Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

09
Set12

Godinho Lopes diz que não quis vender as unhas do leão

olhar para o mundo

Godinho Lopes diz que não quis vender as unhas do leão

O presidente do Sporting, que falava à margem da apresentação das equipas de formação, que decorreu no Auditório Artur Agostinho, no Estádio de Alvalade, salientou que a recusa da saída de vários jogadores se deve ao facto de querer dar ao treinador, Ricardo Sá Pinto, todas as condições para poder competir nas várias frentes.


“O Sporting teve ofertas razoáveis para cinco jogadores. Naturalmente não vou dizer os nomes. O Sporting não quis aceitar as ofertas, não porque do ponto de vista económico não precisasse, mas porque entendeu que a equipa tem de ser sustentada numa certa continuidade. Os nossos objectivos e ambições são grandes e a saída de jogadores não ajudaria”, afirmou.

No panorama financeiro, Godinho Lopes reafirma que nunca se desviou do programa que o levou a candidatar-se à presidência, apostando na sustentabilidade do clube de forma pensada e estruturada. “Eu disse que o primeiro ano era um ano de ressurgimento da marca, por isso andei pelo mundo a ‘vender’ a marca Sporting e a Academia. Foi o momento de aproximar os adeptos à equipa e ao Estádio e valorizar quem nos apoia, enquanto ‘sponsors’. Infelizmente, este ano vamos ter resultados operacionais líquidos negativos e o último ano do mandato trará resultados positivos”, garantiu.

Para Godinho Lopes, as recentes saídas de Hulk, do FC Porto, e de Witsel, do Benfica, para os russos do Zenit não facilitaram a vida ao Sporting na luta pelo título, até porque, na temporada passada, relembrou o dirigente, o Sporting chegou à final da Taça de Portugal e às meias-finais da Liga Europa.

“O ganho para o Sporting é ganhar dentro do campo. No ano passado o Sporting lutou até ao último jogo pelo terceiro lugar e muito próximos do primeiro e estavam o Hulk e o Witsel. Temos de olhar para dentro de casa e perceber qual a sustentabilidade na equipa e a força que temos de dar para que a equipa ganhe. Mais do que nos preocuparmos com os outros temos de nos preocupar connosco”, atirou.

O mau arranque da temporada, em que “o Sporting perdeu cinco pontos”, mereceu ainda comentários por parte de Godinho Lopes, que garantiu que a equipa irá recuperar e tudo fazer para lutar pelo título nacional.

No campo das renovações, depois de prolongados os vínculos com André Martins, Cédric, Adrien Silva e Rui Patrício, Godinho Lopes frisa que está a ser feita “uma análise interna” para os dossiers de Daniel Carriço e Pereirinha. 


Noticia do Público

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub