Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

29
Set13

Festa do Teatro Amador no Malaposta

olhar para o mundo

Festa do Teatro Amador no Malaposta


Festa do Teatro Amador no Malaposta

A Festa do Teatro Amador que terá lugar no Centro Cultural da Malaposta de 24 de Setembro a 13 de Outubro apresentará 16 espectáculos com a participação de 13 grupos vindos de vários locais do país, destacando-se ainda uma homenagem ao dramaturgo Norberto Ávila.

Grupos de Odivelas, Lisboa, Loures, Entroncamento e Aveiro, entre outras localidades, participam este ano na Festa do Teatro Amador do Centro Cultural Malaposta, uma iniciativa que desde há oito anos mostra o que de melhor é realizado no país em termos de produção teatral dirigida às comunidades locais. 


São no total 13 grupos e 16 espectáculos para ver de terça a sábado, pelas 21:30, e aos domingos, pelas 16:00.


Tal como acontece em todas as edições, o evento homenageia uma figura da dramaturgia nacional, tendo este ano a escolha recaido em Norberto Ávila, cujas obra há muito ultrapassou as fronteiras do país. 

Dramaturgo, romancista, contista e poeta nascido nos Açores, frequentou a Universidade do Teatro das Nações, em Paris. 


Na década de 70 foi autor e director da revista “Teatro em Movimento” e responsável pela Divisão de Teatro da Secretaria de Estado da Cultura.
No início dos anos 80 dirigiu na RTP o programa Fila 1 dedicado à actividade teatral portuguesa. 

Com uma extensa actividade e produção, recebeu em 2008 a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) e, em 2010, aos 50 anos de carreira, a Assembleia Legislativa dos Açores atribuiu-lhe a Insígnia Autonómica de Reconhecimento.

Nesta homenagem inclui-se a apresentação, a 03 e 04 de Outubro, da peça da sua autoria “As Cadeiras Celestes”, uma das mais recentes produções do jovem Grupo de Teatro Lusófono da Malaposta que será representada primeira vez e com a presença do autor. 

Inspirada numa parábola bíblica que nos conduz por uma odisseia fantástica em torno de um duelo entre Deus e o Diabo, esta comédia relata-nos a vertiginosa ascendência financeira e empresarial de Job e Zelfa. 


O casal, vindo da miséria, consegue, com a ajuda de Abel Zebu, chegar aos patamares do sucesso material e que, por fim, se vê na necessidade de encontrar alguma paz como contraponto às estratégias maquiavélicas que envereda em prol do bem mais precioso – o dinheiro.


Para além desta estreia total de “As Cadeiras Celestes”, destaque para “Isto não é nada!” pelo Grupo de Teatro Sénior de Odivelas, numa adaptação de “Festa de Beneficência” de Lauro António e  “Violino de duas cordas” de João Sevivas. 


Segundo Jan Gomes, encenador e responsável do Projecto Teatro e Comunidade da Malaposta, “a partir destes dois textos, e recorrendo a várias linguagens teatrais, criámos um espectáculo através do qual partilhamos uma viagem pelo Universo de duas interrogativas fundamentais: Para que serve o Teatro? Para que se serve quando se é velho?”

 

A Festa do Teatro Amador integra-se no âmbito das atividades do Projecto Teatro e Comunidade que a Malaposta desenvolve com sucesso paralelamente à sua programação profissional. 


Segundo Manuel Coelho, director artístico deste centro cultural, “um dos nossos principais objectivos passa por dar visibilidade e espaço para concretização do trabalho de núcleos fazedores de teatro que não se inserem no mercado profissional. Permite-se assim que o público conheça a pluralidade cénica oferecida hoje no país, auxiliando ainda na sensibilização e criação de novos públicos para o teatro”.

 

Retirado do HardMúsica

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub