Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

28
Fev13

Quarta Divisão é a estreia desta semana do cinema português

olhar para o mundo

Quarta Divisão é a estreia desta semana do cinema português


Quarta Divisão é a estreia desta semana do cinema português

O filme "Quarta divisão", do realizador Joaquim Leitão, apresenta-se como um policial sobre o desaparecimento de uma criança, e estreia hoje, 28 de Fevereiro, nos cinemas portugueses.

 

Um filme produzido por Tino Navarro, que também assina o argumento, onde o ponto de partida é o desaparecimento de um rapaz de nove anos de um colégio privado. 


A polícia monta uma grande operação para o encontrar e para descobrir o que lhe aconteceu.

 

A actriz Carla Chambel interpreta o papel da agente que lidera a equipa policial que irá investigar o caso. Do elenco fazem ainda parte Cristina Câmara, Paulo Pires, Sabri Lucas, Adriano Luz, Martim Barbeiro, Filipe Vargas e João Baptista.

 

Todas as hipóteses são possíveis: O que aconteceu? É desta premissa que a equipa de investigação parte para uma complexa teia de acontecimentos, que vai revelar a verdadeira faceta de quem menos se espera. Num argumento com contornos e meandros que ficam muito para lá do espectável e que se revela surpreendente pela capacidade que tem de prender o espectador.

 

Quem nós julgamos ser inocente pode muito bem surpreender-nos assim como quem julgamos culpados pode apenas ter estado no local errado à hora errada e nem sempre as pistas mais óbvias são as que levam à verdade. 

Entre uma Carla Chambel que interpreta a mulher de pulso forte Helena Tavares, e Cristina Câmara que dá vida à despojada Olga Cabral e Melo, encontramos também Paulo Pires no papel de Filipe Cabral e Melo todos muito longe dos personagens a que nos habituaram no écran e com interpretações verdadeiramente surpreendentes.

 

O filme foi rodado no ano passado e contou com 700 mil euros de apoio financeiro do Instituto do Cinema e Audiovisual, no âmbito dos programas de 2010. 

E é sem dúvida um daqueles filmes portugueses que os espectadores não devem perder, com a certeza que assistirão a um filme de qualidade com o selo português e com um elenco de excelência.

 

Retirado do HardMúsica

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub