Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

15
Fev16

Barreiro - Mês do Teatro | "António e Maria" a 5 de março

olhar para o mundo

antonio maria.jpg

 

 

Mês do Teatro

 

“António e Maria”, com Maria Rueff, 5 de março | AMAC

 

A peça de teatro António e Maria sobe ao palco do Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC), no dia 5 de março, pelas 21h30. Esta peça insere-se na programação do Mês do Teatro, promovida pela Câmara Municipal do Barreiro em março.

 

Em março, o AMAC pretende ser um palco diversificado em termos de público - cruzando públicos escolares e familiar, e um leque abrangente em termos de faixas etárias - e das diferentes abordagens entre o Drama e a Comédia.

Dentro deste ciclo de programação, o palco do AMAC apresentará os espetáculosAntónio & Maria, com Maria Rueff (50ª produção do Teatro Meridional) e a comédiaAbsolutamente Fabulosos, com o elenco Luis Aleluia, Noémia Costa e Joana Figueira.

Dentro da programação do AMAC Júnior de março, decorrerá o espetáculo Os Três Mosqueteiros, pela Byfurcação Teatro.

Neste mês terá também lugar a atividade de Serviço Educativo “A Escola Vai ao AMAC”, com o espetáculo da Arteviva - Companhia de Teatro do Barreiro, 30 por 1 linha, para o público escolar, englobando alunos do 3º ano do Ensino Básico das escolas públicas do Concelho. Esta atividade é desenvolvida em parceria com a todas as Uniões de Freguesias do Concelho do Barreiro.

 

O programa completo do Mês do Teatro será divulgado em breve. Neste momento, estão já à venda os bilhetes, no Posto de Turismo e no AMAC, para as seguintes peças:

 

5 março | sábado | 21h30 | António & Maria, com Maria Rueff | Coprodução CCB  e  Teatro Meridional | AMAC

 

António & Maria é uma procura, uma surpresa, um monólogo múltiplo de mulheres. Um exercício, por assim dizer, de doméstico sublime. Aproveitando uma lição simples do escritor para a vida toda: «espreitar para dentro de uma bota, porque às vezes há coisas.» Mulheres e homens de diferentes extratos sociais, frágeis, fortes, pessoas ambíguas, personagens colhidas no universo literário de António Lobo Antunes, com adaptação e escrita para cena de Rui Cardoso Martins. Nesta 50.ª produção, o Teatro Meridional prossegue o objetivo de criação de novas dramaturgias baseadas em adaptações de textos não teatrais, colocando uma vez mais o ator no centro da cena. Maria Rueff, atriz cuja versatilidade no entendimento e na capacidade de concretizar através da construção de personagens a ampla diversidade humana, será o corpo, a sensibilidade e a voz que interpelará, em cena, o mundo.

 

Faixa Etária - M/16

Duração – aprox. 70 min s/ intervalo

Ingressos: Plateia: 12,50€ | Frisas;10,00€

 

FICHA TÉCNICA

Autor: António Lobo Antunes | Dramaturgia e Adaptação: Rui Cardoso Martins | Encenação e Desenho de Luz: Miguel Seabra | Interpretação: Maria Rueff | Espaço Cénico e Figurinos : Marta Carreiras | Música Original e Espaço Sonoro: Rui Rebelo | Assistência de Encenação e Direção de Cena: Vítor Alves da Silva | Assistência de Cenografia: Marco Fonseca | Operação Técnica: Rafael Freire | Produção Executiva: Natália Alves | Assessoria de Gestão: Mónica Almeida | Direção Artística do Teatro Meridional: Miguel Seabra e Natália Luiza

 

24 março | quinta-feira | 21h30 | Absolutamente Fabulosos | AMAC

 

Duas actrizes que no auge das carreiras ficam desempregadas de repente. Um agente artístico que não percebe nada disto porque era vendedor de seguros antigamente. E um velho criado, sempre muito engomado e tão educado que até é mal-empregado trabalhar para esta gente.

Absolutamente Fabulosos, uma alta comédia que fala da vida dos atores e mostra aos espetadores que nem tudo são rosas mas que o importante é não desistir, porque a seguir a tempos nebulosos, hão-de vir outros, que farão sorrir por serem... “Absolutamente Fabulosos”.

 

Faixa Etária – M/12

Duração: 105 min.

Ingressos: Plateia: 12,50€ | Frisas;10,00€

 

FICHA TÉCNICA

Elenco Luis Aleluia, Noémia Costa e Joana Figueira Texto: Roberto Pereira (baseado numa ideia original de Noémia Costa) Produção: Cartaz - Produção de Espetáculos | Direcção de projecto: Luis Aleluia

 

 

12 março | sábado | 16h00 |  Os Três Mosqueteiros - Byfurcação Teatro | AMAC | TEATRO INFANTIL

 

No início do século XVII, em plena França, D'Artagnan, depois de ouvir os conselhos do seu pai, parte em direção à Paris iluminada como objetivo de encontrar o Sr. de Trévilllee entrar para a guarda real, os mosqueteiros. Devido à sua impaciência e determinação torna-se explosivo e imprevisível, dificultando a sua admissão. No entanto, numa França assolada por guerrilhas e em latente guerra como Cardeal Richilie, D'Artagnan torna-se, com a ajuda dos outros mosqueteiros, entre os quais Porthos, Athos e Aramis, essencial na resolução destes problemas e na pacificação geral que é, afinal, possível.

 

Faixa Etária - M/3

Duração – 50 min.

Ingresso - 3,00 €

 

FICHA TÉCNICA

Encenação: Paulo Cintrão | Texto: Paulo Cintrão | Interpretação: Ana Lúcia Magalhães, Filipe Couto, João Parreira e Mário Abel | Música Original: Mário Abel/Filipe Couto | Figurinos: Flávio Tomé/ bYfurcação | Cenografia e Adereços: Flávio Tomé/ bYfurcação | Design: Alex Gozblau | Frente de Sala: Manuel Moreira | Produção: bYfurcação

 

 

Venda de ingressos:

Bilheteira AMAC – 21 206 82 30 | Horário: 3ª a domingo, das 14h00 às 20h00

Posto de Turismo – 21 206 82 87 | Horário: 3ª a sábado, das 9h30 às 13h00 e das 14h30 às 18h00

 

Aos fins-de-semana, e sempre que existam espetáculos agendados, a bilheteira abrirá uma hora antes dos mesmos. 

 

CMB 2016-02-15

15
Fev16

Exposição de ilustração de Paulo Galindro

olhar para o mundo

Exposição de Paulo Galindro.jpg

 

 

“O preto, o branco e todas as cores que vivem lá dentro”

 

A exposição “O Preto, o branco e todas as cores que vivem lá dentro”, de Paulo Galindro, será inaugurada no próximo dia 20 de fevereiro, pelas 16h00, na sala multiusos da Biblioteca Municipal do Barreiro.

 

Até ao dia 12 de março, vão estar expostas 27 ilustrações executadas em carvão, algumas a preto e branco, do livro “O Morcego Bibliotecário”, de Carmen Zita Ferreira, com ilustrações de Paulo Galindro, lançado recentemente. Várias ilustrações apresentam-se de cabeça para baixo, para que as crianças vejam o mundo como os morcegos o vêm.

 

A Biblioteca Municipal do Barreiro está situada na Rua da Bandeira, Urbanização do Palácio do Coimbra, 2830-330 Barreiro, Telefone: 21 206 86 56 (Receção), email: biblioteca.municipal@cm-barreiro.pt .

 

CMB 2016-02-15

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub