Segunda-feira, 30.07.12

IGREJA COLOCA CARTAZES PARA RECRUTAR PADRES E FREIRAS

IGREJA COLOCA CARTAZES PARA RECRUTAR PADRES E FREIRAS

 

Um sacerdote, um diácono, uma freira e outros trabalhadores da igreja em pose para a fotografia. Por cima, pode ler-se: «A missão. Aqueles que dão tudo recebem ainda mais». O cartaz é apenas um dos 380 que estão a ser colocados por todo o estado da Baixa Áustria, o maior deste país europeu.

«Os cartazes mostram pessoas reais, que trabalham alegremente para a igreja», explicou aos jornalistas Klaus Kueng, bispo de St. Polten, a diocese que lançou esta semana uma campanha para recrutar padres e freiras.

A falta de clérigos na região é alarmante: o número de padres caiu 26 por cento e, só em St. Poelten, há apenas 244 sacerdotes para as 423 paróquias. Ainda por cima, a grande maioria tem mais de 60 anos, pelo que a sucessão se adivinha preocupante. 

Estratégia tenta combater tendência: número de sacerdotes caiu 26 por cento na ÁustriaO bispo de St. Polten admite mesmo que a falta de interesse nestas atividades, sobretudo dos jovens, é «um problema enorme».

Num país em que a maioria (mais de 64 por cento) dos cidadãos se declara católica, a igreja optou por declarar abertas as vagas para centenas de empregos. 

Segundo a Associated Presse, Lukas Leitner, responsável pela agência de publicidade que desenvolveu o projeto, acredita que a estratégia vai ter resultados, porque os padres e as freiras são retratados nos cartazes como «heróis do dia a dia».

Nos 80 cartazes grandes e nos 300 mais pequenos, a igreja austríaca procura ainda apelar a todos os que quiserem dedicar parte da sua vida ao serviço religioso, em regime de part-time. 

 

Noticia do Push

publicado por olhar para o mundo às 08:26 | link do post | comentar
Domingo, 29.07.12

Jogos Olímpicos, Resultados dos atletas portugueses – 29/07

Jogos Olímpicos, Resultados dos atletas portugueses – 29/07
Atletas portugueses puseram-se à prova no segundo dia dos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Remo e ténis de mesa seguem em frente.
Natação, ginástica, judo e vela, tiveram menos motivos para festejar.

publicado por olhar para o mundo às 23:06 | link do post | comentar

NATAÇÃO, Lochte conquista ouro nos 400m estilos, Phelps fora do pódio

Lochte conquista ouro nos 400m estilos, Phelps fora do pódio

 

O norte-americano Ryan Lochte dominou a final dos 400m estilos, conquistando a primeira medalha de ouro na natação nos Jogos Olímpicos Londres 2012. A grande desilusão da prova foi Michael Phelps, que não conseguiu chegar ao pódio.

 

Lochte terminou a prova com o tempo de 4m05s18, menos três segundos do que os 2º e 3º classificados – o brasileiro Thiago Pereira (4m08s86) e o japonês Kosuke Hagino (4m08s94).

Michael Phelps – vencedor de 16 medalhas olímpicas (seis de ouro e duas de bronze em Atenas 2004 e oito de ouro em Pequim 2008) – terminou em 4º lugar, com 4m09s28, uma marca quase seis segundos abaixo do seu recorde mundial (4m03s84, em Pequim 2008). 

 

Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 23:04 | link do post | comentar

FC Porto sofre o primeiro golo da pré-época

FC Porto sofre o primeiro golo da pré-época

Os "dragões" perderam neste sábado o Troféu Taronja, nas grandes penalidades, frente ao Valência de João Pereira e Ricardo Costa, após empatarem a um golo.


Ao sexto jogo de pré-época, o FC Porto finalmente sofreu o primeiro golo. Depois do Valadares, Servette, Évian, Celta de Vigo e Santa Clara, a partida com o Valência, no Estádio Mestalla, em jogo do Troféu Taronja, que teve a sua primeira edição em 1970, foi o jogo mais exigente da preparação portista.

No “onze” dos “dragões”, destaque para a utilização do defesa polivalente Sereno — em França, fala-se do interesse do Bordéus — a defesa esquerdo e do reforço Jackson Martínez. O colombiano procurou jogar simples, mas com a bola no pé foi lento na decisão e na execução. Apresenta-se sem explosão. É ainda um corpo estranho na equipa.

Do lado do Valência, terceiro classificado da Liga espanhola, jogaram Ricardo Costa e João Pereira, lateral contratado ao Sporting.

A partida começou com um bom ritmo e alguns lances de perigo. Soldado, Feghouli, Ricardo Costa e Otamendi foram os jogadores que criaram mais perigo para a baliza portista. 

A defesa dos “azuis e brancos” cometeu vários erros no momento de sair com a bola controlada para o ataque. Mas Fernando e Defour estiveram particularmente bem na pressão e na recuperação de bola.

Aos 57 minutos, o 1-0 e o momento do jogo. Depois de um canto, a bola sobrou para Lucho, que rematou com o pé esquerdo ao ângulo da baliza “Che”. O Valência empatou aos 63 minutos, através de um golo do brasileiro Jonas.

A 41.ª edição do troféu foi decidida nas grandes penalidades. Os “dragões” falharam todas.

O FC Porto jogou com: Helton, Miguel Lopes, Otamendi, Maicon, Sereno, Fernando, Lucho, Defour, James, Atsu, Jackson Martínez.

Jogaram ainda: Moutinho, Rolando, Mangala, Addy, Kelvin, Kléber, Castro, Djalma, Varela, Iturbe. 


Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 23:01 | link do post | comentar

'Dr. House' em concerto no Coliseu

'Dr. House' em concerto no Coliseu na terça-feira
O actor britânico Hugh Laurie poderá provar, na terça-feira, em Lisboa, que é mais do que o protagonista da série televisiva «Dr. House», quando actuar com a Copper Bottom Band no Coliseu dos Recreios.

Esta será a estreia de Hugh Laurie em Portugal enquanto músico, acompanhado de um sexteto, para interpretar as canções de "Let Them Talk", álbum de estreia, editado no ano passado.

O disco foi gravado entre Los Angeles e Nova Orleães, e é uma celebração dos blues, com Hugh Laurie a interpretar ao piano "standards" de Lead Belly, Robert Johnson, Ray Charles ou Memphis Slim.

 

Hugh Laurie tem andado em digressão há vários meses, tendo passado pela Argentina, Rússia, Estados Unidos e vários países da Europa.

 

De acordo com a promotora, o concerto em Lisboa não está esgotado, mas já quase só estão disponíveis os bilhetes mais baratos.

 

Os bilhetes variam entre os 30 euros, galerias de pé, e os 75 euros, para cadeiras na área de orquestra.

 

Hugh Laurie é conhecido sobretudo como actor de teatro, cinema e, em particular, de televisão, pela participação na série norte-americana "Dr. House".

 

Nessa série interpretou, entre 2004 e 2012, o papel de um médico - Gregory House, com um ligeiro coxear, sempre amparado por um bengala - conhecido por métodos de diagnóstico pouco ortodoxos.

 

Hugh Laurie teve aulas de piano em criança que não lhe deixaram grande memória e só mais tarde, quando ouviu na rádio a canção "I Can’t Quit You Baby", de Willie Dixon, é que a música se revelou, levando-o ao "país das maravilhas", como conta na página oficial na Internet.

 

A partir daí foi descobrindo músicos dos blues ou influenciados por eles, como os guitarristas Charley Patton e Lead Belly, os pianistas Pete Johnson, Albert Ammons e Otis Spann, e os cantores Ray Charles e Bessie Smith.

 

Quanto ao resto, diz que não tem resposta para explicar porque é que os artistas quebram a suposta regra de se dedicarem a uma só arte, como os atores que são músicos.

 

Hugh Laurie, 52 anos, além de actor e músico, é ainda autor do romance “O Traficante de Armas”, que está publicado em Portugal.

 

Noticia do Sol

publicado por olhar para o mundo às 10:48 | link do post | comentar

Futebol, Carrillo e Capel, estrelas às riscas ou de laranja

Futebol  Carrillo e Capel, estrelas às riscas ou de laranja

Sporting venceu jogo de apresentação em Alvalade com o St. Étienne por 3-1. Golos de Carrillo e Wolfswinkel.


O Sporting apresentou-se aos adeptos em Alvalade, num jogo que começou à tarde (19h30) e acabou de noite. Uma primeira parte às riscas verdes-e-brancas e a segunda de laranja (equipamento alternativo). Carrillo marcou nas duas metades.

Mas para o peruano brilhar – com um golo de cabeça e outro com o pé – precisou de Capel. O espanhol assistiu o primeiro e sofreu o penálti que deu o terceiro, apontado por Wolfswinkel.

O holandês mostrou-se novamente perdulário, mas foi de um lance criado pelo avançado - isolado por Adrien - que surgiu o segundo golo do encontro e o segundo de Carrillo. 

O golo do St. Étienne (por Sako) apareceu perto do final, um remate de primeira fora da área, a bater Boeck (o brasileiro substituiu Rui Patrício que jogou a primeira parte toda).

Sá Pinto jogou praticamente com duas equipas. Entraram sete jogadores na segunda parte. O “onze” titular deve ser parecido com a formação que entrou na etapa inicial: Rui Patrício (capitão); Cédric, Boulahrouz, Rojo e Pranjic; Elias, Schaars e André Martins; Carrillo, Capel e Van Wolfswinkel.

No segundo tempo, jogaram Marcelo; Daniel Carriço, Xandão, Bruno Pereirinha, Insúa, Gelson Fernandes e Adrien. Saíram: Rui Patrício, Cédric, Boulahrouz, Rojo e Schaars.

Jogaram ainda Wilson Eduardo e Diego Rubio para os lugares de Diego Capel e Van Wolfswinkel.

Sá Pinto, treinador do Sporting

“Destaco dois momentos. 

O período inicial, em que mostrámos ansiedade devido ao contacto com os adeptos. Mas a partir do minuto 15 começámos a jogar com qualidade, mais paciência, melhores decisões. Os jogadores souberam manter a organização e, mais importante, souberam divertir-se, foram profissionais e competentes. 

O segundo momento tem a ver com a mudança de ritmo devido à troca de jogadores. Cumpriram como gostamos que o façam. É importante criar oportunidades e ir melhorando no treino técnico e na concentração. É continuar neste caminho e fazer as coisas com ainda mais convicção. 

Agora, estou a tentar ser o mais justo nesta fase com todos, não vou conseguir dar tanto tempo a todos, é a parte que mais dói, conto com todos e o sentimento é o do colectivo.” 


Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 00:45 | link do post | comentar
Sábado, 28.07.12

Pessoas inseguras são mais infelizes na cama, diz estudo

Pessoas inseguras são mais infelizes na cama, diz estudo

Pessoas muito apegadas ou frias são mais inseguros. E isso torna a vida sexual pior

Aqui vai a dica para a próximna vez que você começar um namoro. Se o seu pretendente é inseguro, certamente isso impactará a vida sexual de vocês. As informações são do site Cosmopolitan.

 

Psicólogos da Universidade de Deakin, em Melbourne, analisaram 15 estudos feitos em diversos países e descobriram que pessoas inseguras tendem a agir de duas formas distintas  quando o assunto é sexo – podem ser indiferentes ou pegajosas. Fato é que ambos os perfis tendem a ter menos satisfação em sua vida sexual.

Os cientistas explicam que essas duas caraterísticas determinam o chamado “apego ansioso”. E isso leva as pessoas a agirem sempre com medo de serem rejeitadas ou abandonadas pelo parceiro.

Eles descobriram que as pessoas com características ‘pegajosas’ tiveram relações sexuais para reduzir a insegurança, a aumentar a intimidade e a sensação de acolhimento. Enquanto aqueles que se mostravam indiferentes fizeram menos sexo por se sentirem desconfortáveis com intimidade. Independentemente de serem grudentos ou frios, os dois tipos de inseguro se disseram insatisfeitos com sua vida sexual.

 

Retirado de Terra

publicado por olhar para o mundo às 21:51 | link do post | comentar

Real Madrid veio em Turismo à Luz e saiu goleado

Real Madrid veio em Turismo à Luz e saiu goleado

O Benfica venceu nesta sexta-feira o Real Madrid por 5-2 e conquistou a quinta edição da Taça Eusébio, num jogo em que Carlos Martins, Enzo Pérez e Callejón estiveram em plano de destaque.


Os “encarnados” começaram melhor o jogo, com um golo de Javi García, de cabeça, na sequência de um livre indirecto cobrado por Carlos Martins. A resposta dos espanhóis chegaria pelos pés de Callejón, depois de uma fuga e de uma assistência perfeita de Di María. Pouco depois, Callejón faria o 1-2, num lance em que fugiu aos centrais do Benfica e surgiu na cara de Artur.

Ainda antes do intervalo, Witsel empataria o jogo também na sequência de um cruzamento de Carlos Martins do lado direito do ataque português. O belga aproveitou o espaço que lhe foi concedido no centro da área e cabeceou com autoridade.

No segundo tempo, o Benfica entrou melhor e resolveu o jogo em dois bons lances de futebol. Primeiro, foi um golo de bandeira de Enzo Pérez, aproveitando o adiantamento do guarda-redes do Real Madrid. Depois, uma boa jogada de combinação que culminou com a assistência de Witsel para o 4-2 de Carlos Martins.

Já com as equipas mais descaracterizadas pelas substituições, Enzo Pérez chegaria ao segundo golo da conta pessoal, após uma boa desmarcação de Kardec. O argentino picou a bola sobre o guarda-redes e fechou a contagem. 


Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 12:52 | link do post | comentar

Portugueses no Festival de cinema de Veneza: O Gebo e a Sombra e As Linhas de Wellington

Manoel de Oliveira regressa novamente a Veneza
Manoel de Oliveira regressa novamente a Veneza (AFP)

Entre os 17 títulos a concurso no festival de cinema há filmes de Terrence Malick, Brillante Mendoza, Brian de Palma, Harmony Korine, Olivier Assayas, Kim Ki-Duk ou Takeshi Kitano.

 

Duas produções portuguesas, O Gebo e a Sombra, de Manoel de Oliveira, e As Linhas de Wellington, de Valeria Sarmiento, estão seleccionados para o Festival de Veneza. O primeiro fora de concurso, o segundo em competição. As Linhas de Wellington é o filme que Raoul Ruiz não conseguiu concretizar antes da sua morte, em 2011, e que foi prosseguido pela companheira, a realizadora Valeria Sarmiento. Recria as invasões francesas em Portugal, no começo do século XIX, quando o general Arthur Wellesley, duque de Wellington, liderou um exército anglo-português e utilizou uma estratégia defensiva com base numa linha de fortificações que protegia Lisboa - as Linhas de Torres Vedras. Há um exército de intérpretes, por isso: John Malkovich, Marisa Paredes, Nuno Lopes, Carlotto Cota, Albano Jerónimo, Soraia Chaves, Maria João Bastos, Catherine Deneuve, Michel Piccoli, Mathieu Amalric. A produção é de Paulo Branco.

Durante a rodagem, Valeria Sarmiento, em declarações à Lusa, salientava a importância de "recordar, num momento difícil em que está a Europa, que ela foi construída a partir de muitas guerras." O filme de Oliveira, produção de O Som e a Fúria, dirige-se também ao presente a partir da forma como Raul Brandão, em 1923, retratava o pós-I Guerra na sociedade portuguesa, a pobreza, a honra, os sacrifícios. Do filme se diz já, em citações da imprensa internacional, ser um dos mais minimalistas do realizador, com a simplicidade dos grandes mestres. Cast: Michael Lonsdale, Claudia Cardinale, Jeanne Moreau, Leonor Silveira, Ricardo Trêpa, Luís Miguel Cintra. O filme estreará em Portugal, pela Lusomundo, a 27 de Setembro. Em França terá a sua estreia a 19 de Setembro.

Festival de Veneza, de 9 de Agosto a 8 de Setembro. A abrir, fora de concurso, The Reluctant Fundamentalist, da realizadora Mira Nair, que em 2001 venceu o Leão de Ouro com Monsoon Wedding. Um jovem paquistanês tenta vencer em Wall Street e as suas aspirações são apanhadas por dilemas morais e políticos. Um filme em cenário de fundamentalismos, "para pensar", segundo o director da mostra, Alberto Barbera. Deve ser isso o programa de um "filme de abertura": trazer tema(s).

E depois desfilarão 17 filmes em concurso, assim se concretizando a tal edição mais sóbria e com menos filmes com que o novo director, que sucede a Marco Müller, tenta aguentar um festival em tempos de crise. Obras de Olivier Assayas (Après Mai, ou seja, depois de Maio de 68), os italianos Marco Bellochio, Daniele Ciprì e Francesca Comencini, os americanos Brian de Palma (Passion, thriller erótico muito à la Mulholland Drive), Harmony Korine (Spring Breakers) e Terrence Malick (To the Wonder) ou os asiáticos Kim Ki-Duk (Pieta), Takeshi Kitano (Outrage Beyond, a continuação de Outrage, que ainda não estreou em Portugal) e Brillante Mendoza, que num ano apresenta dois filmes em festivais: Captive em Berlim, e agora Thy Womb - tal como em 2009, com Kinatay em Cannes e Lola em Veneza, naquele que foi um momento decisivo para a implantação internacional do filipino. É no Lido que veremos também o segundo tomo da trilogia Paradies do austríaco Ulrich Seidl. Depois de Amor, visto em Cannes, seguindo o despertar sexual de uma cinquentenária nas praias do Quénia, a Fé. Em Berlim será tempo de Esperança.

Fora de concurso, para além de Oliveira e do filme de abertura: um documentário de Spike Lee na comemoração dos 25 anos de Bad, de Michael Jackson (Spike, recorde-se, realizou para o Rei da Pop o clip de They Don"t Care about Us); The Company you Keep, de Robert Redford; ou Witness: Libya, de Michael Mann, episódio de uma série da HBO, de que Mann é produtor, sobre a actividade de fotógrafos em cenários de guerra. Mann presidirá ao júri da competição desta 69.ª edição.

Valerá a pena a aventura pela secção Horizontes, dedicada a uma vertente exploratória - é aí que está Three Sisters, de Wang Bing -, e pela secção que apresentará clássicos restaurados, como Fanny e Alexander de Ingmar Bergman ou os 219 minutos de As Portas do Céu, de Michael Cimino, o tal filme cujo fracasso - e má reputação do realizador - deu o golpe de misericórdia no sonho de uma geração que ficou conhecida como a dos movie brats.

 

Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 10:00 | link do post | comentar
Sexta-feira, 27.07.12

Wiggins tocou o sino no início da cerimónia de abertura dos jogos Olímpicos

Wiggins tocou o sino no início da cerimónia de abertura dos jogos Olímpicos

A cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres iniciou-se às 21h, perante 80 mil espectadores e mais de mil milhões de telespectadores.


O vencedor da Volta à França deste ano, o britânico Bradley Wiggins, teve a honra de tocar o sino olímpico no início da cerimónia.

Coreografada por Danny Boyle, realizador de “Slumdog Millionaire”, a abertura dos Jogos deverá durar três horas, culminando com o desfile dos atletas, a declaração de abertura da rainha Isabel II e o grande momento em que se acende a pira olímpica.

A abertura dos Jogos da XXX Olimpíada está a ser presenciada, segundo a AFP, por cerca de 60 chefes de Estado e de Governo e uma dezena de monarcas.

A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, a primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, e o Presidente português Cavaco Silva são alguns dos convidados.

Um dos primeiros momentos de destaque foi a exibição de uma curta-metragem, filmada no Palácio de Buckingham, com o actor Daniel Craig (o agente secreto James Bond) e a rainha Isabel II.

 

Notícia do Público

publicado por olhar para o mundo às 21:57 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...
  • Great article!

Posts mais comentados

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO