Sábado, 19.01.13

Sexo no primeiro encontro

 

A revolução sexual tirou um peso gigantesco das costas das mulheres. Todos aqueles cartazes, palavras de ordem, passeatas e sutiãs queimados mudaram o arranjo social e deram início a processos importantes que culminaram na diminuição do abismo social que separava o mundo masculino do feminino. Algumas décadas se passaram e é impossível negar que algumas sementes plantadas naquele tempo germinaram e deram frutos. Mas tem um ponto em que boa parte das mulheres parece ter parado no tempo: transar no primeiro encontro.

 

Você conhece um cara incrível na balada. Fica com ele. A coisa esquenta e vocês estão subindo pelas paredes de tanto tesão. Aí o sujeito faz a pergunta óbvia nesses casos: “vamos para sua casa ou para minha?” (ou suas variações mais elegantes). Nessa hora você, mulher independente e moderna que paga suas contas e não deve satisfação a ninguém, é possuída pelo espírito da sua avó beata e entra em pânico, nega todos os seus instintos e vontades e diz que não pode, emendando uma desculpa fajuta do tipo “tenho que trabalhar amanhã”.

 

Sério? Até quando vocês vão sufocar seus desejos sexuais por medo de serem consideradas fáceis, promíscuas, vagabundas? Porque a gente sabe que mulher gosta de sexo tanto quando homem e que sente tesão quando fica com um cara que tem pegada. Então falta de vontade não é o motivo convincente para se ver diante de um dilema moral toda vez que surge a oportunidade de fazer sexo casual.

 

Admito que existem caras que vão te achar fácil se você der para eles no primeiro encontro e nunca mais vão te ligar. Mas na boa, você quer mesmo ter qualquer coisa além de sexo com um babaca desses? Na boa, você deveria agradecer por se ver livre de um cara que separa as mulheres em “para ficar” e “para ter alguma coisa séria” baseado no tempo em que elas demoram para ir para a cama com ele. Porque a mediocridade não costuma ficar restrita a um único aspecto da personalidade da pessoa.

 

Para aquelas super preocupadas com a reputação, um conselho: bebam menos. Porque mulher bêbada na balada causa uma impressão muito pior nos coxinhas-fortinhos-de-camiseta-polo-e-tênis-Nike-com-mil-molas do que quem transa logo de cara. Agora um conselho de amigo (que vale mais do que conselho): beba o quanto você quiser, durma com quem tiver vontade e deixe os coxinhas-fortinhos-de-camiseta-polo-e-tênis-Nike-com-mil-molas para as garotas-de-franjinha-que-tiram-foto-fazendo-biquinho-na-frente-do-espelho-com-as-amigas-da-facul.

 

Aí vocês me dizem que não tem nada a ver com o que o cara vai pensar, é tudo uma questão de não se sentir a vontade e estar em busca de outra coisa... Ah, as mulheres e essa mania delas de misturar sexo com todas aquelas coisas que não tem nada a ver com ele (amor, relacionamento, fidelidade, etc). Nunca entendi por que vocês têm esse hábito. Ou melhor, não entendo a razão pela qual vocês ainda o mantém.

Veja bem, fazer com que as mulheres acreditassem que todas essas coisas eram pré-requisitos para o sexo foi a forma de encher as cabeças femininas com caraminholas românticas para que elas ficassem em casa esperando pelo príncipe encantado ao invés de dar vazão aos seus desejos como os homens sempre fizeram. Então, garotas, é hora de acordar.

 

Você tem todo o direito de não querer dar para o cara depois da balada se não estiver a fim, por mais gostoso que ele seja e por mais que o encontro tenha esquentado. Às vezes a gente só está a fim de dar uns amassos. Mas se rolar vontade, dê sem medo, porque a decisão de te ligar no dia seguinte não tem nada a ver com o fato de vocês terminarem a noite em camas separadas ou não.

 

*Tá com dúvida se casa ou compra uma bicicleta? Não sabe se liga ou não para o pretê do escritório? Precisa de uma dica de receita para impressionar os amigos? Tem alguma história boa para dividir? Quer jogar conversa fora? 


Retirado de Amigo Gay

publicado por olhar para o mundo às 21:38 | link do post | comentar
Segunda-feira, 10.12.12

Sexo no primeiro encontro

Primeiro encontro

A longo prazo, fazer sexo no primeiro encontro pode ser prejudicial para o relacionamento

Pesquisadores americanos entrevistaram 11.000 pessoas que estavam em relacionamentos sérios, pedindo que eles classificassem seu nível de satisfação com o relacionamento, a capacidade de se comunicar com seu parceiro e a estabilidade da relação (com que frequência eles achavam que o relacionamento estava em perigo).

 

Entre aqueles que estavam juntos a pelo menos um ano, pessoas que haviam iniciado a prática sexual antes do final das primeiras semanas de namoro tinham níveis mais baixos de satisfação no relacionamento, comunicação e estabilidade quando comparados a casais que tinham decidido esperar mais ou que se abstinham de sexo.

 

Os resultados foram mantidos mesmo após os pesquisadores considerarem fatores como raça, educação, número de parceiros sexuais e participação religiosa.

 

A literatura médica possui trabalhos que mostram resultados semelhantes, apontando que quanto mais tempo casais esperavam para transar antes do casamento maior erra sua satisfação dentro do relacionamento.

 

Porém, os pesquisadores não podem esclarecer o porquê de essa associação existir. É possível que casais que iniciem a prática sexual mais cedo tenham expectativas mais altas de frequência da prática e do interesse do parceiro no sexo, sendo que essas são coisas que tendem a declinar com o tempo.

 

“Os desentendimentos eventuais entre as expectativas sexuais individuais e as recompensas reais podem prejudicar os processos saudáveis da formação do casal”, explicam os pesquisadores.

 

Porém, pode haver outra explicação, como diferenças de personalidade entre pessoas que escolhem fazer sexo logo e aquelas que decidem esperar.

 

A pesquisa foi desenvolvida na Universidade Brigham Young e publicada no periódico Journal of Sex Research.

 

retirado de 180 Graus

publicado por olhar para o mundo às 21:27 | link do post | comentar
Segunda-feira, 03.09.12

Sexo no primeiro encontro?

sexo no primeiro encontro


O estudo diz que casais que adiam a primeira relação sexual têm mais chance de ter um relacionamento longo

 

Casais que partem para o sexo no primeiro encontro são menos propensos a ter relacionamentos duradouros e felizes, diz uma pesquisa feita na Universidade de Cornell, em Nova York. O estudo analisou que os casais que constroem intimidade antes de ir para a cama tem mais cumplicidade, carinho e se entendem melhor fora dela. As informações são do Daily Mail.

 

O estudo foi feito com 600 casais, em que as mulheres tinham menos de 45 anos. Elas deveriam avaliar o compromisso, a intimidade, a satisfação sexual, comunicação e conflito.

 

Os resultados foram muito maiores para mulheres que adiaram a relação sexual em um mês. Os homens seguiram a mesma lógica.

 

Noticia de Terra

publicado por olhar para o mundo às 21:58 | link do post | comentar

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

posts recentes

últ. comentários

  • Comigo acontece do mesmo jeito mas quem dorme sou ...
  • Minha esposa dorme durante a relacao eu viro chego...
  • Minha esposa as vezes dorme , aí eu paro viro de l...
  • hmmm fixe! Será uma daquelas edições para colecion...
  • Interessante
  • gosto do suave tom da sua voz :)
  • Vou procurar para ouvir =)Beijinhos
  • Neste Natal só te desejo duas coisas: TUDO e NADA!...
  • Recomendadíssimo!!Para quem não conhece a sonorida...

arquivos

tags

favoritos

subscrever feeds

blogs SAPO