Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

22
Jul12

Erasmus para gente adulta

olhar para o mundo
Erasmus para gente adulta
Ney Matogrosso actua em Lisboa, em Setembro.

 

No fim do Verão o Brasil vem para Portugal e Portugal vai para o Brasil: são 10 meses de intercâmbio cultural e económico

 

Teatro, música, artes plásticas, literatura. A cultura brasileira vai chegar em força a Portugal – a partir de 7 de Setembro (dia da Independência do Brasil) começa o Ano do Brasil em Portugal que, até 10 de Junho (Dia de Portugal), tem como objectivo mostrar entre nós o que de melhor se faz na área da cultura no Brasil, numa festa que arranca com um concerto de Ney Matogrosso e Monobloco, no Terreiro do Paço, a 22 de Setembro.

 

Mas esta é uma iniciativa recíproca. Ao mesmo tempo que o Brasil mostra entre nós o que de melhor há no país, exactamente nas mesmas datas Portugal vai ao Brasil exibir a sua contemporaneidade, no âmbito do Ano de Portugal no Brasil. Para tal, vão atravessar o Atlântico diversos artistas portugueses. A programação ainda não está fechada mas Vasco Araújo, Rui Chafes, Mariza, Joana Vasconcelos e Fernando_Brízio são alguns dos nomes que já têm bilhete de ida (haverá, também uma grande exposição do trabalho de Maria Helena Vieira da Silva).

 

Se o Brasil concentrou os seus esforços numa intensa programação cultural, acreditando que é através das artes que os povos melhor se conhecem e aproximam, Portugal optou por se focar mais na área económica. A ideia, explicou o comissário-geral da iniciativa, Miguel Horta e Costa, aos jornalistas, é levar as pequenas e médias empresas portuguesas a este novo território, fomentando as exportações para o país irmão. Serão também focos de actuação portuguesa, a par da economia e da cultura, a ciência, a tecnologia e inovação e o desporto. Tudo isto financiado por empresas ligadas ao projecto.

 

Brasil em Portugal


Este ano representa então uma boa oportunidade para o público português conhecer o que se faz no Brasil, muito além das telenovelas da Globo e das canções fáceis e orelhudas de Michel Teló. Quem o disse foi o próprio António Grassi, comissário-geral do Ano do Brasil em Portugal.

 

«Precisamos levar para o outro lado do oceano o Brasil que não é só o das novelas (...). A importância do evento, principalmente no âmbito cultural, está no facto de que a troca de olhares na produção artística extrapola o palpável e colabora com sectores como o turismo. Queremos fazer uma programação que deixe um legado, revelando um Brasil desconhecido, a diversidade artística e cultural do nosso país». E acrescentou: «A cultura é uma arma poderosa para enfrentar épocas de crise».

 

Ao longo destes dez meses vamos poder assistir a 16 peças de teatro no palco do Teatro Nacional D. Maria II, com interpretações de actrizes como Marília Pêra, Bibi Ferreira e Bárbara Paz, dezenas de concertos de nomes como Martinho da Vila, Naná Vasconcelos, Zeca Baleiro, Zélia Duncan, Adriana Calcanhotto e Tulipa Ruiz, ver exposições retrospectivas de artistas como Hélio Oiticica, um dos mais importantes artistas plásticos brasileiros do século XX, ou dos contemporâneos Maurício Dias & Walter Riedweg. Um luxo em época de crise.

 

Noticia do Sol

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub