Terça-feira, 27.06.17

Imagine Dragons lançam nova canção: “Walking the Wire”

imagine.jpg

 

Imagine Dragons lançam nova canção: “Walking the Wire”

Grupo acaba de editar novo álbum de estúdio, “Evolve”. A 8 de julho atuam no NOS Alive

Os Imagine Dragons acabam de lançar mais uma canção do novo álbum de estúdio, “Evolve”, já disponível nas lojas e plataformas de streaming. “Walking the Wire” sucede-se a “Believer”, o primeiro single, “Thunder” e “Whatever It Takes”, os temas já retirados de “Evolve”.

Recentemente, o grupo vencedor de prémios Grammy atuou também no mediático programa televisivo “The Tonight Show starring Jimmy Fallon”, sendo que a 28 de julho vão tocar no “Good Morning America”, no âmbito da “Summer Concert Series”.

O single “Believer” já chegou ao n.º 8 do Top 200 da Billboard, tendo durante 11 semanas liderado a tabela Alternative Radio. A revista TIME descreveu “Believer” “mais um grande hino”, enquanto a Entertainment Weekly realçou “as batidas tribais, um coro massivo e uma linha de baixo diabólica”. A Billboard definiu “Believer” como “um grandioso hino que certamente transformará o mais hesitante dos otimistas num crente (‘Belieber’).”

Os Imagine Dragons encontram-se atualmente em digressão a promover as canções de “Evolve”, disco que será apresentado em Portugal já no próximo dia 8 de julho, no festival NOS Alive, no Passeio Marítimo de Algés.

Fundados em 2009 pelo vocalista Dan Reynolds, pelo guitarrista Wayne Sermon, pelo baixista Ben McKee e pelo baterista Daniel Platzman, os Imagine Dragons conquistaram uma base fiel de fãs através de uma série de EPs editados independentemente. A banda estreou-se numa multinacional com o EP “Continued Silence”, em 2012, do qual saiu o single “It’s Time”, que foi dupla platina. Um ano depois foi editado “Night Visions”, álbum que atingiu o n.º 2 do top Billboard 200, vendendo quase quatro milhões de cópias em todo o mundo e chegando ao n.º 1 do Spotify Worldwide em 2013. O segundo single de “Night Visions”, “Radioactive”, atingiu 9 platinas e chegou ao n.º 1 da tabela Billboard Rock, além de ter garantido à banda o prémio Grammy para Melhor Performance Rock. O terceiro single, “Demons”, atingiu o n.º 1 das tabelas Alternative e Top 40 de airplay de rádio e vendeu 3,9 milhões de cópias nos EUA. O último lançamento da banda, “Smoke Mirrors”, entrou diretamente para o 1.º lugar do top Billboard 200 e vendeu mais de 1,1 milhões de cópias. Atualmente os Imagine Dragons são o 13.º maior artista no mundo, segundo o Spotify.

 

 

publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar
Sexta-feira, 21.04.17

Lana Del Rey lança novo single: “Lust For Life” feat. The Weeknd

lana del rey.png

 

Lana Del Rey lança novo single: “Lust For Life” feat. The Weeknd

Canção sucede-se ao single “LOVE” e dá título ao próximo álbum da cantora norte-americana

A cantora e superestrela global Lana Del Rey acaba de revelar o seu mais recente single e que dá título ao seu próximo álbum, “Lust for Life”. O single conta com a colaboração de The Weeknd e já está disponível em todas as plataformas digitais e serviços de streaming.

“Lust For Life” é o segundo single retirado do novo álbum de Lana Del Rey, que será editado ainda este ano. O álbum resulta de um trabalho criativo desenvolvido entre Lana Del Rey e o produtor e colaborador de longa data Rick Nowels. Lana Del Rey disse sobre este novo disco: “Fiz os meus primeiros quatro álbuns para mim, mas este é para os meus fãs e sobre o caminho que espero que estejamos todos a seguir.”  

Em breve serão revelados mais detalhes quanto ao próximo álbum de Lana Del Rey.

 

 

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar
Sábado, 12.11.16

Lançamento do Catálogo da Exposição “O Regresso das Bandeiras”

oregressodasbandeiras.jpg

 

 

Lançamento do Catálogo da Exposição “O Regresso das Bandeiras”

 

A Câmara Municipal do Barreiro convida o vosso Órgão de Comunicação Social para estar presente no dia 19 de novembro, pelas 15h00, na sessão de apresentação pública do Catálogo da Exposição “O Regresso das Bandeiras” patente ao público no Espaço Memória.

 

A entrada é livre.

A exposição pode ser visitada, gratuitamente, de 3ª feira a sábado, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, até ao final do ano de 2016.

 

A mostra resulta de uma parceria entre o Município do Barreiro e o Arquivo Nacional da Torre do Tombo, assinalando um momento icónico da História do Barreiro do século XX, da resistência ao Estado Novo e da luta pela liberdade e pela paz.

 

Passaram mais de 80 anos sobre o momento em que as bandeiras foram desfraldadas numa “Jornada de Luta contra a Guerra e o Nazifascismo”, que se afirmava em Portugal e no Mundo. “Aprisionadas” nos arquivos policiais durante todo este tempo, o seu retorno ao local de origem – o Barreiro – constitui um momento de homenagem aos participantes e, simultaneamente, de reflexão sobre um período negro da História de Portugal e muito particularmente da história de gerações de barreirenses, que é oportuno recordar para que não volte a repetir-se.

 

A reprodução textual da informação implica a referência da sua autoria: CMB

CMB 2016-11-10

publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 06.10.16

A Menina que Detestava Livros em cena no Teatro Turim

Menina_Natal.jpg

 

 
Em cena no Teatro Turim continua, até ao dia 13 de Novembro, o espectáculo A Menina que Detestava Livros, aos Sábados às 16h e aos Domingos às 11h. 
 
É reposto o espectáculo  O dia em que quase não houve Natal de 19 de Novembro a 18 de Dezembro aos Sábados às 16h e aos Domingos às 11h. 
 
Envio em anexo o dossier de Imprensa e as imagens dos espectáculos que estarão em cena no Teatro Turim

publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar
Quarta-feira, 05.10.16

CAVEMAN COM JORGE MOURATO no Teatro Villaret

caveman.jpg

 

CAVEMAN

 

Caveman detém o recorde como o espectáculo a solo com mais tempo em cena na história da Broadway. É também já afirmadamente uma força mundial que conquistou os corações de milhões e que vai com certeza conquistar também o seu. Caveman já foi visto em 45 países e traduzido para 18 idiomas diferentes (e continua a somar!).


Sendo uma peça astutamente hilariante sobre as várias formas como homens e mulheres se relacionam, Caveman provoca a ambos os sexos uma identificação constante com os seus conteúdos e consequentes ruidosas gargalhadas. Acenos afectuosos entre membros do público ocorrem com regularidade durante o espectáculo à medida que se revêm nas histórias que são contadas no palco.


Caveman, faz-nos rir de nós próprios sobre todas as formas como homens e mulheres discutem, riem e amam. Por essa razão, casais por todo o mundo se apaixonaram pelo Caveman.


A popular comédia Caveman foi escrita por Rob Becker ao longo de um período de 3 anos durante o qual ele realizou um estudo sobre antropologia, pré-história, psicologia, sociologia e mitologia. Caveman tem sido desde tal uma ferramenta para alcançar a paz nos constantes mal-entendidos entre homens e mulheres.


Caveman estreou em São Francisco em 1991 e rapidamente mudou-se para Dallas. Após um ano em Dallas – passando a aclamado sucesso – Caveman seguiu para representações esgotadas em Washington DC, Filadélfia e Chicago, antes de se estrear na Broadway em 1995. Após estar em cena por dois anos e meio e 702 representações no Helen Hayes Theater, Caveman entrou para o livro de recordes como o espectáculo a solo com mais tempo em cena na história da Broadway.


Desde então, Caveman tem estado em digressão em salas por todo o mundo.

Com Jorge Mourato

Texto Rob Becker Encenação António Pires Tradução Felipa Mourato Cenografia Artur Pinheiro
Produção Força de Produção com o apoio Ready to Shoot


Teatro Villaret
A partir de 18 Outubro

Terças-feiras às 21h30
Preços 12€

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar
Segunda-feira, 03.10.16

“The Studio Collection”: a nova caixa que reúne a discografia de Sting em vinil

sting.jpg

 

“The Studio Collection”: a nova caixa que reúne a discografia de Sting em vinil, editada hoje

Caixa inclui oito álbuns a solo de Sting em vinil, tendo todos os discos sido remasterizados nos estúdios de Abbey Road

Chega hoje às lojas “The Studio Collection”, a caixa que reúne todos os álbuns a solo da discografia de Sting em edições em vinil de 180 gramas.

The Studio Collection” inclui os oito álbuns essenciais do percurso do músico na A&M Records – “The Dream of the Blue Turtles” (1985), “…Nothing Like The Sun” (1987, editado em duplo LP), “The Soul Cages” (1991), “Ten Summoner’s Tales” (1993), “Mercury Falling” (1996), “Brand New Day” (1999, editado em duplo LP), “Sacred Love” (2003, também duplo LP) e “The Last Ship” (2013). No caso dos álbuns “Brand New Day” e “Sacred Love”, esta é também a primeira vez que estes são editados em vinil.

Todos os LPs incluídos nesta caixa surgem com o artwork original, sendo que cada um dos álbuns foi remasterizado nos lendários estúdios de Abbey Road, de forma a garantir uma qualidade sonora excecional.

Fazem parte da caixa “The Studio Collection” alguns dos álbuns e das canções mais icónicos de sempre, incluindo vários temas premiados com prémios Grammy. Desde o revelador “The Dream of the Blue Turtles”, lançado em 1985 e no qual Sting se fez acompanhar pelos melhores músicos de jazz americanos da época num disco carregado de mensagens políticas, até ao mais recente “The Last Ship”, de 2013, onde o músico explora temáticas como o regresso às raízes e a autodescoberta no Nordeste de Inglaterra, “The Studio Collection” revela a escrita de canções meticulosa de Sting, a sua forma de contar histórias evocativa e uma inovação contínua que tem cruzado géneros musicais de forma desafiante ao longo de toda a sua carreira.

Desde grandes sucessos como Englishman In New York, If I Ever Lose My Faith In You, Fields Of Gold, Seven Days ou Shape of My Heart, aos temas politicos como We Work The Black Seam e Russians, passando pelas influências gospel em Let Your Soul Be Your Pilot e Filler Her Up, às incursões pelas bossa nova de La Belle Dame Sans Regrets e Big Lie Small World, até ao hip hop francês de Perfect Love… Gone Wrong ou à arabesca Desert Rose, "The Studio Collection” combina a amplitude e a força de Sting enquanto compositor, cantor e ativista numa série de vinis de alta qualidade.

Cada um dos álbuns que integra esta caixa que hoje chega às lojas também estará disponível individualmente.

 

A caixa “The Studio Collection” não é a única novidade que Sting tem reservada para a rentrée, já que a 11 de novembro vai também editar o seu novo álbum de estúdio, intitulado “57th & 9th”. O disco já se encontra em pré-venda. 

 

 

publicado por olhar para o mundo às 13:13 | link do post | comentar
Sexta-feira, 05.02.16

O MEU VIZINHO É JUDEU

Vizinho_Judeu_Press_Mailling_ATE_28_Fev_News.jpg

 

O MEU VIZINHO É JUDEU I SÓ ATÉ 28 DE FEVEREIRO

“Desculpe, você é judeu? É que eu gostava de saber o que é isso. Talvez me pudesse dar umas luzes”.
O judeu é Miguel Guilherme, o vizinho curioso é Bruno Nogueira e este encontro acontece no átrio de um prédio parisiense, mas poderia acontecer em qualquer cidade, como aquela em que se encontra em cena este espectáculo.

 

O Meu Vizinho é Judeu é, acima de tudo, uma peça sobre o desconhecimento, o preconceito, o desentendimento e um dos receios mais intemporais: o medo do outro!


Mas porque o humor e o riso podem ser grandes aliados, o Meu Vizinho é Judeu é, também, uma mensagem de esperança, sobre duas pessoas diferentes que aprendem a coabitar.

 

Texto Jean-Claude Grumberg Encenação Beatriz Batarda Assistente de Encenação Ana Brandão
Tradução Diogo Dória Cenário Wayne dos Santos Figurinos José António Tenente
Desenho de Luz Nuno Meira Sonoplastia Sérgio Milhano Produção Força de Produção

Interpretação BRUNO NOGUEIRA e MIGUEL GUILHERME


Auditório do Casino Estoril
5ª a sábado às 21h30 I Domingos às 17h
Preço único: 16€

publicado por olhar para o mundo às 13:13 | link do post | comentar
Terça-feira, 19.01.16

CAANDIDES SHARES NEW SINGLE "ZERO"

candides.jpg

 

 

In January 1958, a UFO was sighted flying over an island off the coast of Trinidad. This reported event triggered Caandides imagination.


After having narrowed their focus of research by calculating the geographical coordinates of the island, Caandides wrote and played and dreamt of encounters of the third kind in a tropical setting. This record was born of a desire for travel, in which the very idea of wanderlust was to be explored.

Every expedition needs preparation. For this one, Caandides equipped themselves with samples of their own work, various cut-ups and treated guitars, among which voices freely mutate. The aim of the band in this expedition was to find a hybrid sonic material, between organic and synthetic, in which textures substitute one another: a bass becomes a drum machine, a voice becomes a synthesizer. Rubber guitars, wailing organs and proto-digital voices tangle and weave the phonic matter of the record, of which each new listen offers a new element, a new path.


With a few familiar faces at their side (Adrien Pallot, Lucas Valero, Morgane Colas), the band described twelve imaginary memories, twelve mutant folk songs, a sort of sound-track for a synthetic giallo.


The ambiguous cover art is based on a photograph of a UFO taken by a tourist, digitalized and colorized by graphic designers Zeugl.


Twelve hues, one for each song, serving as clues for finding of the island. But the finding of the island is incidental. Getting lost in the record while searching for it is what truly matters.

Caandides already released two EPs (Before The Art in 2012 spotted by FatCat Records and Winter in 2013).

publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 29.10.15

Tranglomango apresenta o disco "Más Línguas"

tranglomango.jpg

 

 

TRANGLOMANGO
Parceria com Gira Sol Azul (GiraDiscos)
Café-concertoDuração: 80 minutos

Apresentação do disco Más Línguas, com o carimbo discográfico GiraDiscos, da Gira Sol Azul


Más Línguas é o primeiro trabalho discográfico dos Tranglomango, reunindo alguns dos temas trabalhados pelo grupo ao longo de dois anos. Este disco tem o carimbo Gira Discos.


Com a formação instrumental clássica do rock, à qual se junta um acordeão, este grupo deixa-se influenciar pela cultura tradicional portuguesa como mote para a prática e domínio de um som que funde estilos contrastantes.


Em Más Línguas apresentam-se arranjos de temas tradicionais e temas originais em ebulição destravada, nos quais três vozes em negócios harmónicos animam a morúmbia em qualquer cemitério de paróquia.


Liguem os cátodos aos pontos cardeais do corpo e larguem a velhinha: ela vai sacudir o pó do pé. É rock e chula!

 

 




Ficha Técnica

Nota: GiraDiscos é um carimbo discográfico da Gira Sol Azul através do qual se pretende divulgar e estimular a criação artística na área da música em Viseu e apoiar a edição discográfica independente.

Voz, trompete e guitarra: Catarina Almeida
Voz e acordeão: Ricardo Augusto
Guitarra: Bruno Pinto
Voz e baixo: Ana Bento
Bateria e percussões: Miguel Rodrigues
Músicas: tradicionais portugueses e de Ana Bento · Letras: tradicionais portuguesas, de Bruno Pinto e Fernando Giestas. · Arranjos de Ana Bento, Ricardo Augusto e Tranglomango · Vídeos: Binaural, Luís Belo eGraça Gomes · Espaço cénico e apoio aos figurinos: Ana Seia de Matos

publicado por olhar para o mundo às 15:13 | link do post | comentar
Domingo, 11.10.15

SELENA GOMEZ "REVIVAL" ACABA DE CHEGAR

selenagomez.jpg

 


SELENA GOMEZ

"REVIVAL" ACABA DE CHEGAR



Novo disco da cantora partilha a auto-confiança que a trouxe de volta de alguns dos seus maiores desafios pessoais.
 
Depois de muita ansiedade, eis que chega um dos discos mais aguardados desta rentrée: "Revival", o trabalho de Selena Gomez está hoje disponível em todas as lojas e plataformas digitais.
 
E a imprensa parece estar rendida: a Billboard diz que "Selena Gomez encontrou a sua voz", já a Mashable retrata a cantora como "confiante, livre e independente. Esta é Selena Gomez 2.0" e a Elle afirma que "Revival" "vem com a maior arma de todas: autenticidade".
 
Se "Good For You", o primeiro single deste trabalho, se transformou no maior sucesso de sempre para a cantora, o novo "Same Old Love" promete seguir o mesmo caminho: o vídeo, acabado de estrear, guarda uma surpresa muito especial, uma vez que a sua filmagem terminou no evento que Selena organizou para alguns superfãs em Los Angeles.
 
É o primeiro disco da americana com o seu novo selo, a Interscope Records, e aborda diversos desafios que foi encontrando no caminho. Na entrevista que esta semana faz a capa da Billboard, Selena revela ao mundo que, há algum tempo atrás, foi diagnosticada com lúpus e que isso a forçou a fazer uma pausa na carreira. Mas se há assinatura que percorre todo este novo trabalho, é a da auto-confiança. Disponível nas edições Standard e Deluxe, "Revival" é agora um disco partilhado com os fãs.
 

 

publicado por olhar para o mundo às 21:15 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO