Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

03
Fev17

Jarvis Cocker e Chilly Gonzales unem-se em novo álbum: “Room 29”

olhar para o mundo

jarvis.jpg

 

Jarvis Cocker e Chilly Gonzales unem-se em novo álbum: “Room 29”

Disco será editado a 17 de março com o selo da Deutsche Grammophon.

Situado no extremo oeste da Sunset Boulevard de Hollywood, o hotel Chateau Marmont tem visto muitos famosos a passar pelas suas portas desde que abriu ao público em 1929. Quando em 2012 o cantor e letrista britânico Jarvis Cocker ficou num dos quartos do hotel, inspirou-se a olhar para a história do hotel, um projeto colaborativo que o uniu ao multifacetado pianista e compositor canadiano Chilly Gonzales. “Room 29”, um ciclo de canções do século 21, que será lançado a 17 de março com o selo da Deutsche Grammophon. A música de Gonzales e as letras de Cocker evocam as vidas de alguns dos antigos hóspedes do quarto 29 (‘Room 29’), além de abordar a fantasia cintilante, mas também a dura realidade, de Hollywood.

“Se tens de te meter em problemas, fá-lo no Chateau Marmont, afirmou Harry Chon, fundador da Columbia Pictures, em 1939. Jarvis Cocker ficou intrigado com as ligações do hotel à história da indústria do cinema. E se fosse possível cantar as histórias de vida e os acontecimentos de que o hotel foi testemunha? A ideia também motivou a imaginação de Chilly Gonzales, e ambos os artistas embarcaram numa viagem de descoberta artística ao longo de três anos, escavando detalhes sobre antigos hóspedes como Jean Harlow, Clara (filha de Mark Twain), e o gangster de Los Angeles Meyer Choen, também conhecido como Mickey the Haberdasher. Além de dramatisarem estas histórias, as canções captam a essência da solidão do quarto de hotel  e as formas como as imagens em movimento têm influenciado as pessoas de formas que elas próprias não compreendem inteiramente. Gonzales e Cocker inspiraram-se no modelo do século XIX do ciclo de canções para uma estrutura capaz de conter uma vasta gama de emoções e estados de espírito suscitados por dramas reais e imaginários de um quarto de hotel pouco comum. O quarto 29 (‘Room 29’) emerge como uma metáfora de um lugar dentro de cada um de nós, onde vivem os nossos desejos e fantasias mais profundos.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub