Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

03
Nov16

"Mumford & Sons: Live from South Africa — Dust & Thunder" nos cinemas a 8 de novembro

olhar para o mundo

mumumum.png

 

"Mumford & Sons: Live from South Africa — Dust & Thunder" nos cinemas a 8 de novembro

Filme que documenta a tour da banda na África do Sul pode ser visto no UCI El Corte Inglés e UCI Arrábida.

O documentário, realizado pelo aclamado Dick Carruthers, retrata a primeira viagem dos Mumford & Sons pelo país africano, culminando com o concerto final da digressão, em Pretória, onde estiveram cerca de 50.000 pessoas a assistir.  

Filmado ao vivo, este concerto é a prova de como o público sul-africano ansiava ver um espetáculo da banda — a ideia inicial era os Mumford & Sons tocarem apenas em alguns sítios pequenos. Contudo, a demanda foi tão grande que deu início a esta aventura. 

Durante a sua estadia na África do Sul, os Mumford & Sons gravaram "Johannesburg", um EP feito em colaboração com Baaba Maal, The Very Best and Beatenberg e lançado em junho deste ano.  

Universal Music Portugal e os Cinemas UCI estão a oferecer 20 bilhetes — 10 para o UCI El Corte Inglés e 10 para o UCI Arrábida — para a estreia no dia 8 de novembro, através de um passatempo que pode ser consultado aqui.

 

 

27
Abr16

Mumford & Sons estão de volta com o EP "Johannesburg"

olhar para o mundo

 

monford.jpg

 

Mumford & Sons estão de volta com o EP "Johannesburg"

 

Editado a 17 de junho

 

Os Mumford & Sons acabam de anunciar o lançamento de um novo EP, feito com Baaba Maal, Beatenberg e The Very Best, intitulado "Johannesburg" e com data de edição marcada para o próximo dia 17 de junho. Este conjunto de canções foi gravado nos estúdios da The South African Broadcasting Corporation, em Joanesburgo, durante dois dias e duas noites consecutivas, tendo sido produzido não só pelos Mumford & Sons mas ainda por Johan Hugo, o "maestro" da música eletrónica dos The Very Best. O primeiro single, "There Will Be Time", entrou diretamente para o 1.º lugar do top da África do Sul aquando do seu lançamento, no final de janeiro.
 
No início deste ano os Mumford & Sons embarcaram numa histórica e esgotada digressão por África do Sul. Este é, habitualmente, um país que não faz parte das digressões, mas os Mumford & Sons nunca seguiram por caminhos previsíveis, não faz parte do seu ADN.
 
Inicialmente foram marcadas algumas datas provisórias, mas uma digressão na África do Sul não segue os mesmos trâmites que outra qualquer. No entanto, rapidamente os bilhetes para esses primeiros concertos esgotaram o que encorajou a banda a marcar mais espetáculos na Cidade do Cabo, Durban e Pretória. Também esgotaram. O grupo chega às primeiras páginas de jornais. Os fãs ficam descontentes e consternados – não tinham sido marcados concertos suficientes. A digressão começava a ganhar contornos de um fenómeno. 85 mil bilhetes acabaram por ser vendidos dos seis concertos ao ar livre.
 
Os The Very Best foram essenciais nesta viagem à África do Sul, não só porque faziam parte do alinhamento da digressão, mas também em conseguir reunir uma equipa para fazer parte da experiência de estúdio. Foram a “cola” entre todos, como refere Ben Lovett.
 
Com os The Very Best prontos para entrar em estúdio com os Mumford & Sons e o filho preferido do Senegal, Baaba, disponível à distância de um mero telefonema, era preciso convidar uma jovem banda sul-africana que unisse os vários pontos e que também servissem como guias.
 
Foi então marcado um estúdio em Joanesburgo, mas um estúdio nada convencional, isso teria sido muito fácil. Instalaram-se então na South African Broadcasting Corporation, que tinha duas salas e o ambiente certo. Aí gravaram este "Johannesburg", um conjunto de canções de fusão tropical, com contribuições únicas da voz de Baaba Maal, dos The Very Best e dos Beatenberg, numa mescla sonora com a identidade dos Mumford & Sons que torna tudo isto uma festa sem precedentes.
 
Este verão o grupo vai regressar às digressões, no Reino Unido, e serão acompanhados pelos Alabama Shakes e Wolf Alice.
 

 

03
Mar15

Mumford & Sons editam “Wilder Mind”

olhar para o mundo

munford.jpg

 

 

MUMFORD & SONS

Novo álbum chama-se "Wilder Mind" e sai a 4 de maio



O novo álbum dos Mumford & Sons chama-se "Wilder Mind" e sai a 4 de maio. O disco, o terceiro da carreira do grupo, será antecedido pelo single "Believe".

"Wilder Mind" foi gravado nos Air Studios, em Londres, e produzido por James Ford, que já trabalhou com nomes como HAIM, Arctic Monkeys se Florence & The Machine, entre outros. O disco integra 12 novas canções escritas pela banda entre Londres, Brooklyn e o Texas. Algumas das faixas foram escritas nos estúdios de Brooklyn pertencentes a Aaron Dresner, músico dos The National. Os Eastcore Studios, em Londres, onde a banda gravou o primeiro disco, "Sign no More", acolheram também novamente o grupo em parte das gravações. 

O novo disco marca uma mudança na sonoridade do grupo após os discos "Sign no More", de 2009, e "Babel", de 2012. Há agora uma perspetiva musical mais minimalista, embora de vistas largas, “uma evolução e não uma despedida”, como frisa o vocalista Marcus Mumford.

"No final da digressão de «Babel» tocávamos novas canções nos "soundchecks" e nenhuma delas incorporava o banjo", diz o músico, falando das novas composições e da sua origem. O banjo é uma das especificidades maiores do grupo mas neste novo disco houve um "desejo" do grupo em “sacudir” as canções. Baralhar e voltar a dar.

"Wilder Mind" encontra-se em pré-venda no iTunes a partir de hoje. Quem fizer a encomenda do álbum recebe imediatamente o primeiro single: "Believe". Até à edição do álbum, os fãs receberão ainda uma segunda canção: "The Wolf" (11 de Abril).

Os Mumford & Sons são um dos nomes confirmados para a edição deste ano do NOS Alive, que decorre entre 09 e 11 de julho. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub