Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

01
Jun17

Benjamin Clementine de volta com novo tema: “Phantom of Aleppoville”

olhar para o mundo

benjamim.jpg

 

Benjamin Clementine de volta com novo tema: “Phantom of Aleppoville”

Músico atua a 16 de agosto em Portugal, no festival Vodafone Paredes de Coura

O cantor, compositor e poeta Benjamin Clementine acaba de revelar uma nova música desde que em 2015 foi premiado com o Mercury Music Prize para o seu álbum de estreia, “At Least For Now”. Intitulada “Phantom of Aleppoville”, a canção foi escrita, gravada e produzida por Clementine e sucede-se à recente com os Gorillaz no tema “Hallelujah Money”. Clementine também anunciou uma série de novos concertos até ao final do ano, sendo que este verão atuará em Portugal, no festival Vodafone Paredes de Coura, a 16 de agosto.

Acompanhado de um vídeo realizado pelo fotógrafo Craig McDean e pela cineasta Masha Vasyukova, Clementine compôs “Phantom of Aleppoville” depois de ler vários artigos do pioneiro psicanalista britânico Donald Winicott. Winicott escreveu extensamente sobre crianças que sofreram bullying em casa e na escola, descobrindo que, apesar do trauma não ser naturalmente comparável em escala com o que as crianças em clima de guerra sofrem, os seus efeitos seguem padrões semelhantes. Vendo na escrita de Winicott um espelho para as experiências que teve durante a sua infância, Clementine escolheu o título – “a pequena cidade de Aleppo” – por simbolizar um local onde as crianças enfrentam este nível de bullying. Clementine diz: “Aleppoville é um local onde muitos, se não todos, sofrem de bullying, mas ninguém compreende porquê – Phantom [‘Fantasma’].”.

Benjamin Clementine lançou o seu álbum de estreia, “At Least For Now”, em janeiro de 2015. O álbum garantiu a Clementine o Mercury Prize, o prémio Artista Revelação nos Les Victories de la Musique, enquanto nos EUA fez capa do “New York Times”, numa entrevista feita por David Byrne. Clementine é especialmente aclamado pelos seus concertos muito emotivos. O “The Guardian”, numa crítica de 5 estrelas, descreveu o artista como “um verdadeiro original… as suas canções intensas, autobiográficas e elípticas não podiam ser de mais ninguém.”

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub