Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

27
Abr16

ACERT - Ausência Teatro O Bando

olhar para o mundo

ausencia.jpg

 

Ausência
Teatro O Bando

Esperança, viajantes, lembrança, refugiados e emigração as premissas para esta criação poética politicamente implicada

Um viajante, cheio de ausência, procura um novo território.
Sem olhar para trás, movido pela lembrança e pela esperança, percorre lugares com muitos dias e muitas noites, sem saber para onde vai.
Se a boca fala, as pernas andam, os ouvidos escutam, os olhos vêem e os braços mexem, de que é feita esta ausência? Um caminhante com a certeza de todas as dúvidas, sem verdades absolutas nem direções cegas, persegue um horizonte sem limites, um futuro sem fronteiras de pedra.

Sábado, 30 de abril às 21:45
Quinta-feira, 28 de abril às 14:30 e sexta-feira 29 de abril às 10:30 e 14:30
Auditório 2
27
Abr16

Apresentação do Projeto “GOSTAS DE ARTE? – Projeto Odisseia”

olhar para o mundo

cartaz_odisseia_barreiro_web-01.jpg

 

 

27 de abril, 18h00, AMAC

Apresentação do Projeto “GOSTAS DE ARTE? – Projeto Odisseia”

O Auditório Municipal Augusto Cabrita recebe, no dia 27 abril, pelas 18h00, a apresentação de “GOSTAS DE ARTE? – Projeto Odisseia”, promovido pela ARTEMREDE. Trata-se de um projeto aberto a jovens, dos 16 aos 25 anos, com ou sem experiência artística.

O projeto ODISSEIA, promovido pela Artemrede, foi um dos 16 vencedores do programa PARTIS, um programa da Fundação Calouste Gulbenkian de apoio a projetos artísticos de integração social.

ODISSEIA é constituída por três componentes artísticas, Teatro / Dramaturgia, Artes de Rua e Cinema / Música e tem como público-alvo seis grupos de jovens, entre os 16 e os 25 anos, provenientes de seis municípios associados da Artemrede – Almada, Barreiro, Moita, Oeiras, Santarém e Sesimbra.

Neste projeto, que decorrerá entre 2016 e 2018, pretende-se que os jovens participantes adquiram conhecimentos artísticos e alarguem os seus horizontes através do acesso a formação especializada e à participação em processos de criação artística, desenvolvendo assim as suas competências de autonomia e de decisão.
Os artistas responsáveis pelas diferentes componentes do projeto são o ator e encenador Rui Catalão, a companhia de artes de rua Radar 360 e o realizador e músico António-Pedro. Deste projeto resultarão três objetos artísticos: o espetáculo de teatro E Agora Nós, o espetáculo de artes de rua Histórias em Viagem [título provisório] e um filme musicado constituído por seis Curtas Migratórias.
Para a concretização deste projeto a Artemrede conta com a parceria da cooperativa de solidariedade social RUMO no acompanhamento social e na avaliação, assim como com uma rede alargada de parceiros locais, com trabalho desenvolvido na área social ou cultural, em cada um dos municípios envolvidos.


Mais informações: Espaço J – 911 055 764 / odisseia.barreiro@gmail.com

CMB 2016-04-21

27
Abr16

TEATRO - Memorial do Convento, de José Saramago - Em Cena desde 2007

olhar para o mundo

memorial.png

 

 

TEATRO - Memorial do Convento, de José Saramago - Em Cena desde 2007


A ÉTER – Produção Cultural apresenta no Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra, dia 6 de Maio, às 22 horas o espectáculo de Teatro "Memorial do Convento", em cena há 9 anos, visto por mais de 200 mil pessoas de todo o país.
Gratuito para o Público do espectáculo a ÉTER em parceria com a ÚNICA-Mixing Cultures oferecem a Instalação Multimédia “CABAÇA”, no MU.SA – Museu das Artes de Sintra, uma experiência interactiva baseada na atmosfera característica da Guiné-Bissau e da sua diversidade cultural em forma de som, vídeo, luz.


MEMORIAL DO CONVENTO

Teatro

“O homem primeiro tropeça, depois anda, depois corre, um dia voará. (...) Baltasar, tu és Sete-Sóis porque vês às claras e tu, Blimunda, serás Sete-Luas porque vês às escuras.”


SINOPSE

Unidos por um amor maravilhoso, Blimunda e Baltasar reúnem-se a Padre Bartolomeu de Gusmão e ao seu sonho de voar. A Passarola, máquina voadora, misto de barco e de pássaro, nasce do saber científico de Padre Bartolomeu, da força de trabalho de Baltasar e dos poderes de Blimunda recolhendo as vontades humanas (“as nuvens fechadas”) que alimentarão a máquina e a farão voar. A história encantada, que revolucionou a literatura portuguesa, do nascimento de um convento no século XVIII. Na presente adaptação dramatúrgica, a relação dinâmica entre os cinco atores, a música original, a luz e os espaços cénicos dão vida a dezassete personagens e a momentos essenciais de Memorial do Convento.


FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA


Texto

José Saramago

Adaptação Dramatúrgica

Filomena Oliveira e Miguel Real

Encenação

Filomena Oliveira

Orgânica sonora e Música original

David Martins

Voz Andreia João | Piano Sandra Nunes

Interpretação

Leonor Cabral | Pedro Oliveira | Rogério Jacques  Hugo Bettencourt | João de Brito

 

 

 

 

Desenho e Operação Luz

Carlos Arroja

OPERAÇÃO SOM

David Martins

LEGENDAGEM

José Ricardo

Criação e adaptação do espaço cénico Carlos Arroja | Vitor Fernandez

Guarda-Roupa e Adereços

Éter | Câmara dos Ofícios

FOTOGRAFIA

André Rabaça | Edgar d’Oliveira | Filipa Vieira  

aSSISTENTE DE PRODUÇÃO

Cláudia Faria | Inês Oliveira Martins

Produção

ÉTER-Produção Cultural



CABAÇA
Instalação Multimédia Interactiva

Uma experiência interactiva baseada na atmosfera característica da Guiné-Bissau e da sua diversidade cultural em forma de som, vídeo, luz e cenografia. “Cabaça” pretende revelar o mais belo da Guiné-Bissau, chamando ao mesmo tempo a atenção para os problemas patentes em países em vias de  desenvolvimento, sensibilizando o visitante a actuar no seio da sociedade para uma maior harmonia na humanidade. 

Concepção Instalação: José Ricardo | David Martins.

 

Apoie 10 jardins de infância na Guiné-Bissau entregando brinquedos, materiais escolares ou paracetamol na bilheteira do espectáculo. Uma acção ÚNICA - Mixing Cultures.

 

 

Dia 6 de Maio
21h - 
MU.SA - Museu das Artes de Sintra - INSTALAÇÃO MULTIMÉDIA

 22h Centro Cultural Olga Cadaval TEATRO

27
Abr16

Mumford & Sons estão de volta com o EP "Johannesburg"

olhar para o mundo

 

monford.jpg

 

Mumford & Sons estão de volta com o EP "Johannesburg"

 

Editado a 17 de junho

 

Os Mumford & Sons acabam de anunciar o lançamento de um novo EP, feito com Baaba Maal, Beatenberg e The Very Best, intitulado "Johannesburg" e com data de edição marcada para o próximo dia 17 de junho. Este conjunto de canções foi gravado nos estúdios da The South African Broadcasting Corporation, em Joanesburgo, durante dois dias e duas noites consecutivas, tendo sido produzido não só pelos Mumford & Sons mas ainda por Johan Hugo, o "maestro" da música eletrónica dos The Very Best. O primeiro single, "There Will Be Time", entrou diretamente para o 1.º lugar do top da África do Sul aquando do seu lançamento, no final de janeiro.
 
No início deste ano os Mumford & Sons embarcaram numa histórica e esgotada digressão por África do Sul. Este é, habitualmente, um país que não faz parte das digressões, mas os Mumford & Sons nunca seguiram por caminhos previsíveis, não faz parte do seu ADN.
 
Inicialmente foram marcadas algumas datas provisórias, mas uma digressão na África do Sul não segue os mesmos trâmites que outra qualquer. No entanto, rapidamente os bilhetes para esses primeiros concertos esgotaram o que encorajou a banda a marcar mais espetáculos na Cidade do Cabo, Durban e Pretória. Também esgotaram. O grupo chega às primeiras páginas de jornais. Os fãs ficam descontentes e consternados – não tinham sido marcados concertos suficientes. A digressão começava a ganhar contornos de um fenómeno. 85 mil bilhetes acabaram por ser vendidos dos seis concertos ao ar livre.
 
Os The Very Best foram essenciais nesta viagem à África do Sul, não só porque faziam parte do alinhamento da digressão, mas também em conseguir reunir uma equipa para fazer parte da experiência de estúdio. Foram a “cola” entre todos, como refere Ben Lovett.
 
Com os The Very Best prontos para entrar em estúdio com os Mumford & Sons e o filho preferido do Senegal, Baaba, disponível à distância de um mero telefonema, era preciso convidar uma jovem banda sul-africana que unisse os vários pontos e que também servissem como guias.
 
Foi então marcado um estúdio em Joanesburgo, mas um estúdio nada convencional, isso teria sido muito fácil. Instalaram-se então na South African Broadcasting Corporation, que tinha duas salas e o ambiente certo. Aí gravaram este "Johannesburg", um conjunto de canções de fusão tropical, com contribuições únicas da voz de Baaba Maal, dos The Very Best e dos Beatenberg, numa mescla sonora com a identidade dos Mumford & Sons que torna tudo isto uma festa sem precedentes.
 
Este verão o grupo vai regressar às digressões, no Reino Unido, e serão acompanhados pelos Alabama Shakes e Wolf Alice.
 

 

27
Abr16

GOD - O SUCESSO CONTINUA DE 28 DE ABRIL A 29 DE MAIO COM JOAQUIM MONCHIQUE

olhar para o mundo

god.jpg

 

 

Ainda não é desta que GOD regressa ao céu!

Extraordinário sucesso junto do público, a hilariante comédia GOD está de regresso ao Casino Lisboa de 28 de Abril a 29 de Maio. Com um texto ousado, politicamente incorrecto, muitas vezes acutilante, GOD (An Act of God, no original) é uma comédia delirante que parece ter sido feita à medida de Joaquim Monchique.

GOD, uma comédia divinal. Não vai querer perder, pois não?

"Grande conceito, escrito com rasgo humorístico e vasta informação sobre o divino e interpretado por um talento maior para a comédia" Sábado

"Joaquim Monchique está em palco como peixe na água. Ou Deus no céu."
Correio da Manhã

Auditório dos Oceanos, Casino Lisboa
28 Abril a 29 Maio
Quintas, Sextas e sábados: 21h30 I Domingos: 17h
Preços: entre 12€ e 16€
Bilhetes à Venda na Fnac e Ticketline

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub