Segunda-feira, 06.05.13

Estoril empata na Luz abre a porta ao Porto para o campeonato

Estoril empata na Luz e Benfica vai ao Dragão só com dois pontos de vantagem

Equipa de Jorge Jesus foi travada (1-1) em casa pelo Estoril.

O Benfica regressou à Luz depois de garantir a presença na final da Liga Europa, mas o regresso revelou-se amargo para os “encarnados”. A equipa de Jorge Jesus esteve a perder frente ao Estoril, mas acabou por conseguir restabelecer a igualdade. No entanto, jogou a parte final do encontro em inferioridade numérica, e não conseguiu ir além do empate, interrompendo uma série de nove vitórias consecutivas na I Liga.

 

A duas jornadas do final da I Liga, o Benfica viu diminuir de quatro para dois pontos a vantagem sobre o FC Porto na classificação. E, na próxima jornada, as duas equipas defrontam-se no Dragão. Um jogo que assume ainda maior importância nas contas do título.

Não houve surpresas nas escolhas de Jorge Jesus: jogaram os 11 que têm sido normalmente titulares, embora o treinador “encarnado” tenha sido obrigado a fazer uma alteração na equipa logo aos 32’. Enzo Pérez, lesionado, teve de sair, cedendo o lugar a Carlos Martins. Mas o internacional português não esteve em campo até ao final: foi expulso aos 78’, por acumulação.

 

Por essa altura já o Estoril tinha equilibrado os acontecimentos na Luz. O Benfica entrou melhor na partida, com Lima a levar perigo à baliza de Vagner logo aos dez segundos. O avançado brasileiro rematou de cabeça, mas o guarda-redes estorilista segurou a bola. Aos 22’, após um livre, Lima surgiu sozinho na área mas, com tudo para fazer golo, rematou de pé esquerdo para fora.

Se, numa fase inicial, o domínio pertenceu ao Benfica, a equipa de Marco Silva melhorou consideravelmente e começou a ameaçar a baliza de Artur. Luís Leal, lançado em velocidade pelo lado esquerdo, caiu na área (25’) e nas imagens televisivas viu-se uma ligeira pisadela do guarda-redes “encarnado” ao avançado do Estoril. O árbitro Paulo Baptista nada assinalou. Aos 29’ Luís Leal voltou a estar em destaque: rematou de longe, para defesa apertada de Artur, quando Licá já surgia para fazer a recarga.

 

Lima ainda dispôs de dois lances antes do intervalo, mas não houve golos. Aos 33’ acertou no poste da baliza do Estoril, e aos 45’, após cruzamento de Cardozo, não conseguiu fazer o desvio e Vagner segurou a bola.

 

O segundo tempo começou com outra oportunidade de golo para o Benfica. Maxi Pereira recebeu a bola na área, passou pelo guarda-redes e atirou para a baliza, mas surgiu Jefferson a evitar o golo (55’).

 

Porém, foi o Estoril que fez o marcador funcionar. Depois de evitar o golo do Benfica, Jefferson foi ao outro lado do campo dar vantagem aos visitantes. O lateral esquerdo marcou um livre directo, Licá surgiu na área (e em aparente posição irregular) mas não tocou na bola e o seu movimento ludibriou Artur, que deixou a bola passar-lhe por baixo. Logo a seguir o Estoril quase voltava a marcar: Licá, isolado por Carlos Eduardo, rematou por cima (62’).

 

Mas o Benfica conseguiu reagir e restabelecer a igualdade aos 68’: Maxi Pereira recebeu a bola na área e rematou forte, sem hipóteses para Vagner. Foi o terceiro golo do uruguaio na I Liga.

 

Porém, o Benfica sofreu uma contrariedade com a expulsão de Carlos Martins, aos 78’, que viu o segundo cartão amarelo. Em inferioridade numérica, os “encarnados” continuaram a procurar o golo, mas sem o discernimento necessário.

 

Este empate deixa o Benfica com 74 pontos na classificação, mais dois que o FC Porto. Na próxima jornada as duas equipas defrontam-se no Dragão. Já o Estoril passa a somar 39 pontos e segue na sexta posição da tabela, a última que pode dar uma participação nas competições europeias. A equipa de Marco Silva tem mais três pontos que o Sporting.

 

Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 22:42 | link do post | comentar
Sábado, 24.11.12

Barcelona pode jogar no campeonato francês em caso de independência da Catalunha

Barcelona pode jogar no campeonato francês em caso de independência da Catalunha
Barcelona pode jogar no campeonato francês em caso de independência da Catalunha

Numa altura em que a independência da Catalunha está na ordem do dia devido às eleições regionais deste domingo, o presidente da Câmara de Barcelona diz que o principal clube da cidade catalã até pode jogar no campeonato francês, caso a região consiga a independência de Espanha.

«Nós, na Catalunha, não temos a possibilidade de ter uma liga competitiva, que seja interessante do ponto de vista do espetáculo. Haveria muito poucas equipas. O Barcelona teria de aderir a um outro campeonato. Ao campeonato espanhol ou mesmo ao campeonato francês», afirmou Xavier Trias, em declarações à agência de noticias AFP.
Notica de A Bola
publicado por olhar para o mundo às 21:53 | link do post | comentar
Domingo, 28.10.12

Um galo tenrinho em Barcelos para o Benfica

Um galo tenrinho em Barcelos para o Benfica

O Benfica venceu este sábado o Gil Vicente, em Barcelos, por 3-0 e isolou-se, provisoriamente, na liderança da Liga. O jogo ficou resolvido na primeira parte.


Jorge Jesus não poderia ter pedido um melhor arranque de partida. Aos 2’, na primeira vez em que o Benfica chegou à área minhota, Lima inaugurou o marcador, de cabeça, após um cruzamento de Maxi Pereira.

O Gil acusou o toque, começou a falhar passes atrás de passes e mostrou grande dificuldade nas marcações, o que facilitava a vida a Enzo Pérez e Ola John, com muito espaço nas alas.

Aos 27’, Enzo Pérez descobriu Lima na área, o brasileiro assistiu Luisinho e o lateral esquerdo fez golo no primeiro remate à baliza de Adriano.

O Benfica passou, então a jogar ainda mais à vontade. E aos 45+2’ chegou ao 3-0, por André Gomes. O médio que habitualmente representa a equipa B ganhou um ressalto na área e desviou com subtileza para as redes.

No segundo tempo, os “encarnados” tiraram o pé do acelerador e esperaram que o Gil se expusesse mais na defesa. Lima poderia ter feito o 4-0 na cara de Adriano, mas o guarda-redes brasileiro levou a melhor.

Pouco depois, Enzo Pérez viu o segundo amarelo e o Benfica ficou a reduzido a dez. A partir desse momento, os minhotos ganharam algum ascendente e estiveram perto de marcar, quando Yero atirou à trave na sequência de um canto.

Com este resultado, o Benfica passou a somar 17 pontos em sete jogos, mais três do que o FC Porto, que só no domingo entra em campo, no terreno do Estoril.


Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 12:28 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

posts recentes

últ. comentários

  • Comigo acontece do mesmo jeito mas quem dorme sou ...
  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds

blogs SAPO