Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

14
Mar17

Barreiro - Mês do Teatro 2017 - Próximas iniciativas

olhar para o mundo

teatro.JPG

 

Mês do Teatro 2017

 

Próximas iniciativas

 

No próximo fim-de-semana, dias 17, 18 e 19 de março, destacam-se as estreias das peças “A EXCEPÇÃO E A REGRA”, pela Arteviva – Companhia de Teatro do Barreiro, e “A REVISTA É CACAGENTE”, pelo TESFAL, e a apresentação de “A FARSA DO PATRÃO”, pelo Grupo de teatro “Os Zecas”.

 

TEATRO MUNICIPAL DO BARREIRO

17 março (estreia) | 21h30 | “A EXCEPÇÃO E A REGRA” | ARTEVIVA - Companhia de Teatro do Barreiro 

Exibições: sextas e sábados 

Público-alvo: M/6

Duração: 60 min.

Ingresso: 5,00€ | 3,00€ grupos com mais de 10 pessoas

Informações e reservas: arteviva.geral@gmail.com  | 212 060 860 e/ou 910 093 886

 

Um comerciante rico, o seu guia e um carregador vão numa expedição de três dias até Urga, para que o comerciante consiga ser o primeiro a conseguir a concessão de um poço de petróleo. A viagem é longa e tortuosa.

Terminando com o despedimento do guia e com a morte do carregador.

Na segunda parte da peça assistimos ao julgamento do comerciante e à interessante questão:

Devemos seguir a regra ou a exceção?

Imagine esta aventura como se as personagens tivessem acabado de sair de um livro de BD. Imagine esta aventura como se fosse um filme, mas em teatro. Estranho?!

 

Pedimo-vos no entanto:

Estranhem o que não for estranho! Não aceitem o que for normal!

 

Ficha técnica: 

Autor - Bertolt Brecht

Encenação – Rui Quintas

Assistente Encenação – Carla Carreiro Mendes

Elenco – Alexandre Antunes, Catarina Santana, Henrique Gomes, João Parreira, João Silva, Manuel Alpalhão, Rui Félix, Rui Martins e Vítor Nuno

Cenografia – João Pimenta

Figurinos – Ana Pimpista

Design Gráfico – João Pimenta

Música – Gustavo Teixeira

Produção Executiva – Catarina Santana

Fotografia – Cláudio Ferreira

 

BIBLIOTECA MUNICIPAL DO BARREIRO

18 março | 11h00 | A GOTA D’ÁGUA | Teatro de Sombras e Ateliê

No âmbito das Comemorações dos 80 anos do abastecimento de água pública do Barreiro  

Técnico CMB: João Gomes

Público-alvo: Familiar 

Entrada livre sujeita à lotação da sala 

 

PALCOS DO CONCELHO

 

A REVISTA É CACAGENTE | Teatro de Revista | TESFAL 

18 março (estreia) | SFAL - Sociedade Filarmónica Agrícola Lavradiense 

Exibições: sábados às 21h30 e domingos às 16h00 (durante o mês de março)

Público-alvo: M/6

Ingressos: 3€ para sócios da SFAL; 5€ para não sócios da SFAL

 

No ano das comemorações dos 150 Anos da SFAL, o TESFAL, Teatro de Ensaio da SFAL, leva à cena mais uma revista à portuguesa “A Revista é Cacagente”. 

É uma revista à grande e à portuguesa que, mantendo a tradição deste género teatral, nos apresenta muito humor, muitas canções, alguma critica divertida e hilariantes situações, proporcionando uma noite de aplausos e gargalhadas.

Este é mais um grande espetáculo do TESFAL.

 

A FARSA DO PATRÃO de Dario Fo | Grupo de teatro “Os Zecas” 

18 de março | 21h30 | SIRB “Os Penicheiros” Público-alvo: M/12

Duração: 80 min.

Ingresso: 3,00€  

Informações e reservas:  936 410 429 |projector.grupo.teatro@gmail.com

 

Em consequência de uma greve numa fábrica, cujo dono delibera unilateralmente descontar um terço do salário dos trabalhadores para adquirir novas máquinas e fazer face à concorrência, esses mesmos operários decidem empreender formas de luta, mediante um estratagema em que põem a nu a exploração e opressão de que são vítimas, vindo mesmo a ocupar a fábrica e a afastar o patrão daquele local de trabalho.  Enquanto isso, o Comissário da Polícia, mobilizado pelo patrão, ordena o despejo dos grevistas.

Assim sendo os operários inventam uma artimanha de representação para atrair a atenção dos restantes trabalhadores daquela zona Industrial e aumentar a sua consciencialização sobre as razões da sua luta. Fornecem-se de roupas, no grupo de teatro da paróquia e decidem esboçar o funeral do próprio patrão.  Os operários da vida real transformam-se assim em atores da ficção, desempenhando personagens dos diversos tipos sociais facilmente reconhecíveis e adequadas a uma cerimónia fúnebre: A Viúva; a Amante; O Padre; A Médica; O Professor Barnard; O Influente; Os Operários; Os Deputados, etc.

Começa então um extraordinário exercício teatral dentro do próprio teatro. 

A Farsa do Patrão, com o título original de O Funeral do Patrão torna-se numa contundente sátira politica que concilia os métodos de representação da revista à portuguesa com a tradição da comedia Dell ‘arte, que anima as melhores experiências teatrais de Dario Fo.

 

FORMAÇÃO

 

ATELIÊ DE MARIONETAS DE ESPONJA, para avós e netos e pais e filhos

19 março | 15h00 | Grupo Desportivo e Recreativo de Palhais

Inscrições no local até dia 16 de março

Público-alvo:  Familiar Duração: 120 min.

Técnico CMB: João Gomes

Entrada Gratuita | Inscrições nos locais | Informações: 212 068 230 ou  bilheteira@cm-barreiro.pt  

 

 

CMB 2017-03-13

08
Mar17

Barreiro - Mês do Teatro 2017 Próximas iniciativas

olhar para o mundo

cartaz final_leve.jpg

 

 

Mês do Teatro 2017

 

Próximas iniciativas

 

O Mês do Teatro já teve início no Barreiro. A próxima iniciativa é dirigida ao público escolar e consiste num Teatro de Sombras e Ateliê “A Gota D’ Água”. No fim-de-semana, para o público em geral, estão em cena as peças “O Solário”, pela Associação Projéctor, e “Quero o meu Material de Volta, pelo Grupo de Teatro do Centro Social de Santo António. Consulte o programa completo em http://www.cm-barreiro.pt/frontoffice/pages/792?news_id=6165.

 

 

7, 9 E 10 DE MARÇO | 10H00 | A GOTA D’ÁGUA | TEATRO DE SOMBRAS E ATELIÊ | AUDITÓRIO MUNICIPAL AUGUSTO CABRITA

No âmbito das Comemorações dos 80 anos do abastecimento de água pública do Barreiro 

Público-alvo: Pré-Escolar e 1º e 2º ano do 1º ciclo (1 turma por sessão) | Técnico CMB: João Gomes | Atividade gratuita, mediante inscrição prévia - 212 068 230 ou bilheteira@cm-barreiro.pt

 

11 MARÇO | 15H30 | QUERO O MEU MATERIAL DE VOLTA | GRUPO DE TEATRO DO CENTRO SOCIAL DE SANTO ANTÓNIO | CLUBE DRAMÁTICO DE INSTRUÇÃO E RECREIO 31 DE JANEIRO “OS CELTAS”

A peça passa-se numa loja de roupa onde o patrão é muito exigente. Quando adoece e falta uma das funcionárias resolve vender ao desbarato o material da loja. Há alegria na loja porque o patrão não está. 

Encenação: Graciete Pereira | Música: Hermínio Bandeira da Silva

Público-alvo: sénior | Duração: 30 min. | Entrada Gratuita

 

11 E 25 MARÇO (SÁBADOS) | 27 DE MARÇO (SEGUNDA-FEIRA) | 21H30 | O SOLÁRIO | ASSOCIAÇÃO PROJÉCTOR – COMPANHIA DE TEATRO DO BARREIRO | AUDITÓRIO DA FREGUESIA DA VERDERENA

Início dos anos 70 do século XX. Clínica de luxo na zona de Sintra. Um Solário quase sempre nevoento como é normal naquela região, mas onde se respira o ar puro do mar e da serra. Para ali eram depositados os filhos ou familiares, gente de uma gama social superior. Uns com traumas da guerra, outros de doença do foro psíquico.Quatro personagens cheios de tiques, birras, medos e preconceitos, uma denúncia angustiada de uma enorme hipocrisia social que os vitimou. Cada um tenta desvalorizar o motivo que os levou para aquele lugar. Com histórias, agressões, de família, de guerra, que desabafam com mais ou menos violência como se a confissão fosse o tratamento adequado. Acaba sempre violência. E ali estava a enfermeira, no fundo também ela vítima dos mesmos males, mas que se impõe e tenta esconder a sua sensibilidade como se uma pedra de gela se tratasse.

Público-alvo: M/12 | Duração: 60 min. |Ingresso: 3,00€ (exceto no dia 27 de março, Dia Mundial do Teatro a entrada é gratuita) |Organização: União de Freguesias do Alto Seixalinho, Santo André e Verderena | Informações: 936 410 429 |projector.grupo.teatro@gmail.com

 

12 MARÇO | 15H00 | ATELIÊ DE MARIONETAS DE ESPONJA | AVÓS E NETOS / PAIS E FILHOS | GRUPO DRAMÁTICO E RECREATIVO “OS LEÇAS” |INSCRIÇÕES NO LOCAL ATÉ DIA 9 DE MARÇO

19 MARÇO | 15H00 | ATELIÊ DE MARIONETAS DE ESPONJA | AVÓS E NETOS / PAIS E FILHOS | GRUPO DESPORTIVO E RECREATIVO DE PALHAIS |INSCRIÇÕES NO LOCAL ATÉ DIA 16 DE MARÇO

Público-alvo:  Familiar | Duração: 120 min. | Técnico CMB: João Gomes | Entrada Gratuita | Inscrições nos locais | Informações: 212 068 230 ou  bilheteira@cm-barreiro.pt 

 

13 MARÇO | 10H45 | ATELIÊ DE TEATRO | GRUPO RECREATIVO UNIÃO PENALVENSE

Exercícios utilizados em expressão dramática

Público-alvo:  Sénior |Duração : 40 min. (aprox.) | Técnico CMB: João Gomes | Entrada livre sujeita à lotação da sala

 

13 MARÇO | 15H45 | ATELIÊ DE TEATRO | GRUPO DESPORTIVO ESTRELAS AREENSES - QUINTA DA AREIA

Exercícios utilizados em expressão dramática

Público-alvo:  Sénior |Duração : 40 min. (aprox.) | Técnico CMB: João Gomes | Entrada livre sujeita à lotação da sala

 

14 MARÇO | 10H00 | ATELIÊ DE TEATRO |CENTRO SOCIOCULTURAL DO BAIRRO DA LIBERDADE

Exercícios utilizados em expressão dramática

Público-alvo:  Sénior |Duração : 40 min. (aprox.) | Técnico CMB: João Gomes | Entrada livre sujeita à lotação da sala

 

 

13, 14, 16, 21 E 24 MARÇO | ÁGUA VAI! ÁGUA VEM! | ARTEVIVA- COMPANHIA DE TEATRO DO BARREIRO

Atualmente, a água é um bem fundamental acessível a todos nós, mas nem sempre foi assim na nossa cidade. Se agora abrimos a torneira sempre que nos apetece um copo de água, antigamente ter sede era sinónimo de ir até ao fontanário mais próximo, encher o cântaro ou esperar que passasse o aguadeiro. Assim, com este espetáculo pretendemos sensibilizar os mais novos para a importância da água através de uma viagem no tempo que envolverá várias gerações, recorrendo a arquivos do concelho e testemunhos de quem conhece a realidade da época. No âmbito das comemorações dos 80 anos do abastecimento público de água no Barreiro, propomos uma criação coletiva baseada no percurso histórico da chegada da água às habitações do município. 

No âmbito das Comemorações dos 80 anos do abastecimento de água pública do Barreiro

Ficha técnica: Criação coletiva; Adaptação e Encenação – Ana Samora, Carina Silva e Joana Pimpista; Atores – Alunos da Escola de Teatro da Arteviva; Figurinos e adereços – Ana Pimpista; Cenografia - João Pimenta; Desenho de luz – João Oliveira Jr.; Design gráfico – João Pimenta; Produção Executiva – Catarina Santana

Público-alvo:  Alunos dos 3º e 4º anos do 1º Ciclo | Duração: aprox. 45 min. | Atividade gratuita, mediante inscrição prévia | Inscrições: 212 068 230 ou bilheteira@cm-barreiro.pt

 

 

CMB 2017-03-06

22
Fev17

Barreiro - Março é o Mês do Teatro 2017

olhar para o mundo

teatro.jpg

 

Março

Mês do Teatro 2017

O Barreiro, com uma forte tradição na área das artes, dedica o mês de março ao TEATRO, onde companhias locais e nacionais apresentam espetáculos de sala, para todos os gostos e idades, dando também lugar a conversas e formação de públicos. O programa completo segue, em anexo, e pode ser consultado em www.cm-barreiro.pt.

Nesta edição, comemoram-se os 500 anos da primeira apresentação do “Auto de Moralidade da Embarcação do Inferno”, também conhecido como “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente, através da apresentação da peça “Embarcação do Inferno”, uma adaptação da CENDREV – Centro Dramático de Évora e da Escola da Noite. “Embarcação do Inferno” sobe ao palco do Auditório Municipal Augusto Cabrita, nos dias 29 e 30 de março, com espetáculos direcionados para Comunidade Educativa (alunos do 2º ciclo) e público em geral. Na sequência destas comemorações, e procurando dar ênfase à vertente formativa, estão previstas oficinas certificadas dirigidas a docentes.

Este ano, assinalam-se também os 80 anos de abastecimento público de água no Barreiro integrando, no Serviço Educativo Municipal, a apresentação da peça “Água vai! água vem!”, pela ARTEVIVA - Companhia Teatro do Barreiro, dirigida aos alunos dos 3º e 4º anos do ensino básico. Esta iniciativa é desenvolvida em parceria com todas as Juntas/Uniões de Freguesias do Concelho do Barreiro.

Ainda para o público escolar, e sob o tema da água pública, será dinamizado o espetáculo de teatro de Sombras “A Gota d’Água”, dirigido a crianças do pré-escolar, 1º e 2º ciclo, complementado com ateliês.

Esta edição do Mês do Teatro recebe, pela primeira vez, no Auditório Municipal Augusto Cabrita, a atriz Luísa Ortigoso, com o espetáculo de comédia Um shot radiofónico” e, para celebrar o Dia Mundial do Teatro (27 de março), estará à conversa no Teatro Municipal do Barreiro.A atriz é natural do Barreiro e conhecida por alguns dos seus projetos televisivos, tais como O Prédio do Vasco, Morangos com Açúcar, Anjo Meu, Laços de Sangue e, mais recentemente, Bem-vindos a Beirais.

Na área da formação, serão desenvolvidos diversos workshops de construção de Marionetas de Esponja e de Expressão Dramática que decorrerão em diversos locais do Concelho, procurando promover uma oferta de programação diversificada e descentralizada.

O Mês do Teatro é feito com o envolvimento e participação das companhias e grupos de teatro locais, nomeadamente Arteviva - Companhia de Teatro do Barreiro, Grupo de Teatro do Centro Social de Santo António, Teatro de Ensaio do Barreiro, Teatro de Ensaio da SFAL, Associação Projéctor – Companhia de Teatro do Barreiro e, este ano, conta também com o Grupo de Teatro da Associação de Pais do Agrupamento de Escolas Augusto Cabrita e o Grupo de teatro “Os Zecas”.

CMB 2017-02-21

15
Fev16

Barreiro - Mês do Teatro | "António e Maria" a 5 de março

olhar para o mundo

antonio maria.jpg

 

 

Mês do Teatro

 

“António e Maria”, com Maria Rueff, 5 de março | AMAC

 

A peça de teatro António e Maria sobe ao palco do Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC), no dia 5 de março, pelas 21h30. Esta peça insere-se na programação do Mês do Teatro, promovida pela Câmara Municipal do Barreiro em março.

 

Em março, o AMAC pretende ser um palco diversificado em termos de público - cruzando públicos escolares e familiar, e um leque abrangente em termos de faixas etárias - e das diferentes abordagens entre o Drama e a Comédia.

Dentro deste ciclo de programação, o palco do AMAC apresentará os espetáculosAntónio & Maria, com Maria Rueff (50ª produção do Teatro Meridional) e a comédiaAbsolutamente Fabulosos, com o elenco Luis Aleluia, Noémia Costa e Joana Figueira.

Dentro da programação do AMAC Júnior de março, decorrerá o espetáculo Os Três Mosqueteiros, pela Byfurcação Teatro.

Neste mês terá também lugar a atividade de Serviço Educativo “A Escola Vai ao AMAC”, com o espetáculo da Arteviva - Companhia de Teatro do Barreiro, 30 por 1 linha, para o público escolar, englobando alunos do 3º ano do Ensino Básico das escolas públicas do Concelho. Esta atividade é desenvolvida em parceria com a todas as Uniões de Freguesias do Concelho do Barreiro.

 

O programa completo do Mês do Teatro será divulgado em breve. Neste momento, estão já à venda os bilhetes, no Posto de Turismo e no AMAC, para as seguintes peças:

 

5 março | sábado | 21h30 | António & Maria, com Maria Rueff | Coprodução CCB  e  Teatro Meridional | AMAC

 

António & Maria é uma procura, uma surpresa, um monólogo múltiplo de mulheres. Um exercício, por assim dizer, de doméstico sublime. Aproveitando uma lição simples do escritor para a vida toda: «espreitar para dentro de uma bota, porque às vezes há coisas.» Mulheres e homens de diferentes extratos sociais, frágeis, fortes, pessoas ambíguas, personagens colhidas no universo literário de António Lobo Antunes, com adaptação e escrita para cena de Rui Cardoso Martins. Nesta 50.ª produção, o Teatro Meridional prossegue o objetivo de criação de novas dramaturgias baseadas em adaptações de textos não teatrais, colocando uma vez mais o ator no centro da cena. Maria Rueff, atriz cuja versatilidade no entendimento e na capacidade de concretizar através da construção de personagens a ampla diversidade humana, será o corpo, a sensibilidade e a voz que interpelará, em cena, o mundo.

 

Faixa Etária - M/16

Duração – aprox. 70 min s/ intervalo

Ingressos: Plateia: 12,50€ | Frisas;10,00€

 

FICHA TÉCNICA

Autor: António Lobo Antunes | Dramaturgia e Adaptação: Rui Cardoso Martins | Encenação e Desenho de Luz: Miguel Seabra | Interpretação: Maria Rueff | Espaço Cénico e Figurinos : Marta Carreiras | Música Original e Espaço Sonoro: Rui Rebelo | Assistência de Encenação e Direção de Cena: Vítor Alves da Silva | Assistência de Cenografia: Marco Fonseca | Operação Técnica: Rafael Freire | Produção Executiva: Natália Alves | Assessoria de Gestão: Mónica Almeida | Direção Artística do Teatro Meridional: Miguel Seabra e Natália Luiza

 

24 março | quinta-feira | 21h30 | Absolutamente Fabulosos | AMAC

 

Duas actrizes que no auge das carreiras ficam desempregadas de repente. Um agente artístico que não percebe nada disto porque era vendedor de seguros antigamente. E um velho criado, sempre muito engomado e tão educado que até é mal-empregado trabalhar para esta gente.

Absolutamente Fabulosos, uma alta comédia que fala da vida dos atores e mostra aos espetadores que nem tudo são rosas mas que o importante é não desistir, porque a seguir a tempos nebulosos, hão-de vir outros, que farão sorrir por serem... “Absolutamente Fabulosos”.

 

Faixa Etária – M/12

Duração: 105 min.

Ingressos: Plateia: 12,50€ | Frisas;10,00€

 

FICHA TÉCNICA

Elenco Luis Aleluia, Noémia Costa e Joana Figueira Texto: Roberto Pereira (baseado numa ideia original de Noémia Costa) Produção: Cartaz - Produção de Espetáculos | Direcção de projecto: Luis Aleluia

 

 

12 março | sábado | 16h00 |  Os Três Mosqueteiros - Byfurcação Teatro | AMAC | TEATRO INFANTIL

 

No início do século XVII, em plena França, D'Artagnan, depois de ouvir os conselhos do seu pai, parte em direção à Paris iluminada como objetivo de encontrar o Sr. de Trévilllee entrar para a guarda real, os mosqueteiros. Devido à sua impaciência e determinação torna-se explosivo e imprevisível, dificultando a sua admissão. No entanto, numa França assolada por guerrilhas e em latente guerra como Cardeal Richilie, D'Artagnan torna-se, com a ajuda dos outros mosqueteiros, entre os quais Porthos, Athos e Aramis, essencial na resolução destes problemas e na pacificação geral que é, afinal, possível.

 

Faixa Etária - M/3

Duração – 50 min.

Ingresso - 3,00 €

 

FICHA TÉCNICA

Encenação: Paulo Cintrão | Texto: Paulo Cintrão | Interpretação: Ana Lúcia Magalhães, Filipe Couto, João Parreira e Mário Abel | Música Original: Mário Abel/Filipe Couto | Figurinos: Flávio Tomé/ bYfurcação | Cenografia e Adereços: Flávio Tomé/ bYfurcação | Design: Alex Gozblau | Frente de Sala: Manuel Moreira | Produção: bYfurcação

 

 

Venda de ingressos:

Bilheteira AMAC – 21 206 82 30 | Horário: 3ª a domingo, das 14h00 às 20h00

Posto de Turismo – 21 206 82 87 | Horário: 3ª a sábado, das 9h30 às 13h00 e das 14h30 às 18h00

 

Aos fins-de-semana, e sempre que existam espetáculos agendados, a bilheteira abrirá uma hora antes dos mesmos. 

 

CMB 2016-02-15

18
Mar15

MÊS DO TEATRO - BARREIRO - PEÇAS EM DESTAQUE

olhar para o mundo

Ulisses_CS.jpg

 

 

espetáculos / serviço educativo / exposição documental mário viegas

maratona do teatro

 

MÊS DO TEATRO | BARREIRO | PEÇAS EM DESTAQUE

 

Março é, por excelência, o Mês do Teatro no Barreiro. As propostas que sobem aos palcos até ao final do mês, em estreia ou em reposição, são protagonizadas pelas companhias barreirenses Vigilâmbulo Caolho, Arte Viva Companhia de Teatro do Barreiro, Projéctor, Grupo de Teatro do Centro Social de Santo António e TESFAL – Grupo de Teatro da Sociedade Filarmónica Agrícola Lavradiense.

 

Recordamos que continua patente ao público, até 29 de março, a exposição documental – O Sonho ao Poder – sobre Mário Viegas, no Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC). Este Auditório recebe já no sábado, 21 de março, a comédia «Marx na Baixa», um original dos ‘Não matem o mensageiro Associação Cultural’.

 

21 março | sábado | 21h30 -  AMAC

«Marx na Baixa» | Não matem o mensageiro Associação Cultural | Comédia

André Levy (no papel de Karl Marx)

Que tremam as classes dominantes! Um espectro assombra os teatros. Para limpar o seu nome, Karl Marx regressa ao mundo dos vivos e vem a Lisboa para provar que não está morto. Está e não está! (Eis a dialética!).

Faixa Etária M/12 | 70 min sem intervalo | 10 €

 

Nos próximos dias, a programação do Mês do Teatro propõe:

 

21 e 28 março | sábados | 16h00 - Teatro Municipal do Barreiro | Centro Comercial Pirâmides | Rua Vasco da Gama

«A Odisseia de Ulisses … Manuel»  ArteViva Companhia de Teatro do Barreiro | Infanto-Juvenil

Foi Homero, poeta grego, quem contou as façanhas de Ulisses, rei de Ítaca, adorado por todos os que o conheciam. Grande parte da sua vida, passou Ulisses navegando de aventura em aventura, por entre Ciclopes e Sereias encantatórias ou tentando libertar-se da misteriosa Feiticeira Circe para regressar à sua fiel Penélope. Neste espetáculo o jovem Ulisses Manuel, fã homónimo do grande navegador grego, convence duas amigas e a própria mãe a navegarem através da imaginação de forma a reviverem a aventura do Grande Ulisses, ali mesmo na sua casa. A peça é uma adaptação da versão de Maria Alberta Menéres, com encenação de Paula Magalhães.

 

Faixa Etária M/6 | 1h sem intervalo | 5€ | 3€ (grupos)

Bilheteira: 91 008 35 41 | arteviva.reservas@gmail.com

http://www.artevivactb.wix.com/teatro

 

22 março | domingo | 17h00 | Grupo Dramático e Recreativo “Os Leças“

«Oh, Retorta!» | Itinerância do TESFAL | Comédia

"Oh, Retorta!" conta a história de um Presidente de Junta, que se torna vítima de uma partida pregada pelas mulheres da aldeia, que o amarram às costas do seu próprio burro, o Retorta, e mandam-no para o mato.

Quando os compadres, Tibério e Jacinto, vão à sua procura no escuro da noite, encontram o burro Retorta, que parece chamar por socorro. Pensando que o presidente foi alvo de uma bruxaria, correm para a aldeia e depressa toda a gente fica a saber. O que se segue é uma hilariante corrente de eventos, onde a Junta de Freguesia tenta ajustar-se a uma nova vida.

Faixa Etária M/6 | 50 min | Entrada gratuita

 

27 e 28 março | sexta e sábado | 21h30 – AMAC

«Puro Sangue» | Vigilâmbulo Caolho Associação Cultural | Drama

 A Vigilâmbulo Caolho apresenta em estreia nos palcos nacionais “Puro-Sangue” de António Onetti, que no nosso País tinha sido objeto apenas de uma leitura por parte dos Artistas Unidos, em 2003.

Num ambiente que poderá ser o de uma pequena comunidade andaluza, ou que talvez seja afinal o de qualquer dos micromundos que nos dão forma, dá-se um encontro entre um tiranete e seus acólitos, um jovem ingénuo, e uma jovem mulher marcada por um destino que não escolheu. O processo criativo que a Vigilâmbulo Caolho escolheu para esta peça pretende colocar o foco no trabalho do ator, na sua íntima relação com a personagem, e em todo o processo de procura e pesquisa para chegar à sua forma final.

Faixa Etária M/16 | 1h20 sem intervalo | 5€

 

Até 28 março (no âmbito da programação do Mês do Teatro) | Espetáculos às sextas-feiras e sábados | 21h30 - Teatro Municipal do Barreiro | Centro Comercial Pirâmides | Rua Vasco da Gama

«Rosa Enjeitada» | ArteViva Companhia de Teatro do Barreiro | Comédia

Há já muito tempo que Rosa pensa em mudar de vida, deixar a prostituição e abandonar Francisco, o homem com quem vive e que é obrigada a sustentar. Mas gosta dele e existe entre ambos um compromisso que ela não tem coragem para quebrar até ao dia em que conhece João, um jovem simples, honesto, trabalhador - em tudo é o oposto de Francisco - e que faz despertar em Rosa o sentimento de um verdadeiro amor e a esperança duma nova vida, há já tanto tempo ambicionada.

No bas-fond de um prostíbulo, encontros e desencontros canalhas com namoros e naifas, ligas e rosas, música e dança, populam o enredo de 'Rosa Enjeitada', uma farsa delirante de Fernando Gomes.

Faixa Etária M/12 | 2h30 com intervalo | 5€ | 3€ (grupos)

Bilheteira: 91 008 35 41 | arteviva.reservas@gmail.com

http://www.artevivactb.wix.com/teatro

 

CMB 2015-03-17

11
Mar15

“MÊS DO TEATRO” | A ESCOLA VAI AO AMAC “A ODISSEIA DE ULISSES…MANUEL”

olhar para o mundo

Cartaz 28 produçao.jpg

 

“MÊS DO TEATRO” | A ESCOLA VAI AO AMAC

 

“A ODISSEIA DE ULISSES…MANUEL”

 

No âmbito da programação “Mês do Teatro”, 300 alunos do 2º ciclo da Escola Básica Quinta Nova da Telha, Colégio Minerva e da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça assistiram hoje, 10 de março, de manhã, à peça de teatro «A Odisseia de Ulisses...Manuel», pela ArteViva Companhia de Teatro do Barreiro, no Auditório Municipal Augusto Cabrita.

 

Inserido no Serviço Educativo e dentro do projeto ‘A Escola Vai ao AMAC’ o Auditório recebeu esta obra original de Maria Alberta Menéres, com adaptação e encenação de Paula Magalhães.

 

Refira-se que, este ano, o Serviço Educativo da CMB, através do projeto – ‘A Escola Vai ao AMAC’, também apresentou esta peça destinada às Escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico (4ºs anos) - O Trono do Rei D Manuel - em parceria com Juntas e Uniões de Freguesias e integrado na programação do MÊS DO TEATRO.

 

Até ao final do Mês do Teatro as propostas são muitas e variadas:

 

Até 28 março | Espetáculos às sextas-feiras e sábados | 21h30

Teatro Municipal do Barreiro | Centro Comercial Pirâmides | Rua Vasco da Gama

Rosa Enjeitada | ArteViva Companhia de Teatro do Barreiro | Comédia

Faixa Etária M/12 | 2h30 com intervalo | 5€ | 3€ (grupos)

Bilheteira: 91 008 35 41 | arteviva.reservas@gmail.com

http://www.artevivactb.wix.com/teatro

 

10 e 11 março | 3ª e 4ª feira | 14h00 | Escola Básica de Vila Chã

16, 17 e 18 março | de 2ª a 4ª feira | 14h00 | Auditório da Freguesia da Verderena

É tão bom uma amizade | Projéctor Companhia de Teatro do Barreiro | Para a Infância

Faixa Etária M/4 | 45 min | 2,5€ | 1€ (grupos escolares). Bilheteira:  93 641 04 29

Organização da União de Juntas do Alto do Seixalinho, Sto. André e Verderena

 

 

15 março | domingo | 17h00 | União Recreativa Cultural e Desportiva de Coina

22 março | domingo | 17h00 | Grupo Dramático e Recreativo “Os Leças"

Oh, Retorta! | Itinerância do TESFAL | Comédia

Faixa Etária M/6 | 50 min | Entrada gratuita

 

 

21 e 28 março | sábados | 16h00

Teatro Municipal do Barreiro | Centro Comercial Pirâmides | Rua Vasco da Gama

A Odisseia de Ulisses… Manuel | ArteViva Companhia de Teatro do Barreiro | Infanto-Juvenil

Faixa Etária M/6 | 1h sem intervalo | 5€ | 3€ (grupos)

Bilheteira: 91 008 35 41 | arteviva.reservas@gmail.com

http://www.artevivactb.wix.com/teatro

 

21 março | sábado | 21h30

Auditório Municipal Augusto Cabrita

Marx na Baixa | Não matem o mensageiro Associação Cultural | Comédia | André Levy (no papel de Karl Marx)

Que tremam as classes dominantes!

Um espectro assombra os teatros. Para limpar o seu nome, Karl Marx regressa ao mundo dos vivos e vem a Lisboa para provar que não está morto. Está e não está! (Eis a dialética!).

Faixa Etária M/12 | 70 min sem intervalo | 10€

 

27 e 28 março | sexta e sábado | 21h30

Auditório Municipal Augusto Cabrita

Puro Sangue | Vigilâmbulo Caolho Associação Cultural | Drama

Faixa Etária M/16 | 1h20 sem intervalo | 5€

 

CMB 2015-03-10

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D