Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

15
Out13

Lisbon & Estoril Film Festival ´13

olhar para o mundo

Lisbon & Estoril Film Festival ´13


Lisbon & Estoril Film Festival ´13

Lisbon & Estoril Film Festival – LEFF- decorrerá de 08 a 18 de Novembro de 2013, em várias salas entre Lisboa, Estoril e Cascais.

O festival oferece uma programação muito diversa, contudo todas estão relacionadas com arte, cultura (do cinema à literatura, música e artes plásticas).

De entre a programação podem-se destacar homenagens, retrospectivas, Cinemart e ainda algumas séries.

Os homenageados serão: Jorge Silva Melo (com a presença do mesmo), um encenador, realizador e critico português; Aleksander Sokurov (vindo a Sibéria), realizador; Wong Kar-Wai, realizador asiático muito conceituado que estará presente e James Gray que é descrito como “prodígio americano” que também virá ao festival. 

As retrospectivas serão de Alain Guiraudie, argumentista e realizador francês; Gianfranco Rosi, realizador e Arnaud Desplechin, realizador. 
Todos estes últimos mencionados estarão presentes no evento. 

Cinemart será dedicado a promover trabalhos e artistas que de alguma forma marcaram e inspiraram o mundo das artes, e no fundo, da cultura. 
Serão apresentadas igualmente séries de televisão de grandes realizadores. “Cada vez mais, a televisão entra pela porta da frente dos Festivais de Cinema, atenuando a linha que separa as séries televisivas de uma obra cinematográfica” – Positif.

Se tivermos esta citação em conta, percebemos que é importante a presença das séries neste festival. 
Entre séries a ser apresentadas, temos: “The Untold History of America” (realizada por Oliver Stone); “Top of the Lake” (realizada por Jane Campion e Garth Davis); “Carta a Eva” (realizada por Agustí Villaronga) e, por fim, “Die Andere Heimat – Chronik einer Sehnsucht” (realizada por Edgar Reitz).

Na lista de eventos, há ainda espaço para concertos (de Yasmine Hamdan, de Sophie Auster e de Piotr Anderszewski), a exposição de um original de Vhils (feito a pensar no festival) e um espetáculo de Blanca Li, “Robot!”.

De 13 a 15 de Novembro terá lugar o encontro de escolas de cinema europeias, no âmbito do festival. 
O encontro tem o objectivo de descobrir novos talentos vindos de mentes criativas e, por outro lado, promover várias formas de ensino em contexto cinematográfico. 

Os alunos desta escola entrarão em concurso, disputando a melhor curta-metragem. O prémio é dado pela MEO, que irá atribuir um valor monetário à melhor curta-metragem, baseado na decisão de um júri. A iniciativa pretende incentivar e patrocinar novos projectos cinematográficos.

Haverá outra competição, que reúne os melhores filmes produzidos e que tenham tido a sua estreia em 2013. Os filmes a “competir” vêm de todo o mundo, e não só da Europa como havia acontecido em anos anteriores. 

Existirá um comité de selecção dos filmes e a produção dos prémios oficiais do LEFF vai estar a cargo dos alunos do Instituto de Artes e Ofícios da Fundação Ricardo Espírito Santo Silva. 
O prémio de melhor filme será um relógio Jaeger-LeCoultre Reverso, com o logo do festival gravado. 

As autarquias de Lisboa e Estoril juntaram esforços e apoiam a iniciativa, pois como afirmou António Costa na sessão de abertura, “fazer em conjunto é mais do que fazer separado” e “uma cidade não é só fronteiras administrativas”, aludindo ao facto de que as autarquias se podem unir de alguma forma. 
Acrescentou ainda que levar a cabo este festival é algo de extrema importância, “Não sei se é por amor ou interesse, mas neste momento é essencial”.

Paulo Branco foi apontado como a mola deste festival, havia a vontade mas foi Paulo que se chegou à frente e acabou por fazer as coisas acontecerem. É produtor de cinema e será o grande anfitrião do festival que pretende promover o país e a região e ainda outras formas de criação artística.

Os bilhetes estarão à venda nos Cinemas Medeia Monumental e Espaço Nimas, Centro de Congressos do Estoril, Casa das Histórias Paula Rego, CCB e na Ticketline.

Já a partir de dia 08 de Novembro não vão faltar momentos de cultura e arte promovidos pelo LEFF, que traz novidades nesta edição.

A programação é variada e conta com personalidades gigantes da realização. A Organização espera adesão, sucesso e que haja mais para o ano.

Inês Pereira


Retirado do HardMúsica

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub