Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

15
Set17

PROJECTO GRALHA | …DA ARTE NO AUDITÓRIO DA ESCOLA SECUNDÁRIA DA BELA VISTA

olhar para o mundo

Gralha.png

 

PROJECTO GRALHA

 

…DA ARTE

 

20 DE SETEMBRO DE 2017 | 17h00 | AUDITÓRIO DA ESCOLA SECUNDÁRIA DA BELA VISTA

 

Partindo de uma reflexão e questionamento sobre o que resta e o que sobra numa sociedade de hiperabundância, o Instituto Politécnico de Setúbal e a Câmara Municipal de Setúbal promovem um ciclo de debates públicos de questões de natureza sociocultural, aberto à participação da comunidade académica e do público em geral.

Cada reflexão promove o debate de um tema específico e conta com participação de personalidades de reconhecido mérito nessa área. O projeto, designado como Gralha, tem programado um ciclo de sete encontros que têm o mote “O Resto, o Sobrante…”, e que vão decorrer em 2017 e 2018.

segundo debate do ciclo irá decorrer no dia 20 de Setembro, pelas 17h00, no auditório da Escola Secundária da Bela Vista, Setúbal. Dedicado ao tema “O Resto, o Sobrante da Arte", à mesa, sob moderação de Cristina Gomes da Silva, docente do IPS, estarão reunidos o músico Alexandre Branco Weffort, a escritora e jornalista Ana Margarida de Carvalho, o assessor para a cultura da Câmara Municipal de Setúbal Manuel Augusto AraújoMarco Martins, realizador de "São Jorge" (parcialmente rodado justamente no bairro setubalense da Bela Vista), e ainda Nuno Lopes, que com a sua interpretação do protagonista deste filme, um pugilista desempregado, conquistou o prémio de Melhor Ator na última edição do Festival Internacional de Cinema de Veneza.

Antes mesmo do debate, pelas 16h00, está previsto uma visita a alguns elementos do Núcleo Museológico Urbano da Bela Vista, projeto escultórico e de requalificação urbana que, desde 2011, tem vindo a ser desenvolvido pelo município de Setúbal, com o objetivo de envolver os moradores e de atrair pessoas de outros locais da cidade e do País a um bairro associado a estereótipos negativos e profundamente estigmatizado. O programa prossegue à noite, pelas 21h30, na Casa da Cultura, com a apresentação, gratuita, do filme "Twenty-one-twelve - The Day The World Didn't End" (2013), de Marco Martins, naquela que será a sua segunda exibição em território português, depois de uma única sessão na Fundação Calouste Gulbenkian. A obra, realizada para ser exibida no Museu do Louvre, Paris, foi rodada em sítios tão distintos como Lisboa, Tóquio, Mumbai, Biella (Itália), Oxford e Trás-os- Montes, e descreve a rotina de 12 personagens no dia que antecede o presumível fim do mundo: 20 de Dezembro de 2012.

A entrada é livre.

Mais informações sobre o projeto em www.ips.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub