Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

11
Fev14

Morreu actriz norte-americana Shirley Temple

olhar para o mundo
Morreu actriz norte-americana Shirley Temple

A actriz norte-americana Shirley Temple morreu na segunda-feira aos 85 anos, em Woodside, Califórnia, revelou hoje a família. Em comunicado, citado pela BBC, a família explica que a actriz morreu de causas naturais.

 

Nascida a 23 de Abril de 1928, em Santa Mónica (Califórnia), Shirley Jane Temple começou muito cedo na representação, aos três anos, e rapidamente se tornou numa estrela do cinema norte-americano nos anos da Grande Depressão nos Estados Unidos, com um ar doce e caracóis dourados em filmes como "Bright Eyes" (1934) e "A princesinha" (1939).

 

Trabalhou com John Ford, John Wayne, Henry Fonda, Cary Grant e Ginger Rogers, entre outros, e o sucesso em Hollywood extravasou o grande ecrã, com a sua imagem a ser reproduzida em dezenas de produtos comerciais, como acessórios, canecas e bonecas.

 

Em 1935, quando Shirley Temple tinha sete anos, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas atribuiu-lhe um Óscar em reconhecimento pelo contributo para o mundo do entretenimento.

 

Nos anos 1950 e 1960 - já depois de ter feito mais de 40 longas-metragens e de ter abdicado do cinema - protagonizou alguns programas televisivos, nomeadamente "Shirley Temple's Storybook" e "Shirley Temple Show", ao mesmo tempo que tentava uma carreira política, candidatando-se ao Congresso norte-americano pelo Partido Republicano.

 

Apesar de não ter conseguido ser eleita, Shirley Temple manteve-se ligada à política e à diplomacia nas décadas seguintes.

 

A convite do presidente Richard Nixon, trabalhou na Organização das Nações Unidas e foi embaixadora no Gana, com o presidente Gerald Ford foi chefe de protocolo e, entre 1989 e 1992, foi embaixadora na antiga Checoslováquia, a convite de George Bush.

 

Depois de um primeiro casamento, aos 17 anos, que durou cinco anos, Shirley Temple voltou a casar em 1950 e teve dois filhos.

 

Em 1972, a actriz teve cancro da mama e tornou-se numa das primeiras figuras públicas a falar abertamente da doença.

 

Em 1988 publicou uma autobiografia, "Child Star", e, segundo a página oficial da actriz na Internet, estaria actualmente a preparar um novo volume biográfico.

 

Retirado do Sol

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub