Cinema de terror ibero-americano em destaque na 11.ª edição do MOTELX

 

motelx.jpg

 

27 de Junho de 2017

“O Estranho Mundo do Terror Latino”: Cinema de terror ibero-americano em destaque na 11.ª edição do MOTELX

***

O MOTELX - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa associa-se à programação Passado e Presente - Lisboa, Capital Ibero-americana de Cultura 2017 com filmes, debates e masterclasses que exploram a diversidade do cinema de género produzido na América do Sul e na Península Ibérica.

“O Estranho Mundo do Terror Latino” atravessa toda a programação da 11.ª edição do MOTELX, que este ano regressa ao Cinema São Jorge e ao Teatro Tivoli BBVA entre 5 e 10 de Setembro. A proposta do Festival passa pela exibição de títulos clássicos, filmes menos conhecidos do grande público e produções recentes, como é o caso de “The Bar”, filme do mestre Álex de la Iglesia que estreou em Fevereiro no Festival de Berlim.

Da mostra de filmes contemporâneos faz também parte o inclassificável “The Untamed” de Amat Escalante, um dos nomes mais promissores do cinema mexicano depois de em 2013 ter ganho o prémio de Melhor Realizador do Festival de Cannes com o thriller “Heli”. “The Untamed” valeu-lhe o Leão de Prata no Festival de Veneza em 2016.

Do Brasil vem “Excitação” de Jean Garrett (1976), realizador de um dos maiores sucessos de bilheteira do cinema brasileiro de todos os tempos, “A Ilha do Desejo”. Nascido José António Nunes na ilha das Flores, o luso-brasileiro foi um dos grandes nomes do cinema exploitation paulista dos anos 70. A ponte entre Portugal e o restante universo ibero-americano faz-se ainda com “Crime de Amor” (1972), uma co-produção Portugal/México/Espanha entretanto esquecida e que ocupa um lugar único no cinema de género nacional.

A programação dedicada à Capital Ibero-americana de Cultura contempla também os mais novos, com duas exibições especiais do filme de animação “O Livro da Vida” ("The Book of Life") na secção infanto-juvenil do MOTELX, Lobo Mau. Produzido por Guillermo del Toro, o filme desenrola-se no contexto da celebração mexicana do Dia dos Mortos e explora o universo da vida e da morte de uma forma adaptada ao público jovem.

Destaque ainda para sessões de clássicos do cinema de terror latino na Cinemateca Portuguesa, que se alia ao MOTELX durante o popular Warm-Up que precede o Festival.

No dia 18 de Julho serão revelados mais detalhes sobre a programação da 11.ª edição do MOTELX.

publicado por olhar para o mundo às 23:03 | link do post