Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

28
Nov13

Um vendaval de pensamentos no Teatro Aberto

olhar para o mundo
Um vendaval de pensamentos no Teatro Aberto
Em 2013 assinalam-se 125 anos sobre o nascimento de Fernando Pessoa. Para comemorar, a Casa Fernando Pessoa (CFP) desdobra-se em iniciativas. A começar pelo III Congresso Internacional de Pessoa que, esta quinta-feira, sexta e sábado, leva ao Teatro Aberto dezenas de especialistas na obra do autor de O Livro do Desassossego, portugueses e estrangeiros, e de diversos universos, desde académicos a escritores passando por tradutores, artistas plásticos e músicos.

Tudo porque, como esclarece ao SOL Inês Pedrosa, directora da CFP, este é um congresso dirigido a todos: “O que o singulariza é que, sendo denso, não é um congresso académico. A vocação da CFP é fazer um congresso que cruze todos os tipos de abordagens a Fernando Pessoa e que seja um ponto de encontro regular dos pessoanos, leitores ou aficcionados, com os especialistas nas mais diversas áreas. O nosso objectivo é tirar o Pessoa do pequeno núcleo da filologia, linguística ou análise textual e fazê-lo viver enquanto vendaval de pensamentos”.

 

Com Richard Zenith a fazer a conferência inaugural, ‘Livro do Desassossego: o romance possível (var.: impossível)’, pelo palco do Teatro Aberto vão passar muitos outros nomes, em diversos painéis: Eduardo Lourenço, José Paulo Cavalcanti Filho, Teresa Rita Lopes, Jerónimo Pizarro, Anna Klobucka, Luiz Ruffato e Ana Luísa Amaral são apenas alguns dos 40 conferencistas que irão debruçar-se sobre aspectos tão diversos como ‘O feminino em Fernando Pessoa’, ‘Fernando Pessoa e a cultura Árabe-Islâmica’ ou ‘Fernando Pessoa activista queer: uma releitura do Antinous’.

 

Além dos painéis, é possível assistir ao espectáculo musical dos Universus Ensemble, ao concerto de Mariano Deidda, que irá musicar a Mensagem e à leitura de Diogo Dória do Ultimatum, de Álvaro de Campos.

 

Será também editado um novo número da Revista Pessoa que, assegura Inês Pedrosa, a partir de agora se quer trimestral, e, além de conteúdos relacionados com o poeta, contará com textos sobre o que acontece na CFP. Neste número, por exemplo, poder-se-á ler a conferência dada por Christopher Hitchens em 2010 na CFP. E será apresentado o livro Os Objectos de Fernando Pessoa, (ed. D. Quixote), de Jéronimo Pizarro, Patricio Ferrari e Antonio Cardiello, o segundo volume da colecção Acervo da Casa Fernando Pessoa (em 2010, os mesmos autores editaram Biblioteca Particular de Fernando Pessoa), onde se dão a conhecer os objectos do poeta, desde a cómoda à cigarreira, passando pela cama e a máquina de escrever. Para 2015 está planeado um terceiro volume, com as artes plásticas que constituem o acervo da CFP, pouco conhecidas por não existir um museu.

 

‘Appessoa’


Mas há mais. Entre conferencistas e público, são muitos os estrangeiros que se deslocam a Lisboa nestes dias. E, para os receber, inaugurou-se já, no Aeroporto da Portela, a exposição ‘Lisboa em Pessoa’, sobre a vida e obra do escritor, com fragmentos da Lisboa do poeta, em desenhos e fotografias, na Praça Cilindro, junto às chegadas – assinada por Gilson Lopes e Gonçalo Cardoso. A mostra, que permite descarregar um mapa da Lisboa de Pessoa para smartphones, ficará patente até ao fim de Janeiro.

 

Por fim, acaba de inaugurar o restaurante da Casa Fernando Pessoa, Flagrante Delitro, que, aberto de manhã à noite, irá permitir aos visitantes um usufruto melhor da casa onde o poeta passou a última década da sua vida.

 

Retirado do Sol

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub