Segunda-feira, 03.06.13

João Moutinho: “Fui do Benfica, mas passou-me”

João Moutinho

Internacional português diz que só foi do Benfica até começar a pensar pela própria cabeça.

O futebolista João Moutinho admitiu ter sido adepto do Benfica, até ter começado a pensar pela sua própria cabeça. “Já fui do Benfica, mas passou-me completamente”, disse o jogador numa conversa informal com o humorista Luís Borges, durante a apresentação das botas da Adidas.

 

Moutinho, de 26 anos, admitiu que a simpatia pelo Benfica foi motivada por questões familiares: “O meu pai sempre foi do Benfica, jogou no Benfica. Eu e os meus irmãos torcíamos pelo Benfica. Mas depois cresci, comecei a pensar pela minha cabeça e decidi mudar”.

 

João Moutinho, que após dez anos em Alvalade se transferiu para o FC Porto, admitiu que vai continuar a torcer pelos “dragões”, agora que vai representar os franceses do Mónaco.

 

“Torço pelo FC Porto. Vou continuar a ser adepto do FC Porto e espero que continue a ganhar títulos como é natural, como foi feito comigo e como foi feito anteriormente”, afirmou o jogador que no final de Maio um contrato válido por cinco anos com os franceses do Mónaco.

 

Retirado do Público

publicado por olhar para o mundo às 23:10 | link do post | comentar
Domingo, 14.10.12

João Moutinho só admite “vencer” a Irlanda do Norte

João Moutinho só admite “vencer” a Irlanda do Norte

João Moutinho garantiu que Portugal só admite “vencer” a Irlanda do Norte na terça-feira, considerando-o o único resultado válido para a selecção manter intactas as aspirações de apuramento para o Mundial 2014.


“Na Rússia, sofremos uma derrota que não esperávamos. Mas isso não torna as coisas impossíveis ou muito mais difíceis. Torna-as complicadas porque perdemos um jogo que não esperávamos, mas temos ainda vários jogos e a Rússia ainda vem cá. Temos de defrontar outras selecções sobre as quais somos teoricamente favoritos, mas temos de mostrar em campo que somos melhores. A começar frente à Irlanda do Norte”, vincou Moutinho. 

O médio do FC Porto salientou que frente a uma selecção teoricamente mais frágil só os três pontos interessam, para que Portugal não se desvie do trilho do apuramento. 

“É mais um desafio importante. Estamos focados para dar o nosso melhor. Começar a trabalhar da melhor maneira para preparar esse jogo e, como em todos, entrar para vencer. É o nosso grande objectivo”, frisou. 

Moutinho assegurou que o adversário está mais do que analisado, tratando-se de um oponente com “jogadores muito fortes fisicamente” e que prometem “criar imensas dificuldades no jogo directo”. 

O triunfo implica marcar golos, tarefa que o médio portista espera ver dificultada por uma Irlanda do Norte empenhada em travar a desejada avalanche ofensiva lusa. 

“Depois do que temos feito, qualquer selecção vai ter mais cautelas defensivas connosco. Temos dos melhores do mundo na frente, criamos muitas oportunidades. Estas equipas defendem mais, mas temos de encontrar soluções e marcar golos, pois sem eles não há vitória”, referiu. 

Se o resultado importa, satisfazer o público é outro dos objectivos da equipa das “quinas”, embora nunca colocando em causa a meta pontual. 

“Este é mais um jogo em que vamos manter o perfil desde que Paulo Bento entrou. Fazer o nosso futebol. Mesmo que as coisas não estejam a correr da melhor maneira, acreditamos. Conseguimos chegar à vitória na maior parte dos jogos. Vamos continuar a dar o nosso melhor e fazer bom futebol para que as pessoas que vierem ao estádio saiam satisfeitas. Vamos tentar conciliar as duas coisas”, prometeu. 

Cristiano Ronaldo vai cumprir o jogo 100 com a camisola da selecção principal e João Moutinho acredita que o “capitão” luso “tem tudo para bater todos os recordes” da equipa das “quinas”, pois entende que o companheiro “é o melhor do mundo e vai continuar a mostrá-lo em todos os jogos”. 

João Moutinho acredita que o habitual apoio dos portugueses à selecção se justifica pelo que esta tem vindo a fazer “ao longo do trajecto de Paulo Bento”. 

“Temos conseguido bons jogos e vitórias, essenciais para as pessoas acreditarem. Acreditam em nós e continuam a apoiar. De certeza que, com o estádio cheio, vão apoiar do primeiro ao último minuto para nos motivaram e conseguirmos um bom resultado no Dragão. É o que estamos à espera. Agradeço às pessoas que encherem o estádio. Espero que venham ajudar a selecção”, disse. 

A derrota na Rússia é passado e já foi analisada pelo grupo, que entende não ter feito um “mau jogo” em Moscovo - ainda assim, Moutinho entende que Portugal “não esteve no seu melhor no início” e acabou por ser surpreendido com a “entrada forte da Rússia”. 

“Depois, pusemos a Rússia a jogar 80 minutos no seu campo. Só que não conseguimos concretizar em golo as oportunidades. Agora, o mais importante é ganhar os três pontos com a Irlanda do Norte, pois ainda vai haver vários jogos”, concluiu. 


Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 19:10 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...
  • Great article!

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO