Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

02
Nov17

Queen revelam gravações inéditas de Freddie Mercury em vídeo de animação de “All Dead, All Dead”

olhar para o mundo

queen.jpg

 

Queen revelam gravações inéditas de Freddie Mercury em vídeo de animação de “All Dead, All Dead”

Reedição especial do álbum “News of the World” chega às lojas a 17 de novembro

News Of The World”, o álbum icónico dos Queen, foi revelado ao mundo a 28 de outubro de 1977. Para celebrar o seu 40.º Aniversário, será editada a 17 de novembro uma caixa deluxe. A caixa já está disponível em regime de pré-venda, com informações adicionais em QueenOnlineStore.com. Um dos elementos mais entusiasmantes desta reedição é o CD “Raw Sessions”, uma versão alternativa do álbum. Tendo sido criado a partir das gravações de estúdio que se encontravam em arquivo, este álbum paralelo traz à luz versões alternativas nunca antes ouvidas dos 11 temas do alinhamento do álbum. Todas as vozes principais de “Raw Sessions” foram gravadas em takes diferentes daqueles que foram usados para o álbum original.

O mais entusiasmante é o podermos descobrir Freddie Mercury em topo de forma a interpretar um tema que ninguém de fora do círculo interno dos Queen alguma vez o tinha ouvido cantar – “All Dead, All Dead”, de Brian May. A versão original é cantada pelo próprio May, sendo que a canção aborda como viveu depois da morte do seu animal de estimação durante a infância. Em 1983, numa entrevista à Guitar Magazine, May falou sobre a canção: “É uma das minhas preferidas. Foi uma daqueles que achei que ficou melhor e fiquei muito contente como acabou por soar. Fico sempre surpreendido quando a oiço porque foi feita para nos emocionarmos ao ponto de ficarmos com lágrimas nos olhos. Isso ainda acontece comigo.”

 

A dias da reedição do 40.º Aniversário chegar às lojas, os Queen apresentam uma versão híbrida que junta parte da versão “Raw Sessions” de “All Dead, All Dead” com a versão original do álbum “News Of The World”. Esta versão foi revelada hoje, juntamente com um inventivo lyric video de animação.

O conceito do vídeo foi cuidadosamente concebido pelos Unanico Studios (os realizadores Jason Jameson e Robert Milne e o produtor Paul Laikin). O vídeo conta a história de Pixie, o cato, perdido num reino de engrenagens e tubos, fios e placas de circuitos. O mundo onde Pixie se encontra acaba por ser revelado mais tarde. Brian e os Unanico Studios inspiraram-se no filme de animação “Allegro Non Troppo”, de Bruno Bozzetto, filme de 1976 que conta como um dos protagonistas um felino a vaguear.

 

Paul Laikin: “O Jason, o Robert e eu sentimo-nos honrados por trabalhar com Brian para criar um mundo visual para esta versão emotiva e fresca de ‘All Dead, All Dead’. O gato do vídeo é inspirado em fotografias que o Brian nos mostrou do seu animal de estimação e esperamos que seja também um tributo à medida de Freddie Mercury, que adorava também os seus próprios gatos.” 

News Of The World” é um dos álbuns dos Queen mais bem vendidos de sempre. Começa com dois dos maiores êxitos mundiais da banda, “We Will Rock You”, assinada por Brian May, e “We Are the Champions”, da autoria de Freddie Mercury, sendo ainda hoje dois hinos de estádio monumentais. Com canções escritas pelos quatro membros da banda, “News Of The World”, o sexto álbum de estúdio, elevou a fasquia a nível de diversidade estilística, desde a proto-punk “Sheer Heart Attack”, de Roger Taylor, ao libertino tema funk-rock “Get Down Make Love”, passando pela fragrância calypso-pop tropical de “Who Needs You”.“News Of The World” conta ainda com o êxito “Spread Your Wings”, a épica saga rock “It’s Late” e a romântica “My Melancholy Blues”.

14
Out17

Reveladas primeiras gravações da reedição de “News of the World”, dos Queen

olhar para o mundo

queen.jpg

 

Reveladas primeiras gravações da reedição de “News of the World”, dos Queen

Foi também criado um microsite com informações exclusivas desta reedição

A 17 de novembro será lançada uma caixa especial com a reedição do álbum histórico
News of the World, celebrando-se o 40.º Aniversário do seu lançamento original.

Entretanto, acabam de ser reveladas duas das gravações inéditas que agora farão parte desta reedição: “We Are the Champions (Raw Sessions Version)” e “We Will Rock You (Raw Sessions Version)”. Ambos os temas já estão disponíveis nas várias plataformas digitais.

Foi também criado um microsite com informações exclusivas sobre esta reedição do 40.º Aniversário de “News of the World”: http://notw40.queenonline.com

Esta reedição inclui o álbum original em CD, mais dois CDs com maquetes descobertas recentemente e raridades dos arquivos da banda, sendo que um dos CDs é uma nova versão alternativa do álbum – “Raw Sessions”.

 

Para muitos devotos dos Queen, este CD “Raw Sessions” é a componente mais intrigante desta nova edição. Descoberto nas fitas originais de gravação, este extraordinário álbum paralelo traz à luz versões alternativas de cada um dos 11 temas do álbum ,nunca ouvidas até hoje. As vozes estão diferentes, como estão maior parte da gravações de guitarra e uma grande parte dos detalhes instrumentais. Podemos, então, experienciar “We Are the Champions” com elementos vocais e instrumentais desconhecidos até agora, e, pela primeira vez, na sua versão completa, em vez da versão editada que saiu no álbum de 1977. Faz ainda parte desta edição uma gravação de Freddie Mercury em pico de forma de um tema que até hoje ninguém o ouviu cantar fora do círculo íntimo dos Queen: “All Dead, All Dead”, de Brian May. A versão original conta com a voz do próprio May. “Sheer Heart Attack”, de Roger Taylor, pode ser ouvida na sua versão original com a introdução de guitarra que se julgava perdida, bem como com um final sem edição. “Fight From the Inside”, de Taylor, é ainda mais surpreendente porque podemos ouvir a sua maquete vocal trabalhada no seu estúdio caseiro, em preparação para as sessões de gravação.

Outro complemento extraordinário desta caixa especial de 40.º aniversário é uma impressão analógica do LP original, feita diretamente a partir das fitas analógicas não masterizadas. A caixa inclui ainda vários objetos de memorabilia, como três pósteres e um livro de 60 páginas com várias imagens, a maioria delas nunca antes vistas. 

A caixa fica completa com um DVD que inclui um novo documentário de uma hora, “Queen: The American Dream”, criado a partir de imagens de bastidores filmadas durante a digressão nos EUA de “News of the World”.

Outro complemento extraordinário desta caixa especial de 40.º aniversário é uma impressão analógica do LP original, feita diretamente a partir das fitas analógicas não masterizadas. A caixa inclui ainda vários objetos de memorabilia, como três pósteres e um livro de 60 páginas com várias imagens, a maioria delas nunca antes vistas.

09
Set17

40º Aniversário do álbum "News of the World" dos Queen celebrados com reedições especiais

olhar para o mundo

queen.jpg

 

40º Aniversário do álbum "News of the World" dos Queen celebrados com reedições especiais a 17 de novembro 

 

“Freddie For A Day” – comemorações do nascimento de Freddie Mercury realizam-se em todo o mundo e Hard Rock Café organiza um evento especial a 5 de setembro

A 17 de novembro será lançada uma caixa especial com a reedição do álbum histórico “News of the World”, celebrando-se o 40.º Aniversário do seu lançamento original.

Este novo pack inclui o álbum original em CD, mais dois CDs com maquetes descobertas recentemente e raridades dos arquivos da banda, sendo que um dos CDs é uma nova versão alternativa do álbum – “Raw Sessions”. 

Para muitos devotos dos Queen, este CD “Raw Sessions” será a componente mais intrigante desta nova edição. Descoberto nas fitas originais de gravação, este extraordinário álbum paralelo traz à luz versões alternativas de cada um dos 11 temas do álbum nunca ouvidas até hoje. As vozes estão diferentes, como estão maior parte das guitarras e uma grande parte dos detalhes instrumentais. Podemos, então, experienciar “We Are the Champions” com elementos vocais e instrumentais desconhecidos até então, e pela primeira vez a sua versão completa, em vez da versão editada que saiu no álbum de 1977. Faz ainda parte desta edição uma gravação de Freddie Mercury em pico de forma de um tema que até hoje ninguém o ouviu cantar fora do circulo interno dos Queen: “All Dead, All Dead”, de Brian May. A versão original conta com a voz do próprio May. “Sheer Heart Attack”, de Roger Taylor, pode ser ouvida na sua versão original com a introdução de guitarra que se julgava perdida, bem como com um final sem edição. “Fight From the Inside”, de Taylor, é ainda mais surpreendente porque podemos ouvir a sua maquete vocal trabalhada no seu estúdio caseiro, em preparação para as sessões de gravação.

 

Outro complemento extraordinário desta caixa especial de 40.º aniversário é uma impressão analógica do LP original, feita diretamente a partir das fitas analógicas não masterizadas. A caixa inclui ainda vários objetos de memorabilia, como três pósteres e um livro de 60 páginas com várias imagens, a maioria delas nunca antes vistas. 

A caixa fica completa com um DVD que inclui um novo documentário de uma hora, “Queen: The American Dream”, criado a partir de imagens de bastidores filmadas durante a digressão nos EUA de “News of the World”.

Já no próximo dia 5 de setembro assinala-se o nascimento de Freddie Mercury com o “Freddie For A Day”, um evento especial que celebrará o legado do cantor em todo o mundo, sendo que em Lisboa o Hard Rock Café realizará também uma homenagem à voz incontornável dos Queen.

06
Nov16

“Queen On Air”: Todas as gravações dos Queen para a BBC disponíveis a partir de hoje

olhar para o mundo

bbc.jpg

 

“Queen On Air”: Todas as gravações dos Queen para a BBC disponíveis a partir de hoje

A coletânea “Queen On Air” chega hoje às lojas e conta com o apoio da M80

Entre fevereiro de 1973 e outubro de 1977 os Queen gravaram seis sessões em exclusivo nos estúdios de rádio da BBC. As 24 gravações que estas sessões produziram incluem versões alternativas do single de estreia da banda, versões inéditas de alguns dos clássicos que se encontram nos álbuns do grupo e até uma versão radicalmente reimaginada de um dos mais conhecidos hinos dos Queen e que até hoje nunca foi editada, nomeadamente de “We Will Rock You”, entretanto já revelada.

Agora pela primeira vez as seis sessões que os Queen gravaram na BBC serão editadas em conjunto, sendo que todas as gravações foram meticulosamente restauradas por Kris Fredriksson, engenheiro de som dos Queen, e masterizadas por Adam Avan, já premiado nos Grammys. “Queen On Air” é o título da coletânea que estará disponível nas lojas a partir de hoje num duplo CD, em triplo LP e numa caixa limitada de 6CD que inclui um CD com gravações ao vivo e três CD com entrevistas feitas na rádio. “Queen On Air” é uma obra essencial para conhecer profundamente esta fase tão rica do percurso da banda. 

 

Desta coletânea faz parte uma nova versão de “My Fairy King”, a primeira canção dos Queen a ser transmitida na rádio, na altura pelo célebre divulgador e radialista John Peel. “My Fairy King” foi transmitida na BBC cinco meses antes do lançamento do álbum e single de estreia dos Queen, sendo que a versão que o grupo gravou na rádio é menos polida que a versão do disco, estando a voz de Freddie Mercury e os coros mais definidos.

O guitarrista Brian May descreve “My Fairy King”, uma das canções de Freddie Mercury que é frequentemente ignorada, como predecessora do estilo barroco que se afirmou em canções icónicas como “Bohemian Rhapsody” e “The March of the Black Queen”.

Veja o lyric vídeo criado agora para “My Fairy King”. 

 

Entretanto, pode-se descobrir algumas das novidades reservadas neste “Queen On Air” no site http://www.queenonairradio.com. 

Queen On Air” é muito mais que um conjunto de gravações raras, é um autêntico retrato do momento em que os Queen se tornaram numa lenda musical. Veja aqui o vídeo sobre esta nova edição e os seus vários formatos.

 

 

03
Out16

Gravações raras dos Queen para a BBC editadas a 4 de novembro

olhar para o mundo

queen.jpg

 

Gravações raras dos Queen para a BBC editadas a 4 de novembro 

A coletânea “Queen On Air” estará disponível num duplo CD, triplo LP e numa caixa limitada de 6 CD. Lançamento com o apoio da M80

A ascensão meteórica dos Queen durante os anos 1970 tem sido bastante bem documentada. Desde o gloriosamente ambicioso álbum homónimo de estreia, de 1973, até ao disco que os colocou no patamar dos maiores grupos de sempre, “A Night At the Opera”, de 1975, o grupo percorreu um caminho muito singular, que os tornou numa das bandas mais visionarias, inventivas e carismáticas da sua geração.

 

Mas existe um outro lado do percurso ascendente dos Queen que se tem mantido em segredo. Entre fevereiro de 1973 e outubro de 1977 a banda gravou seis sessões em exclusivo nos estúdios de rádio da BBC. As 24 gravações que estas sessões produziram incluem versões alternativas do single de estreia da banda, versões inéditas de alguns dos clássicos que se encontram nos álbuns do grupo e até uma versão radicalmente reimaginada de um dos mais conhecidos hinos dos Queen e que até hoje nunca foi editada, nomeadamente de “We Will Rock You”.

 

Agora pela primeira vez as seis sessões que os Queen gravaram na BBC serão editadas em conjunto a 4 de novembro, sendo que todas as gravações foram meticulosamente restauradas por Kris Fredriksson, engenheiro de som dos Queen, e masterizadas por Adam Avan, já premiado nos Grammys. “Queen On Air” é o título da coletânea que estará disponível numduplo CD, em triplo LP e numa caixa limitada de 6CD que inclui um CD com gravações ao vivo e três CD com entrevistas feitas na rádio e se tornam essenciais para conhecer profundamente esta fase tão rica do percurso da banda. Esta caixa contém ainda um livreto de 36 páginas.

 

Queen On Air” é muito mais que um conjunto de gravações raras, é um autêntico retrato do momento em que os Queen se tornaram numa lenda musical.

 

Graças aos seus álbuns de estúdio e aos seus concertos históricos, o estatuto dos Queen cimentou-se como raros artistas conseguem. Com “Queen On Air” o mundo pode finalmente ouvir e descobrir este lado fascinante do seu legado.

01
Out14

“Queen Forever” traz 3 inéditos, incluindo dueto com Michael Jackson

olhar para o mundo

 

QUEEN

"Queen Forever" chega a 10 de novembro e traz inéditos com Freddie Mercury

Colaboração com Michael Jackson é uma das novidades do disco

Três faixas nunca antes editadas com o falecido cantor Freddie Mercury são o destaque maior de "Queen Forever", novo disco do icónico grupo britânico, que chega às lojas a 10 de novembro.

Entre as novidades do disco encontra-se "There Must be More to Life Than This", composição originalmente lançada em 1985 no primeiro álbum a solo de Freddie Mercury, "Mr. Bad Guy". A faixa surge agora numa versão inédita gravada com Michael Jackson, resgatada das sessões de gravação de "The Works", álbum de 1984 dos Queen.

"Queen Forever" junta êxitos a canções menos conhecidas da banda que recebem aqui novas versões. "São coisas que juntámos ao longo dos anos e que são mais representativas do nosso crescimento enquanto banda, não são só os nossos grandes clássicos", diz o guitarrista Brian May sobre a novidade dos britânicos.

"Queen Forever" estará disponível numa edição normal, com 20 faixas, e numa edição ‘deluxe’, de dois CDs, que trará 36 canções do icónico grupo de Freddie Mercury e Brian May. O registo pretende celebrar o extraordinário legado de uma das mais influentes bandas rock do mundo.

William Orbit, prestigiado produtor que já trabalhou, por exemplo, com Madonna e Robbie Williams, produziu a nova versão de "There Must be More to Life Than This", gravada originalmente no começo da década de 1980 com Michael Jackson e nunca antes escutada.

"Quando ouvi a música pela primeira vez no meu estúdio abri um tesouro providenciado por alguns dos melhores músicos de sempre. Ouvir a voz de Michael Jackson foi emocionante. Tão viva, tão fresca, tão pungente, foi como se estivesse no estúdio a cantar ao vivo. Com a faixa a solo do Freddie Mercury na minha mesa de mistura, o meu apreço por este dom deu-se a um nível ainda mais elevado", diz Orbit sobre o seu trabalho para a faixa.

Outra das novidades de "Queen Forever" é "Let Me in Your Heart Again", composição de Brian May escrita originalmente para o disco "The Works" mas que não foi completa então. É um tema onde a voz intemporal de Freddie Mercury se destaca e ao qual foram acrescentadas novas partes de guitarra e coros de May e Roger Taylor (baterista).

A terceira nova canção, "Love Kills", foi composta por Mercury e o produtor italiano Giorgio Moroder. A faixa foi inicialmente gravada para uma banda-sonora concebida por Moroder para o filme "Metropolis", de Fritz Lang, obra muda datada de 1927. Mercury gravou então uma versão da faixa, num registo mais dançante, que consistiu no seu primeiro single a solo, lançado em 1984. A versão agora editada é mais lenta e surge em tom de balada, tendo sido interpretada na mais recente digressão que juntou os Queen ao cantor Adam Lambert. 

Os Queen, uma das mais celebradas bandas rock do mundo, editaram recentemente o disco "Live at the Rainbow´74", registo de um dos mais emblemáticos concertos de sempre do grupo.

 

03
Set14

Queen : Hard Rock Lisboa celebra “Freddie For a Day”

olhar para o mundo

Queen : Hard Rock Lisboa celebra “Freddie For a Day”


QUEEN

HARD ROCK CAFE LISBOA CELEBRA "FREDDIE FOR A DAY"

A iniciativa solidária convida admiradores e fãs de Freddie Mercury a vestirem-se como o ídolo e a angariarem fundos para a luta contra a SIDA

No dia 04 de setembro o staff do Hard Rock Cafe Lisboa (HRC) vai tirar o pó dos fatos justos e aprumar os falsos bigodes para celebrar a vida e o legado de um dos maiores ícones do rock. "Freddie For A Day" é uma iniciativa solidária de consciencialização e angariação de fundos para o The Mercury Phoenix Trust e para a luta contra o HIV SIDA.

Há quatro anos consecutivos que os Hard Rock Cafes, a nível internacional, celebram o aniversário de Freddie Mercury com esta iniciativa solidária. Em Lisboa o Hard Rock Cafe, em parceria com a M80 e com a Universal, recebe o concerto da banda de Tributo a Queen "One Vision" e convida amigos, admiradores e fãs a serem "Freddie por um dia" para homenagear a lenda e angariar fundos para a The Mercury Phoenix Trust que apoia programas de consciencialização e de luta contra o HIV SIDA.
19
Jun14

Queen: "Live at the rainbow '74" chega às lojas a 8 de Setembro

olhar para o mundo

Queen:

 

QUEEN

Mítico concerto de 1974 finalmente editado

"Queen: Live at the rainbow ’74" chega às lojas a 8 de Setembro

Entre o concerto no mítico Rainbow, em Londres, a 31 de março de 1974, e setembro deste ano, quando sair "Live at the Rainbow ‘74", distam 40 anos. Nesse período, os Queen estabeleceram-se como nome incontornável da música rock.

Na altura do concerto na capital inglesa, e perante uma lotada plateia de três mil espetadores, os Queen apresentavam os seus dois primeiros discos de originais na sua primeira digressão em nome próprio. 

Antes do concerto em Londres, o grupo do icónico Freddy  Mercury – que viria a falecer em 1991 - havia tocado o single "Seven Seas of Rhye" no influente programa de televisão Top of the Pops. Os Queen atuaram em substituição de David Bowie, que cancelou a sua presença no programa, e a sua presença levou a canção a atingir o top 10 da tabela do Top of the Pops.

A editar no começo de setembro, "Live at the Rainbow’ 74" agrupa o clássico concerto de março de 1974 a um outro de novembro do mesmo ano registado na mesma sala, já de promoção a "Sheer Heart Attack", terceiro disco de originais editado entre os dois espetáculos.

As gravações captam os Queen em toda a sua glória: a dramática presença em palco, o criativo repertório, a energia aliada às melodias e a uma abordagem perfeccionista do rock fizeram do grupo um dos nomes maiores do género até hoje.

"Live at the Rainbow’74" será editado em diversos formatos: o disco sairá em edição normal e também numa edição limitada em 2CD, em DVD e Super Audio Blu-ray, em Vinyl (2LPs, 4LPs) e numa Caixa Super Deluxe para colecionadores (esta edição inclui 2CDs, DVD, Blu-ray e um livro de capa dura com 60 páginas com fotografias raras e outras memórias da época). "Live at the rainbow" estará também disponível em formato digital. As edições em Vinil e uper Deluxe serão limitadas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub