Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

30
Jul12

Racismo, Negros impedidos de casar em igreja frequentada por brancos nos EUA

olhar para o mundo
O racismo ainda é uma realidade em muitos estados norte-americanosO racismo ainda é uma realidade em muitos estados norte-americanos (Reuters/arquivo)

O casamento foi marcado com antecedência. Mas na véspera da cerimónia, na Igreja Baptista de Crystal Springs, nos Estados Unidos, o pastor disse a Andrea e Charles Wilson que não os poderia casar ali, por serem negros.

 

A história é contada pela estação de televisão norte-americana ABC. Andrea e Charles eram frequentadores daquela igreja no Mississipi e, quando decidiram casar religiosamente, escolheram-na. O pastor, Stan Weatherford, marcou a cerimónia mas a comunidade baptista, composta por brancos, não gostou. O templo existe desde 1883 e nunca ali houvera um casamento de pessoas negras; queriam que assim continuasse. 

Stan Weatherford disse à ABC que a oposição foi tão forte que foi ameaçado de despedimento. Por isso, cedeu e pediu ao casal para procurar outro templo - o pastor, que é branco, acabaria por casar Andrea e Charles numa igreja ´cujos fiéis são maioritariamente negros e situada na mesma rua da igreja baptista que os recusou. 

"A minha filha de nove anos ia estar na cerimónia. Como é que se diz a uma criança desta idade 'Olha querida, não podemos casar aqui porque somos negros'", disse Charles Wilson à WAPT-TV, uma estação local.

De acordo com as televisões, a decisão da comunidade branca chocou a maioria da população de Crystal Springs (cinco mil habitantes). "Estamos espantados", disse Theresa Norwood, de 48 anos, que nasceu e vive em Crystal Springs e é tia de Charles, que vivia em Nova Orleães e se mudou para aquela povoação após a devastação do furacão Katrina. Na sua opinião, o pastor deveria ter ignorado a pressão e casado os Wilson no seu templo. "Eles achavam que aquela igreja era a sua casa".

Um tio de Andrea trabalha na igreja e o seu pai é membro daquela igreja baptista; o casal não era membro, mas considerava-se como tal e era sempre ali que assistiam ao culto.

A congregação branca começou entretanto uma série de reuniões para decidir o que fazer se surgirem novos pedidos de casamento de casais negros ou mistos.

 

Noticia do Público

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub