Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

25
Nov15

Hugo Diogo aka Dygo Boy - “Ainda estamos com missões individuais e não colectivas”

olhar para o mundo

Hugo Diogo aka Dygo Boy.jpg

 

 

“Ainda estamos com missões individuais e não colectivas” - Hugo Diogo aka Dygo Boy

 

Hugo Diogo Mendonça, também conhecido como Dygo Boy ou JURU$, é um jovem rapper e apresentador de TV moçambicano que sempre defendeu a cultura do hip hop em Moçambique e cuja entrevista trazemos esta semana no Kaymu & Amigos.

 

Com uma longa carreira, Hugo Diogo é apaixonado por música desde tenra idade. É também devido a esta sua paixão pelo hip-hop que surge o interesse pela área da comunicação. Após ter terminado o curso de Marketing Comercial na Universidade de Stellenbosch (Cape Town) e ter trabalhado 4 anos na Banca, decidiu seguir o seu sonho de ajudar a derrubar algumas portas para o desenvolvimento da música e cultura moz. Assim, entrou na rede de comunicação Miramar Moçambique em 2012, onde permanece até hoje como apresentador do programa Atracções, o meeting point dos artistas do mundo da música com rubricas como entrevistas, apresentações musicais, videoclipes, agenda, entre outros.


Quando questionado acerca do polémico tema floss rap, Dygo boy deixa bem claro que pratica este estilo desde 1998 e que, hoje em dia, o floss rap pode ser comparado ao rap comercial. Ainda sobre o mesmo tema, acrescenta: “o que é gratificante é notar que fomos tão criticados por fazer esse estilo mas hoje em dia é o que todos os rappers cantam”.

 

Debruçando-se sobre a indústria dos media moçambicanos, refere que vê bem a evolução da área da comunicação, apesar de ainda existirem alguns obstáculos a serem ultrapassados, nomeadamente a concretização de objectivos colectivos.

 

Dygo Boy começou a carreira como MC, subindo aos palcos do tchova com rappers que no momento surgiam na praça. Em 2004 foi, a par do Bola de Prata, convidado pelo grupo de street rap B.O.C. (composto por Masta Bad, Carbono, 3H, Denny O.G, Dynomite) para integrar o grupo que se viria a chamar Magnezia, tendo iniciado uma carreira de sucesso no mundo do hip-hop moçambicano. A par das suas funções como apresentador televisivo, é também CEO da label Turma do Exagero Music.

 

Leia a entrevista completa em: http://www.kaymu.co.mz/kea-entrevista-hugo-diogo/

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub