Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

15
Jul15

CMB lança “Guia Documental da Casa Reynolds / Sociedade Nacional de Cortiças”,

olhar para o mundo

capa.jpg

 

 

CMB lança “Guia Documental da Casa Reynolds / Sociedade Nacional de Cortiças”,

7º Caderno do Arquivo Municipal

 

“Guia Documental da Casa Reynolds / Sociedade Nacional de Cortiças” é o título do mais recente Caderno elaborado pelo Arquivo Municipal da Câmara Municipal do Barreiro (CMB). O 7º número desta publicação foi lançado na passada sexta-feira, 10 de julho, no Espaço Memória – Arquivo Municipal da CMB, com a presença de elementos da família Reynolds e do Presidente da CMB, Carlos Humberto de Carvalho.

 

A família Reynolds deslocou-se ao Barreiro fazendo-se acompanhar por duas caixas que vêm enriquecer o espólio da família no Concelho.

 

O “Guia Documental da Casa Reynolds / Sociedade Nacional de Cortiças” reconstitui alguma da muita história da família no Concelho, ilustrada por um registo fotográfico, numa indústria que foi uma referência no País. Pode ser, conforme referiu, na abertura, o técnico do Arquivo Municipal da CMB e autor da publicação, Fernando Mota, um “guia para investigadores poderem trabalhar” porque nele consta um inventário do espólio documental da família no Barreiro e da sua fábrica, entretanto aumentado com as duas caixas que a família trouxe.

 

Com a “sensação de ter voltado a casa”, Martin Reynolds sublinha que a reunião do material permitiu reconstituir uma parte da história da família, desejando, mais tarde, a produção de “um livro grande sobre o assunto”.

 

História ligada às tecnologias

 

“Temos uma História que não queremos esquecer”, referiu, na ocasião, o Presidente da CMB, “sempre ligada às tecnologias”, “ao que de mais moderno existia”. E acrescentou: “Que queremos valorizar”.

 

«É nosso objetivo tornar acessível um conjunto extremamente relevante de documentação de grande importância para a história do Barreiro. (…)

Esta documentação que esteve em vias de desaparecer na voragem do tempo. Foi salva, limpa e inventariada pelo Arquivo Municipal. Pode assim contar-se parte da história da indústria corticeira no Barreiro. (…)» - palavras de Carlos Humberto de Carvalho no prefácio da publicação.

 

O “Guia Documental da Casa Reynolds / Sociedade Nacional de Cortiças” é uma publicação gratuita. Encontra-se disponível no Espaço Memória,Parque Empresarial Baía do Tejo, Rua 17, nº 10. Coordenadas GPS:38.664652, -9.064808

 

 

CMB 2015-07-14

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub