Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

03
Abr17

AMAC - Exposições inauguram a 23 de abril

olhar para o mundo

Nuno Cabrita_1premio_web (3).jpg

 

 

Exposições inauguram a 23 de abril

 

Arbórea”, fotografia e “Tentationes”, escultura

 

O Auditório Municipal Augusto Cabrita recebe, de 23 de abril a 21 de maio, as exposições ARBÓREA, fotografia de Nuno Cabrita, vencedor da 3ª edição do Concurso do Mês da Fotografia do Barreiro, e escultura de Pedro Miranda da Silva. As mostras inauguram no dia 23 de abril, pelas 17h00.

 

23 abril a 21 maio | domingo | Piso 1 – Galeria Branca

ARBÓREA, exposição de fotografia de Nuno Cabrita, vencedor da 3ª edição do Concurso do Mês da Fotografia do Barreiro

Imagens soltas, captadas ao longo dos anos, que em conjunto fazem algum sentido.

Temos em nós um mundo submerso em informação, veloz, hiperativo, egoísta por opção e profundamente desumano. Subsistimos num meio desnecessariamente complexo. Perdemos há muito a capacidade de comunicarmos com nós próprios, de ver, de apreciar a lentidão do próprio tempo.

Arbórea, uma passagem por aquelas que, mesmo imóveis, muito tempo antes de nos afirmarmos como detentores de um subconsciente já produziam e transformavam o suporte para a nossa existência.

 

23 abril a 21 maio | domingo | Piso 1 – Galeria Amarela

TENTATIONES, exposição de Escultura de Pedro Miranda da Silva

Apresentação do trabalho desenvolvido ao longo de um ano pelo artista vencedor do III Concurso do Ateliê Municipal do Barreiro. Os trabalhos tiveram como ponto de partida o tríptico "Tentações de Santo Antão" de Hieronymus Bosch.

"(...) Todo o percurso inicial que nos é proposto por Pedro Miranda da Silva é preenchido por tentações e pelo “escuro” de vária ordem, mas que vai sendo gradualmente substituído pelo reconhecimento de uma “luz” que “está em viagem até nós” e que aqui nos é proposta pela pureza formal e a procura da perfeição (Perfectio quaerere) na arte." Francisco Palma (2017)

 

Recorde-se que o AMAC recebe também em abril as seguintes iniciativas:

 

1 abril | sábado | 22h00 | Concerto LIBERDADE, com SÉRGIO GODINHO - ESGOTADO

 

8 abril | sábado | 15h00 às 18h00 | Aniversário CORUTIB – Coro da Universidade da Terceira Idade

 

22 abril | sábado | 21h30 | Espetáculo SOLÁRIO, pelo PROJÉCTOR – Companhia de Teatro do Barreiro

 

Público-alvo: M/12

Duração: 60 min.

Ingresso: 3,00€

 

Organização: União de Freguesias do Alto Seixalinho, Santo André e Verderena

Informações: 212 068 230 ou bilheteira@cm-barreiro.pt

 

 

30 abril | domingo | 15h00 às 16h30 - Dia Mundial do Jazz | SALA DE ENSAIOS

AMAC JÚNIOR

JungleBrassBand da Escola de Jazz do Barreiro | OFICINA DE MÚSICA

Ingressos: 3,00 €

Duração: 1h30m

Faixa-etária: dos 6 aos 10 anos

Inscrições: 212 068 232

 

 

30 abril | domingo | 17h30 | Concerto com a Big Band da Escola de Jazz do Barreiro

Sob a temática “Let’s Swing”, onde serão interpretados temas dos compositores Glen Miller e Benny Goodman, coreografados pelo grupo de bailarinos de Lindy Hop, de Lisboa.

Ingressos: 5,00 €

M/6 anos

 

 

CMB 2017-03-30

03
Abr17

ACERT - MASALA Meus olhos na Índia, Exposição

olhar para o mundo

massala.jpg

 

MASALA
Meus olhos na Índia
Exposição

 

Local:  Galeria ACERT
Data/Hora:  Sáb. 8 abril às 21:00
Local:  Galeria ACERT
Data/Hora:  De 8 Abril a 15 de maio de 2017


A exposição indivudual deste Acertino e fotógrafo de muitas ‘cenas’, chega-nos com o pretexto da sua recente viagem à Índia.
Carlos Teles é um fotógrafo que põe coração na máquina e não perde a oportunidade de ver os outros felizes com a magia do instante.

Uma viagem com duas partes distintas. A primeira foi um roteiro mais social e de cooperação humanitária, em Anantapur, na sede da Fundação Vicente Ferrer. A segunda foi uma viagem para que nos inteirássemos sobre a realidade indiana nos seus múltiplos aspetos. Saindo um pouco dos trajetos mais turísticos, descrever aquilo a que assistimos é muito complicado. Foram vivências muito intensas, únicas e marcantes para a nossa vida. Fotografar passa a ser um ritual insignificante perante o que o coração sente.
A Fundação Vicente Ferreira acolheu-nos com muito carinho e, na nossa estadia em Anantapur, apercebemo-nos da grandeza da sua obra. Dá prazer sentir que este trabalho está a mudar a vida das pessoas e a valorizá-las humanamente.
A magia desta expedição estará sempre presente na forma como sentimentalmente serei um pouco indiano na forma de ver o mundo. Se a máquina falasse, ajudava-me a partilhar emocionalmente o que vivi. Como não fala, conto-vos eu com a ajuda das fotografias que, como sempre, só revelam poucochinho do que o coração sente.

Carlos Teles





Ficha Técnica


Projeto “Uma foto, um sorriso”
Fundação Vicente Ferrer 2016
Viagem organizada pelo “Foro de Fotógrafos”, sediado em Espanha, que promove várias iniciativas para fotógrafos, entre elas, viagens solidárias.

Inauguração: Sáb. 8 abril às 21:00
Até 15 de maio de 2017
Galeria ACERT · Entrada Gratuita

02
Abr17

ESTA NOITE CHOVEU PRATA no Cineteatro Municipal D. João V

olhar para o mundo

choveuprata.jpg

 ESTA NOITE CHOVEU PRATA

TEATRO 
08 ABR| 21:30H |12,5€

 
Peça de densas e contínuas emoções, escrita por Pedro Bloch, e que proporciona a um grande actor a possibilidade de mostrar toda a sua capacidade interpretativa.

Uma adaptação, encenação e representação, confiadas a um dos maiores conceituados e premiados nomes do Teatro, Novelas e Cinema em Portugal, SINDE FILIPE. Este recria três personagens completamente diferentes. RODRIGUES, um português emigrado no Brasil, "self-made-man" rude mas com muito bom coração, PIETRO BONARDI, um violonista italiano (pseudo-maestro...), com mais talento verbal do que musical e, finalmente, CAMILO, um velho actor que foi, em tempos, uma vedeta e que na peça aparece doente e arruinado. Há ainda uma quarta personagem que, embora não aparecendo, está sempre presente , a bela Celeste, com quem Camilo casou, mas que o músico Bonardi cobiçava.

SINDE FILIPE, um artista incontornável na arte de representar em Portugal, conquistou recentemente o Prémio de “Melhor Actor”, pela sua representação no Filme “ZEUS”.
 
Duração: cerca de 1h30m

Pág. 7/7

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub