Gyurta bate recorde mundial dos 200m bruços

Gyurta bate recorde mundial dos 200m bruços

Húngaro tirou 3 centésimos à anterior marca e deixou para trás o japonês bicampeão olímpico.


Daniel Gyurta vinha com credenciais: tinha sido prata nos Jogos de Atenas 2004, mas foi Pequim, com o quinto lugar, que o relegou de novo para a sombra. 

Mas neste final de tarde de quarta-feira, o bicampeão mundial voltou a mostrar-se: ouro e recorde do mundo dos 200m bruços.

Com 2m07,28s tirou 3 centésimos à anterior marca, que pertencia ao australiano Christian Sprenger, fixada nos Mundiais de 2009, em Roma (2m07,31s), no tempo em que era permitido o uso de fatos de poliuretano.

A prata ficou para o norte-americano Michael Jamieson (2m07,43s) e o bronze para o japonês Ryo Tateishi (2m08,29s). O bicampeão olímpico Kosuke Kitajima ficou fora do pódio (com 2m08,35s). 

 

Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 20:09 | link do post | comentar