Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

06
Set17

O HOMEM QUE MORDEU O CÃO 20 ANOS: UMA VIDA DE CÃO

olhar para o mundo

o homem que mordeu o cão.jpg

 

O HOMEM QUE MORDEU O CÃO 20 ANOS: UMA VIDA DE CÃO 

 

Nuno Markl, a equipa das manhãs da Rádio Comercial e um leque de ilustres convidados sobem ao palco do Coliseu de Lisboa para celebrar os 20 anos de um dos maiores e mais bem sucedidos programas de rádio em Portugal. 

 

Um espectáculo com o apoio da Rádio Comercial
  

Na manhã de 6 de Outubro de 1997, a vida de um pacato radialista e argumentista de humor chamado Nuno Markl levaria uma grande volta. Essa foi a manhã em que, nas novas manhãs da Rádio Comercial, foi para o ar a primeira edição de O Homem Que Mordeu o Cão e Outras Histórias, uma espécie de noticiário bizarro, composto pelas notícias que os noticiários a sério deitam fora.


O resto é História: a rubrica, à boleia dessa novidade bombástica chamada Internet, levaria a interactividade com os ouvintes a novos patamares; em poucos meses havia grupos de fãs e, daí a poucos anos, uma digressão nacional de espectáculos ao vivo, vários livros, um programa de televisão e, 20 anos depois, choque dos choques, indivíduos adultos de barba rija que vêm hoje ter com o autor da rubrica a dizer que costumavam ouvir O Homem Que Mordeu o Cão a caminho da escola primária.


Para celebrar 20 anos de notícias bizarras, Desbloqueadores de Conversa, enormes seios, cabras que gritam como pessoas e outros insanos pedaços da História da Rádio em Portugal, Nuno Markl com a equipa das Manhãs da Comercial sobe ao palco do Coliseu de Lisboa no dia exacto em que O Homem Que Mordeu o Cão completa duas décadas, com uma vertigem apocalíptica de notícias clássicas da rubrica e inéditas, embaraçosas, histórias de bastidores e um elenco luxuoso de convidados da rádio, da comédia e da música. Tudo para celebrar a vida de uma rubrica que acabou por ser sobre bastante mais do que notícias bizarras. 

 

Convidados a anunciar brevemente.
 
COLISEU DE LISBOA
6 de Outubro

21h30 

8€ a 22 €

27
Jun12

Como Desenhar Mulheres, Motas e Cavalos

olhar para o mundo

Como desenhar mulheres, motas e cavalos

 

"Como Desenhar Mulheres, Motas e Cavalos" é uma refrescante fusão de comédia com desenho em tempo real e música ao vivo, criado e interpretado pelo humorista Nuno Markl e pelo músico Miguel Araújo Jorge.


A falta de habilidade de Nuno Markl para "Desenhar Mulheres, Motas e Cavalos" serve de ponto de partida para uma narrativa autobiográfica, que guia o público por uma bem-humorada reflexão sobre as ansiedades e dores de crescimento do Homem contemporâneo.


"Estava com saudades de reavivar esse lado do desenho cru, quase com estética 'acabado-de-desenhar-numa-toalha-de-papel-no-fim-da-sobremesa', e o desafio foi transpor isso para o sítio mais improvável: um palco. Não é 'stand-up' mas, ao mesmo tempo, é o mais próximo de 'stand-up' que já fiz. Embora esteja boa parte do tempo sentado", explica Nuno Markl.

 

retirado de Ticket Line

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub