda de um terapeuta a partir do momento em que as partes por si só não conseguem se compreender e transformar o conflito em impulso para uma nova relação", finaliza Ramy.

 

Retirado de Vila Mulher

publicado por olhar para o mundo às 00:07 | link do post | comentar
Domingo, 20.01.13

Sexo sem compromisso

Sexo sem compromisso

Dois especialistas desvendam os desejos, as motivações e os riscos das relações de uma noite

«Fomos apresentados por uma amiga comum. No bar onde estávamos, a conversa foi fluindo, entre copos de vinho, revelando logo à partida o interesse um pelo outro», recorda Marta, de 38 anos, sem namorado há cinco anos.

 

«Quando saímos do bar, beijámo-nos e fomos para casa dele. Fizemos sexo e foi bom. Tomei um duche rápido, ele ficou deitado e eu saí», acrescenta.

 

«Mais tarde, ele pediu o meu contacto à nossa amiga mas não autorizei e nunca mais o vi. Como esta situação já tive algumas mas é sempre na minha cama e sozinha que termino a noite e é assim que pretendo manter-me», conta ainda. Se, para muitas mulheres, partilhar a sua vida com alguém especial é importante, para outras não.

 

«As mulheres sem relacionamentos assumidos têm vindo a aumentar entre nós, tal como as mulheres que optam por não casar e que não invejam a maternidade», refere Vânia Beliz, psicóloga clínica e sexóloga, no seu livro «Ponto Quê – O prazer no feminino», publicado pela editora Objectiva. Segundo a especialista, «estas mulheres não querem abdicar da privacidade e autonomia conquistadas».

O sabor da independência

«Com o passar dos anos, tornei-me muito mais exigente, o que faz com que prefira estar sozinha. Tenho a minha casa, o meu círculo de amigos, estabilidade emocional e não sinto necessidade de partilhar isto com um companheiro», explica Marta. Algumas investigações sugerem que as mulheres que procuram sexo casual possam ter medo dos relacionamentos. Mas a sexóloga Vânia Beliz alerta que «é preciso distinguir a situação de nunca desejar um relacionamento sério e a situação de passar uma temporada dedicada a nós próprias». Marta confessa que teve algumas relações duradouras mas agora sente-se bem sozinha.

Uma mudança social

Para o psicólogo clínico Quintino Aires, o aumento do número de mulheres sem uma relação assumida é uma realidade que reflete mudanças culturais com implicações psicológicas. «O compromisso não desapareceu. A diferença é que, no passado, o compromisso era regulado pela sociedade e, uma vez assumido, esse compromisso era para sempre. Hoje, somos nós próprios a assumi-lo e esta mudança levanta sérias dificuldades numa sociedade que, no momento da escolha, não consegue decidir e, então, adota a estratégia de não assumir compromissos», refere o especialista.

Crise de identidade?

«A sociedade atual não está organizada para desenvolver a identidade pessoal», alerta Quintino Aires, explicando que «no momento de escolher o namorado(a), não há a certeza se é mesmo aquela a pessoa certa ou não». De acordo com o psicólogo, o controlo dos pais durante a adolescência também pode desencadear esta crise psicológica na idade adulta. «A construção da identidade pessoal, saber o que cada um quer e gosta, implica um treino de experiências que os jovens muitas vezes não têm durante a adolescência. O resultado é que muitas mulheres descobrem apenas por volta dos 30 anos que ainda não conseguem escolher o companheiro com quem desejam partilhar a sua vida», constata o especialista.

Uma fase de descoberta

Aos olhos da psicologia, «as mulheres que optam por relações fugazes estão a lutar por uma identidade, um conhecimento de si mesmas, mesmo que não tenham essa consciência», alerta o psicólogo Quintino Aires. «Aparentemente, envolvem-se apenas com a finalidade da atividade sexual mas, na verdade, trata-se de um movimento de descoberta», sublinha.

 

«Em termos psicológicos, estão a fazer o mesmo que uma criança que brinca para descobrir o mundo, aqui estão a envolver-se para descobrir os parceiros amorosos e para se descobrirem a si mesmas», diz. «Só experimentando podemos saber o que gostamos e não gostamos e os encontros sexuais sem qualquer compromisso resultam de uma intuição desse princípio», refere o especialista, acrescentando ainda que «este é um comportamento comum aos 20 e aos 30 mas também aos 40, 50 e 60 anos».

 

Retirado de Sapo Mulher

publicado por olhar para o mundo às 21:14 | link do post | comentar
Sábado, 19.01.13

Sexo no primeiro encontro

 

A revolução sexual tirou um peso gigantesco das costas das mulheres. Todos aqueles cartazes, palavras de ordem, passeatas e sutiãs queimados mudaram o arranjo social e deram início a processos importantes que culminaram na diminuição do abismo social que separava o mundo masculino do feminino. Algumas décadas se passaram e é impossível negar que algumas sementes plantadas naquele tempo germinaram e deram frutos. Mas tem um ponto em que boa parte das mulheres parece ter parado no tempo: transar no primeiro encontro.

 

Você conhece um cara incrível na balada. Fica com ele. A coisa esquenta e vocês estão subindo pelas paredes de tanto tesão. Aí o sujeito faz a pergunta óbvia nesses casos: “vamos para sua casa ou para minha?” (ou suas variações mais elegantes). Nessa hora você, mulher independente e moderna que paga suas contas e não deve satisfação a ninguém, é possuída pelo espírito da sua avó beata e entra em pânico, nega todos os seus instintos e vontades e diz que não pode, emendando uma desculpa fajuta do tipo “tenho que trabalhar amanhã”.

 

Sério? Até quando vocês vão sufocar seus desejos sexuais por medo de serem consideradas fáceis, promíscuas, vagabundas? Porque a gente sabe que mulher gosta de sexo tanto quando homem e que sente tesão quando fica com um cara que tem pegada. Então falta de vontade não é o motivo convincente para se ver diante de um dilema moral toda vez que surge a oportunidade de fazer sexo casual.

 

Admito que existem caras que vão te achar fácil se você der para eles no primeiro encontro e nunca mais vão te ligar. Mas na boa, você quer mesmo ter qualquer coisa além de sexo com um babaca desses? Na boa, você deveria agradecer por se ver livre de um cara que separa as mulheres em “para ficar” e “para ter alguma coisa séria” baseado no tempo em que elas demoram para ir para a cama com ele. Porque a mediocridade não costuma ficar restrita a um único aspecto da personalidade da pessoa.

 

Para aquelas super preocupadas com a reputação, um conselho: bebam menos. Porque mulher bêbada na balada causa uma impressão muito pior nos coxinhas-fortinhos-de-camiseta-polo-e-tênis-Nike-com-mil-molas do que quem transa logo de cara. Agora um conselho de amigo (que vale mais do que conselho): beba o quanto você quiser, durma com quem tiver vontade e deixe os coxinhas-fortinhos-de-camiseta-polo-e-tênis-Nike-com-mil-molas para as garotas-de-franjinha-que-tiram-foto-fazendo-biquinho-na-frente-do-espelho-com-as-amigas-da-facul.

 

Aí vocês me dizem que não tem nada a ver com o que o cara vai pensar, é tudo uma questão de não se sentir a vontade e estar em busca de outra coisa... Ah, as mulheres e essa mania delas de misturar sexo com todas aquelas coisas que não tem nada a ver com ele (amor, relacionamento, fidelidade, etc). Nunca entendi por que vocês têm esse hábito. Ou melhor, não entendo a razão pela qual vocês ainda o mantém.

Veja bem, fazer com que as mulheres acreditassem que todas essas coisas eram pré-requisitos para o sexo foi a forma de encher as cabeças femininas com caraminholas românticas para que elas ficassem em casa esperando pelo príncipe encantado ao invés de dar vazão aos seus desejos como os homens sempre fizeram. Então, garotas, é hora de acordar.

 

Você tem todo o direito de não querer dar para o cara depois da balada se não estiver a fim, por mais gostoso que ele seja e por mais que o encontro tenha esquentado. Às vezes a gente só está a fim de dar uns amassos. Mas se rolar vontade, dê sem medo, porque a decisão de te ligar no dia seguinte não tem nada a ver com o fato de vocês terminarem a noite em camas separadas ou não.

 

*Tá com dúvida se casa ou compra uma bicicleta? Não sabe se liga ou não para o pretê do escritório? Precisa de uma dica de receita para impressionar os amigos? Tem alguma história boa para dividir? Quer jogar conversa fora? 


Retirado de Amigo Gay

publicado por olhar para o mundo às 21:38 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO