Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

31
Jul15

Cores Raras pela primeira vez em Portugal

olhar para o mundo

CORES_RARAS.png

 

 

Cores Raras pela primeira vez em Portugal

 

A oportunidade de ouvir os Cores Raras ao vivo em Portugal acontece já em agosto. Diretamente do Brasil, naquela que será a sua primeira visita ao nosso país, a banda pretende conquistar os amantes de música portugueses com o seu Rock. “Pássaros podem ou não voar em grupos” é o trabalho mais recente deste projeto e definirá, certamente, o alinhamento dos concertos.

 

As datas e os locais por onde os Cores Raras vão passar:

 

  • Dia 7 de agosto, O Meu Mercedes Bar (Porto), às 23h30;
  • Dia 8 de agosto, Armazém do Chá (Porto), às 23h00;
  • Dia 14 de agosto, Leza (Lisboa), às 22h00;
  • Dia 15 de agosto, Bar A Barraca (Lisboa), às 22h00.

 

Cores Raras: uma paleta de tons e sons Blues, Rock, regionalismo, tropicalismo e nuances de Erudito e de Jazz. O grupo – formado por Ana de Luna (voz), Antonio de Luna (guitarra e piano), Marcos Rangel (guitarra), Marcelo Pereira (baixo) e João Paulo Gravina (bateria) – é natural de Brasília e a sua história teve início em 2007. Chamavam-se Turrón Presidencial e começaram a sua trajetória musical tocando em espetáculos locais, festivais  (vencedores do FINCA em 2009, Móveis  Convida  &  Rolla  Pedra  em  2010,  entre outros),  festividades  (51°  Aniversário  de  Brasília)  e outras  cidades  (Uberaba, Rio  de  Janeiro, Pirenópolis,  Cavalcante e São Jorge).

 

Em 2010, gravaram o seu primeiro EP, intitulado “Um Breve Conceito”, gravado no Estúdio Refinaria. Daí em diante, a sonoridade da banda encontrou uma identidade, transformando-se, integrando novos elementos, instrumentais e composições – como o piano e a entrada de Ana de Luna, em  2012.  Na sequência dessas mudanças, a banda sentiu necessidade de escolher um nome mais  representativo da sua nova identidade musical, optando por Cores Raras.

 

Em dezembro de 2014, lançaram o primeiro CD de originais, “Pássaros podem ou não voar em grupos”. O processo de gravação foi iniciado no segundo semestre de 2013 e gravado no Estúdio 7 Produções. A masterização ficou por conta de Marcos Paulo Pagani, do Orbis Estúdio.

 

Durante a gravação, os Cores Raras ainda não tinham um baixista fixo, devendo os créditos nas  faixas a Dido Mariano, conhecido pelo seu trabalho nas bandas Soatá e Celebration. O disco teve ainda a participação especial dos músicos Mariano Toniatti, Gabriel Preusse, Kika Brandão, Maysa Arantes, Andressa Ferreira e as Juvelinas.

 

Apesar  do  caráter  autoral  da  banda,  ao  vivo  os músicos tocam também versões de músicas já conhecidas, como  “Why don’t we do it in  the  road” dos The Beatles, “I put a spell on you”, inspirada na versão de Creedence Clearwater Revival, um medley de músicas de Led Zeppelin, “Até o fim” de Chico Buarque e “Canceriano Sem Lar” de Raúl Seixas. O reportório, porém, passa por constantes transformações para se manter sempre fresco e novo para o público.

 

“Pássaros  podem  ou  não  voar  em  grupos” está  disponível  para  escuta  no Soundcloud  e  no  Bandcamp  da  banda, assim como nas aplicações Spotify e Deezer. O CD  pode  ser  adquirido  nos  concertos dos Cores Raras ou nos sites Amazon Music e CD Baby.

 

De salientar que esta parceria Music In My Soul/Cores Raras não seria possível sem o apoio fundamental da Casa do Brasil de Lisboa e da Associação Mais Brasil (Porto).

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub