Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

07
Abr16

Projeto “Conhecer a Guerra Defender a Paz” 2015/17

olhar para o mundo

Cartaz Ciclo Guerra e Paz.jpg

 


Projeto “Conhecer a Guerra Defender a Paz” 2015/17

 

Ciclo temático “Portugal nas Guerras e Conflitos Armados do Século XX e XXI”

 

No âmbito do ciclo temático “Portugal nas Guerras e Conflitos Armados do Século XX e XXI” terá lugar, no próximo dia 15 de abril, pelas 18h00, a Conferência “A participação de Portugal na 1ª Grande Guerra e na 2ª Guerra Mundial”, pelo historiador Fernando Rosas, com a moderação de Rosário Vaz, na Cooperativa Cultural Popular Barreirense.

 

Em seguida, está previsto o apontamento musical “Canções de Guerra”, interpretadas por Clara Soares e Luís Reis.

A entrada é livre.

O evento é promovido pela Comissão Coordenadora do Projeto, constituída pelo Agrupamento de Escolas de Casquilhos, a Câmara Municipal do Barreiro, o Centro de Formação das Escolas do Barreiro e Moita, a Cooperativa Cultural Popular Barreirense e a RBE - Rede de Bibliotecas Escolares.

Recorde-se que este Projeto terá uma duração de dois anos e virá a agregar outros parceiros a nível local e nacional.

 

CMB 2016-04-07

07
Abr16

CTE - CAFÉ-CONCERTO , VOLCO & GIGNOLI

olhar para o mundo

volco.jpg

 

 
SEX 08 ABR 22H00

CAFÉ-CONCERTO 3€ | ENTRADA GRATUITA (CARTÃO AMIGO, SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)
MÚSICA | 75MIN. | M/6

VOLCO & GIGNOLI

  
 

Sebastian Volco e Pablo Gignoli, argentinos, vêm de universos musicais diferentes. Volco desenvolveu estudos clássicos e enveredou pelo jazz e o rock, além de compor para cinema, teatro e dança. Vive entre Nova Iorque e Paris. Gignoli é um músico oriundo do tango contemporâneo. Entre 2004 e 2012 integrou a internacionalmente famosa Orquestra Tipica Fernandez Fierro (Argentina). Mudou-se para Paris e aqui formou, em 2014, a orquestra TAXXI (Tango XXI). Em 2012, os dois músicos decidiram formar um duo. O resultado é um projeto universal e intemporal, sem barreiras de género. Os seus concertos são como performances teatrais, onde momentos íntimos alternam com violentas explosões de energia.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub