Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

01
Fev17

AMAC - “A Menina do Mar” abre ciclo de programação infantil no dia 4 de fevereiro

olhar para o mundo

palmoemeio.jpg

 

Palmo e Meio

 

“A Menina do Mar” abre ciclo de programação infantil no dia 4 de fevereiro

 

Em fevereiro, o Barreiro recebe, mais uma vez, o PALMO E MEIO, um ciclo de programação cultural, promovido pela Câmara Municipal do Barreiro, dedicado ao público infantil. A peça do Teatro da Terra “A Menina do Mar”, de Sophia de Mello Breyner, com encenação de Maria João Luís, abre a programação do Palmo e Meio 2017, no dia 4 de fevereiro, pelas 16h00, no Auditório Municipal Augusto Cabrita.

 

4 fevereiro | sábado| 16h00 | “A Menina do Mar”, de Sophia de Mello Breyner, com encenação de Maria João Luís | Teatro da Terra | Auditório Municipal Augusto Cabrita

Esta é uma história da amizade entre um menino e uma menina que vive no mar e é bailarina da Rainha dos mares, “A Grande Raia”. Esta Rainha proíbe os seus súbditos de se aventurarem em terra firme pelo que a menina anseia por concretizar esse desejo. Por seu lado o menino tem o sonho de conhecer o fundo do mar, e toda a história se desenrola à volta da tentativa dos dois de realizar os seus sonhos.

Peça a partir do livro de Sophia de Mello Breyner, que integra o Plano Nacional de Leitura. Um teatro feito a partir de um universo infantil/juvenil, recorrendo a uma estética contemporânea, pelo uso de novos mídia de autor, permitindo assim que este público específico tome contacto com as novas linguagens tanto dramatúrgicas como plásticas.

https://teatrodaterra.wordpress.com/

Faixa Etária – M/4

Duração  – 60m

Ingresso  – 3,00 €

Iniciativa inserida nas comemorações dos 80 anos do abastecimento público de água no Barreiro.

 

11 fevereiro| 11h00 | Grãozinho de Areia - Oficina e inauguração de Exposição de Ilustração | Autoria - Joana Mauricio; Ilustrações - Cristina Arvana | Biblioteca Municipal do Barreiro - ESGOTADO

Quando o polvo amoroso encontrou uma garrafa a flutuar no mar com uma estranha mensagem, decidiu partilhar o seu achado com o seu amigo grãozinho para poderem, juntos, desvendar o mistério que esta encerra e compreender o que verdadeiramente significa ser amigo.

Da autoria de Joana Maurício, com ilustrações de Cristina Arvana, a história “Grãozinho de Areia” aborda o tema da amizade num lindo cenário aquático, em que os protagonistas nos ensinam, de uma forma simples, a importância destes laços na sua e na nossa vida.

Faixa Etária – Dos 3 aos 8 anos

Duração  – 45m aprx.

Limite de inscrições – 15 crianças| Inscrições – 212068659

Gratuito

Iniciativa inserida nas comemorações dos 80 anos do abastecimento público de água no Barreiro.

 

18 fevereiro | sábado | 11h00 | Contos de Cá cará cá cá de Ângela Ribeiro | Biblioteca Municipal do Barreiro

Histórias na ponta da língua é um projeto de narração oral criado pela atriz e contadora Ângela Ribeiro. Com o uso da voz, do corpo e dos objetos, a atriz dá-nos a conhecer contos e histórias da tradição oral e escrita. A sessão Contos de Cá, CáRá Cá Cá leva-nos até ao mundo dos contos tradicionais portugueses. Mas a atriz não vai contar sozinha! O público também vai ser contador… Como? Vem ouvir e descobrir.

Para que as histórias fiquem bem vivas nas nossas memórias!

Criação e interpretação: Ângela Ribeiro

Faixa etária: M/4

Duração: 40m

Gratuito

 

25 fevereiro até 21 maio | VAGA MENTE | EXPOSIÇÃO DE ILUSTRAÇÃO de ANDRÉ LETRIA | Auditório Municipal Augusto Cabrita - Piso 0, Galeria Azul

Inauguração no dia 25, às 17h00

Nasceu em Lisboa, em 1973. Trabalha como ilustrador desde 1992. Ganhou o Prémio Gulbenkian, o Prémio Nacional de Ilustração, um Award of Excellence for Illustration, atribuído pela Society for News Design (EUA), medalhas de prata e bronze do Children’s Book Annual, da revista americana 3×3, entre outros. Tem livros publicados em diversos países, como EUA, Brasil, Espanha ou Itália. Participou em exposições como a Bienal de Bratislava, a Exposição de Ilustradores da Feira de Bolonha, Sarmede ou Ilustrarte. Realizou filmes de animação e fez cenários para teatro. Foi membro do Júri do Prémio Digital da Feira do Livro Infantil de Bolonha. Em 2010, criou o Pato Lógico. O livro MAR, com ilustrações suas e texto de Ricardo Henriques, recebeu em 2014 uma menção dos Bologna Ragazzi Awards, na categoria Não Ficção.

 

26 fevereiro | domingo | 15h00 e 16h30 | CONCHAS | d´Orfeu AC, Marionetas de Mandrágora, Franzisca Aarflot | Auditório Municipal Augusto Cabrita | Teatro de Marionetas

“Conchas” é uma coprodução internacional para bebés, resultante do projeto «Hands full of Shells and Feet full of Flowers», um processo criativo colaborativo desenvolvido entre Portugal e Noruega.

Partindo da memória coletiva de ambos os países (Portugal e Noruega), misturou-se a música, a expressão dramática e corporal, o movimento e as marionetas e encontrou-se um compromisso cultural identitário. Um espetáculo icónico onde a abordagem não-verbal ganha forma através da fusão fonética das duas línguas, criando novas palavras e sons, aliada à musicalidade e à linguagem corporal. "Conchas" conta a história de viajantes, pintados na tela, reais e imaginários, privilegiando os bebés e as suas famílias, porque este público é a semente que germina.

www.dorfeu.pt/conchas

 

FICHA TÉCNICA: Encenação | Filipa Mesquita

Elenco Portugal: Clara Ribeiro - interpretação e manipulação-Ricardo Falcão - interpretação e música

Elenco Noruega: Idun Losnegård - interpretação e dança Lenka Rozenahl - interpretação e manipulação Apoio à Dramaturgia- Franziska Aarflot Criação musical- Manuel Maio e Ricardo Falcão|Marionetas, cenário e adereços - enVide neFelibata Produção Executiva - Tiago Castro|Coordenação do Projeto - Luís Fernandes

 

Faixa Etária – Dos 0 aos 5 anos

Duração  – 35´aprox.

Ingresso  – 7,50 € (Bebé e adulto)

 

 

CMB 2017-01-30

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D