Benfica TV vai ser canal pago a partir de Julho

Benfica TV vai ser canal pago a partir de Julho

Clube está em negociações com os vários operadores de televisão por cabo, incluindo a Zon.

O canal de televisão do Benfica vai passar a ser pago a partir de Julho. A informação foi avançada nesta sexta-feira por Domingos Soares de Oliveira, administrador da SAD do Benfica, num encontro com jornalistas.


Os responsáveis “encarnados” recusaram revelar qual o valor da mensalidade a pagar pela assinatura do canal, considerando que é "prematuro" referir qualquer montante. O emblema da Luz está ainda em negociações com as três plataformas (Meo, Optimus Clix e Cabovisão) que disponibilizam a Benfica TV, mas também com a Zon, que ainda não tem o canal benfiquista.

“Não deixamos ninguém de fora. Temos falado com todos os parceiros”, disse Soares de Oliveira, justificando as negociações com a Zon.

A mudança de canal normal no cabo para um canal premium deve-se ao facto de a BenficaTV passar a ter um “conteúdo mais rico”, explicou Soares Oliveira. “Não pode continuar a ser um canal oferecido [no pacote do cabo]”, justificou o administrador.

Além dos jogos do campeonato brasileiro, o canal vai transmitir a partir da próxima época os 15 jogos do Benfica em casa na Liga portuguesa e ainda a Liga inglesa.

Questionados sobre os valores que o Benfica pode vir a obter com esta estratégia, tendo em conta a rejeição dos 111 milhões oferecidos em Março de 2012 pela Olivedesportos de Joaquim Oliveira por sete épocas de jogos do Benfica, os responsáveis do clube mostraram-se confiantes: “De certeza que vamos superar esses números”, frisou Luís Filipe Vieira, presidente do clube.

A Benfica TV vai continuar a ser apenas um canal, estando excluído qualquer desdobramento, mesmo que na Liga inglesa – competição que o canal vai transmitir em exclusivo nas próximas três temporadas – por vezes se realizem jogos em simultâneo. "Vamos fazer opções", disse Soares Oliveira, destacando também a capacidade de o clube gerir os horários dos seus próprios jogos, de forma a que não coincidam com outros conteúdos do canal.

Os “encarnados” garantiram também que não têm, para já, intenção de comprar jogos nem de outros clubes do campeonato português, nem de outras ligas internacionais.

Quanto à exploração dos jogos do Benfica no estrangeiro, há dois cenários em aberto. Um é a disponibilização da Benfica TV nos moldes actuais, o que implicará um bloqueio da transmissão (ou a oferta de um conteúdo diferente) sempre que estiverem em causa jogos sobre os quais o canal tem apenas direitos para o território português. O outro cenário é vender em pacote os jogos caseiros do Benfica na Liga portuguesa para operadores estrangeiros.

 

Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 19:16 | link do post