Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

04
Mai16

Rodrigo Miguez lança versão intimista para “Eu, Só, Existo?” no MIRA Sessions

olhar para o mundo

rodrigo miguez eu s existo mira sessions.jpg

 

 

Rodrigo Miguez lança versão intimista para “Eu, Só, Existo?” no MIRA Sessions
Vídeo também anuncia o show de lançamento do álbum Negativo, nesta sexta.

 

“Eu, Só, Existo?”, de Rodrigo Miguez, ganhou uma versão semiacústica para o MIRA Sessions. A faixa, pertencente ao disco Negativo, questiona o ser e a solidão de maneira calma e doce. O vídeo também anuncia o show de lançamento do álbum, nesta sexta, no Solar de Botafogo, no Rio.

 

O registro respeita os padrões estéticos intimistas e sentimentais das MIRA Sessions, colocando o artista para falar para o espelho, refletindo sua imagem enquanto fala um pouco da sua própria composição, além de toca-la de forma minimalista dentro do Estúdio Mira, local das gravações. Este é o sexto vídeo da série, já tendo sido divulgados outros com Leo Middea, Caio Nunez, Achiles Neto, La Nuova e Thomaz Baldow.

 

O show de lançamento de Negativo, segundo disco do Rodrigo Miguez, acontece nesta sexta, 6 de maio, no Solar de Botafogo, Rio de Janeiro. Os ingressos estão à venda nas bilheterias física e online, a partir de R$25 (meia). A casa abre às 20h e a classificação etária é de 16 anos. Junto, haverá o show de lançamento do novo álbum do cantor carioca Leo Middea. A produção é da Jazz House e da Rebuliço, com apoio do Coletivo MIRA e realização do Brasileiríssimos.

 

Sobre Rodrigo Miguez:

Carioca, economista e ex-cantor do coral da UERJ, Rodrigo começou a compor com 18 anos. Passou por bandas, professores particulares de violão e conservatório para enfim largar de vez o escritório e viver apenas como músico, resultando em “Passo Pra Trás”, seu primeiro disco, lançado de forma independente em 2013.

O lançamento gerou apresentações em festivais, casas de show e o encontro com outras pessoas comprometidas com a música, formando assim o Coletivo MIRA e um evidente amadurecimento no sentido de viver e trabalhar com música através de troca de experiência e vivências. Assim, com Negativo e mais seguro do que quer, Rodrigo Miguez começa novamente seu caminho pelo independente.

 

Serviço:

Leo Middea lança “A Dança do Mundo” e Rodrigo Miguez lança “Negativo”
Data: Sexta, 06 de maio de 2016, às 21h
Local e vendas: Centro Cultural Solar de Botafogo
Rua General Polidoro, 180 – Botafogo
Preços: R$ 25 (meia)/ R$ 50 (inteira)

 

 

03
Mai16

Os 3 Porquinhos no Cineteatro Municipal D. João V

olhar para o mundo

ostrêsporquinhos.jpg

 

 

Os 3 Porquinhos

 

Era uma vez 3 Porquinhos que, depois das aventuras de fuga ao malandro do lobo mau, encontram a sua paz na floresta, onde cada um deles constrói os seus sonhos... Rebeca a porquinha mais gira do curral sonha em ser uma artista popular e ganhar o concurso "Quem quer ser uma estrela"; já os irmãos, e como sempre preguiçosos, sonham simplesmente em comer e dormir... A verdadeira e recente descoberta é que o Lobo mau afinal não é assim tão mau, e também ele tem uma nova profissão... Júri de concursos.


Preparam-se agora para o grande Casting e é hora de ensaiar, mas algo não corre bem e acabam por se separar chateados!


Depois de músicas bem conhecidas como "Ela parte-me o pescoço", de Agir, "Luísa", dos D.A.M.A, "Não me toca", de Anselmo Ralph, esta banda tem tudo para ser um sucesso... mas será que consegue ganhar o concurso?


Gargalhadas e muita música e o que prometemos! E, claro, uma grande moral da história! “Não conseguimos nada sozinhos, a amizade e o trabalho em equipa levam-nos mais longe e tornam-nos mais felizes!”

 

 

Infantil/Juvenil
08 Maio
16:00H | 5€

03
Mai16

Edna Pimenta no Cineteatro Municipal D. João V

olhar para o mundo

ednapimenta.jpg

 


Edna Pimenta cantora brasileira nasceu em Barreiras, interior da Bahia, aos 12 anos chegou a Salvador com a mãe e irmãos, e a partir desta época conheceu e tomou gosto pela MPB (Música Popular Brasileira), pela qual se apaixonou e com influências de grandes nomes como Elba Ramalho, Gal Costa, Zizi Possi e Elis Regina entre outros.


No final de 2005 mudou-se para Portugal onde desde então tem a sua banda com bailarinos e percorre todo o país mostrando os mais diversos ritmos da música brasileira, como a MPB, o axé, samba, forrró, lambada e pagode, sempre com muito bom gosto na escolha do repertório num show com muita energia, dança, agitação e alegria.

 

Música
07 Maio
21:30H | 10€

03
Mai16

Barreiro - Abertura Oficial VII Festival Encontros

olhar para o mundo

encontros.jpg

 

 

Abertura Oficial VII Festival Encontros

A Câmara Municipal do Barreiro, as Associações de Imigrantes do Concelho do Barreiro e a RUMO têm o prazer de a/o convidar a participar no VII Festival Encontros – Cores, Sons, Sabores e Saberes, de 6 a 8 de maio, na Praça de Santa Cruz e Travessa Padre Abílio Mendes, no Barreiro. A abertura oficial tem lugar no dia 6 de maio, pelas 20h30.

 

PROGRAMA

6 MAIO | 19h00 às 02h00
20h30 – Abertura Oficial do VII FESTIVAL ENCONTROS – Cores, Sons, Sabores e Saberes

LARGO DAS ARTES
19h00 – 20h00 | Workshop de Kudafro com Blaya (Kuduro afrohouse urban moves)

ESPAÇO COMUM | CLDS 3G BARREIRO
19h00 – 00h00 | Exposição Coletiva

LARGO ASSOCIATIVO
19h00 – 02h00 | Gastronomia do Mundo

PALCO ENCONTROS
19h30 | Henriquinho Júnior | Músico Guineense
20h00 | Inês Paris | Cantora Cabo-Verdiana
21h00 | Mbey Ebrima | Músico Gambiano
00h00 | Cooperativa Sound System | Músicos Barreirenses

SALA MULTIATIVIDADES – CLDS 3G BARREIRO
21h00 | Ciclo de documentários | Produção CMB 2016

PALCO FESTIVAL
22h00 | WEELF REAL
23h00 | VALETE

 

 

7 MAIO | 15h00 às 02h00
CASA – MÃE
15h00 – 00h00 | Ciclo de Documentários | Produção CMB 2015 e 2016

SALA MULTIATIVIDADES – CLDS 3G BARREIRO
15h00 – 17h00 | Debate
18h00 – 20h00 | Ciclo de cinema

ESPAÇO COMUM | CLDS 3G BARREIRO
15h00 – 00h00 | Exposição Coletiva

LARGO DAS ARTES
17h30 | Encontros | Dança Criativa Infantil

LARGO ASSOCIATIVO
17h00 – 02h00 | Gastronomia do Mundo

PALCO ENCONTROS
17h00 | Grupo de Dança Angolana “Os Pacificadores” do Centro Social Bom Samaritano | Dança Tradicional Angolana
17h30 | Chapulines – Grupo Folclórico Mexicano em Portugal | Dança Tradicional Mexicana
18h00 | Danças Moldavas | Miorita – Associação Cultural dos Imigrantes Moldavos
18h30 | As Cantadeiras do Barreiro | Grupo Coral Alentejano Feminino
19h00 | Cooperativa Sound System | Músicos Barreirenses
20h00 | Soneduisa| Música Cubana
21h00 | Carla Correia com Mick Trovoada nas precursões e Djone Santos na guitarra e cavaquinho | Música Cabo-Verdiana
00h00 | Cooperativa Sound System | Músicos Barreirenses

PALCO FESTIVAL
19h00 | NELLY CIOBANU
22h30 | BONGA

 

 

8 MAIO | 10h00 às 18h00
POLIDESPORTIVO – AVENIDA BENTO GONÇALVES (AVENIDA DA PRAIA)
10h00 – 13h00 | Atividades Desportivas Interculturais

CASA – MÃE
13h00 – 17h00 | Ciclo de Documentários | Produção CMB 2015 e 2016

 

ESPAÇO COMUM | CLDS 3G BARREIRO
13h00 – 17h00 | Exposição Coletiva

LARGO ASSOCIATIVO
13h00 – 17h00 | Gastronomia do Mundo

PALCO ENCONTROS
14h30 | Batucadeiras do Grupo Estrelas de Santiago | Batucadeiras de Cabo-Verde
15h00 | Dragostea | Música Moldava

 

 

ORGANIZAÇÃO:
CMB
RUMO - Cooperativa de Solidariedade Social CRL
Associação Africana do Barreiro
Associação Angolana Residentes a Sul do Tejo
Associação de Filhos e Amigos de Bachil
Associação dos Filhos e Amigos da Ilha das Galinhas – “GHAM-ATHÉ”
Miorita – Associação Cultural dos Imigrantes Moldavos

 

Consulte programa completo em:

 http://www.cm-barreiro.pt/uploads/writer_file/document/8419/programa_Festival_Encontros_FINAL.pdf

 

CMB 2016-05-02

02
Mai16

Carlos Pereira - Culpado no Cineteatro Municipal D. João V

olhar para o mundo

culpado.jpg

 

 

Carlos Pereira
Culpado 

 

Cineteatro Municipal D. João V

 

Nasci naquele Continente onde existem mais Ditadores que ditados: África. E lá cresci com os meus avós. Sempre que uma telenovela terminava um episódio minha avó achava que tinha sido eu a mudar de canal, já o meu avô, se não soubesse dos comprimidos dizia ser eu o culpado. Eu nunca matei, nunca roubei, nunca me prostitui mas se forem perguntar a alguém a culpa é sempre minha. Talvez seja por ser preto, talvez por ser alto, ou simplesmente seja por ter adoecido varicela com vinte e um anos.

 

Stand up comedy
06 Maio
22:00H | 10€

 

02
Mai16

"A Princesa de Galochas" em Santarém

olhar para o mundo

aprincesadasgalochas.jpg

 

 

“A PRINCESA DE GALOCHAS”

de Vânia Calado

Encenação de Frederico Corado

Círculo Cultural Scalabitano - Teatro Taborda

Santarém

 

Dia 8 de MAIO às 16.00

 

Depois da estreia no Centro Cultural do Cartaxo em duas sessões esgotadas exclusivas para as escolas do concelho do Cartaxo, chega agora a Santarém, "A Princesa de Galochas". 

 

Continuando o trabalho direcionado para o público mais jovem, a Área de Serviço estreia um novo espectáculo. Desta vez um original da autora Vânia Calado.

 

Depois de “A Trisavó de Pistola à Cinta” de Alice Vieira e “A Volta ao Mundo em 80 Dias” a partir do romance de Jules Verne, levamos à cena “A Princesa de Galochas” de Vânia Calado, autora nascida no Cartaxo (Vale da Pinta).

 

Direcionado para o público infantil “A Princesa de Galochas” é uma adaptação feita pela autora do seu livro infantil homónimo e que com esta peça faz a sua estreia na escrita de teatro infantil. A experiência de Vânia Calado na escrita teatral começou com o projecto “Pânico!” juntamente com Frederico Corado (que encena “A Princesa de Galochas”) e passou depois pela tradução de “Noises Off!”. 

 

Foi a ligação de Vânia Calado com a terra onde nasceu e a horta que o seu avô tinha onde plantava batatas, tomate, alfaces, entre outras coisas, que lhe deu a ideia de escrever “A Princesa de Galochas” que chega dia 8 de Maio ao palco do Círculo Cultural Scalabitano com encenação de Frederico Corado e as interpretações de Carolina Seia Viana, Sara Margarida, Carlos Ramos, Rosário Narciso e Gabriel Silva. 

 

Vânia Calado propõe com esta “A Princesa de Galochas” um aproximar dos mais novos à terra, às hortas, às tradições e ao estar com produtos de vêm da terra, com os animais e com os mais velhos, bem como algumas reflexões sobre temas muito actuais. 

​​​Texto de Vânia Calado | Encenação: Frederico Corado | Cenografia: Frederico Corado e Mário Júlio | Adereços: Rosário Narciso | Produção da Área de Serviço: Frederico Corado, Mário Júlio, Florbela Silva e Vânia Calado com a assistência de Carolina Seia Viana e Sara Margarida | Grafismo: Cátia Garcia | Ilustração: Raquel Carvalho | Assistente de Encenação: Carolina Seia Viana | Desenho de Luz: Bruno Santos | Montagem: Mário Júlio | Técnica: Miguel Sena | Uma Produção da Área de Serviço com o Centro Cultural do Cartaxo e a Câmara Municipal do Cartaxo 

 

Parceiros Institucionais: Câmara Municipal do Cartaxo | Centro Cultural do Cartaxo | Apoios: Casa das Peles | Sotinco | J.M.Fernandes - Vidreira e Alumínio | Negócio de Família | E.Nove | Tejo Rádio Jornal | Revista Dada | Jornal de Cá | Valor Local | Guia dos Teatros

 

Facebook: https://www.facebook.com/AreaDeServico

 

Circulo Cultural Scalabitano
Largo Engenheiro Zeferino Sarmento 6 | 2000-113 Santarém, Portugal 
Teatro . M/2

Reservas para 243 321 150

circuloscalabitano@gmail.com

Pág. 6/6

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub