Terça-feira, 27.06.17

Imagine Dragons lançam nova canção: “Walking the Wire”

imagine.jpg

 

Imagine Dragons lançam nova canção: “Walking the Wire”

Grupo acaba de editar novo álbum de estúdio, “Evolve”. A 8 de julho atuam no NOS Alive

Os Imagine Dragons acabam de lançar mais uma canção do novo álbum de estúdio, “Evolve”, já disponível nas lojas e plataformas de streaming. “Walking the Wire” sucede-se a “Believer”, o primeiro single, “Thunder” e “Whatever It Takes”, os temas já retirados de “Evolve”.

Recentemente, o grupo vencedor de prémios Grammy atuou também no mediático programa televisivo “The Tonight Show starring Jimmy Fallon”, sendo que a 28 de julho vão tocar no “Good Morning America”, no âmbito da “Summer Concert Series”.

O single “Believer” já chegou ao n.º 8 do Top 200 da Billboard, tendo durante 11 semanas liderado a tabela Alternative Radio. A revista TIME descreveu “Believer” “mais um grande hino”, enquanto a Entertainment Weekly realçou “as batidas tribais, um coro massivo e uma linha de baixo diabólica”. A Billboard definiu “Believer” como “um grandioso hino que certamente transformará o mais hesitante dos otimistas num crente (‘Belieber’).”

Os Imagine Dragons encontram-se atualmente em digressão a promover as canções de “Evolve”, disco que será apresentado em Portugal já no próximo dia 8 de julho, no festival NOS Alive, no Passeio Marítimo de Algés.

Fundados em 2009 pelo vocalista Dan Reynolds, pelo guitarrista Wayne Sermon, pelo baixista Ben McKee e pelo baterista Daniel Platzman, os Imagine Dragons conquistaram uma base fiel de fãs através de uma série de EPs editados independentemente. A banda estreou-se numa multinacional com o EP “Continued Silence”, em 2012, do qual saiu o single “It’s Time”, que foi dupla platina. Um ano depois foi editado “Night Visions”, álbum que atingiu o n.º 2 do top Billboard 200, vendendo quase quatro milhões de cópias em todo o mundo e chegando ao n.º 1 do Spotify Worldwide em 2013. O segundo single de “Night Visions”, “Radioactive”, atingiu 9 platinas e chegou ao n.º 1 da tabela Billboard Rock, além de ter garantido à banda o prémio Grammy para Melhor Performance Rock. O terceiro single, “Demons”, atingiu o n.º 1 das tabelas Alternative e Top 40 de airplay de rádio e vendeu 3,9 milhões de cópias nos EUA. O último lançamento da banda, “Smoke Mirrors”, entrou diretamente para o 1.º lugar do top Billboard 200 e vendeu mais de 1,1 milhões de cópias. Atualmente os Imagine Dragons são o 13.º maior artista no mundo, segundo o Spotify.

 

 

publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Festival Romano – Alter do Chão

alter.png

 

Festival Romano – Alter do Chão
 
 7 a 9 de Julho de 2017
 

De 7 a 9 de Julho Alter do Chão acolhe o Festival Romano. Evento de enorme relevância na promoção e divulgação do património romano do concelho e da região, a nível nacional e internacional.

Segundo a lenda alterense, referida por diversos autores, entre os quais Pinho Leal, no séc. XIX, pretendemos substituir o carácter bélico da mesma por paz e confraternização entre o Imperador e a população abelteriense, realizando 3 dias de festa em homenagem ao divino Adriano, pela sua deslocação à cidade de Abelterium. Para o efeito recria-se historicamente esse evento, através da realização dos Ludi Abelteriensis (Jogos/Festas de Abelterium).

O Festival Romano em Alter do Chão é sem dúvida um extraordinário palco da recriação histórica do período romano valorizando a Educação Patrimonial, numa numa pedagogia viva que se cruza com a História, a Arte e a Cultura.
A atração turística de impacto na economia local é um dos objetivos deste projeto, bem como o seu papel pedagógico, a participação das escolas e das coletividades na promoção da história e da identidade de Alter do Chão.

O que visitar em Abelterium:
Porta de Abelterium, Muralha da Cidade, Templo do Forum, Mercado (as trocas comerciais serão efectuadas com moeda romana cujo câmbio será realizado nas Casas da Moeda), Via Hadriana (zona de espectáculos), Área pedagógica, Centro Interpretativo da Casa da Medusa (1.º andar), Laboratório de Antropologia, “Imaginarium” (espaço pedagógico), Biblioteca Imperial, Exposição de armamento e jogos lúdicos, Laboratório de Arqueologia / Laboratório de Conservação e Restauro / Reservas de Arqueologia, Casa da Medusa (sítio arqueológico, visitas guiadas teatralizadas), Secretariado / Casa da Moeda / Loja de Turismo.

Recriações Históricas:
Patrulhamento militar, representações brejeiras do quotidiano, malabarismos, acrobacias, escaramuças, rameiras de Baco, filhas de Hades, ninfas, visitas teatralizadas (Grupo Alterense de Cultura), “A Lenda do Imperador Adriano” – representada pelas crianças de Abelterium (Atividades de Enriquecimento Curricular de Arqueologia), entre outras.

Está a chegar mais uma edição do Festival Romano de Alter do Chão!
Recue aos tempos do Império Romano em Alter do Chão!
Venha conhecer os jogos em homenagem ao imperador Adriano na cidade de Abelterium!
Vista-se a rigor e passe um fim-de-semana diferente...

publicado por olhar para o mundo às 09:13 | link do post | comentar

Alejandro Sanz fez história com “Más Es Más”

sifuera.jfif

 

Alejandro Sanz fez história com “Más Es Más”

Cantor foi recentemente nomeado Personalidade do Ano pela Academia Latina de Artes e Ciências Discográficas

Este fim-de-semana, Alejandro Sanz deu um concerto que ficará para a história. Quase um ano depois de trabalho árduo, o artista mais internacional de Espanha atuou no Estádio Vicente Calderón em Madrid com “MÁS ES MÁS”, o espetáculo comemorativo do 20.º aniversário do lançamento de um dos discos mais vendidos de sempre em Espanha: “Más”. Os bilhetes esgotaram em meia hora e milhares de fãs ouviram finalmente versões ao vivo dos temas do álbum “Más”, num alinhamento repleto de outros sucessos da carreira do músico.

Nesta noite especial, Alejandro Sanz convidou um leque famoso de amigos para interpretar vários hinos contemporâneos, incluindo “Corazon Partío”, “Y si fuera ella”, “Amiga mía” e “Quisiera ser”. Antonio Carmona, Antonio Orozco, Dani Martín, David Bisbal, India Martínez, Jesse & Joy, Juan Luis Guerra, Juanes, Laura Pausini, Malú, Manuel Carrasco, Miguel Bosé, Miguel Poveda, Niña Pastori, Pablo Alborán, Pablo López, Pastora Soler, Vanesa Martín e Vicente Amigo juntaram-se a Sanz no palco “MÁS ES MÁS”. Antes de interpretar “Siempre es de noche”, Alejandro convidou Cristina Portas, uma concorrente de um programa televisivo que surpreendeu o artista pela interpretação de uma das suas canções em língua gestual. Sanz também esteve acompanhado do Coro Safari em “La margarita dijo no” e “Looking for Paradise”. 

Esta produção impressionante e customizada envolveu um sistema de luz de 300.000 watts, um sistema de som de 80.000 watts, mais de 27 camiões para a montagem do palco ao longo de 8 dias, mais de 1.400 pessoas a trabalhar no evento, cerca de 450 pessoas nos serviços de controlo e segurança e uma série de músicos, incluindo 2 bandas completas e 20 artistas convidados. Esta foi, sem dúvida, a produção mais ambiciosa da carreira de Alejandro Sanz.

Já na semana passada, a Academia Latina de Artes e Ciências Discográficas anunciou que Sanz será nomeado Personalidade do Ano na gala que terá lugar no Mandalay Bay Convention Center, em Las Vegas, a 15 de novembro. Vencedor de 18 Grammys Latinos e 3 Grammys, Sanz será homenageado pela sua arte e pelas importantes contribuições filantrópicas para organizações como Médicos Sem Fronteiras, Save the Children, Greenpeace, entre outras. O prémio de Personalidade do Ano reconhece músicos como forma de agradecimento pelos seus contributos artísticos para a indústria da música latina e o seu compromisso para a filantropia. Já foram galardoados com esta distinção Marc Anthony, Roberto Carlos, Joan Manuel Serrat, Miguel Bosé, Caetano Veloso, Shakira, Plácido Domingo, Juan Gabriel, Gloria Estefan, Juan Luis Guerra, Ricky Martin, José José, Carlos Santana, Gilberto Gil, Vicente Fernández, Julio Iglesias e Emilio Estefan.

Depois do enorme sucesso com “MÁS ES MÁS”, Alejandro Sanz encontra-se a trabalhar em novos projetos e desafios na sua carreira.

 

 

publicado por olhar para o mundo às 00:13 | link do post | comentar
Segunda-feira, 26.06.17

Sesc Pompeia recebe show de lançamento do novo disco de Lucas Santtana, Modo Avião

lucassantana.jpg

 

 

Sesc Pompeia recebe show de lançamento do novo disco de Lucas Santtana, Modo Avião, nos dias  01 e 02 de julho

Sétimo trabalho do artista baiano reúne música, desenhos coloridos,  poemas e prosa

 

O cantor e compositor Lucas Santtana desembarca no Sesc Pompeia para lançar o seu sétimo trabalho e primeiro audiofilme, nos dias 01 (sábado) e 02 (domingo) de julho. Intitulado Modo Avião, o novo projeto leva o artista a um lugar nunca visitado: o da criação de personagens, para contar histórias em forma de canções.

Em Modo Avião, Lucas desenvolve uma nova linguagem a partir de um tema específico: um atento resumo de suas vivências ao longo de seu processo criativo, que dessa vez será uma obra registrada em áudio e livro. O registro traz textos do músico baiano, juntamente com JP Cuenca, ilustração de Rafael Coutinho e design de Iansã Negrão.

A narrativa em prosa, escrita a quatro mãos, é misturada à poesia das músicas de Santtana, que lança um disco homônimo.  Gravado com microfone binaural, que permite uma audição 360°, próxima do ouvido humano, o projeto permite uma audição imersiva. As músicas são intercaladas com diálogos interpretados por atores e o próprio músico. "Modo Avião é um convite à pausa nessa sociedade do cansaço, onde ficar 10 minutos longe do celular é um esforço homérico”, afirma Santtana.

No Sesc Pompeia, Lucas Santtana (voz, violão e sampler) sobe ao palco ao lado de Fábio Pinczowski (sintetizadores), André Lima (sanfona e sintetizadores) e Gil Monte (monome e escaleta). O cenário e as projeções trazem a assinatura da artista visual Roberta Carvalho.

Numa noite que mistura música e cinema, o novo álbum será tocado na íntegra,  com as faixas tocadas exatamente como gravadas, e executadas em sincronia com as imagens do livro. E ainda, além das músicas do recente trabalho, o cantor trará sucessos, como: “Cira, Regina e Nana”, “Partículas de Amor” e “De Coletivo ou De Metrô”.

Modo Avião é um projeto patrocinado pelo Natura Musical e pelo Governo do Estado da Bahia, através do programa Fazcultura, da Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Sinopse de Modo Avião

Segundo o ensaísta Jonathan Crary: "o sono é uma interrupção sem concessões no roubo de nosso tempo pela velocidade do mundo atual. A imensa parte de nossas vidas que passamos dormindo, libertos de um atoleiro de carências simuladas, subsiste como uma das grandes afrontas humanas à voracidade do capitalismo contemporâneo".

A história de Modo Avião começa no embarque do personagem principal para um vôo internacional. Nessa viagem existencial ele encontra outros personagens e tem com eles conversas sobre relacionamentos, sobre a ansiedade, e sobre o tempo frenético e não humano que estamos vivendo. No final da história uma grande surpresa é revelada. Até lá, tudo parecerá um dia meio "estranho" na vida desse personagem.”

Modo Avião, sétimo disco de estúdio de Lucas Santtana, é um divisor de águas na sua trajetória. Na verdade não se trata de um disco, mas de um audiofilme, um novo gênero musical inventado por Lucas que mistura música, literatura, cinema e arte dramática. O audiofilme foi produzido por Lucas Santtana e Fabio Pinczowski

história desse audiofilme é contada através de 8 canções composta por Lucas Santtana, algumas delas em parceria. Como Um enorme rabo de baleia, com a poeta Alice Sant’AnnaSó o som, com o ensaísta Fred Coelho e Brasa de dois, com o músico Lucas Vasconcellos.

Além das canções, um texto literário escrito a quarto mãos por João Paulo Cuenca e Lucas Santtana contam essa história auditiva. É como se você fosse ao cinema e assistisse um filme de olho fechado, entendendo a história apenas através do texto, das músicas, e dos sons ambientes.

No disco Sem Nostalgia, de 2009, Lucas Santtana já havia feito experiências com o som ambiente. Mas em Modo Avião ele é um dos personagens principais. O disco foi todo gravado com microfonação binaural. O que é isso???

microfonação binaural é bastante utilizada no cinema para captar o som ambiente das cenas. Os microfones normais permitem ao ouvinte uma audição 180º. O microfone binaural permite uma audição 360º. Os sons gravados com um microfone binaural proporcionam uma escuta surround e mais próxima do ouvido humano. Modo Avião é o primeiro disco na história da música brasileira a utilizar 100% esse tipo de microfonação.

Dessa maneira, ao escutar o disco, você vai se sentir dentro de uma floresta, ou num restaurante ou numa praia deserta, etc.

Lucas Santtana chamou um time de grandes atores para serem as vozes dos personagens dessa história.Patrícia Pillar interpreta Maria, Georgette Fadel interpreta Graciela, Mariana Lima dá voz a Alice, Aury Porto ao personagem O outro, Maria Manoella representa a mulher do avião, Cadu Fávero, o garçom do restaurante e Carolina Bianchi, a personagem Marina.

Mas não terminamos ainda essa viagem. Um livro artesanal, costurado a mão e editado pela Lote 42, acompanha esse audiofilme. Com desenhos de Rafael Coutinho, o livro mistura quadrinhos, pintura e desenhos, proporcionando mais uma camada nessa aventura multi-artística.

Apertem o cinto de segurança, se ajeitem nas suas poltronas, coloquem os seus fones de ouvido e tenham todos uma boa viagem.

Ah! E fundamental, coloquem seus aparelhos em Modo Avião!”

 

 

 

Sobre o Projeto Plataforma

Para lançar novos trabalhos de cantores e compositores, o projeto se estabelece como uma verdadeira plataforma para expor essas obras. O Plataforma confere um caráter original às apresentações e recebe, no Sesc Pompeia, artistas de diversos estilos e gerações.

Há mais de dez anos, o Plataforma apresenta lançamentos de CDs, DVDs, vinis e shows inéditos. Entre os artistas que passaram por aqui, estão Arnaldo Antunes, BNegão, Aláfia, Guilherme Arantes, Bixiga 70, Alceu Valença, Marcelo Jeneci, Fundo de Quintal, Felipe e Pepeu Gomes, Móveis Coloniais de Acaju, Nana Caymmi, Lenine, Nação Zumbi, Mundo Livre S/A e Jards Macalé.

 

Serviço: 
Lucas Santtana
Dias 1 e 2 de julho de 2017. Sábado, às 21h. Domingo, às 18h.

Teatro

Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (credenciado*/usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Fall Out Boy revelam novo single: “Champion”

fall out.jpg

 

Fall Out Boy revelam novo single: “Champion”

Canção fará parte do próximo álbum de estúdio da banda, “M A N I A”, já disponível em pré-venda 

“I am a champion of the people that don’t believe in champions." Foi com este lema que os Fall Out Boy revelaram ao mundo o seu mais recente single: “Champion”. O tema sucede-se a
Young and Menace (que soma 8,5 milhões de visualizações no YouTube/VEVO) e fará parte do próximo álbum de estúdio do grupo norte-americano “M A N I A”, que será editado a 15 de setembro, sendo que já está disponível em regime de pré-venda.

O lançamento do single é acompanhado de um trabalho de artwork repleto de caras conhecidas: Leonardo DiCaprio com um Óscar da mão, os condutores de Fórmula 1 Niki Lauda  e James Hunt, a personagem Barb da série “Stranger Things”, McLovin do filme “Superbad”, Buster Douglas e Mike Tyson no combate de boxe em 1990, entre outros.

Hoje foi revelado o novo vídeo criado para este “Champion”, que tem entre as suas frases de ordem: “If I could live through this I could do anything”.

 “M A N I A” é o sucessor do platinado sexto álbum de estúdio da banda, “American Beauty/American Psycho”, que entrou diretamente para o n.º 1 do Billboard Top 200, em janeiro de 2015. Já nomeados para prémios Grammy, os Fall Out Boy, constituídos por Patrick Stump, Pete Weitz, Joe Trohman e Andy Hurley já foram capa da Rolling Stone e de outras publicações de prestígio. Atuaram também em programas televisivos como Saturday Night LiveThe Today ShowAmerica’s Got TalentThe VoiceLate Night with Jimmy FallonThe Tonight Show with Jay LenoConanThe Late Show with David LettermanJimmy Kimmel Live!, entre outros. Para mais informações consulte www.falloutboy.com.

 

 

publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar
Sexta-feira, 23.06.17

RAPublicar, de Soraia Simões

rappublicar.jfif

 

 
RAPublicar, de Soraia Simões
 
A micro-história que fez história numa Lisboa adiada
(1986- 1996)
audiolivro inclui 25 entrevistas
 
 
 
à venda a 25 de Junho
 

RAPublicar. A micro-história que fez história numa Lisboa adiada: 1986 - 1996 de Soraia Simões estará a partir desta semana, dia 25, nas livrarias.

Trata-se de um audiolivro com cerca de 18 horas de recolhas de entrevistas dirigidas pela autora e investigadora entre 2012 e 2016 que procura cruzar as principais linhas de discussão neste campo e em torno de disciplinas como a história contemporânea e os estudos de música e cultura populares nestes anos (1986 - 1996) com o discurso e partilha de memórias e testemunhos de alguns dos seus principais sujeitos da história.

Soraia Simões refere acerca deste trabalho "ao usar a oralidade de um modo claro: os dados da minha análise com as experiências vividas pelos protagonistas procurei duas coisas. Em primeiro lugar uma leitura renovada sobre a história da cultura e sociedade portuguesas nestes anos tendo a expressão do RAP como vector principal, por outro lado demonstrar como algumas das principais alíneas temáticas no campo das ciências sociais foram levantadas, no campo da música e cultura populares, nestes anos por, não todos mas, alguns destes actores e actrizes e estão hoje a ser escrutinadas e à procura de respostas.

Achei que eles e elas podiam/deviam fazer parte dessa discussão, especialmente porque as levantaram num período em que as mesmas, por várias razões, que as conversas (a oralidade) explanam foram sendo adiadas. Editar o que foi grande parte do meu trabalho de campo num audiolivro que é também um caderno de notas mesmo sob o ponto de vista do grafismo, homenageando assim o poeta/dizedor/rapper e MC destes anos e as dezenas de cadernos sebenta que me cederam durante estes anos de pesquisa (o qual transcrito serve a minha tese no âmbito académico) foi o modo como achei ser possível devolver essa memória, e a importância do que está inscrito nela, à sociedade e à cultura popular da segunda metade do século XX.

Permitindo que os mesmos contem, através das questões que lhes são colocadas, essa perspectiva histórica e a sua relevância num quadro social em profunda transformação".

Editora Caleidoscópio

 

 

Sobre a autora

Soraia Simões nasceu em Coimbra, em 1976. Radicou-se em Lisboa em 2008. É Pós-Graduada em Estudos de Música Popular e Mestranda em História Contemporânea pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. A sua tese de mestrado reflecte sobre o impacto social e cultural estabelecido pela prática do «rap» e pela «cultura hip-hop» entre os anos de 1986 e 1996 no país.
Investigadora integrada do Instituto de História Contemporânea (IHC-FCSH/UNL), é autora do Projecto de Arquivo e Documentação «Mural Sonoro». Escreveu, em vários órgãos e edições, textos diversos na área musical, sendo autora dos livros Passado–Presente. Uma Viagem ao Universo de Paulo de Carvalho (Lisboa: Chiado Editora, 2012) e RAPublicar – a micro-história que fez história numa Lisboa adiada: 1986 – 1996 (Lisboa: Caleidoscópio, 2017). Foi distinguida com o prémio Megafone da Sociedade Portuguesa de Autores, em 2014 na Categoria Missão, coordenado, actualmente, o projecto «RAPortugal 1986 – 1999».
O seu estudo e trabalhos incidem na cultura popular e movimentos transnacionais, nas práticas musicais em contextos migratórios e de revolução política ou ideológica e nos arquivos digitais sonoros. É a consultora musical do projecto que faz parte dos conteúdos especiais da RTP Extrema-Esquerda: Porque não Fizemos a Revolução? e Coordenadora geral e de investigação no projecto RAPortugal: 1986 – 1999 (projecto financiado em 2015 pela Direcção Geral das Artes).
É autora do programa Conversa ao Correr das Músicas, programa de História da Música, que conta também com a sua apresentação e estreia em Maio de 2017 numa primeira série de 13 episódios na web.
 
Mais informação sobre Soraia Simões em Mural Sonoro
publicado por olhar para o mundo às 09:13 | link do post | comentar

MAIS RESPEITO QUE SOU TUA MÃE! NO TEATRO VILLARET

respeitosoutuamãe.jpg

 

MAIS RESPEITO QUE SOU TUA MÃE!CONTINUA NO TEATRO VILLARET A PARTIR DE 30 DE JUNHO

Quem acha que no Verão só há praia e festas, desengane-se! Joaquim Monchique e o elenco de MAIS RESPEITO QUE SOU TUA MÃE! estão aqui para ficar e prometem tornar o seu Verão ainda mais divertido.

MAIS RESPEITO QUE SOU TUA MÃE! termina a temporada no Auditório dos Oceanos, Casino Lisboa, a 25 de Junho e passa directamente para o TEATRO VILLARET, a partir de dia 30 de Junho. O espectáculo que marca os 30 anos de carreira de Joaquim Monchique vai estar em cena de Quinta a Domingo.

Com lotações esgotadas desde a estreia, a 29 de Março deste ano, MAIS RESPEITO QUE SOU TUA MÃE! já foi visto por mais de 60 mil espectadores e preparara-se agora para continuar a conquistar plateias ao longo do Verão, desta feita numa das salas mais queridas de Lisboa.

MAIS RESPEITO QUE SOU TUA MÃE! acompanha as peripécias de Esmeralda Bartolomeu (Joaquim Monchique), a dona de casa mais famosa da Baixa da Banheira e da sua - bastante peculiar - família.


TEATRO VILLARET
A partir de 30 Junho

Quinta a Sábado às 21h30 e Domingos às 18h
Preço: 16€

publicado por olhar para o mundo às 00:13 | link do post | comentar
Quinta-feira, 22.06.17

COMMEDIA A LA CARTE - CIRCUS no CTE

comedia.jpg

 

 
SÁB 24 JUN 21H30

COMÉDIA

COMMEDIA A LA CARTE - CIRCUS

 
 

AUDITÓRIO |1ª Plateia 20€ | 2ª Plateia 18€ | 1º/2º Balcão 16€


COMÉDIA | 90 MIN | M/12


Senhoras e senhores, meninas e meninos bem-vindos ao maior espectáculo do mundo!
Talvez não seja o maior!
Nem possivelmente seja um espectáculo!
E para vos dizer a verdade nem sequer são bem-vindos.
Circus!
Cuspidores de fogo, homem bala, a mulher barbuda, trapezistas, malabaristas, ilusionistas, domadores de leões... Nada disto poderão ver!
Já palhaços, somos três!
Pam pararapam pam pam

Com um espectáculo daquilo que designam de "Improve Comedy", género em que se auto-intitulam de pioneiros em Portugal, os Commedia a la Carte criam as suas rábulas a partir do que lhes é proposto pelo público sendo mais que provável que este se acabe por juntar aos três actores em palco.



Carlos M. Cunha, César Mourão, Ricardo Peres Atores, Autores

publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

CTE - VISITAS GUIADAS + CURTAS DE TEATRO FORA DE PORTAS

visitas guiadas.jpg

 

 

MULTIDISCIPLINAR

VISITAS GUIADAS + CURTAS DE TEATRO FORA DE PORTAS

 

CTE - VÁRIOS ESPAÇOS 3€ / ENTRADA GRATUITA (CARTÃO AMIGO, CARTÃO SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)


MULTIDISCIPLINAR | 75 MIN | M/12


12º Aniversário CTE


Aos doze anos de idade, o Cine-Teatro de Estarreja dá a conhecer os seus bastidores. O invisível visível, aos olhos de todos aqueles que têm sentido na plateia a magia do palco, com o orgulho de serem muitos. O que estará por trás do som, das luzes, do espaço cénico? O que é uma régie e uma teia? Será que o camarim tem adrenalina? São estas e outras respostas que poderá descobrir nesta visita guiada conduzida pela experiente equipa do CTE, onde haverá Curtas de Teatro Fora de Portas, a acontecer em espaços não convencionais. Esta viagem lúdica cultural é a prenda do aniversariante pelo calor que nos trazem todos aqueles que se sentem em casa, na vossa casa.


Curtas de Teatro Fora do Palco


Nú Palco de Miguel Ponte


Uma Mulher à Janela ou a Carta da Corcunda ao Serralheiro de Ilda Teixeira


Guarda-Chuvas de Chocolate de Paulo Morgado e Ruy Malheiro


[promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]

publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Inauguração da Exposição “Contos por um Fio – Petrushka”, de Olga Neves

lga neves.jpg

 

25 junho, 18h00, AMAC

 

Inauguração da Exposição “Contos por um Fio – Petrushka”, de Olga Neves

 

O Auditório Municipal Augusto Cabrita recebe, a 25 de junho, pelas 18h00, a inauguração da Exposição “Contos por um Fio – Petrushka”, de Olga Neves. A mostra está patente até 1 de outubro.

 

As histórias, como reflexo de uma identidade, de um lugar e de uma cultura, chegaram-me através da minha mãe que, com grande entusiasmo e teatralidade, as contava todos os dias e, enquanto as ouvia, imaginava todos aqueles seres fantásticos a movimentarem-se de um lado para o outro. Conseguia imaginar-lhes os rostos, os movimentos, as roupas, tudo.

Mais tarde, formei-me em escultura e, tendo como base do meu projeto a Identidade, iniciei um projeto paralelo onde incluí essas mesmas histórias e memórias. Inicialmente, dediquei este projeto ao público infantil, mas cedo percebi que entusiasmava o público em geral. Estimular as memórias é sempre gratificante.

Contos Por Um Fio são, além de marionetas presas por fios, um lugar onde chegamos e contamos uma história como queremos, como a sabemos, como nos foi contada ou como nos lembramos. Como se entrássemos num livro e, em vez de folhearmos as páginas, caminhamos ao longo da sala e contamos a nossa versão da história.

CMB 2017-06-21

publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

posts recentes

últ. comentários

  • Comigo acontece do mesmo jeito mas quem dorme sou ...
  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...

Posts mais comentados

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds

blogs SAPO