Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

26
Jun17

Sesc Pompeia recebe show de lançamento do novo disco de Lucas Santtana, Modo Avião

olhar para o mundo

lucassantana.jpg

 

 

Sesc Pompeia recebe show de lançamento do novo disco de Lucas Santtana, Modo Avião, nos dias  01 e 02 de julho

Sétimo trabalho do artista baiano reúne música, desenhos coloridos,  poemas e prosa

 

O cantor e compositor Lucas Santtana desembarca no Sesc Pompeia para lançar o seu sétimo trabalho e primeiro audiofilme, nos dias 01 (sábado) e 02 (domingo) de julho. Intitulado Modo Avião, o novo projeto leva o artista a um lugar nunca visitado: o da criação de personagens, para contar histórias em forma de canções.

Em Modo Avião, Lucas desenvolve uma nova linguagem a partir de um tema específico: um atento resumo de suas vivências ao longo de seu processo criativo, que dessa vez será uma obra registrada em áudio e livro. O registro traz textos do músico baiano, juntamente com JP Cuenca, ilustração de Rafael Coutinho e design de Iansã Negrão.

A narrativa em prosa, escrita a quatro mãos, é misturada à poesia das músicas de Santtana, que lança um disco homônimo.  Gravado com microfone binaural, que permite uma audição 360°, próxima do ouvido humano, o projeto permite uma audição imersiva. As músicas são intercaladas com diálogos interpretados por atores e o próprio músico. "Modo Avião é um convite à pausa nessa sociedade do cansaço, onde ficar 10 minutos longe do celular é um esforço homérico”, afirma Santtana.

No Sesc Pompeia, Lucas Santtana (voz, violão e sampler) sobe ao palco ao lado de Fábio Pinczowski (sintetizadores), André Lima (sanfona e sintetizadores) e Gil Monte (monome e escaleta). O cenário e as projeções trazem a assinatura da artista visual Roberta Carvalho.

Numa noite que mistura música e cinema, o novo álbum será tocado na íntegra,  com as faixas tocadas exatamente como gravadas, e executadas em sincronia com as imagens do livro. E ainda, além das músicas do recente trabalho, o cantor trará sucessos, como: “Cira, Regina e Nana”, “Partículas de Amor” e “De Coletivo ou De Metrô”.

Modo Avião é um projeto patrocinado pelo Natura Musical e pelo Governo do Estado da Bahia, através do programa Fazcultura, da Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Sinopse de Modo Avião

Segundo o ensaísta Jonathan Crary: "o sono é uma interrupção sem concessões no roubo de nosso tempo pela velocidade do mundo atual. A imensa parte de nossas vidas que passamos dormindo, libertos de um atoleiro de carências simuladas, subsiste como uma das grandes afrontas humanas à voracidade do capitalismo contemporâneo".

A história de Modo Avião começa no embarque do personagem principal para um vôo internacional. Nessa viagem existencial ele encontra outros personagens e tem com eles conversas sobre relacionamentos, sobre a ansiedade, e sobre o tempo frenético e não humano que estamos vivendo. No final da história uma grande surpresa é revelada. Até lá, tudo parecerá um dia meio "estranho" na vida desse personagem.”

Modo Avião, sétimo disco de estúdio de Lucas Santtana, é um divisor de águas na sua trajetória. Na verdade não se trata de um disco, mas de um audiofilme, um novo gênero musical inventado por Lucas que mistura música, literatura, cinema e arte dramática. O audiofilme foi produzido por Lucas Santtana e Fabio Pinczowski

história desse audiofilme é contada através de 8 canções composta por Lucas Santtana, algumas delas em parceria. Como Um enorme rabo de baleia, com a poeta Alice Sant’AnnaSó o som, com o ensaísta Fred Coelho e Brasa de dois, com o músico Lucas Vasconcellos.

Além das canções, um texto literário escrito a quarto mãos por João Paulo Cuenca e Lucas Santtana contam essa história auditiva. É como se você fosse ao cinema e assistisse um filme de olho fechado, entendendo a história apenas através do texto, das músicas, e dos sons ambientes.

No disco Sem Nostalgia, de 2009, Lucas Santtana já havia feito experiências com o som ambiente. Mas em Modo Avião ele é um dos personagens principais. O disco foi todo gravado com microfonação binaural. O que é isso???

microfonação binaural é bastante utilizada no cinema para captar o som ambiente das cenas. Os microfones normais permitem ao ouvinte uma audição 180º. O microfone binaural permite uma audição 360º. Os sons gravados com um microfone binaural proporcionam uma escuta surround e mais próxima do ouvido humano. Modo Avião é o primeiro disco na história da música brasileira a utilizar 100% esse tipo de microfonação.

Dessa maneira, ao escutar o disco, você vai se sentir dentro de uma floresta, ou num restaurante ou numa praia deserta, etc.

Lucas Santtana chamou um time de grandes atores para serem as vozes dos personagens dessa história.Patrícia Pillar interpreta Maria, Georgette Fadel interpreta Graciela, Mariana Lima dá voz a Alice, Aury Porto ao personagem O outro, Maria Manoella representa a mulher do avião, Cadu Fávero, o garçom do restaurante e Carolina Bianchi, a personagem Marina.

Mas não terminamos ainda essa viagem. Um livro artesanal, costurado a mão e editado pela Lote 42, acompanha esse audiofilme. Com desenhos de Rafael Coutinho, o livro mistura quadrinhos, pintura e desenhos, proporcionando mais uma camada nessa aventura multi-artística.

Apertem o cinto de segurança, se ajeitem nas suas poltronas, coloquem os seus fones de ouvido e tenham todos uma boa viagem.

Ah! E fundamental, coloquem seus aparelhos em Modo Avião!”

 

 

 

Sobre o Projeto Plataforma

Para lançar novos trabalhos de cantores e compositores, o projeto se estabelece como uma verdadeira plataforma para expor essas obras. O Plataforma confere um caráter original às apresentações e recebe, no Sesc Pompeia, artistas de diversos estilos e gerações.

Há mais de dez anos, o Plataforma apresenta lançamentos de CDs, DVDs, vinis e shows inéditos. Entre os artistas que passaram por aqui, estão Arnaldo Antunes, BNegão, Aláfia, Guilherme Arantes, Bixiga 70, Alceu Valença, Marcelo Jeneci, Fundo de Quintal, Felipe e Pepeu Gomes, Móveis Coloniais de Acaju, Nana Caymmi, Lenine, Nação Zumbi, Mundo Livre S/A e Jards Macalé.

 

Serviço: 
Lucas Santtana
Dias 1 e 2 de julho de 2017. Sábado, às 21h. Domingo, às 18h.

Teatro

Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (credenciado*/usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub