Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

05
Out12

Suécia constrói museu para homenagear os ABBA

olhar para o mundo

Bjoern Ulvaeu anunciou que o museu inaugura na Primavera de 2013Bjoern Ulvaeu anunciou que o museu inaugura na Primavera de 2013 (Dylan MartinezREUTERS/)

A cidade de Estocolmo, na Suécia, está a construir um museu dedicado ao grupo musical ABBA. A novidade foi anunciada por Bjoern Ulvaeu, um dos fundadores da banda, em conferência de imprensa na quarta-feira. A data de inauguração está prevista para a Primavera de 2013.

No museu vão estar expostas as roupas fantasiosas da banda dos anos 1970 e 1980, assim como alguns dos instrumentos que já antes foram vistos pelo público na exposição ABBAWORLD, que correu a Europa e a Austrália entre 2009 e 2011.

“É gratificante para os ABBA que as pessoas se possam lembrar de nós jovens, ambiciosos e com energia, durante os anos 1970, do que alguns velhos que sentem vontade de se levantar e tocar para sempre” disse Bjoern Ulvaeu, ex-membro da banda, na conferência de imprensa.

Segundo o músico, os ABBA decidiram há 30 anos fazer uma pausa para poderem iniciar outros projectos, com a ideia de se juntarem novamente mais tarde. “Nós somos o único grupo com aquele tipo de estatuto que nunca voltou se voltou a reunir”, disse Ulvaeu à Associated Press. 

A banda que desistiu no topo da carreira, como disse o músico, aprovou a criação do museu em sua homenagem e Bjoern Ulvaeu espera a presença do grupo na inauguração. No entanto, exclui um regresso aos palcos.

Durante a década de 1970 e 1980, os suecos ABBA escalaram os tops mundiais da música e fizeram furor nas pistas de dança, principalmente depois da vitória no Festival da Eurovisão em 1974 com Waterloo. 

Mesmo depois do fim, os ABBA continuam a vender milhões de discos todos os anos. Durante o tempo que estiveram no activo venderam mais de 370 milhões de cópias. 

Em 2008, o filme Mamma Mia, de Phyllida Lloyd, um tributo aos ABBA, protagonizado por Meryl Streep e Pierce Brosnan, regenerou a energia da onda disco da banda e tornou-se no musical mais rentável até aos dias de hoje.

 

Noticia do Público

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub