Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

20
Jan14

Paulo Ventura coloca Cupcakes fora do Factor X

olhar para o mundo

Paulo Ventura coloca Cupcakes fora do Factor X

As Cupcake, frequentemente das concorrentes menos votadas nas galas anteriores, foram eliminadas na última gala do Factor X.

 

A última gala do Factor X, apresentada como habitualmente por Bárbara Guimarães e João Manzarra, trouxe uma novidade que quanto a nós proporcionou um aumento qualitativo no programa. Os concorrentes ainda em jogo interpretaram não um mas sim dois temas cada, com o segundo tema a ser acompanhado por uma banda ao vivo. Este desafio acabou por elevar ainda mais a qualidade dos concorrentes principalmente na performance em palco.

As Cupcake abriram as actuações com "Footloose" de Kenny Loggins em mais uma actuação sem chama. O grupo não transmite emoção a quem assiste, tem uma fraca presença em palco, algo que certamente se deve à sua juventude, permitindo por outro lado uma evolução positiva. "Já vos ouvi cantar melhor" e "estava à espera de mais" foram algumas das reacções dos jurados Sónia Tavares e Paulo Junqueiro.

Berg trouxe-nos "Sexo on fire" dos Kings Of Leon onde mais uma vez mostrou a sua qualidade vocal mas faltou melhor presença em palco. A actuação do concorrente gerou forte discussão entre a sua mentora Sónia Tavares e os outros dois jurados, após as criticas destes onde destacaram que "estava à espera de mais" e "que ainda procuro em ti o Factor X".

Mariana voltou ao seu nível após a fraca prestação da semana anterior. Interpretou "Garota de Ipanema" de Vicicius de Moares e Tom Jobim. Mereceu rasgados elogios dos jurados após uma actuação irrepreensível.

José Freitas, trouxe-nos uma desconhecida veia metal com "Enter Sandman" dos Metallica onde mostrou o seu extraordinário poder vocal, mas onde pecou na presença em palco. A apreciação dos jurados voltou a gerar discussão com Sónia Tavares a defender de forma aguerrida o seu concorrente, perante as criticas de Paulo Ventura e Junqueiro.

Os Aurora interpretaram "Cenário" dos Toranja numa excelente actuação com uma boa sintonia entre as suas vozes e com um melhoramento apreciável na presença em palco, algo verificado ao longo das várias galas do Factor X.

O sempre imprevisível D8 continuou a defender as suas ideias, como disse na letra que construiu para "The seed" dos The Roots. Actuação enérgica e que recolheu dos jurados bastantes elogios.

A convidada especial desta semana foi Mallu Magalhães que gravou a sua actuação momentos antes do programa inciar. Interpretou "Velha e louca" do seu mais recente disco "Pitanga".

Coube a José Freitas abrir as actuações com a banda ao vivo em palco e fê-lo de forma arrebatadora com o tema "How am i supposed to live without you" de Michael Bolton com uma colocação de voz como só ele consegue. Bastante elogiado pelos jurados, que classificaram a actuação de "excelente" e "irrepreensível".

Os Aurora cantaram, brilharam e encantaram com "Chaga" dos Ornatos Violeta. Mostraram um lado mais "malvado e escuro" dando o seu cunho a este excelente tema. "Gostei de vos ver" disse Sónia" com Junqueiro a elogiar a "postura correcta".

Mariana voltou a brilhar e começam a faltar adjectivos para classificar o seu imenso talento. Ventura indicou que "tu és o melhor que este programa term, tens de ganhar este programa". Interpretou "We Found Love" de Rihanna.

D8 era talvez quem mais dificuldades poderia ter actuando com uma banda, devido ao seu estilo hip hop/rapper mas foi talvez das mais agradáveis surpresas nesta gala. A banda potenciou ainda mais a sua voz para além da sua sempre enérgica presença em palco, desta vez interpretando "Acima das Nuvens" de JêPê,e mais uma vez com letra de sua autoria.

O seu mentor Paulo Junqueiro indicou em declarações ao Jornal Hardmusica que "é claro que o D8 me surpreendeu, esteve muito bem, melhor do que podia imaginar", mostrando "orgulho" no percurso do seu pupilo no Factor X.

As Cupcake voltaram mais uma vez a estar aquém do esperado. Actuação sem chama, que não foi pior porque a banda agarrou muito bem no tema e "encobriu" algumas falhas na interpretação do tema "to love somebody" dos Bee Gees. Ventura mesmo assim elogiou o seu grupo.

Berg encerrou as actuações com mais uma excelente prestação com "With a litle help my friends" dos Beatles. "Performance excelente" e "foste fantástico" foram alguns elogios dos jurados.

Encerradas as votações, as Cupcake e os Aurora foram os menos votados e interpretaram mais um tema cada. Coube ao seu mentor Paulo Ventura escolher quem salvava e este optou pelos Aurora.

As Cupcake apesar da eliminação, no final do programa mostraram-se "tranquilas, gostámos daquilo que fizemos a agora há que continuar a trabalhar" acrescentando que Paulo Ventura lhes disse "que gostaria de continuar a trabalhar connosco e por nós tudo bem, não poderíamos ter ninguém melhor que Paulo Ventura".

O seu mentor disse que aquando da decisão estava "calmo e que infelizmente um deles tinha de sair" acrescentando aos jornalistas que "gostava muito que o vencedor do programa fosse um grupo mas vamos ver pois todos os qua aqui estão são fantásticos e cada um com o seu estilo".

Já Paulo Junqueiro indicou que "os Aurora são melhores que as Cupcake que neste momento não têm o Factor X, não basta cantar bem" acrescentando contudo "poderão no futuro vir a ter" em declarações ao Jornal Hardmusica.

Diogo Santos, eliminado na semana anterior em conversa com o Hardmúsica contou que "foi uma semana estranha sem a rotina que tinha no programa e em que tive que me habituar", revelando que "mantenho contacto com todos desde os concorrentes, à produção pois são todas pessoas que quero que façam parte da minha vida".


Acrescentou ainda "que nenhuma editora me contactou" mas que "já houve alguns contactos para concertos meus, algo que ainda não posso revelar mas que talvez dentro de pouco tempo já possa dizer quais as datas".

O Factor X regressa no próximo Domingo para a sua antepenúltima gala e com muito talento ainda por revelar.

 

retirado do HardMúsica

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub