Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

12
Out13

Por que Portugal ainda não está matematicamente no play-off

olhar para o mundo

Por que Portugal ainda não está matematicamente no play-off

A selecção portuguesa de futebol ainda não assegurou matematicamente um lugar no play-off de apuramento para o Mundial de 2014, embora seja altamente improvável que Portugal não tenha essa segunda oportunidade de chegar ao Brasil.

 

Os primeiros classificados de cada um dos nove grupos apuram-se directamente para o Mundial. E os oito melhores segundos classificados disputam um play-off.

 

Portugal soma presentemente 18 pontos, mas como joga num grupo com seis equipas terá de descartar os pontos obtidos com o último classificado do grupo – é esta a forma definida pela FIFA para o segundo classificado do Grupo I, que só tem cinco formações, não ser prejudicado.

 

Assim, Portugal tem actualmente 15 pontos nas contas dos segundos classificados (deita fora três pontos ganhos ao Luxemburgo). Mas, se perder com o Luxemburgo na terça-feira e o Azerbaijão cair para último, a formação das “quinas” passa a somar apenas 12, no somatório com primeiro, terceiro, quarto e quinto classificados do seu grupo.

 

Ficando pelos 12 pontos, a selecção lusa arrisca-se a ser o pior segundo, entre os nove grupos de apuramento, já que há a possibilidade de todos fazerem pelo menos essa pontuação.

 

A Bulgária, segunda classificada do Grupo B, não pode fazer mais do que 10 pontos nestas contas, mas a Arménia, presentemente no quinto posto, ainda pode saltar para o segundo e chegar a 12, uma vez que só descarta três pontos com Malta, garantidamente a última classificada desse grupo.

 

De qualquer forma, para a Arménia ser uma melhor segunda classificada do que Portugal é necessária uma conjugação de resultados (bastante improvável): a selecção portuguesa perder com o Luxemburgo, a Arménia derrotar a Itália, a Dinamarca perder com Malta e a República Checa empatar com a Bulgária – e mesmo que Portugal perca e esta conjugação de resultado se verificar, a equipa de Bento estaria no play-off se for a Irlanda do Norte (e não o Luxemburgo) o último classificado do grupo. Isto porque só descartaria quatro dos 18 pontos já somados.

 

No que respeita aos outros agrupamentos, a Turquia (Grupo D) pode atingir os 13 pontos, a Ucrânia (H) os 15, a Islândia (E) os 16, a Croácia (A), a Suécia (C) e a França (I) os 17 e a Grécia (G) os 19.

 

José Manuel Ribeiro

 

Retirado do Público

02
Fev13

O longo e difícil trajecto dos Lobos rumo a Inglaterra começa neste sábado

olhar para o mundo

O longo e difícil trajecto dos Lobos rumo a Inglaterra começa neste sábado

A selecção nacional de râguebi inicia, no Estádio Universitário de Lisboa, a fase de qualificação para o Mundial 2015.

 

Os anos passam, mas a história repete-se. A selecção nacional de râguebi inicia neste sábado, no Estádio Universitário de Lisboa, frente à Roménia (15h30, SportTV4), a fase de qualificação para o Mundial 2015. E, à semelhança do que aconteceu em apuramentos anteriores, Portugal não estará na máxima força. Para além das incontornáveis lesões, o seleccionador Errol Brain não pode contar com jogadores importantes para a equipa por “motivos pessoais”. Mais uma vez, a “chantagem” a que os atletas são sujeitos pelos clubes franceses fragiliza os Lobos.

 

A situação é delicada para a Federação Portuguesa de Râguebi (FPR) e parece não ter resolução. A selecção nacional recebe hoje a Roménia, um dos principais rivais na luta pelo apuramento directo para o Mundial, mas jogará desfalcada num dos sectores onde, tradicionalmente, sente mais dificuldades frente às formações do Leste: a primeira-linha.

 

Perante um adversário que tem na força do pack avançado a sua principal arma, Portugal não vai contar com Cristian Spachuk, Tadjer Barbosa, David Penalva e Aurélien Béco. Os três primeiros invocaram “motivos pessoais” para não defrontarem a Roménia, enquanto Béco informou que está lesionado, apesar de a FPR não ter recebido qualquer relatório médico a justificar a lesão.

 

Contactado pelo PÚBLICO, Tomaz Morais, director técnico nacional, explicou que Tadjer Barbosa e David Penalva entraram em contacto com a FPR e que os dirigentes federativos, “olhando para o lado humano”, acederam às solicitações dos jogadores. “Ao Tadjer Barbosa, que acaba contrato este ano, foi pedido para jogar. O clube tem os outros talonadores lesionados. Percebemos que era importante para ele jogar pela equipa e chegámos a um acordo”, revelou.

 

O mesmo se passa com David Penalva, “um jogador muito querido” que “já deu muito à selecção”. Em relação a Spachuk, o luso-argentino “vai ser pai” e não queria “deixar a mulher, que é portuguesa e não fala francês, sozinha em França”. Os três jogadores estarão, no entanto, disponíveis para próximas convocatórias.

 

Diferente é a situação de Aurélien Béco. O jogador do Colomiers informou a FPR que “tinha uma lesão no pescoço”, mas, ao contrário do que aconteceu com Samuel Marques — o Albi enviou o relatório médico —, todas as tentativas federativas para confirmar a lesão de Béco foram infrutíferas. “Vamos estar atentos ao que se vai passar este fim-de-semana”, garantiu Tomaz Morais.

 

O director técnico nacional, que sabe que “os jogadores sofrem muita pressão pelos clubes”, lembrou que há regulamentos para cumprir e garantiu que a FPR será intransigente a fazer valer os seus direitos se Béco alinhar pelo Colomiers neste fim-de-semana.

 

Apesar das ausências, Morais acredita que Portugal tem “armas para derrotar a Roménia”, num jogo que “vai ser decidido no combate”. “Se aguentarmos a intensidade que os romenos vão introduzir no jogo, podemos vencer”, afirma o director técnico nacional, que, no entanto, adverte para a pouca rotina de jogo entre o par de médios: Francisco Magalhães e Pedro Leal.

 

Para além da Roménia, Portugal terá que defrontar no apuramento a Geórgia, a Rússia, a Espanha e a Bélgica. Os georgianos são os grandes favoritos e dificilmente deixarão fugir o primeiro lugar, mas entre as restantes selecções há muito equilíbrio.

 

Os romenos, que nunca falharam o apuramento para um Campeonato do Mundo, serão, em teoria, os principais rivais de Portugal na luta pelo segundo lugar, a par da Rússia, que, nos últimos anos, tem dado muitas dores de cabeça à selecção portuguesa.

 

Num segundo patamar, mas com legitimas aspirações a lutar pela qualificação estão a Espanha e a Bélgica. Os espanhóis têm progredido muitos nos últimos anos e são sempre um problema para Portugal, pela rivalidade entre as duas selecções, enquanto os belgas, que contam com muitos jogadores que alinham nos campeonatos franceses, são a grande incógnita.

 

Os dois primeiros classificados da fase de qualificação, que apenas terminará em Março do próximo ano, apuraram-se directamente para o Mundial 2015, enquanto o terceiro classificado vai disputar uma repescagem.

 

XV de Portugal: 1 - Francisco Fernandes, 2 - João Correia, 3 - Juan Murré, 4 - Gonçalo Uva, 5 - David dos Reis, 6 - Jacques Le Roux, 7 - Julien Bardy, 8 - Juan Severino; 9 - Francisco Magalhães, 10 - Pedro Leal, 11 - Gonçalo Foro, 12 - Carl Murray, 13 - Frederico Oliveira, 14 - Adérito Esteves, 15 - Nuno Penha e Costa.

 

XV da Roménia: 1 - Lazar Mihaita, 2 - Radoi Andrei, 3 - Ursache Andrei, 4 - Ursache Vali, 5 - Sirbe Marius, 6 - Lucaci Viorel, 7 - Macovei Mihai, 8 - Carpo Daniel, 9 - Surugiu Florin, 10 - Manole Dorin, 11 - Apostol Adrian, 12 - Vlaicu Florin, 13 - Dascalu Robert, 14 - Rosca Mihai, 15 - Fercu Catalin.

 

Calendário da 1.ª fase do apuramento:


Jornada 1 (2 Fevereiro)


PORTUGAL - Roménia
Rússia - Espanha
Bélgica - Geórgia

 

Jornada 2 (9 Fevereiro)


Geórgia - PORTUGAL
Roménia - Rússia
Bélgica - Espanha

 

Jornada 3 (23 Fevereiro)


Rússia - Geórgia
Espanha - Roménia
PORTUGAL - Bélgica

 

Jornada 4 (9 Março)


Geórgia - Espanha
PORTUGAL - Rússia
Bélgica - Roménia

 

Jornada 5 (16 Março)


Roménia - Geórgia
Espanha - PORTUGAL
Rússia - Bélgica

 

Retirado do Publico

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub