Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

16
Jan13

Ruben Faria mais longe do primeiro lugar

olhar para o mundo

Cyril Despres consolidou a liderança e dificilmente deixará fugir mais uma vitória no Dakar

Uma avaria na 11.ª etapa terá deixado Hélder Rodrigues irremediavelmente afastado do pódio. Paulo Gonçalves terminou em segundo e voltou a ser o melhor português

 

Paulo Gonçalves voltou esta quarta-feira a ser o melhor português no Dakar, nas motos, com o segundo lugar na 11.ª etapa, que ditou a vitória do norte-americano Kurt Caseli. Ruben Faria manteve a segunda posição da geral, mas perdeu mais de 11 minutos para Cyril Despres, líder da prova.

O piloto algarvio encerrou o dia na 10.ª posição, deixando mais sozinho na frente da classificação o seu "chefe de fila" na KTM. Apesar de tudo, Faria distanciou-se do terceiro classificado, que continua a ser o chileno Chaleco Lopez.

A figura nacional da etapa voltou a ser Paulo Gonçalves, que na véspera tinha ficado em terceiro lugar. Esta quarta-feira o piloto de Esposende voltou a estar em grande plano, superando mesmo Despres, que foi terceiro. Com esta performence, o português ficou à porta do top 10, na 11.ª posição.

Quem terá hipotecado todas as hipóteses de alcançar o pódio deste Dakar, foi Hélder Rodrigues, um dos principais candidatos à vitória no início deste rali. O lisboeta, que lidera a equipa oficial da Honda, vinha a ganhar posições na geral e ontem estava entre os primeiros, até uma avaria o ter obrigado a parar.

Acabou por chegar em 26.º lugar, a 48m29 de Caseli, descendo da sexta para a 9.ª posição da geral, a 1h16m24s de Despres.

Em relação à restante comitiva nacional nas duas rodas, Bianchi Prata terminou a etapa em 33.º, duas posições à frente de Mário Patrão.

Mau tempo trava carros

O mau tempo retirou o protagonismo aos carros na etapa desta quarta-feira. A chuva que se fez sentir provocou uma enchente em dois rios, impedindo a passagem de muitos participantes.

Entre os que não foram afectados, Robby Gordon foi o mais rápido, seguido de Ronan Chabot e Lucio Alvarez, enquanto o líder da geral, Stephane Peterhansel, foi sexto. Resultados que poderão ainda ser invalidados se os comissários da prova decidirem anular a etapa.

Classificação da 11.ª etapa (motas)

1.º Kurt Caseli (KTM), 2h55m01s

2.º Paulo Gonçalves (Husqvarna), a 4m45s

3.º Cyril Despres (KTM), a 6m24s

….

10.º Ruben Faria (KTM), a 18m03s

26.º Hélder Rodrigues (Honda), a 48m29s

33.º Pedro Bianchi Prata (Husqvarna), a 57m29s

35.º Mário Patrão (Husqvarna), a 1h00m30s

Classificação geral:

1.º Cyril Despres (KTM), 33h48m29s

2.º Ruben Faria (KTM), a 13m16s

3.º Chaleco Lopez (KTM), a 18m08s

9.º Hélder Rodrigues (Honda), a 1h16m24s

11.º Paulo Gonçalves (Husqvarna), a1h28m18s

34.º Mário Patrão (Suzuki), a 5h24m51s

41.º Bianchi Prata (Husqvarna), a 9h11m04s

 

Retirado do Público

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub