Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

07
Out13

Festa da Marioneta abre no Barreiro e Sobral de Monte Agraço

olhar para o mundo

Festa da Marioneta abre no Barreiro e Sobral de Monte Agraço



Festa da Marioneta abre no Barreiro e Sobral de Monte Agraço

Com "Ovelhas Clandestinas" e "Adormecida", respectivamente no Barreiro e em Sobral de Monte Agraço, tem início a quinta Festa da Marioneta, da Artemrede, que se espalha por mais nove concelhos.

Segundo a Artemrede estão previstas mais de 30 apresentações de sete espectáculos que vão subir à cena em treze teatros de um total de onze municípios.

"Os projectos programados demonstram a variedade de técnicas e de linguagens artísticas no campo do teatro de marionetas, objectos e formas animadas e são capazes de atrair crianças e adultos através de propostas que apelam aos sentidos, ao sonho ou ao humor e que são, sobretudo, belas histórias para ver e ouvir", lê-se no comunicado da Artemrede.

"Ovelhas Clandestinas", peça encenada por Madalena Victorino, estará pelas 16:00 no palco do Auditório Augusto Cabrita, no Barreiro, e também em cartaz no Cine-Teatro Joaquim d´Almeida, no Montijo, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém e Alcanena, num espaço "a definir".

A peça é uma criação conjunta de Madalena Victorino e dos intérpretes Miguel Fragata, Tânia Cardoso, Joana Manaças e José Luís Costa.

"Adormecida", sobe à cena também pelas 16:00, mas no Cine-Teatro de Sobral de Monte Agraço. 


Trata-se de uma criação de Filipa Mesquita com interpretação e manipulação de Clara Ribeiro e Filipa Mesquita, e música de Fernando Mota, a partir das recolhas tradicionais feitas pelo etnomusicólogo Michel Giacometti.

Esta criação da companhia Mandrágora irá estar em cena também no Auditório Municipal do Pinhal Novo, em Palmela, no Cineteatro Municipal João Mota, em Sesimbra, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém e no Fórum Municipal Romeu Correia, em Almada.

Segundo, Marta Martins, directora  excutiva da Artemrede, a Festa da Marioneta "é um circuito de espectáculos de qualidade e originalidade, que apresenta algumas das mais interessantes companhias e artistas nacionais que trabalham com marionetas, objectos ou formas animadas e que através destas técnicas contam a espectadores de todas as idades histórias divertidas, trágicas, simples ou fantásticas".

A Artemrede é uma estrutura constituída por uma rede de teatros municipais, que tem como associados várias autarquias, cofinanciada em 60% através do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional).

 

Retirado do HardMúsica

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub