Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

17
Mar16

James Bay lança single de beneficência, “Running (Live At Abbey Road)”

olhar para o mundo

james bay.jpg

 

 

James Bay lança single de beneficência, “Running (Live At Abbey Road)”

 

Single é a canção oficial da campanha Sport Relief

 

A campanha de beneficência Sport Relief, que faz parte do evento Comic Relief, e que pretende angariar fundos para ajudar pessoas com mais necessidades, acaba de anunciar que James Bay, vencedor deste ano do prémio Brit para Melhor Artista Masculino Britânico, vai lançar uma versão muito especial da canção "Running" como single oficial do Sport Relief de 2016, sendo que o tema já se encontra disponível para download no iTunes.
 
A versão original desta canção fez parte da edição deluxe do multiplatinado álbum de estreia do músico britânico, "Chaos and the Calm", sendo que esta nova versão foi regravada no mês passado nos célebres estúdios de Abbey Road para angariar fundos para o Sport Relief. 
 
O vídeo do single foi filmado durante a gravação de James nos estúdios de Abbey Road e já está disponível no canal Vevo. James Bay vai ainda interpretar esta canção no evento Sport Relief Night of TV, que será transmitido na BBC One esta sexta-feira.
 

 

 
18
Jan16

Years & Years e James Bay lideram nomeações para os Brit Awards 2016

olhar para o mundo

picture.jpg

 

 
Years & Years e James Bay lideram nomeações para os Brit Awards 2016



Vencedores serão anunciados a 24 de fevereiro, em Londres

Já foram revelados os nomeados deste ano para os Brit Awards, os mais importantes prémios entregues pela indústria discográfica britânica, sendo que o grupo Years & Years e o cantautor James Bay estão entre os artistas mais nomeados deste ano, concorrendo em quatro categorias cada um. 
 
Este ano os Brit Awards prepararam algumas surpresas nas nomeações, tendo nomeado Amy Winehouse (que morreu em 2011) na categoria de Melhor Artista Feminina Britânica, graças ao documentário e respetiva banda sonora que foram lançados no ano passado. Além de Winehouse, está também nomeada nesta categoria Florence + The Machine, que ainda concorre ao prémio de Álbum Britânico do Ano Mastercard (com "How Big How Blue How Beautiful").
 
Outra das surpresas é a nomeação dos Eagles of Death Metal para Melhor Grupo Internacional, à luz dos recentes acontecimentos trágicos que tiveram lugar em Paris. O grupo norte-americano concorre ao lado dos U2 nesta categoria.
 
Entre os mais nomeados estão os Years & Years e James Bay. Os primeiros concorrem aos prémios de Melhor Grupo Britânico, Artista Revelação Britânico, Melhor Single Britânico e Vídeo do Ano (os últimos dois pela canção "King"). JáJames Bay está nomeado para Melhor Artista Masculino Britânico, Álbum Britânico do Ano Mastercard (com "Chaos and the Calm"), Artista Revelação Britânico e Melhor Single Britânico (com "Hold Back the River").
 
Nesta última categoria estão ainda nomeados Ellie Goulding (com "Love Me Like You Do") e Philip George (com "Wish You Were Mine"). Já para o prémio de Vídeo do Ano, além dos Years & Years, encontram-se também entre os nomeados Sam Smith (com "Writing’s On the Wall", que já recebeu um Globo de Ouro e está nomeada para um Óscar), Jessie J (com "Flashlight") e Naughty Boy feat. Beyoncé and Arrow Benjamin [com "Runnin' (Love It All)"].
 
Nas categorias internacionais Justin Bieber volta a ser nomeado, agora para Melhor Artista Masculino Internacional, ao lado do também canadiano The Weeknd e dos rappers Drake e Kendrick Lamar. Já na categoria de Melhor Artista Feminina Internacional encontram-se, entre outras, as cantoras Lana Del Rey e Ariana Grande.
 
Os vencedores serão conhecidos a 24 de fevereiro, numa cerimónia a ter lugar na O2 Arena, em Londres, onde vão atuar alguns dos nomeados, entre eles James Bay,Justin Bieber e The Weeknd. 
13
Mai15

JAMES BAY Álbum de estreia "Chaos and the Calm" elogiado pela crítica

olhar para o mundo

jamesbay.jpg

 

JAMES BAY

Álbum de estreia "Chaos and the Calm" elogiado pela crítica



Disco elogiado entre outros pelo New York Times, Billboard e Rolling Stone

O álbum de estreia de James Bay, "Chaos and the Calm", acabado de chegar ao mercado, revela-se já um sucesso comercial mas também entre a crítica: New York Times, Billboard e Rolling Stone são apenas algumas das publicações que já teceram rasgados elogios ao álbum do músico.
 
O New York Times, por exemplo, diz que Bay cruza influências da folk e soul num género muito próprio. O músico, prossegue o jornal, "é tudo isso e mais". Já aBillboard diz que James Bay é o próximo grande nome da folk ao passo que aRolling Stone enaltece o bom gosto das canções do britânico.
 
Entre colegas músicos, há também elogios para James Bay. Sam Smith, por exemplo, diz que "todos" precisam de ouvir o músico, um verdadeiro "talento", eHozier foi outro nome que demonstrou já publicamente apreço pelas canções do músico.
 
James Bay, de 24 anos, é um compositor de Hertfordshire, a cerca de 40 quilómetros de Londres. Este ano o músico foi premiado com o "Critics Choice Award" nos Brit Awards. Este prémio já distinguiu no passado nomes como Sam Smith, Adele ouEllie Goulding, entre outros.
 
"Chaos and the Calm", o álbum de estreia que acaba de ser posto à venda, chegoua número 1 na tabela de discos do Reino Unido. 
 
James Bay é já um dos grandes fenómenos do ano. A juntar ao disco de estreia há a registar um concerto no NOS Alive, onde o músico toca a 09 de julho, primeiro dia do certame. Esta será a estreia de Bay em palcos portugueses.
 

 

07
Abr15

JAMES BAY Álbum de estreia "Chaos And The Calm" já disponível

olhar para o mundo

jamesbay.jpg

 

 


JAMES BAY

Álbum de estreia "Chaos And The Calm" já disponível



Número 1 do Top britânico na semana de lançamento

O álbum de estreia de James Bay, "Chaos And The Calm", já está disponível no mercado português. O disco é um dos mais aguardados do ano e marca a chegada ao grande público de um dos recentes fenómenos musicais ingleses.
 
James Bay, de apenas 24 anos, é um cantor e compositor de Hitchin Hertfordshire, a cerca de 40 quilómetros de Londres. Este ano, o músico foi distinguido com o Critics´Choice Award, nos BRIT Awards. Este prémio já foi atribuído, no passado, a nomes como Florence And The Machine, Sam Smith, Adele, Jessie J, Ellie Goulding, entre outros.
 
O álbum de estreia "Chaos And The Calm", que acaba de ser posto à venda, já está em nº 1 na tabela de discos do Reino Unido, e chega-nos após o lançamento de quatro EP´s, o primeiro dos quais - "The Dark Of The Morning" - saiu em Julho de 2013.
 
James Bay promete ser um dos grandes fenómenos do ano e já tem presença confirmada no NOS Alive’15, onde toca a 9 de Julho, o primeiro dia do festival, e que será a estreia do músico em palcos portugueses. Por agora, já está cá fora "Chaos And The Calm", um disco "com coração", como definiu a revista Clash, escrito e tocado por um músico com "imenso potencial", realçou o All Music Guide.
 

 

02
Dez14

Críticos apontam George The Poet, James Bay e Years & Years como apostas para 2015

olhar para o mundo

picture.jpg

 

 

Críticos apontam George The Poet, James Bay e Years & Years como apostas para 2015

Estes são os repetentes nas listas dos Brit Awards e da BBC Sound of 2015

George The Poet, James Bay e Years & Years, são os nomeados para o prémio "Critic’s Choice" dos Brit Awards. A distinção, que no passado já coube a nomes como Sam Smith, Jessie J, Adele, Tom Odell, Ellie Goulding ou Florence + the Machine, será entregue ao vencedor na quinta-feira, 04 de dezembro.

O prémio visa antecipar talentos maiores da música britânica para o ano seguinte ao da distinção, e os nomeados são escolhidos por um painel de especialistas e fazedores de opinião da indústria da música britânica, incluindo editores de música dos jornais nacionais, revistas e sites, bem como personalidades das principais televisões e rádios.

Os três finalistas fazem também parte da lista "Sound of 2015" que a BBC apresentou ontem. Com eles integram esta tabela outros nomes como Shuraou os Sunset Sons.

James Bay (Republic), de 24 anos, é um compositor de Hertfordshire, a cerca de 40 quilómetros de Londres. Sobre a nomeação para este prémio, o músico diz: “Ainda não consigo acreditar. Por muito que desejasse, ser nomeado para o prémio dos críticos dos Brit Awards é algo que nunca imaginei que acontecesse. É uma grande honra”, frisa.

Já George The Poet (Island UK), de 23 anos e ligado a áreas como o spoken word, rap e grime, diz ser um "privilégio" estar entre os nomeados para o prémio. "Sempre sonhei em chegar às pessoas e esta nomeação mostra que estou no rumo certo", acrescenta o músico.

Os Years & Years (Polydor), por seu turno, são um grupo fundado em 2010 por Olly Alexander (vocalista), Emre Turkmen (sintetizadores) e Mikey Goldsworthy (sintetizadores e baixo). O grupo esteve em digressão com Sam Smith. "Crescemos a ver os Brit Awards. Estamos muito honrados e impressionados por estarmos nos nomeados. Ter este reconhecimento é louco e ridículo, no bom sentido", diz a banda.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub