Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Coisas da Cultura

Porque há sempre muito para ver e para contar

Porque há sempre muito para ver e para contar

As Coisas da Cultura

09
Out17

Estreia no Teatro Turim, o espectáculo O King vai Nu

olhar para o mundo

o king vai nu.jpg

 

 

Ele é King - O Rei da Moda! A maior estrela mundial do mundo da moda prepara-se para um grande dia, em que estará com todos os olhares postos em si. Vaidoso e excêntrico, exige à sua assessora uma roupa totalmente nova, original e única para aparecer em grande, perante todos os seus fãs. Dois burlões acidentalmente acabam por saber desta vontade do King e preparam um golpe, disfarçando-se de designers de moda. Trazem um tecido muito especial, que só pode ser visto por pessoas… inteligentes. Com isto, criam um jogo para que cada um se engane a si próprio, não querendo assumir que nada vêem, sob o risco de serem considerados nada inteligentes, ou seja, ignorantes. O dia chega e a roupa especial também. Resta ao King vesti-la, isto, se a conseguir ver.

 

E tu, será que também vais conseguir ver a nova roupa do King?

 

Inspirado no clássico conto "O Rei vai nu", de Hans Christian Andersen, recontamos esta história, trazendo-a a um contexto atual, moderno e identificável, mantendo a base original do conto, a qual nos leva à moral desta narrativa.

 

Ficha Artística/Técnica

Inspirado no clássico conto "O Rei vai nu" de Hans Christian Andersen

Texto: rogério paulo

Encenação: rogério paulo

Elenco: Joana Rodrigues, Margarida Barata, Ricardo Barceló e rogério paulo

Cenografia: rogério paulo

Imagem gráfica: roger

Produção: Resto de Nada - Associação Cultural

Duração: 60 minutos aprox

 

Teatro Turim

Morada: Estrada de Benfica (Em frente à Igreja de Benfica) nº 723 - A

1500- 088 Lisboa

Reservas: geral@teatroturim.com | 217 606 666

 

06
Out16

A Menina que Detestava Livros em cena no Teatro Turim

olhar para o mundo

Menina_Natal.jpg

 

 
Em cena no Teatro Turim continua, até ao dia 13 de Novembro, o espectáculo A Menina que Detestava Livros, aos Sábados às 16h e aos Domingos às 11h. 
 
É reposto o espectáculo  O dia em que quase não houve Natal de 19 de Novembro a 18 de Dezembro aos Sábados às 16h e aos Domingos às 11h. 
 
Envio em anexo o dossier de Imprensa e as imagens dos espectáculos que estarão em cena no Teatro Turim
17
Fev16

Teatro Turim apresenta CRIANÇÓPOLIS

olhar para o mundo

cartazCriançTurim (1).jpg

 

 
SINOPSE
 
Criançópolis é uma cidade secreta, num sítio secreto, habitada por gente secreta. Gente que se recusa a deixar de ser criança. Gente que não quer crescer! Bem, pelo menos, não completamente. São adultos só às vezes, não a tempo inteiro, como o chato, aborrecido e irritante Sr. “Senhor”, que já se esqueceu de ser criança e do que ser uma criança significa. Mas ele vai ser visitado por gente secreta, de um sítio secreto, de uma cidade secreta… e algo vai acontecer!
 
 
Datas: 5 a 27 de Março 
Sábabo ás 16h

Domingo ás 11h

 
Preço: 8€ adulto
 5€ criança
Local: Teatro Turim (Benfica)
 
Morada: Estrada de Benfica, 723A
1500-088 lisboa
(Em frente à Igreja de Benfica) 
 
02
Jul13

“No Campo” em cena no Teatro Turim

olhar para o mundo

“No Campo” em cena no Teatro Turim


“No Campo” em cena no Teatro Turim 

Este thriller psicológico do dramaturgo inglês Martin Crimp consegue ser cativante logo nos momentos iniciais da primeira cena. Em parte, podíamos ser levados a pensar que um bom texto consegue carregar uma peça, independentemente da direcção e da actuação, mas as performances fortes dos actores fazem-nos recuar dessa ideia. 

Richard (Sérgio Praia) é um médico bem-sucedido que recentemente mudou-se para o campo com a sua esposa Corrine (Joana Seixas). Numa tentativa de começar uma nova vida a dois numa pequena cidade longe dos grandes centros urbanos, a aventura no campo vai acabar por não ser muito bem-sucedida. No final de uma noite de verão, Richard descobre uma rapariga, Rebecca (Joana Santos), que se encontra alegadamente inconsciente à beira da estrada e leva-a para casa. A partir daí, todas as intranquilidades da vida da cidade vêm perturbar o equilíbrio “campestre” do casal. 

Muitas questões serão levantadas, porque é que Richard trouxe para casa Rebecca? O que é que realmente aconteceu? À medida que o jogo dramático avança todas as dúvidas serão respondidas. 

Numa interpretação carregada de intimismo e simplicidade, as três personagens ocupam apenas o palco em pares, num aparente jogo de segredos e mentiras. Na primeira cena da peça, Richard mostra-se cauteloso quando a mulher o questiona sobre a razão que o levou a trazer uma desconhecida para casa. O cenário é de uma sala como outra qualquer, cheia de livros, brinquedos e um rádio. Nos diálogos, Corrine diz a Richard para a beijar, Richard diz que já a beijou e Corrine insiste que a beije de novo. Este pequeno excerto é exemplificativo do distanciamento entre um casal desapaixonado, que fugiu para o campo na tentativa de reconstruir um amor e uma relação que caminha para a desintegração. 

A tensão aumenta quando Corrine confronta Rebecca, numa espécie de jogo verbal, em que cada uma faz uso das suas armas. Num clima arrepiante, Rebecca de forma delicada consegue desmontar a personalidade áspera de Corrine e mostrar assim toda a sua fragilidade. Todo o lado romântico da vida campestre é para Corrine a resposta para a resolução dos problemas. Para ela, o amor pela província vai trazer mais felicidade ao casal, ou será que é assim? De facto, nenhuma das personagens parece experimentar a alegria ou o amor sincero. 

Martin Crimp, com o auxílio precioso da adaptação eficaz de Pedro Mexia, invoca-nos muitas questões. As respostas vão sendo dadas a conta-gotas, apelando sempre ao sentido crítico da audiência. É muito fácil o público conseguir identificar-se com a monotonia quotidiana de um par que há muito deixou-se de amar. 

"No Campo" vai estar em cena, entre os dias 27 de Junho e 21 de Julho, no teatro Turim.


Retirado do HardMúsica

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub