Quinta-feira, 02.08.12

«VAI ESTUDAR RELVAS» CHEGA AOS JOGOS OLÍMPICOS

«VAI ESTUDAR RELVAS» CHEGA AOS JOGOS OLÍMPICOS

Professor de Educação Física também terá ido a Londres lembrar o recado que tem para o ministro

O cartaz é o mesmo, a competição é outra, mas a mensagem é também a mesma: «Vai estudar Relvas». A frase, a original, que deu o mote a uma onda de montagens na Internet voltou a surgir numa grande competição. 

Depois da primeira aparição na 16ª etapa da Volta à França, desta vez, foi nos Jogos Olímpicos de Londres que o cartaz amarelo voltou a ser captado pelas câmaras e que a TVI registou em fotografia. 

A ideia original é de José Santos, 39 anos, um professor de Educação Física na Figueira da Foz que cumpriu o sonho de ver ao vivo o Tour. E foi logo na mítica etapa do Col du Tourmalet que decidiu marcar a diferença, mostrando o cartaz ao mundo. 

A prova francesa foi vencida por Bradley Wiggins e foi precisamente na participação deste atleta no contra-relógio individual de estrada, nos Jogos Olímpicos, que o mesmo cartaz voltou a surgir. Esta quarta-feira, a imagem aparece na televisão pouco depois do arranque da prova que viria, também aqui, a ser vencida pelo britânico. 

 

Noticia do Push

publicado por olhar para o mundo às 08:48 | link do post | comentar
Quinta-feira, 26.07.12

Miguel Relvas: os gastos do telemóvel de Tomar

Miguel Relvas teve, durante 10 anos, e enquanto presidente da assembleia municipal de Tomar, telemóvel e chamadas pagas pela Câmara. Sem limites... 

 

Miguel Relvas teve, durante 10 anos, e enquanto presidente da assembleia municipal de Tomar, telemóvel e chamadas pagas pela Câmara. Sem limites. Na edição desta semana, além de um "retrato desconhecido" do ministro, o leitor encontrará na VISÃO toda a história das despesas suportadas pela autarquia, que dispararam em ano de eleições.

 

Para se ter uma ideia das despesas, a VISÃO procurou exemplos nas duas maiores câmaras do País. Em 2006, ano em que Relvas gastou ao município de Tomar quase 4 mil euros em chamadas, a autarquia de Lisboa, então presidida por Carmona Rodrigues (PSD), estabelecera 85 euros como plafond máximo para os seus autarcas e funcionários. Acima disso, pagavam os próprios. Os dados do município do Porto são mais atuais: Valente de Oliveira, presidente da assembleia municipal, tem direito a telemóvel, mas prescindiu dele. Se o usasse, teria direito a um plafond máximo de 135 euros. A última fatura de Relvas em Tomar é de 27 de junho do ano passado, seis dias após tomar posse no Governo PSD/CDS. O valor acumulado nesse período ultrapassava 1200 euros. Segundo dados do próprio executivo camarário de Tomar, a dívida global da autarquia é hoje de 39 milhões de euros, 22 milhões dos quais à banca. O ministro não esteve disponível para falar à VISÃO sobre os temas que constituem a reportagem da edição desta semana.

TELEMÓVEL MIGUEL RELVAS (GASTOS ANUAIS)
  • Ano 2002 - 1 598,50€
  • Ano 2003 - 934,40€
  • Ano 2004 - 947,79€
  • Ano 2005 - 559,49€
  • Ano 2006 - 3 896,03€
  • Ano 2007 - 5 623,32€
  • Ano 2008 - 4 858,29€
  • Ano 2009 - 7 444,46€ (ano de eleições europeias, legislativas e autárquicas)
  • Ano 2010 - 3 391,55€
  • Ano 2011- 1 251,03€ (até o dia 27 de junho de 2011; as eleições legislativas que deram a vitória ao PSD realizaram-se a 5 de junho e o Governo tomou posse a 21; Posteriormente o número do telemóvel foi cedido à Secretaria-Geral da Presidência do Conselho de Ministros.)
PERÍODOS DE FACTURAÇÃO MAIS ELEVADA
  • De 23.08 a 22.09.2007 - 1 014,83€
  • De 23.03 a 22.04.2008 - 1 271,19€
  • De 23.12.2008 a 22.01.2009 - 1 250,03€
  • De 23.03 a 22.04.2009 - 1 229,96€
  • De 23.10 a 22.11.2009 - 1 039,08€
  • De 23.11 a 22.12.2009 - 1 008,16€
GASTOS DETALHADOS DE 2009 (ANO DE TRÊS ELEIÇÕES - Europeias, Legislativas e Autárquicas)
  • De 23 dezembro 2008 a 22 janeiro de 2009 - 1 250,03€
  • De 23 janeiro a 22 fevereiro 2009 - 231,24€
  • De 23 fevereiro a 22 março 2009 - 195,46€
  • De 23 março a 22 abril 2009 - 1 229,96€
  • De 23 abril a 22 maio 2009 - 217,46€
  • De 23 maio a 22 junho 2009 - 500,91€
  • De 23 junho a 22 julho 2009 - 622,15€
  • De 23 julho a 22 agosto 2009 - 136,03€
  • De 23 agosto a 22 setembro 2009 - 226,06€
  • De 23 setembro a 22 outubro 2009 - 787,92€
  • De 23 Outubro a 22 novembro 2009 - 1 039,08€
  • De 23 novembro a 22 dezembro 2009 - 1 008,16€
NOTAS
  • O presidente da Câmara de Tomar, Carlos Carrão, confirmou à VISÃO que "todas as despesas de telemóvel foram pagas pela Câmara".
  • A Câmara só apresenta registos do telemóvel após janeiro de 2002.
  • Segundo a lei, as assembleias municipais reúnem-se, de forma ordinária, cinco vezes por ano, podendo o presidente convocar sessões extraordinárias.
  • Entre 17 de março de 2002 e 17 de julho de 2004, Miguel Relvas ocupou o cargo de Secretário de Estado da Administração Local.


Noticia da Visão

publicado por olhar para o mundo às 16:21 | link do post | comentar
Segunda-feira, 16.07.12

Jardim diz que vai pedir equivalências para ficar com “quatro cursos”

Jardim diz que a sua afirmação “não é uma crítica ao sistema, mas é um direito”
Jardim diz que a sua afirmação “não é uma crítica ao sistema, mas é um direito” (Daniel Rocha)

O presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, afirmou hoje que, utilizando o precedente do “caso Relvas” e a sua experiência, vai pedir equivalências para ficar com os cursos de “Veterinária, Biologia, Informática e Astronomia”.

 

“Fiquei satisfeito porque agora também vou requerer várias licenciaturas para mim”, disse Jardim aos jornalistas em Santana, à margem da sua participação no encerramento do programa “48 horas a bailar”. 

“Trinta e tal anos de Governo, penso que vai dar para Veterinária, Biologia, Informática e Astronomia. Vou querer estes quatro cursos”, ironizou. 

O governante garantiu esta sua afirmação “não é uma crítica ao sistema, mas é um direito”, instado a comentar a polémica em torno da licenciatura do ministro Miguel Relvas.

No seu caso, argumentou, são “30 e não sei quantos anos de governo, engenheiro honorário declarado pela Ordem dos Engenheiros, doutorado honoris causa por uma universidade, presidente de várias associações filantrópicas”.

O caso da licenciatura de Miguel Relvas começou a dar polémica há cerca de duas semanas por causa do número de equivalências que obteve na Universidade Lusófona. 

De acordo com o processo do aluno que a Lusófona disponibilizou para consulta, foram atribuídos 160 créditos ao aluno Miguel Relvas no ano lectivo 2006/2007. 

Com as equivalências atribuídas pela Universidade, Relvas apenas teve de fazer quatro disciplinas semestrais.

Procuradoria-Geral da República revelou sexta-feira que está a analisar todas as notícias sobre a Universidade Lusófona, a propósito deste caso.

No Facebook surgiu a convocatória de uma manifestação, proposta pelo realizador de cinema Miguel Gonçalves Mendes, para exigir a demissão do Ministro dos Assuntos Parlamentares.

 

Noticia do Público

publicado por olhar para o mundo às 09:23 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

First Class Radio 

posts recentes

últ. comentários

  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...
  • Great article!

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds



blogs SAPO